Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NEM TUDO É O QUE PARECE

Eu cresci numa família que não falava sobre sexo, que a propásito era pecado. Mas todos os natais, iamos passar em uma fazenda, reunindo toda a família que morava espalhada pelo pais. Nessa fazenda, eu que gostava de curtir meu cantinho, fui rever minha velha amiga, uma mangueira que foi crescendo e abrindo os galhos, deixando uma cama natural, onde eu costumava passar as tardes, longe da família, dos primos primos chatos e daquela coisa enfadonha de familia.

Tu tinha 19 anos. Nunca fui uma menina bonita, mas desce cedo tinha pernas grossas, a pele morena e os olhos puxados que, juntamente com minha boca carnuda, sempre chamavam atenção. Numa dessas tardes, resolvi chupar manga e sai sorrateiramente, até chegar na minha árvore e lá me esconder. Pouco tempo depois, ouvi passos que quebravam os galhos e pude perceber que minha prima mais velha (então com 19 anos) vinha procurando por alguém. Por certo, procurava meu irmão. Eu já desconfiava que os dois estava se curtindo desde que se encontrava ali e saiam da casa principal montando um único cavalo para depois de umas 4 horas voltarem todo molhados...

Bom, o caso é que a prima me viu e acabou subindo na árvore. Estranhei porque ela foi simpática, o que não lhe era comum. Então, sentamos uma bem práxim à outra. Ela usava calça Jeans como sempre e uma blusa xadrez que lhe acentuavam os seios fartos. Aliás, tudo nela era farto: os seios, uma bunda maravilhosa, bocão...

E foi assim, meio que sem sentido começamos a conversar e a brincar, até que ela me perguntou se eu já havia beijado antes. Neguei e ela foi bem rápida em se aproximar, perguntando se queria tentar. Meio que instintivamente, respondi com a cabeça... ela veio devagarzinho, respiração quente, me hipnotizando com aqueles lindos olhos cor de mel... chegando... chegando... até que tocou meus lábios lentamente, para em seguida enfiar a lingua dentro da minha. Fiz menção de recuar, mas ela segurou firme e delicadamente meu pescoço forçando-me a ficar... e eu fiquei, e foi ficando gostoso, com a língua dela brincando com a minha, me fazendo sentir uma sensação gostosa no baixo ventre...

Eu estava meio perdida nessa sensação gostosa que me envolvia, quando percebi que a mão dela estava entrando dentro do meu shorts, e ela começou a me tocar. Como me abraçava, aproveitou pra passar a mão no meu cuzinho... Fui ao céu e voltei, mas no susto recuei e vi o riso malicioso em seu olhar.

Fz menção de me levantar, mas ela segurou meu braço, como quem não tá nem ai, levando minha mão na xana dela. Eu ardia toda por dentro... Então ela me fez deitar e jogou seu corpo sobre o meu, beijando-me cada vez mais forte e invadindo minha boca, meu corpo, meu ser... Me sentia totalmente dominada por ela e pronta pra me entregar. Quando me tocou a xana, viu que eu estava muito molhada, não disse uma palavra sequer. Foi afastando meu shorts e colocou os dedos na minha buceta, me fazendo ficar ainda mais molhada... Passos nos trouxeram de volta a realidade...

Era o sacana do meu irmão que procurava por ela. Eu sei bem o que ele queria, porque naquele momento, meu corpo mesmo pedia muito pelo dela. mas ela sá riu, arrumou a roupa e disse: "a gente volta a conversar. No momento, tenho outro compromisso"... Eu fiquei lá, com a buceta molhada, o cuzinho apertado pedindo por aquele dedinho... Ela não voltou, mas me despertou para muitas outras emoções que vou contar nos contos seguintes... Minha prima não me comeu, mas com certeza, foi minha incentivadora a que eu me tornasse a putinha mais santa da família.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Conto erotico de lesbica minha madastra helena (parte 1 )fiz ela chupa meu pau dormindoConto incesto sogra no volanteconto conheci e comibunda enorme calcinha rendinha vai cuzudacontos perdendo a virgindade dormindocontos incestos dividindo o filhocontos eroticos fui comida feito puta e chingada de cadela pelo meu sogroContos eroticos minha irman roqueiraarregaçando, chorando e gozou contoscontos eroticos mae gostosa no buzaocontos de coroas transando na praiacomendo a dona da locadoracontos eróticos com padrasto carinhosoContos eroticos no sitio mas meu cunhado safadoenfia esse pintão pai contoflagrei minha filha fudendo castiguei ela depois comi ela chorandoconto erotico cunhada doente mentalcantos eroticos dando meu cuzao para meu filhocavalo goza dellr zoocontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejapai me comeconto porno gay cinemaesposa de corno cheinha de porra contopintaocontoscontos eroticos supositorio na filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gay treinadorcontos de fuder avófilho delicia contocontos eroticos incesto fis minha nora chupar na maracontos eróticos encesto fudendo com o meu filhofiz a vadia sentir dor contos eroticoscontos vi o pinto do meu filhinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteenrabada pelo chefe contoshttp://googleweblight.com/?lite_url=http://okinawa-ufa.ru/m/conto_15870_passando-as-ferias.html&ei=bgqnDUSn&lc=pt-BR&s=1&m=438&host=www.google.com.ar&f=1&gl=ar&q=Cherei+cocaina+e+dei+o+cu&ts=1487814662&sig=AJsQQ1Bemzq3_O_w9-hLtHRrssFP6FcBcQcontos erotico reais inserto. gay cu arrombadoWww contos d putas casada d juazeiro ba.comsogra contando como chorou na pica do genro contos eroticoscalcinhas.erroladinhas.no.cuzinhosubstitui o papai contos eróticosvidio porno mulher enloquede ao ve um pau grossolésbicas esfregando pernas de rã veridicominha sogra e ninfomaniaca contocontos meu tio pauzudo fodeu minha mulher e filhaonto de encesto meu filho mora sosinhoa minha cunhada casada e saia justa contos com fotosconto eroticos sem maldade senti que os dedos tocavam minha xoxoraconto escrito ese ano cavalono nuaConto erotico cheirando a camizola davovo contos fui fodida pelo meu pai betinhaconto trepou cornocontos eróticos de gay comi o cu do filho do meu amigoou porn contos mãe traindo com um negrovovó foi lavar meu pintinho e chupou minha rolapassando bronzeador no homem nu porno gaycontos eroticos de cororas de 75com mulher de 33que enteada pernadaKl contis eroticos com pastor da a minha igrejaContos eroticos tente fujir 28cmcontos eroticos punhetascontos eroticos arrombando a gordamora Nana bem gostosa da bundona bem grandes eu dental bem deliciosa néGay passiva com dois negoes contosScu do sobrinho menor contos eróticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto ante de comer minha boceta papai lambeu ate meu cucontos gays chantagem no quartelconto erotico o ponei e mulhertransa ariscadaconto erotico chupeteiro do cine pornocontos de rabos sendo dilacerados