Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

"EH DO TAMANHO DO MEU ANTEBRAÇO!"

Oi gente! =) Da última vez, eu contei pra vocês que eu estava doidinha pra dar pro meu irmão... Nossa, que cavalo é aquele menino! Tá me dando mais tesão ainda, lembrar desse jeito. Não consigo parar de me tocar! Mas esse conto de hoje é sobre o Izandro. Um negão da minha faculdade que... me ajudou durante o difícil momento que eu estava passando em relação ao cacete gigantesco do Cássio. Pra quem não lembra, eu sou a Maya, sou moreninha, cabelo pretos lisos, tenho seios enormes e uma boca cheia e deliciosa. Adoraria ter um bundão gostoso, mas todos os homens amam meu rabinho do jeito que ele é. ;) Voltando ao assunto, eu estava decidida a dar tudo que eu tinha pro Cássio, mas nada iria acontecer da noite para o dia... Passei uma boa semana na base dos dedos na minha gruta... Foi um inferno. Um dia, eu cheguei mais cedo na facul pra poder juntar uns trabalhos com minhas colegas. Minha surpresa foi que elas tinham adicionado o Izandro ao grupo. Nossa, gente, minha xaninha se comprimiu toda e babou litros de líquido cheiroso de fêmea. Izandro percebeu, pelo que pareceu... ou ele era um gostoso safado mesmo. O negão era um sonho... Careca, olhos penetrantes... pelo menos uns 190cm. Um volume ridículo estava formado nas suas calças. Ele veio me cumprimentar, cheguei mais perto para dar lhe um beijinho no rosto, ele passou a mão pela minha cintura... gozei ali mesmo, sem brincadeiras! "Que tesão de homem é esse, Kaká?!" Cochichei pra Karina, minha amiga super-deliciosa. Ruiva completa, em todo e qualquer cabelo, seios que perdiam apenas pros meus, olhos verdes LINDOS! "Minha querida, ele é seu por hoje. =) Tá vendo aquele volume absurdo nas calças dele?" Fiz que sim, desconfiada. "Pois é... aquilo é o pau dele... MOLE!" Ela quase falou alto. As meninas olharam pra mim e pra Kaká. Izandro olhou e me deu um lindo sorriso. Sorri de volta... O que eu estava fazendo, meu deus?! Assim que a aula acabou, as meninas deram alguma desculpa qualquer e me deixaram com Izandro, que fez questão de me deixar em casa. Sei... "em casa"... Eu estava com tanto tesão que não me importei! Iria ser com aquele negão mágico que eu iria tirar meu atraso! Perguntei para Izandro se ele realmente queria ir agora. Acho que ele ficou um pouco desconfiado de eu querer algo. "Eu queria... estudar... um pouco." Peguei no meio das pernas do negão e apertei o pacote. Agora ele sabia o que eu queria. Aquele membro já estava enorme na minha mão, mas começou a crescer muito rápido. "Puta merda!" Não consegui deixar escapar. "Que foi, é demais? Suas amigas falaram que você sá dava pra cara de pau grande!" Fiquei atônita. Aquelas putinhas fofoqueiras.... Depois eu lidaria com elas. "Eu... não consigo acreditar que você seja tão grande! Vamos pra uma das salas lá de cima?" O andar de cima era basicamente abandonado. Como a facul era enorme, como o pau do Izandro, muito era deixado aos ratos. Izandro me colocou na frente, andou comigo até o elevador e logo estavamos sozinhos indo para o 11ª andar. Lá dentro, Izandro começou a tirar a rola imensa pra fora. "Agora você acredita, putinha arromabada?" MEU DEUS! Perdi o fôlego vendo aquele mastro digno de um Titanic! "Mas... É maior que meu