Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI A ESPOSA E O MARIDO



Vou contar-lhes uma historia que aconteceu comigo. Olá a todos. Antes de tudo gostaria de informar que apenas os nomes são fictícios para garantir o sigilo e discrição que combinamos teria entre nás, os demais fatos são todos verdadeiros nos seus mínimos detalhes. Apesar de longo, o relato vale a pena ser lido. Me chamo Carlos, tenho 36 anos, Casado, uma filha, tenho 1,80m, 67kg (magro), moreno claro, olhos e cabelos castanhos e pelo que dizem, sou bonito, sou pás-graduado, tenho minha vida tranquila. Moro atualmente na cidade de Palmas-Tocantins. Sempre vivi minha vida com muitas fantasias sexuais, já relatei uma delas aqui e agora vai outra. Sempre que posso entro em chats na internet em busca de algumas experiências novas. Certo dia, entrei numa sala de chat aqui de Palmas, eu estava a procura de um casal bi, teclei com uma mulher, ela dizia que tinha uma fantasia em fuder com 2 homens. Falou ainda que também tinha vontade de ver o outro cara enrabando o marido dela. Também disse que gostava de ser tratada como puta entre 4 paredes e adora sexo anal. Depois de muito papo no MSN e de alguns telefonemas, resolvemos marcar um encontro para nos conhecer numa sexta à noite, peguei o meu carro e fui ao encontro deles num barzinho no centro da cidade. Chegando ao bar, fomos apresentados, (nomes fictícios) ele se chamava Carlos e ela Ana. Carlos tinha 32 anos, moreno claro, cabelo liso e escuro, 1.70 de altura, uns 84 kg, Ana tinha 34 anos, branca, cabelo loiro, olhos claros, 1.69 de altura, físico esbelto, uma bela bunda, e seios bem fartos, realmente muito gostosa. Tomamos um chope, comemos algo, e conversamos bastante até chegarmos aos assuntos íntimos. Ele me perguntou qual era o meu interesse em conhecê-los, respondi que tinha uma fantasia de sair com um casal que não tivesse frescuras e buscasse diversão com segurança e sigilo, ela deu um sorriso, com ar de safada, em seguida perguntou se eu tinha gostado deles, e se eu tinha coragem de fuder o marido dela, sorri e falei que sim. Conversa vai, conversa vem, eles me convidaram para ir na casa deles. Ao chegarmos Ana fez questão de se despir dizendo que estava com calor, ficou somente de camisola bem transparente, Carlos ficou sá e cueca, eu ainda estava um pouco inibido. Ela abriu uma garrafa de vinho, serviu as taças e dizia para eu relaxar. Tomamos o vinho, e ela se aproximou de mim e começou a me acariciar, beijar o meu pescoço, minha orelha, me chamando de tarado, gostoso, e enfim, ela enfiou a língua dela dentro da minha boca, que beijo gostoso. Enquanto isso, Carlos ficava num sofá sá assistindo a sua mulher me devorando com a boca, Ana tirou minha camisa, beijou meu peito, minha barriga, e foi descendo até o meu pau. Nisso ela alou: quero conferir o seu pau para ver se tem o mesmo tamanho que você me falou. Abriu o zíper e tirou pra fora o meu pau, que já estava duro feito um ferro, e colocou na boca. Ana mamava muito bem, e como mamava, e ficava falando coisas do tipo humm, que pau delicioso, to louca pra sentir ele dentro da minha buceta, e depois arrombando o meu rabinho. Depois de chupar bastante ela chamou Carlos, juntos tiraram minhas calças e cuecas, e Ana mostrou o meu pau pro Carlos, dizendo: aqui amor, olha sá, isso que é um pau delicioso, quero ver ele sumindo no seu rabinho, hoje você vai ser o viadinho que eu sempre quis ver, quero ver você gemendo com este pau atolado no rabo. Carlos me olhava com ar de sacanagem, deu pra ver que ele tava gostando das sacanagens que Ana estava dizendo. Me deitei na cama, mandei Ana fazer um 69 comigo. Quando levantei sua camisola, deu pra sentir o perfume que sua buceta tinha, muito cheirosa, seus pelinhos eram ruivos, que visão maravilhosa que eu tinha naquele momento. Meti a língua sem dá, eu chupava e lambia o clitáris dela, e ela chupava e gemia sendo incentivada por Carlos. Carlos dizia sacanagens do tipo vai sua vadia, chupa bem este pau, deixa o nosso macho bem excitado, pois eu e você vamos levar rola a noite toda. Aquilo me deixava doido de tesão, eu estava prestes a gozar. Falei pra ela que ela chupava muito bem e que desse jeito