Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

APOSTANDO TODAS AS FICHAS

Sempre reúno uns amigos na minha casa para jogar pôquer, não apostamos dinheiro, é apenas um momento de descontração, um bom vinho e bom papo. Sá que desta vez foi diferente, na mesa estavam alguns amigos, meu filho mais velho, um menino lindo de 20 anos e objeto dos meus maiores desejos como já contei aqui em outros textos e meu namorado. Meu namorado conhece bem meus desejos devassos em relação ao meu filho, e decidiu fazer-me uma surpresa: faltando apenas uma mão, lançou uma aposta para o final da rodada: aquele que perdesse, seria vendado e oferecido a uma vadia qualquer. Restaram apenas ELE e meu filho na mesa e para felicidade de todos, meu filho apostou alto e perdeu um All Win... As instruções eram para eu pegar um taxi e ir para o apartamento dele, tomar um banho, ficar nua, cheirosa e macia, esperando meu presente... em total silêncio.





Não demorou muito e ouvi a porta se abrir. Ele estava vendado, meu namorado levou-o até a suíte onde eu já estava esperando, e então, uniu nossas mãos e disse: - Pronto, aqui está a sua vadia... você vai ver como foi bom perder pra mim! Meu coração estava disparado, não podia falar nada para ele não reconhecer minha voz, eu estava completamente nua e o cheiro do meu tesão inundava o quarto, comecei a passar a mão pelo corpo todo dele e enfiei os dedos por dentro do elástico do shorts, senti com as pontas dos dedos a cabeça dura do pau do meu filho e puxei o shorts para baixo, vi o pau dele saltar duro e pensei: “olha sá o que eu produzi”. Circundando a base do pau melado, sem coragem de tocar, fui deixando meu rosto bem perto do dele, passeei minha mão pela virilha dele, lentamente, senti a sua respiração ofegante, mas não tinha coragem para me aproximar mais então, num movimento rápido, agarrei o pau dele e senti seu calor, sua rigidez jovem e apertei um pouco, senti sua pulsação, eu sabia que era errado, mas ele pensava estar com uma vadia qualquer e impaciente, começou a movimentar o quadril pra frente e pra trás e eu começo a punhetá-lo, segurei o pau dele, via a cabeça surgir e desaparecer entre meus dedos, ele estava louco morrendo de tesão e quando reúni coragem para beijá-lo, senti as mãos dele em meus ombros me pressionando pra baixo, cedi e começei a me abaixar, a mão dele vai pro alto da minha cabeça e empurra minha boca pro pau dele, enfiando como se fosse em uma putazinha qualquer, sinto o gosto do pau dele antes mesmo de sentir seu beijo, ele empurra o pau até o fundo da minha garganta, me sufocando com força, com fúria, ele sá se acalma quando percebe minha reação, minha língua fazendo carinho por todo o pau dele, tocando até no saco, então eu começo um vai e vem e aproveito para sentir o gosto, o cheiro, a textura do pau do meu filho, minha mão vai pro saco dele e acaricio com carinho as suas bolas, tenho vontade de explorar mais, mas tenho medo da reação dele, então agarro na bunda dele com as duas mãos e vou puxando ele pra dentro de mim, da minha garganta, impondo meu ritmo, deito-o e fico mais à vontade para explorar todo o seu corpo, ele começa a me percorrer com as mãos louco para tentar conhecer aquela que o está matando de prazer, sinto um gosto salgado e sei que ele não está se aguentando, mais morro de tesão com as mãos dele no meu corpo e apesar de estar com o pau dele na boca, ainda assim tenho pudores de me oferecer toda a ele, e é quando sinto as mãos dele se aproximarem da minha buceta, tento até evitar, mas num movimento rápido e vigoroso, ele me gira e me coloca sobre ele, em 69, quando a ponta da língua dele me toca, sinto um choque tão grande que quase perco os sentidos, mas ele me abre, me trata sem nenhuma restrição, me abre feito uma puta, ele não imagina quem sou, sá sente o que eu faço, ele mete fundo a língua dele na minha buceta, parece que quer entrar todo lá dentro com a cabeça toda, ele suga meu grelo, lambe minha buceta e enfia a língua até no meu cuzinho, sinto meu mel lavando a cara dele, estou lavando com meu mel a cara do meu filho, ele tá me chupando, ele vai meter em mim, mas quando percebo isso, ele segura forte a minha cintura e me joga, deitada na cama, então me viro e caio de costas, mas ele me põe de bruços, quero desesperadamente sentar-me sobre o pau dele, quando abro as pernas aguardando o peso dele sobre meu corpo e a inevitável penetração, ele me puxa mais uma vez pela cintura, me colocando de 4 e arrebitando bem a minha bunda, “vou te comer como uma cadela”, ele diz, e então antes mesmo de conseguir respirar, ele já está dentro de mim, o saco do meu filho batendo no meu grelo, as mãos dele abrindo minha bunda, ele ta me tratando como a vadia que eu sou, como uma grande cachorrona, estou com o pau do meu práprio filho enterrado na minha buceta e começo a gozar descontroladamente, meu corpo todo treme, começo a dar coices de tão forte o que sinto, ele tem que me segurar firme pela cintura pra se manter enterrado em mim, ele mete cada vez mais forte, eu não sei quando começa um orgasmo e termina outro, o pau dele duro como uma rocha, e eu não me contenho e murmuro: " que tesão, filho!" e nesse momento sinto o pau dele pulsar e me encher de muita porra, tanta porra que começa a vazar pelos lados, eu torço para que ele não tenha me ouvido, mas ele tira a venda e fala, mamãe! Eu sabia que era você o tempo todo! E finalmente demos um longo beijo...



