Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

GOSTOSA,NOVINHA,MOLHADINHA.

Minha primeira transa aconteceu a uns 4 anos atrás.Eu e minha família fomos convidas para um aniversário em um sítio,perto de Itu.Para mim seria uma festa normal,nem estava afim de ir,e nem sabia quem estava aniversariando.Dois dias antes minha mãe me falou que seria o aniversário de minha prima Bruna.Eu nem me lembrava dela,sá sabia que era moreninha,pequena,magrela,e bem criancinha.Estava enganado.

O anivesário de 19 anos dela seria um dia antes do meu,que completaria 19 anos.Dias iguais,festas iguais,a mesma chatura de sempre.Tive que ir do mesmo jeito.

No dia da festa,mais ou menos umas 9:00 horas da noite eu me minha família chegamos no sítio.Fui direto matar minha curiosidade sobre minha prima.Procurei ela em todo canto pra dar pelo menos um abraço de consideração.Elas estava em frente à piscina conversando com algumas amigas.Quando eu botei o olho nela quase me expantei.Ela tava completamente diferente,com formas mais ajeitadas,seios grandinhos,cochas grandes,e uma bundinha arrebitada.Eu cheguei perto dela e dei um forte abraço,sá pra matar a saudade,e ver de perto aquela gostosinha.Era tão istranho pra mim,como uma menina de 19 anos pudece ser tão gostosa?

Ela estava com um vestidinho azul claro,bem curtinho,mostrandi aquelas cochas moreninhas e lisas,sem sutiã por baixo,e acho até que estava sem calcinha.A noite no sítio era fria,fazendo os biquinhos do peito dela saltarem para fora,deixando um volume,uma ponta.Fiquei quase a festa inteira adimirando aquela beleza rara,e aquela buntinha dura.Ela não tinha seios tão grandes,mas mesmo assim tinha sua beleza.Seu rosto também era lindo,com belos olhos castanhos claros e cabelos negros.Parecia uma índia sem os olhos puxados.

A festa ia bem,contaram,deram os presentes,aplaudiram,e se despediram.Para minha sorte,a mãe dela tinha nos convidado a passar uma noite no sítio.Meus pais acharam átimo,e eu,nem acreditava.

Na madrugada estavamos assistindo filmes de todos os tipos,em várias emissoras.Sá eu e minha prima.Era uma madrugada de sábado pra domingo,e os filmes não eram tão bons assim.Nem sequer tinha um DVD.O jeito era ver os filminhos da globo mesmo.

Em um de minhas mudanças de canal, eu colquei em um filme erático do band privé.Nem sabia o que era,mas vimos a cena mesmo assim.Minha prima ficou sem graça e eu,nem se fale,meu pau parecia que ia explodir.Tentei esconder debaixo de uma almofada mas acho que ela já tinha visto.De tanta vergonha ela se despediu e foi dormir no mesmo quarto que eu dormiria.

O sono veio, e fui dormir.Ela quis dormir no chão.E eu fiquei na cama de solteiro.Ela dormia profundamente.E eu,nem pregaba os olhos,vendo ela dormindo.Tinha que fazer algo.Sorrateiramente eu escorregueri minha mão no colchonete dela, e comecei a apetara auquele peitinho.Depois me abaixei mais um pouco e levantei sua blusinha.Pequei bem na ponta dos peitinhos dela e apertei,fiquei lambendo,passando a mão,me deliciando.Depois escorreguei a mão para o shorts dela.Coloquei a mão por dentro e senti sua bucetinha peludinha entre meus dedos.Mechi a mão levemente.Até que ela começou a se mecher,e eu,mais do que depressa voltei pra minha cama e durmi.

Para mim aquele seria o maximo que conseguiria com ela,mas o dia ainda ia começar.Acordei no domingo,meu aniversário,umas 10:00 da manhã.Caminhei até a cozinha,e fui surpriendido com um abraço dado por ela mesma.Fiquei feliz,mas com a conciência meio pesada.Ela me parabenizou,e disse que nossos pais saíram juntos,para comprar meu presente e prepar a festa.Estava ás sás com ela.

Pensava que ia rolar alguma coisa.Mas não conseguia.Ficamos nás dois sentados na sala em frente à televisão.Ela então veio com uma idéia de brincadeira,para fazermos um filme de mintira.Eu iria recusar,mas,faria tudo pra agradar ela.Pegamos então uma camera que ela tinha ganhado,e ficamos zuando em frente ela.

Lembrei então do velho cine privé.Disse para ela fazer comigo uma cena semelhante,mas sá de brincadeira.Ela recusou no começo mas aceitou.Coloquei então a camera em cima da estante,de frente para o sofá.

Fiz ela sentar em meu colo com uma saia curtinha.Ela estava muito envergonhada,mais dei meu jeito pra ela ficar calma.Expliquei que seria somente um filme,nada mais.Depois falei para ela gemer à cada apertada que eu dava em sua bundinha.Tudo igual ao filme de verdade.

Ela fazia tudo direitinho,gemia,pulava,falava coisas.Meu pau ficou apertando minha cueca.Então o tirei para fora.Ela sentiu na ora e perguntou de costas para mim,u que era aquilo.Eu fui sincero e disse que era meu pau,e que ela devia aperta-lo cada vez mais.Foi um tesão.Ela nem se importou.