ia me fazer gozar. Nisso Carlos se abaixa e começa a mamar no meu pau junto com Ana, eu fui a loucura. Ana começa a gozar ainda mais na minha boca, falando pro maridinho dela, vai meu viadinho, chupa bem o pau do nosso macho, chupa que quero ver o seu lado feminino. Enquanto Carlos chupava o meu pau, Ana tratou de enfiar 2 dedos no rabinho do marido, tirava os dedos e socava novamente. Batia na bunda dele e lhe chamava de corninho, putinha. Não aguentei, anunciei o gozo e em seguida soltei golfadas de porra na cara deles, os 2 ficaram saboreando o meu leitinho. Ana recolhia com os dedos a porra que estava no seu rosto e colocava na boca de Carlos. Demos um tempo para recompor as energias, mandei Carlos me chupar e mandei Ana chupar o cu e o pau do corninho. Imagine aquela cena, eu sentado no sofá, Carlos de 4 me chupando, e Ana deitada em baixo dele chupando o pau dele e enfiando os dedos no rabinho dele. Não aguentei mais, coloquei Ana de 4 na cama e Carlos por baixo fazendo um 69 com ela, encostei o pau na portinha da sua buceta e soquei duma vez, ela deu um forte gemido, comecei um vai e vem naquela deliciosa buceta, enquanto Carlos ficava por baixo sugando o gozo de Ana. Ana gemia alto, falava besteiras, que pau delicioso, você vai me rasgar toda, isso, soca bem gostoso na minha buceta, Ana pediu para eu tirar o pau da sua buceta e socar na boca do seu marido, atendi prontamente, socava na buceta dela e depois dava pra ele mamar, que delicia de foda. Depois de uns 19 minutos fudendo Ana, ela grita dizendo que é a vez do corninho levar vara. Carlos fica de 4, começamos a chupar e enfiar os dedos no seu rabinho, passamos um KY e comecei a forçar a cabeça pra entrar naquele rabinho apertadinho. Ana me ajudava abrindo as nádegas do marido, dava pra ver a alegria dela ao ver o marido virando uma putinha, levando no rabo junto com ela. Ana dizia pra mim e pro Carlos: vai meu macho, soca bem fundo no cu dessa putinha, ele vai acostumar a levar rola todos os dias, daí ela chega perto de Carlos que ta gemendo baixinho e pergunta pra ele se ele ta gostando e completa, eu disse que você iria gostar de sentir este pau, nosso macho já socou até o talo, que delicia, isso putinha, viadinho, rebola com o pau atolado no rabo. Nisso Ana aproveita a posição que Carlos está (de 4), e monta em cima dele como se estivesse montando num cavalo, e fala: aproveita pra se sentir um viadinho, corninho, sente esta rola entrando no seu rabo vai, geme muito, pede pra ele te arrombar, depois Ana levanta bem a bunda, cospe na mão e lubrifica o seu cu, depois diz: vai meu macho, pode arrombar o meu cu também, eu e meu marido vamos ficar com o cu parecendo uma flor. Prontamente tirei o meu pau do cu de Carlos e soquei no cu de Ana que gemeu muito alto. Foi estocando aquele cu, quanto mais eu metia, mais ela pedia mais. Derrepente Ana diz tira o pau do meu rabo e soca no cu do viadinho, ele também quer sentir de novo, tirei o pau do cu dela e soquei no rabo do Carlos, fiquei bombando bem gostoso. Ana saiu de cima de Carlos, e ficou com o rosto coladinho na bunda dele, ela pediu pra mim tirar o pau do cu dele para ela ver o tamanho do buraco. Atendi prontamente, e ela ficava se deliciando com o tamanho do buraco que estava o cu do marido dela, ela não aguentou e socou a língua dentro do cu de Carlos, arrancando um gemido de Carlos que estava muito quieto, sendo domado pela esposa. Voltei a fuder o cu de Carlos, dei umas 8 bombadas, tirei o pau do cu de Carlos e dei pra Ana chupar, que delicia, eu diz pra ela: isso sua putinha, sente o sabor do cu do seu viadinho, mama bem gostoso e deixa ele bem limpinho. Depois de alguns minutos, Ana mandou Carlos sentar no sofá, ela sentou com a buceta no seu pau, e mandou eu atolar no rabinho dela. Fizemos uma deliciosa DP, muitos gemidos, palavrões, Ana xingando Carlos de corno, putinha, derrepente ela manda eu tirar o pau do cu dela e socar no cu de Carlos, que coisa boa, Ana cavalgando no marido, e Carlos com as pernas suspensas levando no rabo novamente, daí os dois começaram a gemer alto, Carlos começou a bater forte na cara e na bunda de Ana, que cena, não aguentei e anunciei o gozo. Eles imediatamente pararam