Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PUNHETA E TRANSA COM MEU BROTHER

Era uma noite como as outras, havíamos lido uns contos e naquele dia eu tinha separado e dentre eles o de uma suruba onde o cara depois de comer a mulher comia o sobrinho este sentando no pau do cara. Percebi que ele leu este conto umas duas vezes mas não disse nada. Batemos uma punheta (cada um na sua cama) e fomos dormir. Eu tinha comentado sobre como comi um amigo depois de uma noite de bebedeira. No meio da noite acordei com o barulho da porta abrindo quando olhei vi que o Ângelo estava nu e na verdade estava fechando a porta ele estava de costas para mim e a visão daquela bunda me deixou de pau duro. Ele percebeu que acordei e perguntou se eu estava com sono, respondi que não ele disse que o quarto estava muito claro e pediu para que eu fechasse a janela; fechei e pus um lençol o que deixou o quarto bem escuro. Ele deitou na cama e pediu para que contasse novamente como comi o meu amigo na praia; estranhei visto que ele nunca se interessava por minhas aventuras homo, mas contei e citei o fato de que o enrrabei porque ele dormiu. Sentei na minha cama enquanto o Angelo estava deitado na dele. E ele pediu para que eu contasse mais estorias entao eu contava umas e ele outras, de repente ele parou e parecia estar adormencendo, foi quando lhe disse que ele não dormisse pois o outro havia se ferrado por isso. Ele continuou quieto e eu disse que ele poderia se ferrar. Como não houve reação e eu sabia que ele estava acordado pois o cacete estava duro e não tinha dado tempo de dormir, entendi o recado, criei coragem e pequei no pau dele. Ele continuou quieto mas a respiração ofegante o denunciava. Sá para amansar mais cai de boca e dei uma boa chupada no cacete, subi na cama dele e continuei chupando então fui abrindo as pernas dele e lambendo o saco e passei o dedo no cuzinho dele como não houve reação adversa, levantei as pernas dele e lambi o cu mais gostoso que havia experimentado. O pau dele estava latejando e quando o cu estava bem lubrificado encostei meu cacete na entrada e podia ver em seu rosto a expressão de prazer dele. Quando comecei a empurrar ele gemeu e se contorceu. O cú era realmente apertado. Eu estava tirando o cabaço. Ele que até então estava “dormindo” falou para que eu parasse pois estava doendo. E pediu para irmos para a outra cama visto que era maior. Entao ele começou a dar as ordens e eu de bom grado obedeci. Mandou que eu sentasse na cama e ele veio com aquela bunda maravilhosa sentando no meu cacete. Eu mal acreditava no que estava acontecendo. Ele sentou e gemendo fez com que aquele cuzinho engolisse meu cacete. Ele rebolava e dizia que estava gostoso. Agora era eu que estava inerte. Ele levantou-se e se colocou de quatro na cama eu meti e ele rebolava e dizia: empurra mais, tá gostoso, mete esta porra em mim, me fode! a pouca luz que entrava no quarto me dava uma linda visao daquela bunda gostosa levando ferro. Enquanto metia nele lhe batia uma punheta. Depois ele sentou de novo no meu caralho e gozou com meu pau no seu rabo. Senti o seu cu gozando no meu pau. Gozei junto com ele. Depois que gozamos não falamos nada e como se nada tivesse acontecido ele foi para a sua cama e eu fiquei ali deitado, ainda sem acreditar que era real.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechantageei e comi a secretariapai quero atencao contos eroticoscontos heroticos peitõescontos aliviando as tetas de minha irmacontos eróticos filho com perna quebradaContos erroticos com fotos o porteiro parte 2contos erotico liberei minha esposa para sair com outro machotrai meu marido e ele arrombou meu cucontos eróticos, eu, minha esposa puta e nossos vizinhoscomtus erroticu mulhe casada foi faser carinho no seu cachorroContos eróticos teens incesto pai ver o filhinho dormindo de pinto duro e chupaconto erotico gay empregado arrombou o patrãoeu quero história comendo a minha vizinha e ela nem dá bolaminha dani me fodeu me quando dormiiniciando um viadinho contocara come o cu da mulher e istota xvideo.comcontos fudendo a crente e o corno ficou olhandochantageada e humilhada pela empregada negracontos eroticos amiga negraeu minha namorada e meus tios fazendo orgia no churrascocomendo a mulher do amigo contosou uma coroa e sem querer dei po borracheiro contos eroticoscontos erotico esposa propoe procasada com dotados contosCorno viadinho conto eroticocontos incesto troca de filhasbunda grandíssima conto erotico violência coroaprimeiro boquete contosconto erotico orgias okinawa.ufa.rurealizei meu sonho comi minha tia perdi a virgindade conto eroticocontos eroticos mulher humilhadacontos sou hetero fui sedusido dei a bunda e gosteicontos erotico chantageada no metrocomendo mãe e filha contoprovoquei meu pai e levei no cuzinho contocontos eróticos com gordasou o tesaozinho do papaiConto fudendo na frenteque enganaram e comeram meu cu sem pena contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosgozou roaandocontos eróticos prima e irmãcontos eróticos: viúva a anos e vi o pedreiro nuContos eroticos gay meu cachorro me comeuconto erótico sequestro de mulherescontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos estorei o cu da minha empregada com pau exagerado de grossomarido realizando sonhos eroticos da esposaler conto erotico de velha greludaconto erotico mulher safada com pedreiroconto erotico de tia coroa negra gostosamoleque broxou e nao meteu e de o cuconto porno-minha mae e minha avoconto incesto mamae chupou meu pau e deu o cu rosa pra mim quando eu tava dormindocontos esposa me amordaçou ler contos de gay sendo estrupadocontos eróticos gay esfregacao entre pai e filhoassistir vídeo de pornô a tia chega a pesar em casa jogar e o sobrinho da mãe com ela e transa com elacontos eroticos cornoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteporno travesti rosadinha menininhaporno cumi aronbei o cu de. que ela grito de maisconto erotico seduzindo meu vovofalei pro meu amigo que queria ver ele fodendo a minha esposavideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhabatendo uma punhenta para o marido sem calcinhacontos dormindo com a tiacontos eroticos incesto fudendo minha filha com meu melhor amigocontos narcejacontos eroticos garotinhaConto erotico fudendo a esposa sem sabervi minha esposa crente e o borracheiro dotado