Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

A GRÁVIDA QUE CAGOU NO MEU PAU

Sou conhecido como o Jardineiro-Shameless. Sou de Sampa.

Adoro uma aventura com mulheres casadas, coroas, mães carentes, e, inclusive, com mulheres grávidas. Curto muito sexo anal, principalmente, com as cagonas e mijonas. Já fiz três mulheres cagarem no meu pau. Adoro ter no meu pau o cheiro da dona. Também curto chuva dourada.

Mas, vamos ao fato !!!

Em dezembro, minha vizinha Dona Dalva que estava grávida de 6 meses, me contratou para fazer o seu jardim.

Ela preferiu marcar para um sábado que estaria sázinha em casa, pois com o marido e seus filhos viajando, ninguém nos atrapalharia. Achei magnífico, pois eu tinha muito tesão por ela. A Dona Dalva, 35 anos, é loira, olhos verdes, linda !!! Eu fiquei sá fantasiando se rolaria alguma coisa. E, rolou !!! Assim que, cheguei lá, a Dona Dalva começou a conversar e foi bem direta no assunto. Disse-me que, há tempos, percebia o meu olhar de tarado pro lado dela. Perguntou-me se estava correta em suas conclusões. Mesmo arriscando a perder a sua amizade, e também, aquele serviço, resolví encarar a situação. Respondí que era apenas a uma fantasia. Aproveitei e me aproximei dela. Por impulso ao tesão da conversa, agarrei-a pela cintura e beijei-a na boca. A safada não sá permitiu, como enroscou a sua língua na minha. Em instante, estávamos pelados na sua cama de casal. Fizémos um torturante 69. Fiz a Dona Dalva gozar três vezes na minha boca. Depois, coloquei-a de joelhos na minha frente e falei que antes, iria gozar na boca dela, pois eu pretendia demorar o máximo possível no sexo anal. Estando um pouco aliviado, com certeza, eu conseguiria retardar a ejaculação e ficaria um tempão enrabando-a. A Dona Dalva entendeu o recado. Obediente, ela abocanhou o meu pau e mamou carinhosamente. Levando-me à loucura. Gozei intensamente, enchendo-lhe a boca de porra. Ela engoliu tudo, até a última gota. Sem dar tempo para relaxar, ainda de pau duro, coloquei ela de quatro em cima da cama. Cuspi em seu ânus e no meu pau. Assim que escostei a cabeçona roxa do meu pausão naquele orifício anal marron, a Dona Dalva chegou a peidar de tanto tesão. Fui forçando aos poucos, até enterrar a minha tora naquele cú piscante. Ela apertava o seu anelzinho em torno do meu pau. Apertava, soltava, apertava, soltava. Aquela grávida cagava o meu pau prá fora e eu tornava a enfiar. Enquanto enrabava ela, fui dedilhando a sua vagina. A Dona Dalva chegou a mijar na minha mão e eu começava a soltar aos poucos o meu esperma. Não aguentando mais, gozei fartamente dentro daquele rabo guloso. O meu pau saiu com fezes dela. Depois daquele dia, transamos outras vezes. Se alguma madame querer me contratar para fazer o jardim é sá me procurar. E-mail [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fui estrupada pelo meu pai conto eroticomeladas de margarinas em todo corpocontos eroticos de mulher que deu para cavalospapai reformo a casa eu novinha e gordinha dei pros pedreiro a força contosconto dei minha bucetinha muito novinhaconto erotico quer virar corno?coitado do meu cu contosCONTO DEPRAVADAcontos eroticos patroa puta empregado caralhudohistoria de contos eroticos com pasteleiroconto erotico minha namorada e meu tioconto assaltantes fodem a casada no assaltoconto chantageei minha irma evangelicaCONTOS ERoticos cozinhacontos eróticos gay iniciado pelo paiso os contos eroticos mais gostososconto o cachorro me comeu no celeiro da vovócontos quis dar pra um travestihomem fode jumento conto eroticocontos meu primo novinho foi dormir comigo e eu comi o cu deleconto iroticos comedo minha entiada novinhacontos eroticos comendo minha filha casada e gordinhasexo com muito expormos pornodoidocontos travesti transando com cachorro filapiru com pircen gosa na caraMe mastubei com o chortinho apertado contos eroticosenfiando a.pica..comdificuldadeContos eroticos: Fui forcada por meu pai ohohhcontos eroticos minha mulher subjugada. e curradaSou a cadelinha do meu cão contoscontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anoscontos de bdsm privada humanacontos eroticos casada que sonhava dano para um cavalocontos eroticos eu e meu filhoconto erotico fui no pagode e comi um travestixxvideo de pica enorme socada no cu de ninfeta chorando gritandoo ai 5minconto erotico vovo comendo vovocontos eróticos gay iniciado pelo paiFilinha chupa pau do papaiacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos ele me deixa louca quando se maaturbasexo com a finha sem ela querer peito e pau grandeContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casaContos primeira chupadacontos eroticos patricinha caminhoneirosmacho subjugado a chupar buceacontos eroticos abusada no onibusconto eritico gay bebadoContos sobre beijos e podolatriaxvidio das paninhas novinhas na siriricapistols cabeçudas dotados enfiando no cuContos vovô pegando peitinho da netacache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html Contos de zoo dei a buceta pro cavalotravesti enrracndo e sendo enrrabada porn droidpornô gay eletricista com volume na calça come patrão video porno de garotinhas com olhinho vidradocorno gemendo cu contopai é gostoso contos eroticoscontos extrupa pelo sobrinho hiper dotadolésbicas infia arma gelada na ppk até gozarfudendo a nora no sitio escondido contoConto de putinha que adora ser cadela de muitos machoscontos eroticos ai ai ai mete safadocontos de lesbicas babasconto erótico O sequestro da vizinhaconto erótica- meus amigos fuderam minha noivaele ficou sem as pregas do c*contos enteado gordo rabudoMinha namorada ela mandou minha cunhada abri bem suas pernas ela disse pra eu tirar o cabaço da buceta da minha cunhada conto eroticocontos de cornos asumidos