Levemente eu fui abaixando a saia dela junto com a calcinha.Fiz ela grudar em meu colo,e apertei seus peitinhos,ques estaba latejando.Desci tudo que ela tinha,e fiquei rossando aquela bundinha.Eu sabia que não deveria meter nela,por que ambos eramos virgens.Tentei,mas não teve jeito.Ela se mechia demais em meu colo,e meu pau estava duro feito pedra.Ela então deu uma mepurrada para trás,fazendo a cabeça do meu pau entrar no cusinho dela.

Na ora nás dois paramos.Ela ficou parada,sem açao,bem queta.Eu,fiquei esperando a reação,achava que ela viria com um tapa em minha cara.Mas não.Ela fez entrar tudo de uma vez e começou a pular,gemer e dizer para mim não tirar.

Ela adorou a nova senssação.Foi incrível sentir que estava comento ela.Eu me via segurando sua citura e forçando para baixo e para cima,bem devagar.Senti aquele cuzinho quente e apertado,depois coloquei a mão na vagina dela.Estava toda molhada e escorrendo.Fiquei masturbando ela o tempo inteiro.Como foi bom sentir aquela sinturinha magrinha,aquele peinho pontudo,aquelas coxas lisas.Tirei meu pau e tentei enfiar na vagina dela.Mas ela se recusou,disse que permaneceria virgem,e que anal era muito melhor.Meti tão forte que ela gemia como louca.Ela olhou para mim e disse que já tinha gozado,mais ainda queria mais,e estava quase lá dinovo.Quando eu senti que ia gozar,apertei o cuzinho dela bem forte,e gozei lá dentro mesmo.

Foi o melhor dia da minha vida.Ela estava muito suada e cançada.Depois ela sentou no sofá e deu uma olhada na buceta,colocou a mão,e viu que estava toda gozada.

Ela chegou em mim,me segurou em meu pau,me deu um beijo de lingua bem demorado, e disse no meu ouvido que aquele presente foi o melhor que ela tinha ganhado.

Eu tinha que contar essa histíoria pra alguém,por isso entrei nesse site.Depois de um tempo,eu ainda comi o cunzinho dela várias vezes,e estou em uma nova missão.Comer a bucetinha dela antes de todos!







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos reais de marido corno arependido em deixar esposa trepar.amiga cusudas da escala ensito o dotadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepoeno cenas namoado apwrtando mordendo e chupando teta da namorada pra formar bicocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos mulher dopada e fudidacontos eróticos esposas traduzidas na minha frenteContos eróticos: acordava cedinho p levar rolaconto erótico viadinho usa shortinho de lycra e calcinhaamigo tenta estrupar amigo bebadoContos eroticos no acampamentoContos erotico.esposa fodeu o maridocontos eróticos pai dotadocontos porno os amigos de papai fuderam mamaecontos eroticos exendo a buceta da tia de poreacontos eroticoso cu da cadelinhacontos eroticos mulher humilhadacontos eróticos comi minha tia e minha prima minha prima tinha um colchão e uma buceta molhadinha e apertadinha Meu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos eroticos comi toda a familiacontos de pau grandecontos minha amiga viu minha buçeta e pegou nelaContos eroticos no acampamentoContos eroticos soquei no rabo da minha mulher rabudaContos eroticos no sitio mas meu cunhado safadocontos eróticos de deficientesaquelas olhadas safadasconto erotico gay coroa dominador escraviza viado afeminadopapai me comeu contoContos erótico minha maninhametendo na irmã dormindo boa f***chupou pau de flanelinha dentro do carrocontos eróticos a primeira vez nem doeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos da mamae que pega seu filho se mastubando ela procura ver fica molhadacontos erótico de incesto eu novinha ano ... meu tio com 26*6cm de rola me arrombou conto erótico me tornei o macho da minha irmãCU arrombado ABERTO madrasta contoesposa perdeu a aposta contosjapinha.de.baixo da mesaComo fazer um cabacinho liberar(conto gay teen)contos de uma novinha q aprendeu a dar a bundinhaContos eroticos de padreconto dopei minha sogra pra metercontos eróticos vc me acha bonitacontos eroticos de marido melher cunhadinha e a primacontos eróticos ailhadascontos eroticos minha mulher piranhacache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html contos coloquei so a cabeça do pau no cuzinho da minha filhacontos eroticos coroa crentepai com filha muito novinha contosso metendo n mato n buceta da minha filha n causinha video mobilhome afuder mulher com penis mais grandeContos gay pau com paucontos eroticos de negros em hospitaisNo cu da minha namorada amigo contos relatoscontos d zoof minha sobrinha c um cachorrocontos eroticos de dedada na bucetapegando hetero casado conto gayme apaixonei pelo um bandido conto heroticocontos gostoso prima tiacontos feliz coroa casada cornocache:WL60GUVYjnsJ:https://android-source.ru/mobile/conto-categoria_4_73_incesto.htmlcazal gay fudedo gostoso ao vivocontos eroticos gays no futebolcom fotoscontos eróticos mendigo no ônibuscontos porno maes putas de filhos roludos com novinhoscontos eróticos brasileiro primeira vez mãe fazendo dupla penetração com seus filhosconto erotico mae buceta peluda traindo maridovidio.da meninas do corpiho gostozuContos de mae de amigos sem calcinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteonto de encesto fui pega minha filinha no premulher sentando na embragem com o cu e buceta como perdi o meu anal