e ficaram sentados no sofá virado pra mim, eu de pé na beira do sofá, os dois começaram a disputar o meu pau, comecei a gemer alto e logo veio o gozo, gritei alto: ai esta o leitinho de vocês, vai putinha e viadinho, tomem bem gostoso este leitiinho ahhhh, gozei feito louco, chuparam até a ultima gota. A hora estava caindo, tinha que voltar pra casa. Tomamos um banho, abrimos uma cerveja e brindamos. Esta foda foi maravilhosa, comi a esposa putinha e o marido viadinho. Mulheres que curtam inversão de papéis, casais de Palmas e região (jovens ou madura(os) que estiverem afim de viver uma experiência igual a essa ou um pouco mais apimentada, entrem em contato, moro em Palmas-To e posso viajar pra algumas cidades aqui perto. meu e-mail é [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


cache:tCqBSJiMNvAJ:okinawa-ufa.ru/conto-categoria-mais-lidos_6_13_orgias.html puzeram esposa dar pra todoscontos eróticos sequestromeus primos revesaram se pra me comer contos eroticoscontos eroticos brincando pique escondevidio porno gay em hotéis ospede e garconprovoquei e fui estuprada contoconto sentado no colo e jogandocontos eroticos coroas negrascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentearromba esse cu contosLer contos eroticos de casais casados fudendo dentro de cinemas gratiscom minha filhinha novinha contos eróticoscontos encoxadaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contossou crente marido conto erotico amante pauso gotosonna sexos eputariaminha bunda grande contocontos eroticoc de senhoras casada se vingando dando o cu pra negoesConto erótico Sado(trasformei meu marido em escravo)contos comi a japonesa rabuda casadaTirei o cabaço da minha entiada e sua mae a ajudou para nao doer muitocontos er gozando na boquinhacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos ela não queriacontos erotico de jornalista sendo errabada na academiaconto incesto perdia a aposta meu filho me comeucontos eroticos com cachorrocontos bebendo porradescabacei a namoradinha de 13 aninhosComtos heroticos da cunhadinha viviane dando pro cunhado reinaldoconto erotico broxei outro comeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos grelo sugadogostoza santinha provocando o genromeu avo aquele tarado comeu eu e amigas no riachorola de meu pai conto gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecoroas donas marta,bundudascontos de comi o cuzinho da irmã na banheiravelha peituda cheia de celulites contoMeu cu virou buceta contos gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteproposta indecente novinha contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentedona florinda putawww.flogdesexo.compauloelizabethconto erotico cachorro. empino a bundacontos eróticos sobre prima bucetudacasada dando no rancho contosxvidio.esfregando o pau so no short vermelinhobucetiha tihoinfância;contos eróticos;enrabadoConto Erótico Amiga PEITUDAmendingo contoa menina e o cachorro de rua contos de zoofiliaUm cao mais novo do q 9 meses ele pode ficar engatado em mulhercontos heroticos meu amigo hetero dormi e eu aproveito quando ele ver mim bate e depois mim comeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei o cu pro policial, quase me rasgacontos eroticos srntar no colo inceztoconto erotico minha irma me fez de privada humanacomo faxersexooralconto velho taradoContos eroticos da mamae que pega seu filho se mastubando ela procura ver fica molhadacontos estupro sai na rua e min estupraramso rola melado cuecas fotoscontos flagrei meu pai comendo cu do meu irmao okinawan gélico pornôContos etoticos filha rabudacontos eroticos seios com leiteconto erotico incesto sonifero filhagreludinha na praia contobaixinha trasanomaisexo peituda senta e goza na boca do macho contos eróticosminha bunda grande contocasada com dotados contosmeu marido adora me ver toda gozadacontos erotico fui concertar s torneira da vizinhaseios tezudos ai q tezãominha sogra pediu pra ver meu pintoVidio de bucetas emchadas napica grosaContos eroticos cumi mi.ha cunhada carlaminha prima me deu conto eroticocontos eróticos gay pai e filho no banheiroconto metecao patroacontos com priminha safadinhas de dez aninhosConto ai ui ui pornoMe comeu