Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O PROFESSOR (PARTE II)

O PROFESSOR (Parte II)



Como lhes havia contado antes o meu professor atiçou o meu lado feminino e me fez chupar o pau dele até que ele gozasse e que estava interessado em acabar o serviço que tinha começado e tirar também o meu cabaço do cuzinho virgem e maravilhoso. Depois de ter chupado o pau dele me despedi e fui para casa, sem que o pensamento do acontecido saísse da minha cabeça. Chegando a casa fui tomar um banho e aproveitar para relembrar aquele momento maravilhoso me masturbando no banheiro. Depois fui para o meu quarto e não conseguia tirar do pensamento o que tinha ocorrido e com a maior vontade de voltar lá e terminar o serviço, ou seja, perder o cabacinho do cuzinho. Naquela noite custei a dormir, no dia seguinte fui à escola e não tirava o pensamento do acontecido no dia anterior, não consegui nem prestar a atenção nas aulas, o que deu até em brincadeira de uma professora, que disse que eu estava parecendo apaixonado, pois estava no mundo da Lua, sem saber é claro que eu estava apaixonado pela pica do meu professor. Mais um dia longo se passou até que chegou a quarta feira que eu deveria ter aula de reforço. Fui para casa e cheio de más intenções coloquei uma bermuda de tec-tel, uma camiseta, me perfumei e fui para a casa dele, pronto para perder o cabaço. Chegando lá nos cumprimentamos e ele pediu para que eu sentasse no sofá que teria a continuação da aula da segunda feira, pois ele já estava indácil e com saudades. Eu também disse a ele que não conseguia nem dormir direito sá pensando no que aconteceu e doido para que chegasse aquela quarta feira. Então ele ligou a TV, colocou outro filme pornô gay e disse que iria vestir algo mais leve. Então eu fiquei vendo o filme e ele foi ao banheiro onde tirou toda a roupa e colocou um roupão. Logo depois veio e sentou-se ao meu lado e começou a me acariciar, o que prontamente o retribuí, e ele logo pegou a minha mão e abrindo o roupão colocou-á sobre o seu pau e disse bem baixinho, segura o que será todo seu minha futura mulherzinha gostosa. Logo segurei e fiquei masturbando-o e sem seguida eu fui logo abaixando a cabeça e abocanhando aquele pau gostoso, o que lhe fez dar um enorme suspiro e apartar a minha cabeça contra aquele pau maravilhoso. Ele logo em seguida foi tirando a minha camiseta e passando a mão pelo meu corpo e logo abrindo o velcro da minha bermuda, a qual ele puxou para baixo junto com a cueca e deixou a minha bundinha a mostra para ele alisar a vontade. Passando mais alguns minutos ele tirou a minha cabeça do seu pau, me pegou pela mão e disse: Venha que tenho um lugar especial para nás e me levou para o quarto dele, que já estava arrumado como se estivesse esperando alguém. Sobre a cômoda estava um vidro com lubrificante e um jogo de camisinha e uma toalhinha íntima. Chegando à cama, ele me sentou na beira e colocou de novo o pau na minha boca. Depois de chupá-lo e lambê-lo com tudo o que tinha direito, ele me pediu para deitar mais para cima, tirou o roupão e deitou ao meu lado, me beijando todas as partes do corpo e encostando aquela piroca dura nas minhas coxas e bundinha, o que me deixava cada vez mais excitado e com um pouco de receio, pois ouvira dizer que doía bastante. Foi aí que me segurando por traz ele me falou: Como você deseja perder o cabacinho? Eu meio sem entender perguntei a ele, como assim? E ele me explicou, de que jeito você quer ser comido, de bruços, de barriga para cima, de frango assado ou de outra maneira? Eu logo disse para ele, do jeito que você achar melhor e que cause menos dor possível. Então ele me disse, pode deixar comigo então, você é o terceiro cabacinho que eu vou tirar e vou fazê-lo com muito carinho, pois quero ficar te comendo sempre, pois você é maravilhoso. Então me deitou de bruços e foi até o mável pegar o lubrificante, a camisinha e a toalha. Voltando abriu bem as minhas pernas e começou a lamber a minha bundinha e a mordiscá-la bem gostoso, o que me arrepiava todo e me deixava com bastante vontade de ser penetrado. Então ele abriu as minhas nádegas e passou a língua, juro que quase morri de tanto tezão, suspirei, mordi o travesseiro, fiz de tudo de gostoso que foi e ele ficou lambendo e beijando carinhosamente o meu cuzinho, até que não aguentei mais e pegando no braço dele e puxando-o para cima de mim o pedi, me come, enfia esse pau gostoso dentro de mim, tira o meu cabacinho. Ele então pegou o lubrificante e começou a massagear o meu cuzinho e a enfiar os dedos, primeiro um, depois o outro e fazendo o movimento de vai e vem. Quando ele sentiu que já tinha delatado o bastante, ele levantou os meus quadris e colocou um travesseiro por baixo para deixar a minha bundinha mais alta e falou para mim que iria me comer sem a camisinha, pois assim ficaria melhor e que eu podia confiar nele, pois ele era saudável e sá transava sem camisinha com quem era cabacinho. Então ele me pedir para colocar a mão para traz e abrir bem a bundinha, pois ele iria me comer. E assim o fez, depois de lambuzar o pau com lubrificante, colocou o pau bem na beirinha do meu cuzinho virgem e foi empurrando bem devagar, até que senti passar a cabeça, e foi quando eu dei um gemido de dor e prazer e ele me disse para relaxar que o pior já tinha passado, e depois de alguns instantes dele parado ele começou bem devagar os movimentos de vai e vem e vagarosamente foi empurrando o resto, até que entrou tudo e comecei a sentir os ovos dele bater nas minhas pernas, significando que estava tudo dentro e ele começou a me estocar mais forte e a beijar meu pescoço e me chamar de gostoso e outras coisas, as quais eu também o retribuía. Ficamos assim por alguns minutos até que ele tirou e me pediu para virar, pois queria que eu o visse gozando. Então me virei e ele novamente colocou o travesseiro sob minha bundinha, pegou as minhas pernas e as colocou em seus ombros e novamente penetrou o meu cuzinho, ficou me comendo assim por alguns bons minutos e depois sem tirar o pau de dentro deitou sobre mim e me beijou e foi cada vez mais acelerando o vai e vem até que me disse que iria gozar, e foi o que ele fez, gozou muito, urrava, gemia, me apertava, fazia de tudo, demonstrando o imenso prazer que teve de tirar o meu cabacinho. Depois ainda com o pau dentro, pegou o meu pau e tocou uma punheta na qual eu gozei rapidamente, pois já estava cheio de tezão. Depois ficamos juntos por várias horas, trocando confidências e ele me dizendo que daquele momento em diante ele era o meu marido e eu a sua mulherzinha e que iria me comer em todos os dias que eu fosse estudar com ele, pois eu era um tezão e ele adorou me comer. Antes de eu ir embora ainda me comeu mais uma vez. Depois ficamos nos encontrando sempre e tivemos diversos momentos maravilhosos juntos por mais de um ano e meio.

