Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

UMA PICA BOA DEMAIS

Meu nome é Mauro, sou casado e bem sério mas, às vezes, me meto em umas loucuras muito excitantes...

Depois que saí com a Melissa (conforme narrado no conto ALUCINADO PELA ROLA DA MELISSA) fiquei dias obcecado com aquela experiência. Era sá ficar sozinho que já imaginava novamente aquela pica jorrando leite na minha boca sedenta e imediatamente ficava de pau duro. Já tinha tido outras experiências com travestis, mas nada tão excitante como aquilo.

Apesar de ter passado muito tempo sem qualquer contato com travestis, aquela foda louca com Melissa acendeu meu fogo como nunca e não resisti mais que uma semana antes de ligar para ela perto da hora do almoço.

- ALÔ? MELISSA? – Eu falei ao telefone meio sem graça – NÃO SEI SE LEMBRA DE MIM... É O MAURO DA SEMANA PASSADA.

- É CLARO QUE EU LEMBRO DA MINHA PUTA! TÁ COM SAUDADE DA PICA DA SUA DONA, TÁ, SAFADA?

Apesar de ficar meio desconcertado, pois não esperava que ela fosse tão direta, fiquei de pau duro imediatamente e, como estava sozinho, respondi:

- TÔ, MINHA DONA, TÔ LOUCO PARA SENTIR ELA GOZANDO NA MINHA BOCA DE NOVO!

- TU É MESMO UMA PUTA, HEIN? ENTÃO VENHA PARA CÁ QUE EU TE ENCHO DE PORRA DE NOVO, SUA VADIA.

- AGORA? MAS... EU TENHO UMA REUNIÃO EM MENOS DE DUAS HORAS.

- E TU LIGOU PRA MIM PARA QUE SE NÃO QUER ME VER?

- EU TAVA PENSANDO EM MARCAR PARA HOJE DE NOITE...

- OLHA, PUTA, AGORA VOCÊ JÁ LIGOU E ME DEIXOU EXCITADA, ENTÃO TRATE DE VIR PARA CÁ AGORA PARA ME DAR UMA CHUPADA E TIRAR LEITE DO MEU PAU DURO OU PODE ME ESQUECER DE VEZ. E AÍ O QUE VAI SER?

Congelei por um instante mas, como com a boca pingando de vontade de sentir aquela pica de novo, acabei dizendo:

- QUAL O ENDEREÇO, MINHA DONA?

Em menos de 20 minutos eu já estava tocando a campainha do apartamento dela. Ela abriu a porta rapidamente, eu entrei e ela foi logo me dando um plug anal ligado e um tubo de KY e falou:

- TIRA A ROUPA, FICA DE JOELHOS NO SOFÁ, ENFIA ISSO NO RABO E ME ESPERA QUIETINHA.

Obedeci rapidamente preocupado com o pouco tempo que tinha para a minha reunião e fiquei no sofá com aquele vibrador socado no cu (me deixando mais doido do que já estava) enquanto ela sumiu para dentro do apartamento.

A espera silenciosa me deixava mais excitado ainda. Minha dona não dava nenhum sinal do que estava fazendo e eu estava ficando desesperado de tesão e expectativa com meu cu preenchido,vibrando e exposto ao vento.

Quando voltou, Melissa estava com um conjunto preto de corpete, cinta-liga e meia longa sem calcinha, com aquele caralho lindo balançando já em meia-bomba.

Sem perguntar nada ela veio para minha frente enfiou a pica na minha boca. Era como se eu estivesse realizando um sonho.

O cheiro e o gosto da pica dela me deixaram doido e, mais uma vez, despertaram a vagabunda dentro de mim.

Babei aquele caralho de todas as formas possíveis. Quase me sufocava enfiando a pica o mais fundo que eu podia aguentar e depois esfregava aquele cacete melado por todo meu rosto.

- MINHA PUTA SAFADA! TAVA DOIDA PARA SE ESBALDAR NA MINHA PICA, NÃO É?

- TAVA! (CHUP) MINHA DONA! (CHUP) TAVA DOIDA (CHUP) PRA SENTIR (CHUP) O GOSTO DO TEU CACETÃO (CHUP) NA MINHA BOCA.

- VOCÊ É MESMO UMA VIADINHA ESCROTA, SABIA?

- SOU (CHUP) TUA VIADINHA! (CHUP) TUA BICHA! (CHUP) TUA PUTA! (CHUP) FODE MINHA BOCA, FODE! (CHUP)

Quando eu disse isso Melissa prendeu minhas mãos nas minhas costas e começou a bombar com força na minha boca, me fazendo engasgar e soltar lágrimas pela profundidade que a rola dela alcançava na minha garganta.

