Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SÓ NA BUNDA DA CORôA

Meu nome é Rodrigo, tenho 42 anos, casado e tarado por uma bunda,como minha mulher não consegue saciar meu desejo por sexo sou obrigado a buscar fora de casa, sexo c segurança é claro. Apareceu essa coroa de 48 anos, aparenta ser mais nova, boa aparência, um peitão gostoso, 1,77 alt. e não preciso falar: aquela bunda imensa carnuda e casada também. Começamos a sair e um dos nossos encotros q aconteceu dentro do meu carro, uma Van esses carros grandes p fazer turismo, pois trabalho no ramo. Agente sá transava anal, pois o marido dela não pudia fazer filho e agente tinha medo de arrebentar a camisinha se eu metesse na bucetinha dela. Marcamos no estacionamento de um supermercado, eu cheguei antes ela em seguida estacionou do lado do meu. Entrou e eu já tava lá dentro de pau duro, ela é muito safada gosta de mamar legal, e o mais gostoso: sente um tesão enorme no cú, ela veio de saia p facilitar a coisa. A van tem insulfilme e cortinas. Ela entrou e sem demora caiu de boca p valer no meu pau, subiu e deceu c vontade um bom tempo fazendo meu cacete ficar inchadão, depois passou a chupar sá na cabeça p me deixar mais doido. Depois de um bom tempo chupando sá na cabecinha, começou decer a boca até o cabo tentando engulir ele quase q inteiro. Comecei a mamar bem gostoso naqueles peitões dela e ela gemendo mais grudada no meu cacete batendo uma punheta, chupei tanto aqueles peitos chegou a ficar avermelhados. Depois botei ela inclinada no encosto do bco. de bunda p mim, levantei a saia dela e c o dente fui buscar o fio dental da sua calcinha intalado lá dentro da bundona dela.



Ela não aguentava mais gemia e se torcia inteira pedindo rola, mais eu precisava chupar aquela buceta antes. E comecei.

Passei a língua por toda a bucetinha e subindo pelo seu cuzinho me demorei um pouco no seu anelzinho labi em círculos molhei bem, e depois deci até aquela bucetona e fiquei ali um bom tempo, enfiava a lingua lá dentro o máximo q pudia, lambia por toda sua extensão, chupava o seu grelinho c força, e dando mordidas leves, acabou gozando na minha boca. Mais não parou continuou daquele jeito empinada c a bundona na minha cara se contorcendo toda segurando c uma das mãos a minha cabeça forçando meu rosto no meio de sua bundona. Dai eu subi mais um pouco até seu cuzinho e comecei a enfiar a língua bem fundo com força, enfiava, tirava, enfiava, tirava, ai ela começou a ficar doida de novo. Ai se virou doidona p mim, me sentou no outro bco. se ajoelhou e voltou a mamar novamente dessa vêz c mais violencia engulia quase q inteiro meu cacete pedindo leitinho queria retribuir a gozada q teve minutos atraz, e como eu tava muito doido também falei, p ela caprichar q tava quase chegando, e ela mamou c vontade parecia uma puta, chupando minhas bolas uma de cada vêz, quando foi chegando o gozo avisei. E ela ficou mais tarada esperando encher a boca de leite. Na hora de gozar, segurei o máximo q é pro jato vim bem forte, e bater no céu da boca c força, e assim foi. Ela como sempre enguliu tudo fazendo aquela cara de vadia, depois continuou lambendo todo o pau não deixando escapar nada.



Como já falei, o carro é espaçoso, os bcos. são reclináveis e ela voltou a ficar de bruços c aquela bundona virada p mim, fiquei ali alisando e o pau subiu de novo. Ela se inclinou de novo me oferecendo aquele rabão, comecei a lamber dar uns beijinhos, umas mordidas e o tesão acendeu de novo. Adoro um cú de mulher, lambi aquele cuzinho novamente dei umas chupadas fortes, coloquei um dedo, depois o outro e ela ficou doida, pois sentia muito tesão no cú.

às vezes q fazíamos um 69, eu colocava um dedo no seu cuzinho, mais tinha q tirar logo se não ela gozava.

Então ela pediu p ser enrabada, pois sá eu comia o seu cuzinho, pois o marido não gostava. Começou pedir p eu enrabar logo ela, mais antes pediu p chupar meu pau mais um pouco. Mamou gulosamente pois falava q queria ele bem inchadão p entrar forçado no seu rabão. Quando meu pau tava no ponto ela ficou primeiro na posição frango assado, e c as perninhas p cima coloquei no seu rabo c vontade, segurando naquelas ancas q mais parecia uma potranca. Ela gosta q eu começe a enfiar lentamente p ela sentir todo o comprimento do meu cacete, da cabeça, introduzindo tudo até lá no fundo, apertando bém as bolas contra ela, pois gosta de penetração profunda.



Começei a bombar um pouco mais rápido pois ela gemia e já tava se contorcendo c meu cacete cravado naquele cu.



