Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A SOBRINHA

Olá meus amigos leitores, sou o Mistery, de novo rsrsrsr. Espero que estejam todos bem, pois estou aqui para mais uma de nossas “aventuras”. Divirtam-se.





A Sobrinha





Dessa vez vou contar uma histária, que não sei se é verdade, mas que me foi passada por uma amiga. Ela não é uma top model, mas é uma mulher atraente. Não tem marido nem namorado, mas não sente ou sentia falta disso. Não gosto de passar detalhes das pessoas dos contos, mas para vcs terem uma idéia de como ela é, vou lhes contar: cabelos longos e pretos, altura mediana (1,70), seios médios, corpo não sarado, mas em forma e 37 anos de idade. Tem uma sobrinha, que depois vcs saberão o q ela tem a ver, que deve ter seus 19 anos, morena, 1,58 de altura, seios médios, pernas bem grossas devido a pratica de academia. Não a conheço muito, sá a vi umas duas ou três vezes, mas achei uma gracinha.

Minha amiga me contou que tudo começou quando essa sobrinha dela teve que morar com ela por causa dos estudos. A menina veio do interior, é muito desenrolada e logo fez amizades por aqui. Entrou na academia porque suas amigas também faziam coisa de adolescente. As duas se dão muito bem, parecem mais irmãs do que tia e sobrinha. Durante o dia a minha amiga sai pra trabalhar enquanto a sobrinha vai pro colégio e depois toma conta da casa. Tudo normal até aí, mas minha amiga me contou que as coisas começaram a mudar quando um dia ela estava no computador da sua casa fazendo um trabalho para a empresa. Já era madrugada quando ela percebeu a presença de sua sobrinha. Perguntou se estava tudo bem e a menina respondeu que sim, mas que tava sem sono. Ficaram conversando sobre internet, a vida na escola, o dia a dia e etc.

Minha amiga estava cansada e com dores nos ombros, sua sobrinha pediu pra fazer um tipo de uma massagem e ela aceitou. Primeiro a moça pediu que a tia ficasse sá de sultiã e shorte para facilitar. Começou com um alongamento, seguraram nas mãos e se esticaram. Depois foi nas pernas, deitada no chão, a sobrinha esticou suas pernas pra cima. Em seguida, minha amiga sentou no sofá e a menina foi massagear os ombros, começou normalmente apertando os ombros, depois apertava os braços e tal. Depois, sua sobrinha lhe pediu que ela sentasse no chão de costas pra ela para que massageasse as costas. Sentadas no chão, a garota fazia círculos com os dedos polegares nas costas dela. Ela já estava bem relaxada quando a garota começou a elogiar a tia dizendo que ela estava bem mesmo sem malhar. Falou que a tia devia arrumar um namorado e sair mais. Mas o que minha amiga não esperava foi que, quando a garota percebeu que ela estava relaxando, começou a massageá-la maliciosamente. Ao invés de massagear com força, ela lhe alisava o corpo. Minha amiga ficou sem saber o que fazer e esperou pra ver se era apenas impressão dela. A garota deslizou a mão pela cintura dela e falou assim: “tá gostando tia?”. Ela respondeu que sim, mas o mais excitante veio depois. Como elas estavam sentadas no chão, a moça agarrou a tia por trás segurando em seus seios e falou: “ e agora, ficou mais gostoso?” Minha amiga não soube o que fazer, apenas respondeu, suspirando que sim. Talvez a carência de homem em sua vida ou o desejo de uma experiência diferente a fez aceitar.

