Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BOQUETE NA CAMA DO HOSPITAL

O que o tesão não faz? Esse fato aconteceu no final de 2006. Eu tive alguns problemas de ordem ortopédica e precisei de uma pequena cirurgia em um ligamento, bem simples, mas toda cirurgia é incomoda, ruim, e nesses momentos precisamos de pessoas ao nosso lado. Minha namorada me fazia companhia no quarto do hospital. Mas o problema é que eu e ela já estávamos na secura à alguns dias. E apesar daquele cheiro de hospital ser ruim e ninguém gostar, ao mesmo tempo, a imaginação fica muito fértil. Principalmente, porque os pacientes ficam com aquela camisola esquisita que sá tapa a frente e a parte de trás fica praticamente ao ar livre. Papo vai, papo vem, e a gente começou a falar umas coisinhas picantes, até que inevitavelmente, a minha camisola se avolumou, meu pau ficou duro como rocha. Naquele momento, ninguém queria saber se a porta estava apenas encostada, não trancada e que a qualquer momento poderia entrar um médico ou uma enfermeira. Minha namorada, muito da safada, olhou pra mim e nos comunicamos no olhar. Ela ficou em pé, ao lado da cama, puxou minha camisola de paciente para cima, e começou a chupar o meu pau com uma destreza digna de uma prostituta das mais gostosas. Sua boca deslizava na cabeça do meu pau, num vai e vem fascinante, ora apertava fortemente o meu cacete, ora pegava meu saco e acariciava e lambia, as vezes passava a língua sá na cabecinha, e sempre que possível olhava pra mim com uma cara de mulher safada que sá eu sei. Aquele medo de ser pego não foi suficientemente forte para qualquer um dos dois desistir de fazer o que estava sendo feito. Eu estava sendo anestesiado antes da cirurgia e todo esse clima não durou muito, gozei em questão de poucos minutos, inundei a boca dela com um monte de porra quentinha, ela quase se engasgou, teve de engolir mais de uma vez, mas não deixava nenhuma gota ser desperdiçada, lambia tudo, queria tudo, eu tive que me conter pra não urrar de prazer por ter gozado naquela boquinha quente e gostosa da minha namorada. Ela ainda ficou lambendo meu cacete mais um pouco, sedenta pela minha porra que ainda era degustada em sua boca. Depois de refeito deste episádio, não demorou muito para que eu fosse conduzido a sala de cirurgia, mas qual o problema? Já tive uma excelente anestesia...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos veridicos de incesto punhetando o papai iniciandoMinha filha se ensinuava pra mim gostosaa pra mim comtosminha namorada dançando conto eroticocontos eroticos arrombando a gordatitia ficar mandando o sobrinho que está bem contos eróticosconto erotico da cunhada pegando no paucontos perdi minha virgindade com casadoporno esposa pedindo pra Corniapriminho tesudinhoRelatos de sexo com primas novinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecasadas que postam fotos de itanhaemcontos de cornos asumidos 2005porno enplorou pra nao por no. cuzinhorelatos d neto q puxou a calcinha da vovo d lado e meteu a rolacontos eroticos viagem ônibustransei gostoso com minha aVò insertosContos De maridos q empresto a esposaConto novinha deixa namorado ao ser arronbada por piculdoContoe d orgias cadelinha e seu donocomparando paus contosconto erotico deixei o cu da velha japonesa arombadoConto da loirinha fudendo com pai e mãeContos casada levou dois rapazes para sua casacontos eróticos executivo dominador come viadoConto erotico bigodeconto vi meu irmao dando cucontos esposas na praiaconto erotico chantagieicontos eroticos o pauzudo e o cornocontos selvagens arregacei o rabo da minha esposavoyeur de esposa conto eroticoporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexocoroas masageano o pal do novinhodormindo ao lado conto eróticofodemos muito minha mae putacontosmulher passa muita margarina no proprio cuver travesti de shortinho bem curtinho e bem dotadaconto erotico sobrinhos ferias maridocontos minha cunhada puta na praia com sua irma com fil dental e eu passei a mao nelas duasdeflorando bucetinhas com pepinospapai viajou eu assumi a casa,contos eróticoscontoporno punheta mão amiga dormindo juntosconto vovó e sua anacondacontos eróticos gay EMMO o maconheirocontos eroticos tomando banho com papai e fazendo carinho desde pequena ando carinho no papai desde pequena e mamae gostouconto gay na ducha da nataçãocontos eroticos fodi minhas enteada gemeaspassivosrj sexoContos eroticos dei minha munher pro negãocontos sexo família sem pudorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetomou calmante e tomou no cu contodesde pequena adoro ser cadelacontos eroticos arrombando a gordacontos casada da na piamulheres casadas morenas claras 45 a 55 anos traindo com negaoirma contosvideos de teens ninfetas dos peitoes definidos transando gostosocache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html cunhadinha dando o cu apoiando na mesamarido corno nao ve mulher paasa a mao no pau d outrocontos eróticos deu pro meu filhomassagem contos genrowww.contopadrinho.comConto morena 37 anosdei para o comedor do bairro filhos contogozaram em minha boca durante a viagempornô mobili com coroa e vamos até gozarfotosesposas de cornos bucetas cheias de porracontoseroticospapaitravestis novinha do corpo do corpo bonito transandomedica ver garoto pelado e assusta/contoseroticosfilha Pare contos eroticoscrossdresser esposa cu conto rroticocontos eróticos duas amigas se f****** com straponconvenci meu primo a me fuder bem novinha contos