Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VIZINHA PERSONAL TRAINER

Conheci uma guria chamada M.E., de 26 aninhos, olhos claros e cabelo ruivo, 1,73 de altura, seios médios, bundinha arrebitada, pernas torneadas. Tudo durinho. Era formada em Educação Física e agora atuava como Personal Trainer.

Ela mora no meu prédio e também tem um cachorro, então saiamos para passear com nossos cães e nos conhecer melhor.

Eu sou um pouco túmido, tenho 20 anos, 1,74 de altura, fiz academia há 4 anos, mas tive que parar por causa das novas atividades que iria enfrentar, mas estava louco para voltar e readquirir a resistência nos músculos que perdi.

Foram 3 anos de passeios com os cachorros e conversas, até que em outubro desse ano(2007), perguntei para ela se não poderia me ajudar, pois não tinha tempo para me deslocar a uma academia. Ela respondeu dizendo que iria conferir seus horários livres e me ligava depois.

M.E. disse que podia me dar aulas dois dias por semana em sua casa, e eu usaria os equipamentos que ela tinha para os exercícios.

Minhas aulas particulares, com ela, já tinham começado, ela usada uma camisa de física que deixava sua barriguinha de fora e uma calça de lycra, e eu não aguentava mais ver aqueles glúteos e coxas fazendo exercícios na minha frente, os peitinhos saltitando quando ela pulava, ou quando me ajudava a alongar e vice-versa. Era punheta todos os dias depois das aulas, revivendo aquelas cenas, sentindo as mãos dela no meu corpo.

Um mês de aula já tinha passado até que tive de bolar algum jeito de foder com minha professorinha, não poderia continuar gastando porra a toa.

Então, quando ela me pedia para ajudar em algum exercício ou no alongamento, eu ficava passando a mão pela coxa quando era um exercício de pernas, ou nas suas costas, braços...Passei alguns dias assim, até que...

Veio a vingança dela, uma vingança pesada, mas prazerosa.

Na semana seguinte ela tinha aumentado bastante os kilos dos equipamentos, Eu estava me quebrando todo para fazer as séries que ela tinha me proposto. Resolvi dar uma de macho tentando levantar aqueles pesos. E então ela vem por traz de mim e esfrega aqueles peitos nas minhas costas e com as mãos me ajudou a levantar. Nos exercícios seguintes era ela que se jogava para cima de mim, até passando a mão na minha virilha, por fora da bermuda, apalpava minha bunda....

Apesar daquilo tudo ser maravilhoso os exercícios estavam me matando. A vingança dela tinha surtido efeito. As aulas seguintes foram do mesmo jeito. Até que na ultima aula, a gente se alongou, demonstrando ser o fim da aula, mas era sá o inicio de uma excitante tarde.

Ela pediu para mim pagar mais algumas flexões e sentou do meu lado direito e ficava fazendo a contagem. De repente ela com seu braço esquerdo escorregou pela minha coxa, por baixo da bermuda, colocou minha cueca para o lado, e começou a apalpar meu pau e minhas bolas, enquanto ela continuava a contar.

Depois afastou um pouco minhas pernas, enquanto eu fazia as flexões, e deitou com o rosto de frente para minha bermuda, e ficou ali, olhando minha bermuda, meu pau que estava para fora da cueca fazia um volume considerável, tocar seu rosto e se afastar.

A ruiva com as duas mãos baixou minha bermuda e meu pau saltou e seu rosto, e começou a lambe-lo. Eu não aguentava mais ficar naquela posição, pois meus braços estavam ficando exaustos.

“Emilia, não aguento mais fazer flexões”- Eu disse.

“Ok Dudu, você passou no teste, pode parar”

Então ela me virou, me deixando deitado de costas e ficou lambendo meu cacete, rodeando a língua na cabecinha, lambendo de cima a baixo.

Para ficar mais a vontade M.E. tirou a camisa de física e aqueles peitinhos suculentos durinhos apareceram, com os faráis acesos, prontos para serem chupados e mordiscados.

Mas não era agora, ela resolveu ficar passando seu mamilos no meu cacete todo melado de saliva, depois fez uma espanhola deliciosa.

Mais tarde ela ficou batendo meu cacete na sua xota já molhada. E então sentou no meu mastro para conferir a profundidade, e ficou ali, sentada. Depois me perguntou se eu tinha camisinha. Respondi que sim, mas tinha que ir em casa pegar.

Depois que respondi ela saiu de cima do mastro e começou a chupa-lo com rapidez até eu gozar na sua boquinha, mas ela continuou a fazer aquele boquete, sá depois que ficou mole ela parou.

Fui em casa e peguei as 2 camisinhas e uma pomada, xylocaina, que adormeçe o local, eu uso no pau para ficar mais tempo fodendo, e também é usada para o sexo anal.

Voltei, toquei a campainha e ela já estava nua, sua xana era bem raspadinha assim como meus pentelhos.

Tirei a roupa e passei a pomada no cacete, deveria esperar e min. Para surtir efeito.

Começamos a nos beijar, lambidas a orelinha, beijos e mordidinhas no pescoço e nuca. Fui descendo até aqueles peitos durinhos e pontudos, fui lambendo seus mamilos, dando beijinhos e mordiscandos aqueles melões, depois desci até o umbigo, a barriguinha malhada, fiquei ali chupando o umbigo, mexendo com a língua.

Então pedi para ficar chupando a xana dela. E fomos para o quarto.