Vendo que a tia estava dominada, a menina aproveitou geral. Continuou a acariciar os seios da tia e beijar-lhe a nuca. Apalpava em movimentos circulares e beliscava os biquinhos. A tia, nesse momento, começou a se masturbar. Enquanto sua sobrinha lhe acariciava os seios ela chupava os dedos e os enfiava na buceta. Ficaram assim por alguns minutos quando a menina, com as mãos já dentro da blusa da tia, pediu para beijá-la. Minha amiga, excitadíssima, virou-se e começou a beijar sua sobrinha como se fosse um casal apaixonado. Beijos molhados, de língua, chupar a língua da outra, era tudo uma delícia. Enquanto beijava a tia, a garota passava a mão em sua bucetinha iniciando uma masturbação leve. Logo a tia deixou os lábios da sobrinha e, tirando-lhe a blusa, começou a mamar com força, os seios da ninfetinha. Beijava, mamava e até mordia os bicos dos seios da sobrinha gostosinha. A garota, nesse momento, era sá gemidos e excitação. “ Ai tia, quero ser sua mulher” era o que falava a garota. Palavras que deixavam sua tia ainda mais excitada. Ela pegou a garota, arrancou sua calcinha e começou a lamber sua buceta como se fosse a mais saborosa. Incontrolável, minha amiga fez a sobrinha gemer e gritar ao mesmo tempo. Chupava e enfiava dois dedos na bucetinha juvenil de sua sobrinha que se contorcia de tanto tesão. A menina esfregava o rosto de sua tiazinha na buceta como se pedindo mais e mais. Novamente beijaram-se, dessa vez nuas, uma por cima da outra, ali mesmo no chão da sala. Depois a moçinha pôs sua tia de quatro e enfiou a linguinha no cuzinho moreno da tia dando linguadas como se fosse uma cadelinha no cio. Minha amiga disse que mordia um travesseiro para não gritar de tanto tesão. “ Tu não passa de uma putinha safada né?” “ Aaaaaaaai, que delícia, me come sobrinha linda”. Era um misto de loucura e tesão que dominava as duas. A sobrinha louca de desejo, virou sua tiazinha de frente e passaram a se esfregar, uma na bucetinha da outra. Esfregaram-se durante uns 19 minutos. O desejo e o tesão exalavam naquela sala, tia e sobrinha fazendo sexo apaixonadamente. Depois a sobrinha sentou no colo da tia e recomeçou a mamar, dessa vez como um nenezinho, com muuuuito carinho, até babar os belos seios da titia que se deliciava querendo gozar. Até que, como num filme, as duas ficaram masturbando uma à outra até chegarem num gozo duplamente indescritível. Depois, beijaram-se e assumiram um namoro escondido de todos até hoje.

Bem, espero que todos tenham gostado de mais um conto escrito por mim. Espero que as mulheres interessadas também me procurem. Se quiserem mandar seu e-mail, eu adiciono no msn (que tem outro nome). Meu e-mail já é conhecido de vcs, mas não custa lembrar [email protected]



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


minha mae adora um negao contos eroticos gratiscontos eroticos noiva e ali dando o cucontos eroticos tres homens uma mulherConto erotica de mulher fuder a cagarcontos de estupro pelo caseirocontos eroticos com a tiaContos eroticos marido convence esposa com pintudofoto espprradascontos eróticos não sou gay mas virei submisso do meu compadretica cuzinho piscando na camsogra safada dos peitinhos bicudoscontos eroticos tio da escolafoi buscar a cunhada para a festa e meteu gostoso nelaContos eroticos campingcontos eróticos virou mulher home pelado com nome ketlynrelato erotico cheirei a calcinha gozadaxxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5mincontos eroticos comi minha espetorapapai e seu amigo comeu meu cuzinhocontos eroticos decornos amigoscomo fui estuprada contos eróticoscontos eroticos espermaconto erotico meu sogro de 60 anosBoqueteirá contoseroticoscontos eroticos de empregadarelatos e contos de mulheres traindo em trilhascnto mulher de ssia entra no cineporno pela primeira vez e deu para varioscontos de jumento fudendo o cu da coroacomparando paus contosOi meu nome ê marta tenho uma amiga travesti e ela micomeurelatos reais ciumento casado corno aconteceu na praiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos sequestrocontos eróticos trepando com a irmã da mamãepiercing no mamilo da priminhacontos,meu padastro disse vou enrrabar sua filha negrinhapode me chama de de puta decachora e salientecontos de mulher transando com negão p******conto sou. chupeteiravideo de porno o cara foi concerta o icanamento e comel elacontos eroticos arrombando a gordatroca de namoradas contos eroticosporno mãe e filha jantando na mesa e depois a sogra vai tranza com o gerrocontos eroticos virei amante do tio do meucontos minha esposa nao vai aguentar essa pica.Contos eroticos meu pai mer fudeu no banheiroContos eroticos : a amiga japonesa da minha maecontos de mulheres cadeirantes soltando a rodinha e gozandoContos eroticos pai come a filha como castigocontos erotecos fui com meu marido no sitio e um velho comeu meu rabinho virgem a forçaContos eroticos flagrou namoradacontos de coroa com novinhocontos quando eu era pequeno meu colega me comeuA loirinha punheteira contos eróticosContos eroticos corno panacaContos eroticos estupros coletivos veriticosconto erotico surpresa na siricacontos eroticos chamei a policia e ccontos eroticos praia nudismo em familiaminha irmã cavala chora no meu pau. contos.Irmã Seduz O Irmão (contos Eroticoscunhada irmã da minha esposa muito gostosa tronco daconto erótico velho fode viadinhoRelatos eróticos novinhascontos eróticos estupradacontos eroticos homem casado fudendo sem do o cuzinho da prima magrinhanovinhas gordinhas cheirinha dos peitinho durinho transando com namorado e o amigo deleconto erótico garota da academia bombado no jumentocontos erotico minha esposa e travesticonto erotico sou madura e borracheirocontos eroticos nem queria putaprimeiro boquete contosSo contos de sadomasoquismo com maridos e esposas so contos eroticosconto porno onde o amante come ate o cu da crente casada