Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU, ROBERTO, CAVALO, CACHORRO E CHINELO: ORGIA!

Olá para todos. Na época eu era um garoto de 19 anos, cabelos loiros, olhos verdes e super rodado! Já estava cansada daqueles cacetes grandes e grossos entrando no meu cu. Queria algo muito maior! Foi assim que cheguei à conclusão de que dupla penetração (dois no cu) é muito melhor, e é o que eu faço hoje em dia (mas isso é outra histária). Fui para a fazenda dos meus tios, não muito longe daqui de BH, que era linda. Muitos cavalos, cães, galinhas etc. Uma linda piscina, e outras coisas mais. Fui para a piscina me refrescar quando chegou meu tio e disse que todos iriam sair e que sá ficaria eu e o Roberto, o jardineiro, que não me incomodaria. Concordei, já pensando naquilo. Quando meu tio saiu, tirei a sunga e comecei uma deliciosa punheta! Que delicioso debaixo dÂ’água. Estava bem curtindo meu tesão quando o Roberto chegou. Apressei-me em colocar a sunga mas não deu tempo. Ele viu meu pau e na hora, vi que o caralho dele se arregalou. Rapidamente, vi que ele usava um chinelo Rider azul, mais gostoso que tudo! Ele falou: Olá. É você o sobrinho do seu João (nome fictício)? Falei: Sim, sou eu. Você é o jardineiro? Ele: Sim. Prazer em te conhecer. Nisso, ele foi embora, mas chamei-o de volta. Olhei pra ele, querendo ver o tamanho da benga, o chamei pra mais perto e abaixei suas calças. Que visão! Grande, grosso, com muitas veias saindo e uma cabeça enorme. Com uma mão, bati uma deliciosa punheta pra ele e com a outra, peguei o chinelo Rider dele, e comecei a esfregar no meu pau. Que delícia! Gozei gostoso com aquilo tudo! Saí da piscina sem a sunga e esfreguei meu cu no pau dele. Ele deu em pequeno gemido de tesão e eu fiquei louco com aquele mastro roçando a portinha! Com isso, acho que o cachorro da fazenda, o Bob (muito bonito por sinal) sentiu o cheiro do meu grelhinho e foi chegando perto. Começou a cheirar e a lamber o pau do Roberto e meu cuzinho. Nisso vi que o pau do cachorro foi crescendo mais e mais, quando ele deitou na beira da piscina e ficou olhando para nás. Ajoelhei-me junto com o Roberto e ficamos ali tocando uma punheta pro cachorro, já que o Roberto era meio gay. Ele começou a lamber o mastro do cachorro, e começou a surgir o ná no pau do cachorro. Logo o Bob começou a gozar na cara do Roberto. Vendo aquilo, senti que estava ficando tão excitado que já tava d pau duro de novo. Falei pro Roberto colocar tudo no cu. Rapidamente agiu e quando vi já estava com o pau dele todo estocado! Fiquei de quatro e chamei o Bob. Logo, viu que era o que estava pensando e começou a montar na minha bunda! Dei uma ajuda, guiando o mastro do cão, que não acertava, mas consegui fazer com que o pau acertasse meu cu. Dei um forte gemido, já que ele estocou de uma vez, até o saco dele. Nisso ficamos uns 19 minutos, o cachorro me arrebentando, o Roberto enfiando na minha borga e eu lambendo o Rider do Roberto! Que delicia! Gozei + uma vez sá naquilo! Nisso, paramos com tudo e o Roberto me perguntou se eu queria ver um pau de verdade, grande, melado e gostoso. Pediu para esperar e trouxe um lindo cavalo branco, que parou perto de onde a gente estava. O Roberto começou a roçar as bolas do cavalo e aquele grande pau se arregalava na minha frente! Era tudo o que eu precisava e era como o Roberto falou: grande, branco e melado. Corri, com o Rider do Roberto nos pés e comecei a chupar o cavalo, num boquete delicioso. Pedi pro Roberto raspar o Rider no meu pau e enfiar o pau dele no meu cu. O cavalo gozou deliciosamente na minha boca, fazendo com que eu soltasse um gemido de tesão. Eu gozei muito com o Rider no pau. Quando paramos, o celular tocou. Eram meus tios, avisando que era pra eu ficar sossegado, pois eles tiveram problemas e não voltariam pra fazenda naquele dia. Quase pulei de felicidade! O Roberto, que era pra ir embora às seis horas, ficou na fazenda. Quando desliguei o celular, voltei pra orgia e estoquei bem fundo o grande caralho do cavalo, me fazendo gritar de tesão. Comecei um delicioso boquete no Roberto, que já raspava o Rider no meu pau d novo, e bati muitas punhetas pro Bob. Ficamos a noite inteira naquela suruba! Eu, o Roberto, o cavalo, o cachorro e o Rider! Nunca gozei tanto quanto naquela noite! E outra: essa suruba foi super educativa. Eu não sabia que cavalos gozavam tanto em menos de 19 minutos! !!! No final, umas 2 horas da manhã (com pausas, claro), minha cara estava completamente encharcada de 3 tipos de porra diferentes, o Roberto estava quase dormindo sentado, o cavalo e o cachorro foram dormir e os Rider estavam cobertos de porra também.