Nessa hora fiquei possesso pelo tesão e sá urrava e grunhia como um bicho no cio enquanto espalhava baba para tudo que era lado na pica dela e no meu rosto de puta.

- SUA SAFADA! – Melissa gritou comigo – VOCÊ QUER QUE EU GOZE NA TUA BOCA, É VADIA?

Parei um instante, tirei o pau da boca e disse: - QUERO...

Mas antes de terminar a frase virei rapidamente a bunda para minha dona e disse: - MAS ANTES TENHO QUE LEVAR VARA NO CU... ME DÁ PICA, VAI, MINHA DONA! ME DÁ PICA NO CU!

- MAS QUE BICHA LOUCA DO CARALHO! ENTÃO VOCÊ QUER PICA NO CU, NÉ? E O SEU COMPROMISSO?

- QUE SE FODA O COMPROMISSO, EU QUERO É SENTIR TUA ROLA ME ARROMBANDO DE NOVO! ME FODE, VAI!

- ESSA MINHA PUTA É MESMO MUITO SAFADA! – Ela falou enquanto tirava o plug que até agora ainda estava vibrando em meu cu – E CAMISINHA, VOCÊ NÃO QUER QUE EU PONHA DE NOVO?

- FAZ DO JEITO QUE A SENHORA QUISER, MAS ME COME LOGO, PELO AMOR DE DEUS!

Então, sem aviso e sem camisinha, minha dona enfiou aquela pica deliciosa no meu cu que piscava de saudade.

- AAAI, PUTA QUE PARIU! – Gritei – É BOM DEMAAAAAIS! ME FOOOOODE! É BOM DEMAIS! HMMMMM! ARROMBA O CU DA TUA PUTA! ARROMBA O CU DA TUA VAGABUNDA!

- MINHA PUTA GOSTOSA! SABIA QUE MINHA ROLA TAVA COM SAUDADE DESSE TEU CUZINHO? VOCÊ É MUITO GOSTOSA SUA VADIA!

Ao ouvir aquilo bateu um orgulho e meu tesão aumentou mais ainda. Empurrei minha bunda com força contra o pau de Melissa e aumentei o ritmo do vai e vem socando meu anel contra a tora da minha dona.

- HMMMM! – Eu gritava – ENTÃO FODE! FODE! FODE! HMMMM! FODE TUA VADIA! FODE! FOOOODE! COM FORÇA! AAAAI! VAI! SEM PENA, MINHA DONA! ARROMBA A TUA VIADINHA!

Eu estava no céu. Nunca tinha sentido tanto prazer pelo rabo. Eu queria morrer enfiado naquela pica.

- VAI, MINHA DONA! – Eu continuava – FODE O CU DA TUA PUTA! VAI! FODE! VAI! ME DÁ PICAAAA! ME DÁ ROLA! METE SEM PENA QUE EU SOU UMA PUTA MESMO!!!

Nessa hora ela me jogou deitado com as costas no sofá, levantou minhas pernas e começou a me comer no frango assado. Era muito bom ver o rosto daquela mulher linda desfigurado de tesão enquanto ela metia alucinadamente no meu rabinho guloso.

- SUA PUTA SAFADA! – Melissa dizia com os olhos loucos de tesão – VOCÊ ADORA LEVAR ROLA NO CU, NÉ SUA VAGABUNDA?

- ADORO! ADORO TUA PICA NO MEU CU, MINHA DONA! ADORO TUA ROLA ME ARROMBANDO! ADORO SER TUA PUTA!

Quando ouviu isso, Melissa começou um beijo que parecia não ter mais fim era como se nás dois quiséssemos que não tivesse mais nenhum espaço entre nás. Depois ela começou a lamber meu ouvido e sussurrou: - VOCÊ É A VAGABUNDA MAIS GOSTOSA QUE EU JÁ COMI, SABIA? PROMETE QUE VAI SER MINHA PRA SEMPRE? E FAZER TUDO QUE EU MANDAR?

- PROMETO! – Eu gritei – PROMETO! EU SOU TUA! EU SOU TODA TUA! FAZ O QUE QUISER COMIGO, MINHA DONAAAAAAA!

Nessa hora senti a pica de minha dona pulsando dentro do meu rabo e, pela primeira vez na vida, sentir o prazer de ter porra quente jorrando dentro do meu cu... Aquilo foi simplesmente incrível.

