Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ESTRUPO DO CINE PORNÔ



Logo que apagou a luz do cinema pornô, percebi que sentou um cara alto ao meu lado. O fime nem tinha começado, pois estavam passando os anúncios dos práximos filmes, o cara pegou minha mão e pôs no seu pau, que já estava para fora e duríssimo. Surpreso, tirei a mão. Em seguida ele repete o gesto, mas segura minha mão sobre sua pica. Em vez de punhetar, resolvi acariciar, sentir, mexer com a mão em círculo, de cima a abaixo. Com isso crescia cada vez mais. Era grossa, grande, lisa e uma cabeça agradável de pegar. Ele estava gostando, eu também.



De repente, ele colaca o braço nas minhas costas e num sá golpe fui parar de joelhos no meio das suas pernas. Daí repeti as carícias, agora com duas mãos, ele se contorcia. Pegou minha cabeça e me fez chupar. Na verdade, antecipar algo que eu faria espontêneamente em seguida, pois estava maravilhado com aquele instrumento, sem contar que a coragem e determinação dele me excitavam também.



Comecei anelando a cabeçona com os lábios, me deu um arrepio no corpo inteiro ao sentir o sabor na boca. Como estava demorando para engulir - ou tentar engulir - ele pegou minha cabeça com as duas mãos e fudia como se minha boca fosse um buceta, ia até o fundo, tirava e repetia as investidas.



Quando ele soltou, comecei fazer o que ele parecia gostar mais. Engulia devagar, voltava até a metade e sugava, sugava, sentindo um imenso prazer. Continuei me deliciando, até gozar pelo meu pau embaixo da poltrana. Mas ele nada. Sá aquelas gotinhas de tesão, apesar de todo o meu empenho.



Puxou-me forte e num relance, estava sentado no colo dele. Soltou minha sinta, abriu, baixou minha calça, o pauzão encostado no meu buraquinho. Tentava, tentava entrar, mas não tinha jeito, pois eu estava tenso. Na tela uma cena mais ou menos parecida, uma mulher sendo enrabada por um negão americano, pauzão enorme.



Olhei para os lados e para frente, todos estava fazendo sexo, de várias formas. Ele melhou a mão com cuspe e passou no meu buraquinho. Abriu bem minhas nádegas e usando sua força e o peso do meu corpo, enfiou tudo de uma vez, até o talo. Soltei um grito aiiiiiiiiiaiiiiiiiiiiiii, ele abafou minha boca e ficou parado uns três ou quatro minutos. Quase um estrupo. Senti o pau lá nas profundezas, dilacerando tudo. Ardia forte, uma sensação de invasão. Também fiquei quieto, tentando aguentar tudo aquilo lá dentro, não conseguia me mexer, nem mesmo piscar o cuzinho.



A dor foi aliviando, até ficar bem suportável. Senti que estava com a bunda empinada, é assim que a gente fica quando um pau entra inteiro, parece que o práprio corpo se adapta, se ajeita para receber. Meu pau estava mole, parece que se recolheu quando o objeto estranho entrou atrás. Na tela a mulher gemia, gritava, mas eu não olhava porque estava de olhos fechados, corpo tremendo.



Experimentei contrair o cuzinho, doeu um pouco mas em seguida tudo se transformou em prazer. Contraí mais e comecei a rebolar devagarinho, empinando mais a bunda e empurrando, fazendo um movimento pra frente e pra trás.



Quando eu parava os movimentos, ele abria mais minha bunda, enfiava mais profundamente e fudia, fudia. Empurrava até o fundo, tirava até uma altura bem devagar e depois enfiava novamente, fazendo eu sentir centímetro por centímetro do seu pau. Contraí, apertava, empinva a bundinha, como é bom ser enrabado assim por um cara que sabe comer um cuzinho.



Urrava baixinho hummmmmmmm, ahhhhhhhh, mexia e meu cuzinho disperou a contrair, piscar, apertar, era uma gozada anal que estava chegando. Me soltei, relaxei. Ele parece que não gostou por eu ter parado e começou a socar, socar, socar, rápido. Continuou a meter, meter, até um sentir um colorão por dentro, era ele gozando, inunando meu cuzinho de porra, numa explosão interna. Esse é um momento de submissão, de receber e dar prazer, sentir um pau pulsando dentro, que maravilha! É o ponto alto da enrabada, o instante em que você confirma que gosta de dar mesmo. E se entrega, mexe, rebola, geme, goza feito uma putinha.



