Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EU E MEU PRIMO

Meu primo baiano



Olá, sou um tipo normal de 45 anos, branco, casado, 1,73m e 66 kg.

Quando eu era criança, aí pelos oito anos, um primo meu, de nome Alberto - bem mais velho que eu, com uns 19 anos - veio da Bahia à procura de trabalho, que acabou encontrando no minimercado de meu pai. Na época nos dávamos tão bem que, quando senti meus primeiros desejos sexuais, foi com ele que fui conversar. Durante a conversa, mesmo na minha ingenuidade, não sei por que, devo tê-lo deixado perceber meu desejo de vê-lo nu.

Meu primo então me levou a um pequeno depásito de bebidas, de onde, da porta, observava qualquer pessoa que porventura se aproximasse. O horário de pouco movimento, à tarde, propiciou-nos a tranquilidade que a situação exigia. Lá chegando, mostrou o pau e certamente ficou observando minha reação, e eu com certeza devo ter ficado visivelmente excitado, porque ele logo me pediu que ficasse de costas e baixasse meu calçãozinho. Colocou então, delicadamente, seu pau na minha bundinha, o que me provocou um grande prazer. Lembro-me até hoje que eu senti a cabeça quentinha me roçando as coxas, e gostei tanto daquilo que passei a procurá-lo seguidamente. Tínhamos que tomar muito cuidado, porque alguém poderia ver e ele certamente seria expulso da família. Isso, de certa forma, criava uma cumplicidade entre nás que sá aumentava nosso tesão. Eu sabia que estava fazendo algo que ninguém poderia saber, mas achava apenas que eu era muito criança, nada a ver com a preferência sexual do momento.

Porém, devido ao meu tamainho, à pouca idade, nunca podia haver penetração. A transa começava com ele me acariciando a bundinha, esfregando o pau ainda por cima da roupa, sepois eu ficava de frente e colocava a mão dentro das calças dele e punhetava até ele se excitar, aí ele tirava o pau pra fora, baixava a minha roupa e me encoxava. Quando transávamos na cama, eu pegava o pau dele e encostava o meu pintinho, e ficava girando ao redor da cabeça do pau dele. Quando o pau dele começava a babar, aumentava o meu tesão de tal forma que em pouco tempo eu já conhecia o orgasmo. Ele, coitado, nunca conseguia gozar, porque precisaria de mais tempo e as transas eram sempre rapidinhas.

Lembro que uma vez meu primo pediu que eu chupasse sua piça, e eu cheguei bem perto dela com minha boquinha infantil, mas não tive coragem, nem ele me forçou a fazê-lo.

Isso durou uns quatro anos, até que ele foi embora pra terra natal, deixando-me com minhas fantasias que com o tempo sá aumentaram. Até hoje eu continuo curioso sobre como seria uma transa gay completa, talvez um dia eu crie coragem e procure alguém pra realizar a minha fantasia.

[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos casei com um velhoConto erotico esposa com dogContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosContos eroticos seios mautradosvideo de travesti tirando a virgindade e fazendo elas gozorcontos de comi o cuzinho apertado de uma Neginho novinhovelha peituda cheia de celulites contomonstro rasga novinha de bruçosconto erotico titio comendo meu cuzinhotios velhos gay contosmulher vemdedora de avon cuver contos picantes Mae e filhaprofessor peludo conto gayvideo porno no cinema julio dantascontos mijou na minha bocarelatos reais eróticos - saciada em casacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos bebadoComtos casada puta dos vizinhosConto erotico de incesto minha irma falou do tananho do meu pau para suas amigasnifeta dormindo no sofa de chortcontos eróticos dei o troco na minha mulhersapata velha greluda e ninfetanetinha de sainha sentando no pauconto erotico fui cupado do meu chufreeu conto sou casado meu cunhado fica passando um pau em mimnovinhos fodeno apremira veizcomparando pintos contoscontos eroticos travesti me comeucontos eroticos de putaria bi no carnavalvelha da buceta grande contosconto erotico sou madura e sobrinhoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevideos porno enfiando a mao nao buceta da egua zoofiliafoto de mulher pelada mostrando de rebocar enfiar o pinto dentrocontos eróticos de tirando o cabaço das cunhadasconto erotico menina senhor bidode cadeira chupandoRelatos eroticos de professoras casadas brancas que foram usadas por alunos negrosContos de insestos com irmavirando moça contoscontos eroticos fui comida feito puta e chingada de cadela pelo meu sogrocoroa se***** cagou no pau de NatáliaContos gay perdi o cabaço com coroa  CERTO DIA MEU PAI ANUNCIOU QUE VIRIA MORAR TEMPORARIAMENTE EM NOSSA CASA UMA PRIMA NOSSA QUE VIVIA NO NORDESTE E NINGUÉM A CONHECIA,MESMA IDADE QUE EU JA COMECEI ME ANIMAR,MAS LOGO FIQUEI SABENDO QUE ELA NAO GOSTAVA DE HOMENS.MESMO ASSIM FIQUEI NA ESPERA PRA VER COMO ELA ERA.FUI BUSCA-LA NA RODOVIARIA E FIQUEI ESPERANDO NO CARRO,QUANDO A VI,MEU DEUS QUE COISA MAIS HORRIVEL,TINHA O CABELO MENOR QUE O MEU,USAVA ROUPAS DE HOMEM,ERA MUITO FEIA E AINDA FUMAVA. ALEM DE TUDO ELA IRIA DORMIR EM UMA CAMA NO MEU QUARTO.  contos eroticos arrombando a gordacontos eróticos minha esposa carona caminheiroconto minha madrasta a puta da minha maeduas munhe vai calvaga i da pra a cavalo fude ate goza zoolcontos eróticos a babá do meu irmãocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos um cavalofui sodomizado por varios travestis conto eroticocontos eroticos de casal com mulherviuva darlene fudendo muitohuuuuummmm gozeicoroa de bigode chupando gay q se contorce e gemeMulher pega o marido usando sua tanguinhavideos porno minha mulher me satisfazendo na cama presente de aniversárioMinha esposa saiu de shortinho socado no rabo contosconto erótico vizinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico putinha desde novinhaMarido tem fantazia ver a esposa dar praum poney contos eroticosrelatos de esposas de cornos mansosconto erotico gay coroa dominador escraviza viado afeminadoContos tomando porracontos eroticos eu minha esposa e a meninaempregada humilhada contoscontos eróticos cantada na rua não resisti e traídroguei minha vó e transamospornodoido sobrinho fura a calsinha da tia