Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SOBRINHA NOVINHA

Tudo começou em um dia de chuva na regiao onde moro com minha familia, por motivos profissionais minha familia viajou para o interior de sao paulo pelas ferias de julho e eu fiquei. Sai do Trabalho por volta da 17:30 chegando no bairro onde moro por volta das 18:40, chovia muito forte e quando estava perto de minha garagem vi um vulto encostado perto do portao social, logo vi que se tratava de um corpo de mulher por esse motivo nao me preocupei. a garagem abre automaticamente e guardei o veiculo e voltei para ver quem era, por sorte era minha sobrinha julia uma delicia de menina de 19 aninhos mas com corpao de mulher de 23 anos uma delicia.

logo vi sua blusa molhada e seus seis desenhados ja fiquei com um tesao danado e quase tremendo falei para ela entrar logo pois chovia muito mesmo.

Ao entrar me disse que na sua casa nao tinha niguem e nao sabia onde o pessoal estava e nao tinha como ligar para sua mae e perguntar o que aconteceu m eu imediatamente peguei o celular e liguei para minha cunhada e pergutei onde ela estava e expus o fato, minha cunhada me disse que estava presa na enchente e nao tinha hora para chegar e me pediu par abriga-la enquanto ela nao chegava.

mais que depresa disse sim pois o tesao ja me cobria o corpo

abri a porta e disse para ela ir direto para o chuveiro pois fazia frio e ela poderia se resfriar, para minha sorte deu um estouro danado pelo trovao e ela deu um grito no banheiro e me chamou, fui correndo (é claro) ela desligou o chuveiro e me abraçou assustada e nua em pelo me molhando todo. ficamos uns minutos assim e sem jeito ela me pediu descupa e ficou muito envergonhada, eu falei, relaxa, isso é normal, alias vc esta linda heim!

ela - vc acha tio, vc me deixa mais encabulada ainda e eu estou aqui nua.

eu - nao tem problema ja vi muita mulher nua, mas confesso vc é um presente divino.

fez uma carinha de safada e disse

- acha mesmo, como pode afirmar .

eu- posso toca-la

ela - sim

eu - tudo macio, tudo durinho é divino

ela- mas sou virgem, nehum homem me tocou assim, so o Sr. sou inexperiente ainda.

eu - se quizer posso ensina-la

ela- mas sou virgem

eu - ja foi chupada

ela - claro que nao

eu - quer ser

ela - pra falar a verdade, sim!

nao acreditei

peguei ela virei contra a parede coloquei as maos dela na parede acima da cabeça e aberto . quadril recuado para atraz e as pernas abertas deixando aquela bucetinha e o cuzinho bem abertos na minha cara, comecei a chupar como um louco lambendo o cuzinho e a bucetinha e sentido o desejo cada vez mais ardente dela.

em um dado momento senti suas pernas se curvarem de tesao e um gritinho delicioso saiu de sua boca,

eu disse - gozou criança?

ela - com certeza tio

ok vem ca, beija o cacete do titio agora!

ela começou uma chupeta deliciosa, sem experiencia e claro, mas com o tesao que eu tava, era so alegria.

avisei a ela que ia gozar e que ela tinha que berber o leitinho do titio ela balança a cabeça em sinal positivo e tadinha ete engasga de tanta porra.

continuamos a nos banhar, ela fica surpresa pois logo ele da sinal de nova exitação, me diz que queria mais, mas nao queria perder a virgindade.

na hora eu pensei e falei - deixa comigo amor! vou na portinha dos fundos ta?

ela - o Sr. que manda tio, sou toda tua.

pela primeira vez naquele dia comecei a beija-la na boca para que sentisse o meu desejo e minha vontade alisei seu corpo todo ensaboando cada pedacinho, ate sua bucetinha nao escapou dos meu carinhos, mamei em seus peitinhos e toda vez que olhava seu rostinho via seus olhos felhados e sua boca semi aberta.