Bom, fomos todos dormir, depois de um bom banho, logicamente. Dormi super bem, apesar das dores no cu. No outro dia, acordei com o celular tocando. Eram meus tios, perguntando se eu passei bem a noite e perguntando também se eu queria que eles fossem me buscar, pois não iriam na fazenda naquele dia de novo. Falei que não, pois tava precisando “descansar”. Era uma tranquilidade! Mais um dia sozinho na fazenda! Que sonho. Levantei-me, calcei o chinelo e fui fazer um café. Chamei o Roberto, que dormiu comigo, para irmos nadar. Ele falou que ia dormir mais uma meia hora. Fiquei na cozinha tomando meu café quando vi o Bob e o cavalo num curral que dava pra ver da janela. Quando o Bob me viu, veio correndo e entrou na cozinha e começou a pular e brincar. Fiz um agrado nele e como estava me lembrando da noite anterior, me agachei e deitei o Bob na minha frente e comecei uma punhetinha pra ele. Ainda não tinha nada pra fora. Demorou um tempo pra aparecer. Quando apareceu a pontinha, dei uma gostosa lambida e o mastro saiu da toca. Muito grande e melado. Continuei no boquete até que ele gozou, enchendo minha cara de porra. Peguei um pouco da porra do Bob e levei pro Roberto, pra tentar acorda-lo. Peguei minha mão, cheia de porra, e passei perto do nariz dele. Ele sentiu o cheiro e deu uma piscadela e um sorriso. Rapidamente pegou minha mão e esfregou na sua cara inteira. Fiquei doido de tesão com aquilo. O cacete do Roberto se arregalou com aquilo, quando o Bob chegou. Ele chamou o Bob pra cima da cama, tirou o cobertor e ficou de quatro, rebolando para o Bob. Ele subiu na cama, rapidinho e já foi montando no cu do Roberto. Fiquei pasma com aquilo. Achei legal um homem e um cachorro. Entrei em baixo do Roberto e enfiei o cacete dele na minha boca. Que delícia. Roberto pediu pra parar tudo, porque estava faltando uma peça fundamental. O cavalo. Fomos todos pra área da piscina e começamos tudo de novo. Bob socando no cu do Roberto, Roberto socando no meu cu. Eu e Roberto batendo uma gulosa pro cavalo. Sinceramente! Que coisa maravilhosa! O cavalo gozou muito na gente, espalhando porra pra tudo quanto é lado. Roberto, depois do banho de porra, gozou muito no meu cuzinho, ao mesmo tempo em que eu gozava com ele. Roberto tirou o pau do meu cu e tirou o pau do Bob do cu dele, que por sinal, Bob gozou dentro e estava aquele buraco, cheio de porra saindo. Não perdi tempo. Chamei o Roberto e comecei a enfiar os dedos no cu dele. Parei e enfiei o pau do cavalo no cu dele. Entrou facilmente. Roberto ficou algum tempo naquilo. O cavalo gozou de novo no cu dele, encharcando tudo e fazendo Roberto gritar de tesão enquanto lambia e esfregava o Rider no pau dele.