antebraço!" Izandro pegava nas minhas tetas. "Mama no meu cacetão, vadia." Nada me fazia ficar mais molhada do que quando me xingavam. Engoli quase a metade do pau de Izandro. "Você é enorme! Você adora quando eu digo isso né, seu puto, cavalão! Esse pica gigante tem no mínimo 25cm! Seu cavalo! Fode sua eguinha!" Izandro foi a loucura! Por sorte chegamos ao andar a tempo de Izandro tirar minha camisetinha apertada e revelar minha tetas enormes. "Sua vaca! Vou acabar com você!" Levantei minha saia e implorei por pica. "Pelo amor de DEUS, seu cavalo filho da puta, mete esse monstro na minha xana!" Izandro era tudo, menos um cavalheiro. Ele meteu sem dá da minha xoxota! Eu sentia entrar 20cm direto na minha buça! "Seu FILHO DA PUTA! Me destrái!!! Fode a sua vaca!" Em um determinado momento, que eu não me lembro pois desfaleci, senti todos os 25cm de Izandro dentro de mim. Segurei minha boca com as duas mãos e comecei a berrar. Izandro me empurrou pra dentro de uma sala, fechou a porta enquanto ainda me fudia. Depois de terminar de fechar a porta, ele meteu que nem o animal que ele era, um cavalo! Senti minha buça esguichar! "O que aconteceu?" Perguntou ele. "Eu... ejaculei... Foda-se... METE PORRA!!" Ele, num estalo, continuou fodendo minha xaninha linda e raspadinha. Durante duas horas ele arrebentou tudo o que tinha pra me arrebentar. Ele pediu arrego depois da décima vez... Quando chegamos na minha casa, ele queria entrar, queria meu telefone e tudo o mais. "Você é lindo, gostoso, e tem a pica mais absurdamente descomunal que eu já vi, mas você foi sá uma foda. Eu to gostando de um cara." Olhei pela janela da minha casa, pensando no Cassinho. "Tchau Izandro. Manda um beijo pra Bella... Acho que é o turno dela de usar você amanhã." Dei um beijo na buchecha dele, que estava em choque, e fui pra casa. Chegando em casa, vejo Cassinho. "Oi mana, como foi a aula?" Cheguei perto dele, dei um beijão na buchecha, bem perto do rosto, e me encostei nele. "Foi uma delícia!" "Que bom, disse ele." Então, ficou fazendo carinho no meu cabelo... Ficamos assistindo TV. "Você é o práximo, Cassinho." Pensei.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos esfregando a bunda da menina gordinhaproposta indecente de colega porno de trabalho a casadaContos eróticos d homem com éguacontos eroticos de maes fudendocontos eroticos roludo e a professoracontos corno bebado e a esposa no gangbangcontos de olha que putinha tá gostando necontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteliga contos de loirinhaconto erotico de castigo com vovoContos eroticos dor no sacoai amor que delicia isso vai gostosa mete vai contoscontos erotico na balada com a irmachupar pau grabde e duro contosdei minha bucetao mestruada e ingravidei contoscontos eróticos eposa e amigocache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html contos eroticos com cu ragadoscontos eroticos noiva do tiobaixinho velho gay contosconto erorico dando a buceta pro meu genro doentecomendo cunhada asm que minha mulher saicasadas raspadinhas contosvomitando contos eróticoscontos eu era menininha e varios comiam meu cuzinhocontos eroticos abusaram do meu maridocontos eroticos titio comedor de cuo velho sacudo arrombou o cuzinho da mendiga contosconto minha irmao feis um boquete pramineu