Pediu p ficar de 4 p q já queria gozar. Se inclinou e abriu aquele imenso bundão pedindo p eu meter logo e mandou eu olhar como tava piscando seu cuzinho querendo rola. Quando observei ela tava lentamente: contraindo e relaxando; bem forte, aquele cuzinho, e pedindo p eu gozar bem lá no fundo.

Coloquei a cabeça na entrada e meti até passar somente a cabeça, e parei. Ela começou a contrair bem forte o músculo do seu cuzinho fazendo massagem na cabeça do meu pau, às vezes mordia e puxava a cabeça me deixando muito louco. Ficou assim por alguns minutos, dai começei a bombar, dessa vêz c força, pois eu tava doido e ela tarada mexendo aquela bundona p todos os lados pedindo p eu penetrar bem lá no fundo. Segurei bem forte no seu quadril dando aquelas interradas c força, tava conseguindo segurar bem o gozo, pois já havia gozado uma vêz, dai aproveitei p satisfazer minha coroa q tava seca por uma rola no rabo, e sá eu comia aquele cú gostoso.



Bombei naquele cú até sentir meu pau ficar quase esfolado, e minha coroa gozando uma vêz atraz da outra. Quando tava p gozar novamente ela pediu p eu gozar junto dessa vêz.

A essa altura as estocadas tavam violentas, eu mandando c força e ela batendo aquele rabão de encontro a mim, e empinando mais a bunda p meu pau entrar lá no fundo deixando ela doida e descontrolada. Anunciou q ia gozar e fomos juntos, na hora do gozo interrei a rola e deixei lá dentro pra ela ficar rebolando c meu pau cravado até o cabo no cú dela, é assim q ela gosta. Descansamos um pouco depois ela pegou seu carro, e fomos embora.

Nossas trepadas eram sempre c muito tesão, eu adoro comer um cu de mulher, e ela adora uma rola e dar o rabo bem safada. Isso durou 3 anos, depois tive q me mudar.



Agora tô aqui em Londrina-Pr, a procura de uma mulher sem limite de idade, casada, solteira, separada;o importante é q seja safada, goste de uma rola, dar o cuzinho, chupar e ser chupada, e se tiver uma bela bunda, como em dobro...



Mulheres de outros Estados entrem em contato também, como disse no começo trabalho c viajens e tô sempre viajando.

meu e-mail. [email protected]







VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de gostosas que deram o cu pra piralhosbucetas carnudas grandes beicos casadas cornoswww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contocontos eroticos sou uma mulher coroa e adoro tira a virgindade das mulecadaConto erótico filha putinhaContos pedi pro meu marido contratar pedreiros para eu me exibirConto erótico marcinho enteadocontos eroticos pomadaboquete mulher de 48 anos contoconto erotico madre superiora popozudaquero tua jeba rasgando meu cuconto duas irmas novatas e safadasRoseli gemendo com pau na b*****Contos eroticos comido por um caoconto tia segurou sobrinho para ele dar gay Me Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gayscontos eroticos Netinha dando cu pro vovócontos eroticos de meninos gay o dia q dei o cuzinho pela primeira vez e virei menina da molecadacontos verídicas de sexo em montes clarosContos Caralho grande na esposaminha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contoscontos veridicos de japa com negao de pau giganteconto minha estagiáriaconto erotico de tia coroa negra gostosachupei a bucetinha carnuda dela contoscontos eroticos apanhandoContos eroticos carro lotadocalcinha usada da vizinha safada contoscontos eroticos a calcinha da minha sogranovinhos fodeno apremira veizcontos eroticos arrombando a gordaporno tarado sobrinha lundacontos eroticos lesbicas cintaContos d uma menina estrupada por taxistaContos gays de fio dental na oficina mecanicaDanadinha sapeca contosconto erodico com mae gostosaContos eroticos mais absurdoscontos de filho comendo a mae no carro do pai pra lercontos eroticos acampamento pirenopoliscontos eroticos mamae e papai me encinaram a chupar bucetacontos exitantes eroticos deixando os velhos me chuparmenino taradinho conto éroticocontos eróticos coroa chatacasa dos contos tia 22cmcomi minha cunhada adrianaXvidio mulhes que anda a noitevisão dos sonhos dos cornosprimeiro conto de aline a loirinha mais puta e vadiawww.punheta de calcinha fio dental contosForam ensaiar e acabaram transando. contos gayscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecoroas gostosa contusão por sexoCoroa safada Taubatécontos eroticos de coroas dos seios caidoscontos eroticos botei um macho pra desvirginar minha filha maecasa dos contos eróticos mãe perdendo as pregas para o filhocontos eroticos arrombando a gordaconto erotico peguei um filhote de cachorro e ele me fudeucontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anoswww.sexolesbicascontocontos eroticos toplesscontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delaComtos pai fodemdo filha e amigas delacontos eroticos meu vizinho me bulinava gayEstupro gay conto gay pedreiroÇonto casada dado iii rabocontos/meu primeiro broche e fodacontos eroticos gay vendo filme porno com tiomulheres casadas com picudos/contos com fotosContos eroticos arrombada por 35cmcontos porno pedreiro pica jumentofome conto hétero