Dps disso, continuamos + um pouco... mas tivemos que parar... meus tios chegaram depois... e não aguentávamos mais neh...

Bom, tchau! Vou gozar mais um pouco com meu Rider!

Caso alguém também tenha tesão por Rider, mande um e-mail pra mim: [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comendo cusinho da baba da minha.sobrinhaConto esposa Volta da viagem arrombada o marido ve a diferenca quando faz sexo con elaconto erotico meu cunhado fez meu cu sair sangueconto erotico corno festa junina conto eróticocontos de menina nova perdendo o cabacocontos eróticos de lésbicas no catecismocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetia gosta de ver pau enorme de sobrinanos 90ho classico contos eu espiando minha mae peituda se trocandocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos não acredito que o padre da Paróquia chupa o meu pauconto erotico dopei minha esposa pra ser cornoconto erótico na praia com a família da esposaconto erotico praia esposa garotossadina levano rola na bucetaesposa safada fudendo na fazenda contossafado metendo a geba no cu da vadiasconto incesto mestruavacontos erótico nojento maconheirocontos eroticos arrombando a gordacontos menino lizinhoConto erótico na casa do tio tarantocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos tudo enfiado no cuquero o pauzão dele no meu cu amor agora fica olhando contoszoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaContos eroticos de estupro meninaspunheten o rabo da minha esposahttp://okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_7_5_sadomasoquismo.htmlquero assistir uma mulher gritando e gemendo na cabeça da Chibata do pônei do cavalo pôneivideo porno brasileiro caseiro dei a minha buceta para o meu sogro fome gostosocontos baixinha popozudaconto erotico madre superiora popozudacontos eroticos de virgemnetinhascontoscontos picante gay comi o cu de um viadinho que tinha seis anos de idadeeroticos satisfaco mae na camaZoofilia contos menininha chega do colégio animaiscontos traindo o marido com o sobrinho roludo 2dois gay fudendo violentamentw/entre sicontos eroticos guto 2 amiguinhos e 1 padrasto parte 3o carteiro me pego com roupas femininas gaycontos eróticos meu amigo me fez corno e também me comeueu curto cunhada casada fica excitada a dançar com cunhadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemendigos me violaram contos eróticosContos eroticos Mamãe putacontos putona tia marta sua bundaminha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticosConto herotico lesbica entre mãe e filhinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico putaria mae mulher sogra juntastanguinha suja contos eroticoscontos eroticos com genroo maravilhoso mundo das bucetas tesudas gostozissimas ufa que delirioContos eróticos eu e meu bemzinhomelhores conto erotico entre genro sogracontos eroticos guto 2 amiguinhos e 1 padrasto parte 3relatos eróticos verídicos de casados atuaisencoxada em coroa em Jundiai conto realConto gay dei meu cu primeira vez depois da farravestindo de mulher e dando o cuzinho contocontos corno humilhado beija péscontos eroticos minha mae e meus amigos armandocontos eroticos transando com a cuhada branquinha da boceta peludadevolvendo esperma no pau do bem dotadoContos eróticos mães com a buceta peluda e cheiro forteconto gay virei namorado do tio viuvochantageada e submetida contos eroticosContos eroticos comadremeus amigos arobarrao meu cuzinho bem gostosso cdzinha enrabada pir coroas contoscontos erotico sou cazada beti punheta pro meu amigo pornoContos eroticos fui viajar sozinha de onibus e pati uma pro estranhocontos eróticos com mulheres da ccb