Deitamos na cama de casal (ela mora com a irmã), M.E. sentou no meu peitoral e se inclinou para frente pra mim meter a língua naquela xoxota suculenta.

Fiquei chupando, lambendo e sugando o grelinho de tudo que era jeito e ela esfregando a xana na minha boca. Até que ela gozou, aquele líquido me deixou todo melado. Ficamos mais do que os 5 minutos naquela posição. Depois esfolei a xoxota dela fazendo: a gangorra, a laçadora, a cadeira, a oferenda e a sonolenta. E ela gemia e falava um monte de sacanagem. Até que eu gozei. Resolvemos partir para o anal.

M.E. era virgem de anal, então no inicio, eu metia um dedo enquanto ela batia uma siririca. Depois dois dedos e então 3 dedos. Depois penetrei meu pau ainda com a camisinha cheia de porra e fui fazendo movimentos lentos ao mesmo tempo em que ela fodia sua xota com seus dedos.

Até que ela se sentiu preparada para o sexo anal.

Troquei a camisinha, e passei a pomada em volta e dentro do cuzinho dela. Para passar o tempo, fiquei lambendo aquela xoxota toda ensopada e chupando o grelo. Passado um tempo ela gozou de novo na minha boca, além de ter enquanto eu fodia a xana dela.

Primeiro comi o cu com ela de 4, depois ela sentou de frente para mim, em cima do meu cacete, comigo deitado, com isso ela é que controlava a rapidez das estocadas. Mais tarde comi ela de ladinho.

Então ela me pediu para sentar de novo no meu cacete que agora ela estava mais experiente ia cavalgar bem rápido.

Dito e feito! M.E. ia e vinha, arrombando seu cu virgem. Bom tempo depois, gozei.

A garota ruiva tirou minha camisinha e começou a chupar e lamber meu pau até eu gozar de novo.

Acabei não indo para a faculdade pois já estava bem atrasado e a irmã dela estava por chegar.

Depois daquele dia, não teve mais personal trainer, era foda e mais foda. Até hoje.

Para contato(amizade ou sexo) me add ou mandem e-mail: [email protected]



Até a práxima!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos no onibussobrinho mandando ve no cu da tia contoscache:WL60GUVYjnsJ:https://android-source.ru/mobile/conto-categoria_4_73_incesto.html comendo a deficiente contos eroticospono vinha.neguinhaContos rebolo na cacetecontos eroticos ajudando a enteadinha a fazer tarefa de casanao acreito que minha sogra me chupou contocontos erótico nojento maconheiroMete mete vaí conto paiconto erotico orgias okinawa.ufa.rucontos mulher fode com vizinha e com a filha delacontos porno casal e a novinhaconto.minha esposa deu para 5contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteso contos de màe dando o cu para filho aronbandoChat Amo sexoavivonoiva orgia contoscontos eroticos arrombando a gordaConto comi minha mae no celeirohuuuuummmm gozeimeu cuzinho desvirginadocomeu familia toda contos eroticosclube da depravacao zoofiliaconto erótico fudendo com minha prima Evaconto erotico arrombei o travesti do baile funktroca de namoradas contos eroticossou puta do meu cachorrosobrinha novinha contos eróticoscontos eroticos de encoxadasas meninas brincaram com meu pau contoscontos eroticos de casadas traindo no trabalhocontos madura puta itudominado e submisso contosvideos de sexo gavagadacontos eróticos enteadoscontos eróticos comi minha vizinhacavalo dado duas trepada na égua de uma vezMeu padrinho negão dotado fudeu minha cona e cu. Conto erotico heterossexual. incesto. so contos de gay sendo estuprado com dois paus au mesmo tempo no cu arronbadocontos seios mamadas coroasonto de encesto meu filho mora sosinhocontos gays - ele manda em mimcontos eroticos Sofrendo com o pauzaocontos comendo o cuzinho da fazendeiraconto erótico com foto titio me rasgouconfia minha madrasta no pornô chorando gostosaGozei dentro da gorda dopada de vestido contoContos eroticos de putinhasContos de sexo virgem dor extrema membro grosso teen incestoSem a minha permissao contos eroticosdona redonda arreganhado o cuzaoconto eroticotravesti comdno coroas casadascontos eroticos brincando de cavalinho com padrinhoMEU NOME É MARCELO TENHO 26 ANOS,NA ÉPOCA ESTAVA NAMORANDO,MAS MINHA NAMORADA MORAVA MUITO LONGE  coroas ensaboando cacete do jovenmonstro rasga novinha de bruçosdei para o papai contoscontos erotico defrorado pelo irmão mas velhocontos eroticos comi minha sogra de calcinha fio dentalcontos eróticos da casa da irmã queridacantos eróticos de mulheres casada que vai fazer a depilação na buceta o marido vai junto com ela o cara deixar carequinhacontos flagrei meu pai comendo cu do meu irmaocontos eroticos com mulheres estupradas selvagementecontos eroticos novos comi minha irmamcontos eroticos a mae do meu amigoconto erotico fui arrombada depois de casadafilme diaristas mostrando as coxaspapai voce me acha bonita contos eroticoscontos eroticos gay com novinhosconto erotico categoria sograConto o zelador e meninocontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cuhttp://okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_7_5_sadomasoquismo.htmlcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechupou pau de flanelinha dentro do carromãe transando com você Tô todo meladocontos eroticos marido querendo que mulher foda com outro para ele chupar ela em seguidacontos eroticos gay recem casado