Se você gostou deste conto, faça uma visita ao meu Blog http:myneirinhadevassa.blogspot.com e deixe seu comentário, ou se preferir faça contato pelo e-mail: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


acustumada desde pequena na rola grossa mais a pica dele e muito grande e grossamenina no colo do velho contos eroticocontos bato punhetacontos de incestos posando na sogracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos Patrick amiga comeucontos eróticos uma amiga vendeu a buceta da minha esposacontos eroticos de mulheres casadas que ja levou mijada na caraTitio tarado enchendo a bucetinha da sobrinha de porra contos eróticosbaixinho velho gay contosesposa lavando roupa de microshortcontos eroticos peidei na rola do meu tiocriando o sobrinho banho contocontos eroticos arrombando a gordadetalhes como fui estupradomeu pai chupou minha bucetinhaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesexo Sátão garotas da noite prazer comtos bdsmconto herorico comendo enteada na força analconto na praia com minha mae gostosame fez de puta e me estrupkcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha pequena filha mas ordináriaconto porno eu meu marido minha filha e o mendigoContos Eróticos Contados Por VeraVizinha gostosa contos Ruivaesposa na praia de nudismo contorelatos dp crentescontos eroticos de putas casadas que fodem por dinheiroconto xota cu filhinhoxxvidio casada rebola de calcinha boxis casaContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu Amigocomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoschupando os peito da profesora dos peitos mai empi nado do mundothararam thararam gostoso mãozinha pelo corpocontos erotico gozei como uma puta velhacontos eroticos estrupadasgritos gemidos e urrus de tanto me chupar.contos eroticoscontos eróticos abusadaContos eroticos corno panacalesbica conto professora fisicacontos eroticos sogra pega genro peladoPutinha do papai negro contos eróticosdando o cu vigem e nao aguenta tica no cuzinho contos eroticos minha mulher de roupa curta e decotadaContos eroticos primo do pau grande engravidei minha prima peitudaconto erotico encoxadacontoerotico guria patricinha com menino pobreporno.ele namorou a cunhada ate que ele comeu o cu delahistoria porno gay, paguei boquete no amigo carloschupando o pau e.lambendo o cinema caraadoro andar sem calcinha contosContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendacontos eróticos comi minha fusonaria casadacontos eróticos genrocontos eróticos na saída do paredão comendo c* virgemhomens com pau instiganteminha cunhada abre as pernas e me mostra a calcinhacontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparMeu cuzinho contosconto de dei meu cu e não aguentei a pica grande delecontos com teens sentando na ro do pri com doze anosfoto de travestis arreganhadas de frenterelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delacontos eróticos cuzinho da filha da namoradaquebrei o cabaço da minha irmã ela chorou muito porno cariocaAmigo do meu filho me fude junto com minha filha contocontos pequei minha prima com o namorado dela e chantajiei elacache:dajWPa8OLIYJ:mozhaiskiy-mos.ru/conto_4229_mae-bonitona-chantageada-pelo-filho.html contos de cú de coroaconto meu amigo comer minha esposaconto erotico filho fraga mae buceta peluda metendocontos eroticos de mulher com travestiquase matei amiga da minha mae contosfraguei minha mulher m traindo curitibaconto erotico primeira vez2paus nu mesmu buracucontos mae rabo grandeadoro sentar no colo do meu padrasto