humilho meu marido beijando com porraconto erotico me vesti de mulherzinha e fui a piranha da festa  MAS UM DIA TUDO MUDOU, EU TAVA SAINDO PARA UMA FESTA,QUANDO DESCI AS ESCADAS JA PRA SAIR,ELA TAVA NO QUARTO PEGANDO ROUPAS EM SUA MOCHILA, ME LEMBREI DE ALGO E ENTREI NO QUARTO RAPIDAMENTE,ELA ESTAVA TROCANDO DE CALÇAS,TAVA COM UMA CALCINHA BRANCA BEM FININHA UNICA COISA QUE OLHEI FOI PRA REGIAO DA SUA BUCETA. PEGUEI O QUE EU QUERIA E DESCI,FIQUEI COM AQUELA CENA A FESTA TODA.PRA VARIAR TOMEI TODAS E CHEGUEI EM CASA MEIO RUIM.FUI COMER E TOMAR E MELHOREI UM POUCO,FUI PARA O MEU QUARTO.NESSA ALTURA EU JA HAVIA ESQUECIDO AQUELA CENA QUE VI ANTES DE SAIR.MAS QUANDO ENTREI NO QUARTO ME LEMBREI,ELA ESTAVA ALI DORMINDO DE PERNAS ABERTAS,ESTAVA DE CALÇAS DE MOLETON MAS NAQUELA POSIÇAO PARECIA QUE ESTAVA ME CHAMANDO.COMO JA ERA DE COSTUME FUI MEXER NA INTERNET.SENTEI NA CAMA DELA QUE ERA DO LADO DO PC E COMECEI A VER SITES PORNO.FIQUEI MUITO EXCITADO E COMECEI A ME MASTURBAR ALI MESMO.DE VEZ EM QUANDO EU COLOCAVA O PENIS PRA FORA E FICAVA ALI BEM PERTO DELA,FINGINDO QUE IA GOZAR NA SUA CARA,FIQUEI NESSA UMA HORA.DESLEGUEI O PC E FUI DEITAR AINDA ME MASTURBANDO.MAS EU NAO PARAVA DE PENSAR EM UMA COISA, SUBIR NA CAMA DA PRIMINHA ABAIXAR AS CALÇAS DELA E METER A BOCA,TAVA SO FANTASIANDO,MAS DE REPENTE ME...  contos erotico fujonacontos de machos que tomou atitude e ficou bem safadinhocontos eroticos arrombando a gordacontos minha mae deu pra travestiMenina q ta tezao encosta no irmao ddespistadocontos eróticos dominado pela sogracontos eroticos fui leva a gostosa da cumade beba na casa delacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno com amiga loira baixinha encorpadinhapatroa dando a buceta pro vendedor ambulante contos eroticos  NAO GOSTAVA MUITO DE CONVERSA E TAMBÉM NAO GOSTAVA  contos eroticos titia fofinha na piscina com fotosconto comendo o cuzinho da menina da fazendacontos de minha sogra cheirou minha cuecaEm casa somo em número de 4, minha mãe (43), meu pai (47), meu irmão (22) e eu (15). Nós não temos muita grana, pois apenas papai trabalha. Meu irmão está fazendo cursinho para o vestibular (pela terceira vez) e isso aumenta as despesas da casa.contos erotico travesti novinha fudendo acampamentosexo-gostoso-numa-ilha-paradisiaca..comcontos eroticos congresso medicocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentever contos porno anal no onibos de escurcaocomigo véi da irmã da minha mulher contos eróticosgemia baixinho para meu maridinho não ouvirContos eroticos a vizinha feiacontos eróticos de filha e pai pornodoidover pica bonira gozandocontos eroticos peguei a mulher do amigo a força ela dormindo e soquei nelaconto porno come o cu da minha cunhada e a amante e sua amigacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gay cuzinho frouxocontos de cornos asumidoscontos encoxando rabos enormescontos eroticos pagando divida do filhowww.sexolesbicascontocontos eroticos flagra meu pai cumendo o empregado.sexo porno meninas branca fundedo com mendigoswww.conto gay meu primo jailsoncontos madura puta itucontos eróticos de lésbicas masoquistasbaixinha gordinha transando com velho pintudofoi sentar no colo do tio sem calcinha e levou ferroconto erotico trepei com meu primo engravideia cunhada casada de saia nova contos