Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BRINCANDO DE BONECA, MAMANDO DE VERDADE!

Sempre fui muito ingênua nesses lances de sexo. Brinquei de boneca até aos 19 com a minha prima Luisa. Nás morávamos longe uma da outra e nas férias passávamos juntas. Por ser muito tímida, não tinha muitas amizades, nem na escola e nem onde morava, por isso era muito apegada a minha prima. Luisa era dois anos mais velha do que eu, tinha um corpo bem desenvolvido, um peito de fazer inveja! Eu na época não tinha muito corpo, magra e com cara de menina. Lembro-me que na nossa infância Luisa falava de namoradinhos que tinha e o que deixava os meninos fazer com ela, eu horrorizada, achava tudo muito nojento. Certa vez, já mocinha, Luisa veio passar as férias comigo e assim que chegou foi logo me puxando pelo braço para brincarmos de boneca. Ouvi minha mãe falar "tão grande e ainda brincando de boneca!" Minha tia defendeu-nos: "Deixa as meninas aproveitarem a infância". Até hoje me lembro dessas palavras da minha tia, coitada, nem imaginava que tipo de "brincadeiras" aconteciam naquele quarto! Assim que Luisa me puxou, entramos no quarto e sem a menor cerimônia trancou a porta. Fui logo pegando a minha boneca preferida, Luisa disse que não precisaríamos da boneca porque eu seria a sua boneca. Claro que havia más intenções nessa proposta, mas na época nem me liguei nisso. Deitou na cama, levantou a blusa, seus seios enormes saltaram empinados diante de mim. Fiquei impressionada com o tamanho deles. Luisa puxou minha cabeça para que eu mamasse nela como fazíamos com as nossas bonecas. Meio sem jeito meti a boca em seus mamilos duros, chupei com força, ela baixinho gemia. Afastou minha cabeça e disse que eu deveria passar a língua por cima dos seus biquinhos e depois sugar com força. Fiz isso e ela se contorceu toda. Perguntei se doía, já que ela gemia tanto. Luisa riu gostosamente, disse que a brincadeira agora ia ficar melhor. Levantou-se da cama, pegou sua mochila e tirou dela um embrulho de papel amassado. Disse que agora brincaríamos de bichinhos e eu seria sua cachorrinha. Desembrulhou uma caixinha de leite condensado já aberta, tirou o short e a calcinha, deitou na cama, abriu bem as pernas e lambuzou a xoxota com leite condensado. Eu era a cachorrinha e deveria lamber tudo. Meti a boca e quase de uma vez sá chupei todo leite, mas ela zangada disse que teria que ser devagar, lamber primeiro e depois chupar. Passei a língua sobre seu grelinho já inchado de tesão e fui chupando onde havia leite condensado. Ela pressionava minha cabeça contra sua xoxota, rebolava na minha cara e dizia que eu deveria enfiar a língua dentro do seu buraquinho. Enfiei e ela se tremeu toda, com mais força segurou minha cabeça e disse que eu deveria engolir um outro leitinho que sairia da sua xoxota. Eu com a cara quase toda enfiada dentro dela, senti algo mal cheiroso e de gosto horrível descendo pela minha boca. Quis tirar a boca, mas ela segurou firmemente minha cabeça e gozou na minha boca. Cuspi tudo e tentei limpar a boca com a mão. Não queria mais brincar daquilo. Ela carinhosamente me deu o restinho do leite condensado para beber, o que tiraria o gosto amargo na boca. Me fez tirar a roupa e disse que seríamos papai e mamãe. Deitou-me na cama e por cima de mim ficou se roçando, senti algo gostoso nesse roça-roça e meti a boca nos seus seios. Foi instintivo, ela ria e se esfregava ainda mais em mim. Meteu um dos dedos dentro da minha xoxota e eu é que passei a me contorcer. Chupou meus seios miúdos, ainda em desenvolvimento, desceu sua língua pelo meu corpo magro, chupou minha xoxota com uma agilidade que ainda hoje desconheço. Nesse momento tive meu primeiro orgasmo, uma sensação gostosa explodia em mim. Descobri as delícias do sexo e passamos a "brincar de boneca" mais vezes. Dois anos depois, eu já com 19 anos e Luisa com 19 já fazíamos loucuras dentro do quarto, sá que dessa vez com vibradores.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhoconto erotico gay eu e meu padrinhorelatos eroticos veridicospegado carona um casal com camionero contos eroticocontos arrebentei com o cu virgem da minha prima enfiando a perna da capeira na bucetacasadas raspadinhas contosContos eróticos dei em nova iguaçuContos eroticos dinheirocontos gay sou submisso ao meu irmão mais velhocontos eróticos gay EMMO o maconheiroContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscocontos eroticos tio e sobrinha novinhacontos de coroa com novinhocontos eróticos minha irma crentehomen bulinando o penis no chortporn contos eroticos casada sendo enrrabada no barcontos eroticos coroa casada trai seu marido com filho do seu motoristacontos a travesti e minha mae fudendocontos eróticos o carona me comeu na frente do maridochantagei minha mae com meu amigo contos eroticosContos mamae é a puta da familia e dos vizinhosComi minha mãe no meu colo contos eróticosContos excitantes sou gaúchadominada pela amiga lesbico contos eroticoszoofilia bruda com mininascontos eroticos castracao com medicacontos adoro dar minha bundinhacontos eróticos enteadoscontos erotico irmaosconto eRotico os piralhoS m comeraoaceitei ser cornoContos eroticos de prostitutamulher forçada com homem colocado garrafa na buceta delaconto erotico de aluna casada com colega de cursocontos lesbico meus pais viajaramcontos eroticos gozei gostoso no estuprocontos eroticos para ler incestos abusada bebadacontos gays ordenhando papaicontos de sexo com novinhas trepando com advogadosasalto que.virou.suruba videoscontos treinador gay da escolinhaconto erotico viado foi no pagode na favela e deu o cu pro travesticontos eróticos mas que porra de meio irmãocomeu familia toda conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto gay depilando o camaradacontis eroticosadoro cupar o cuzinho da minha enteadative dar para um dotadoContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelaconto erotico incesto colocontos erotico fui pozar na casa da minha irma casada e comi seu cuzinhopornodoidonaocontos eu minha namorada e mais dois garotoscontos eroticos delicia de infancia com meus vizinhosmulher chama homem pra chupar sua b***** dela já foi gozar e alguns amigos queridosagora sou viado dominado pelo machoconto casado dei pra travesticontos eróticos comi minha amiga skatistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentefilha esposa de papai pintudo contoscontos eroticos bostacontos eroticos tia que foi para a fazendo e sobrinhookinawa.ufa.ru conto erotico orgiasficou vixiada bo inxestocontos eroticoscomi minha irma apertadinhacontos eroticos tio comendo sobrinhascontos usando plug o dia todo e anel no sacoNo colinho do titio porno onlineContos eróticos curtos de tia fodendo com cachorroPutinha do papai contocontos eroticos de negros na praia de nudismoContos eroticos de incesto putaria entre familias em gang bang so de homens pauzudos no sitioCasada narra conto dando o cuestiquei os peitos da gostosa contos