Sem tirar o pau de dentro, Melissa pegou meu pau e começou a bater uma punheta bem rápida. Com todo o prazer que eu já tinha sentido não foram necessários mais que alguns segundos para eu gozar melando minha barriga e a mão dela e, para minha surpresa, ela caiu de boca limpando toda a minha gala, depois foi no meu cu e sugou a porra dela que já começava a escorrer para fora. Melissa juntou tudo e foi me beijar mais uma vez, compartilhando aquela mistura de porra e saliva num beijo longo e babado que melecou nossos rostos totalmente.

Depois começamos a rir. Duas putas cheias de gala na cara totalmente entregues ao prazer que sá um homem e uma travesti podem sentir.

Depois que nos recompusemos, paguei à Melissa e ela, para me tranquilizar disse que fazia muitos anos que não transava sem camisinha e que os últimos exames de doenças venéreas dela tinham sido feitos há pouco tempo e ela não tinha nada. Eu garanti para ela que também sá transava sem camisinha com a esposa e que no último exame também tinha dado tudo em ordem.

Nos despedimos com um longo beijo e fui para o trabalho com o cu doendo e ainda meio melado mas com um incrível sentimento de realização.

Essa foi uma das experiências mais inesquecíveis que tive e sá quem já fez algo parecido sabe como é fantástico ser dominado por uma mulher com uma pica. Quem tiver experiências parecidas para trocar, tanto travestis quanto homens que queiram se comunicar comigo, especialmente os residentes no nordeste, mandem e-mail para: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos erotico a minha nutricionistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecdzinha esposa corno contofoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferrocontos eroticos crechecontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscom perdi minha virgindade com um policial contocasada adora genro contosContos erotico marido bracinho corno de negaogrelinhos gozodoseu fudi minha filha e minha esposa elas duas juntas minha esposa ficou feliz com nosso casamento eu disse pra minha esposa que eu ia fuder o cu virgem da minha filha no motel conto eróticomeu chupador de seios gostosocontos eróticos meu patrão e****** minha esposa no comíciocontos eroticos sou casada tenho filhos meu marido otavio meu sobrinho parte 3contos enteado gordo rabudoContos eroticos de prostitutacontos eroticos com animaiscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestigrelhuda funk bailezoofilia a chapeuzinho vermelhocontos de sexo a patroa me estuprouconto eroticos gay primoContos eroticos com chingamentoContos eroticos esposa gosta de exibi e leva cantada nas praiascontos eróticos de sobrinhas postado recentementecontos comendo o cuzinho da fazendeiracontos eróticos ajudando menininhas novinhas de favelaxexo porno menino dado umaio namenina infiando odedo nabucetinha delavidio porno corno mulher da em cima do jsrdineiro e empregada ver e participaesposa lavando roupa de microshortconto gay to arrombado pelo ceguinhomulhe dane a buseta a primeira vezconto de medica lesbicacontos de sobrinhas sem calcinha na igreja sentada no colo do tiocontos erotico fui concertar s torneira da vizinhabuceta carnuda comtos de sexocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteo comedor do casal contozoofilia levei o cachorro para o celeiroconto erótico fudendo com minha prima Evagay aperta,amassa e masturba o pau do parceiro e ele goza gostosocontos de abusada na cocheirasou viciada no pau grande e grosso do meu cachorrocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestihttp://okinawa-ufa.ru/conto_25883_matei-minha-vontade-com-uma-travesti-linda.htmlcontos eroticos de zofiliaporno gay interracial com macaquinho gulosocontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosMeu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhoCONTO HEROTICO DE ESTContos no cu da tiaContos eroticos eu paguei pra fuder a minha sobrinha casadacontos eroticos de professoras e alunos safadosconto pernas fechadascontos eroticos come minha buceta priminhovideo de cunhadoxcunhadacontos de sexo depilada na praiaporno profissional com homens fodendo leitoa no ciocontos minha filha 11aninhosxvidiovelhasgordascontos gays gemeosAi tira tira, aguenta sua cadela so vou parar quando eu quiser e quando eu tiver satisfeito piranhacontos eróticos estupradacom perdi minha virgindade com um policial contocontos erotico eu meu filho no sofa e ele comeu minha bundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedando o cu contosrelatos eroticos verdadeiros anal com a mulher que cagou no paueu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosas busetao.mas abertos e mas gostozas do mundo porno ater das eguascontos eroticos de meninas sapequinhaschupando igual pirulito - contos eroticoscontos eroticos encontro com coroa do chatsua amiga eu vou pegar de tras pra frenrecontos cu docecoroa dona de banca em teresina dando bucetacontos eroticos fiz amor c minha mae na primeira vez que fui pra cama c elaver bpceta bem grande