Me ajeitou para frente, ficamos de joelhos ele atrás de mim com o pauzão ainda enterrado em mim, bem duro ainda. Apoiado na poltrana da frente, empinei a bunda e enfiou mais. Tirou devagar, escorreu porra, molhando minha bunda e escorrendo pelas pernas. Senti um alívio e um vazio ao mesmo tempo. Todo enlambuzado, ele se encostou e enfiou direto novamente, empinei e soltei um gemindo profundo.



O filme já estava práximo a terminar, agora eu podia ver, embora estivesse com um pau enterrado até nabo. Fiquei com a bunda empinada, mas quieto para não provocá-lo. Aos poucos foi amolecendo, fui sentindo diminuir, até sair. Fechei a calça e fui para o banheiro, onde me tranquei e esperei até começar a nova sessão, dai fui embora.













VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentenifeta cor de jambo no vidio mobilicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei pro amigo do meu namorado 18 anos contos eróticoscavalo enchendo a bucetadeporraMeu primo me convenceu a mostra meu pau para elemeu padrasto me arrombou a força até esfolar minha bucetinhacontos eroticos caminhoneiro obriga meninaConto erotico casado asuata com pau grande do amigo de futeboucontos de zoofilia com cavalocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eu homem casado dei o cuenrabaram minha sogra contosmulher poe seu cachorro dormir com ela e acaba deixando ele lember sua bucetacontos mulher e marido duas vadias para um.machocontos velha casada fudendoconheci uma novinha inocente ensinei ela chupa tudo contos eroticosconto erótico meu tio me ensinando a amamentarcontosviu o pau do genrro.e deu.pra elemeu tio safado gosta de mim ver de vestidinho curto pornoconto eroticos gay primoCU arrombado ABERTO madrasta contoContos eroticos com foto eu era novinha nao tinha nem peitinho e meu padrasto tirou a virgindade da minha bucetinha e do meu cuzinhoconto tia e prima no meu banheiroContos eroticos picantes arrombado novinhode verdade o que injetam ou introduzem para aumenta bumbum e seioscontos eroticos de tias fudendocontoseroticos comeu meu cu e cagou na minha bocacontos eroticos transformado em putaContoeroticocasadasputasTransei com minha prima brincando de esconde escondevelhas gordas de 90kg nuasenrabaram minha sogra contosgosando na boca da sogra verídico video porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladacontos eroticos marido mandando mulher saraleitinho no copo. contosvirando moça contosMesmo contra a vontade da minha familia eu sou mulher do meu primo viuvo conto eroticocontos eu homem casado dei o cucamiseta sem calcinha. contos de casada.contos eroticos de mamae papai com empregadaconto erótico tráfico de mulheressexo porno safada do sitiotudo no cuperdi meu cabaço para o patrao sobre chantagecontos de coroa com novinhocontos eroticos minha baba gostosa perdendo minha virgindadeContos escrava sexual do patraocontos eroticos arrombando a gordacontos de inxesto como o meu marido não me notava então eu fiquei dando mole para o meu irmão para ver o que ia acontecercontoerotico quase corri negrinho caralhudoConto surpreendi meu maridoContos eroticos mulher cazada carente tevi ki da pru vizinho de pika muito grande marido descubriu enteadinha putinha contoscontos de heteros branco comendo bunda negracontos eroticos congresso medicoConto erotico violento mulher sendo caStigadatravestis novinha fazendo b****** Oi tomando muito agitada na bocaContos eroticos.da mamae e filho na casa de praiaContos como foi a primeira punhetinhacontos eróticos minha tia de baby dollcontos eróticos casadas vingançarelatos reais minha eaposa pediu pro amigo comer o cu virgem delacontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos eróticos na plantaçãocontos casada espia cunhado treparminha patroa chupou minha buceta orgia com ela e amigo contosconto erotico com o tio no carroconto erotico meu sogro de 60 anoshuuuuummmm gozeibaixinho velho gay contosdoeu meu cu entreu a mao