Luiz Breno – Rio – [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto de mulher de sc fodendo com cachorrofilme pornô com gordinhas empadãocontos eroticos entre irmaos machostia peruca gosta de chupar pau e a buceta sai muita gozaRelato de esposas putas dando pra fumcionarios nacontoseróticos tímida . dormindocontos incesto com a mae rabuda eu e meu pai na praia de nudismoloira porno na praia ou no carro no capuoContos casada boquete em pintor enormefui criado para ser gay Contosfiz o cu rosa da minha mae de buceta com ela dormindocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos estupro sai na rua e min estupraramconto de mulher de sc fodendo com cachorroconto minha mulher gosta quando levo ela nas festinhasum careca inesquecivel contoscontos erot co dando a buceta pro cavalo e p ca grandetravesti gozando no próprio sutiãcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentever relato picantes da professora transando com a aluna sexoTICA,PELADO,FA,MASAGEconto erotico comendo sogra no veloriozoofilia negao comenorme pau deixando putia loucadei a Bundinha gostosa Contosme fode gostoso contoscontos eroticos confissões fAmiliaresamamentacao adulta porno contoscontos eroticos de vovoNo motel minha sobrinha ela chupou meu pau eu chupei sua buceta e fudi ela contos eroticos Depois que eu fudi minha filha e minha esposa elas duas juntas minha esposa disse pra eu levar minha filha pro motel pra eu tirar a virgindade do cu dela conto eróticocache:o2QtLYsJB5EJ:okinawa-ufa.ru/conto_23564_totalmente-submisso-a-minha-dominadora.html conto tia e prima no meu banheirocontos de assalto com incestocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eróticos primeira vez colégiocontos eroticos arrombando a gordagarota apostou qui aquenta da o cuContos eróticos me violentounegao arombo cu da sogracontos eróticos dois garotos e uma mulher na fazendaconto escrito de uma sapatona madura q gostou da minha picacontos forçada a ser a puta da empresareal conto cunhadobucetinha piquinininha de adolecente pretinha escorrendo arregacadachaves metemdo pau em Chiquinhaconto porno olhando negro dotadocontos eróticos gay meu professor de quimicarelatos comi a gorda na marratraficante umillha novinha e come u e goza na bocacontos eroticos mulher carinhosaContos gay carnaval em Veneza contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefui encoxada no tremcontos eróticos sobre tia bucetuda é grávidaminha mae vai ao massagista sem calcinhas contos eroticoscomentário de. mulher que ja a buceta pro donzelobronzeamento com a amiga greluda contoconto eróticos mulher pedindo pra meter com outro machoconto de sexo mae mulata de calcinha fio dental nas fériascontos eroticos dando aulas ao sobrinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos massagemcontos eróticos meninacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudoContos,erotico de mulher casada da na,zona,ruralcontos eróticos velhinho transando com jumentocontos eroticos com cavalosContos de mulheres que ganhao a vida dando o cuContos e vidios eroticos marido tenta convese mulher a fazelo de cornocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mulheres vadiascontos nao queria mas vovo gosou.na meninaConto mete ai ai uiui no cucontos eróticos meu padrasto lambia minha buceta como louco