passei bastante condicionador em minha nao e comecei acariciar aquele cuzinho novo e apertadinho colocando um dedinho, depois outro brincava um pouquinho e cada vez mais ela relaxava, deitei ela no chao do box com a barriga virada para cima abri bem suas pernas puxei ela na minha direção erguendo seus quadris e encaxei meu pau na entrada so seu cuzinho e fui forçando bem de vagar ate a cabeça passar, ela ja doidinha se jogou em minha direção empurrando seu corpo contra o meu fazendo o pau entrar de uma vez. e gritou!! fiquei parado um pouco o começei a bombar, olhando sua carinha de desejo a cada estocada meu tesao foi aumento ate encher de porra aquele cu delicioso, quando tirei o pau para fora ela limpou e depois beijou e disse. que delicia!

hoje sempre quando posso tomo banho com minha sobrinha é claro que ela nao é mais virgem, um abraço

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos vovo e papaicontos eróticos infância gay com gari heteroContos eróticos de pau duro na piscinadesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cucontos com vigilante negro roludocontos fotos esperimentando rolachupei a bucetinha carnuda dela contoscomi a minha cunhada Adrianaconto erótico fui forçada a fudercasada vai dar pra outro macho e leva gelzoofilia co caxorros das rolas mas grosas muduxvedeo porno cuadinha tava triste cuanhado animou fedendo elaConto porno marido repartindo a mulher com cachorro de rua zooconto casada gostosa com negao limpando o jardimLóira safada narra conto metendo na coberturaflgle minha tia ser mastubandovideos de professores bonitos brancos musculosos com barriga tanquinho transando com a alunaso rendudo socando ni bundao enormeConto erótico pausudo capixabaesposa de corno contos gosta na caracontos comida com meu namorado na cachoeiraconvencimeu marido a ser cornoEnteada chupado o caseta e bebendo porra e levando na bucetacomedo tudo que e tipo de putinhas e putinhoscontos de heteros branco comendo bunda negraContos eróticos primeira vez colégiocasal menage experiencias sexuais contadascontos eroticos presente para cunhadao ajudante de pedreiro chupou minha rola quando eu tinha dez anoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos minha baba gostosa perdendo minha virgindadecomendo a enteada contossexo em okinawa casada flagacontos gays meu pai gozou na minha bocaconto a idosa tinha uma buceta e.ormecontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiMaicon tá doida ela me pediu pra comer sua esposa na frente deleContos eroticos novinha estuprada pelo borracheiroloira gostosa goza sozinha comtá um poko da sua safadadecontos eróticos infânciacontos de atiivo x passivo fodendochupando os peito da profesora dos peitos mai empi nado do mundomelhores contos gays descobri a putinha que havia em mimdei o cu no ônibus de excursão e meu marido nem percebeucontoseroticos cimeram minha mulherWww.contoseroticosvirgindade.comFodendo com mamae bunduda contosContos eroticos cumeu irma e primaconto erotico e imagem maninha destraidacontos com caseiroAmigos de meu filho eu provoquei e eles vieram conto eroticoconto erotico gay ceguinho da minha ruacontos eróticos fantasias de uma mulher gostosa iniciando os garotinhos novinhos e virgensvendo namorada pau grande grosso traindo gozada porra contosvideo porno brasileiro caseiro dei a minha buceta para o meu sogro fome gostosocantos erótico só dei do Forró Bombadocontos.eroticos de alguem tomando injecao pornocontos eróticos coroa chatavideo porno de anos gozando dento e escorredocontos eroticos arrombando a gordaconto porno gay cinemacontos a cunhada da primaContoseroticosdevirgemscontos eróticos gay dei o cú sem querercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos novinhocomtos de viados dando o cu pra pica bem grossaegrandevoyeur de esposa conto eroticocontos de coroa com novinhocontos eróticos gay taxista Santarém ParáContos eroticos meu filho meteu ni mim bem gostosocontos eroticos tio da vendinha tirou meu cabacinhocontos de sogra gravida transando