Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRAZER OFERECIDO

A luz era ambiente, o som imbutido no silencio do quarto, era travesso nos gemidos dados por ambos. A janela estava aberta. Era verão e a lua iluminava o Céu bem estrelado.

Começamos na brincadeira. Beijos simples na mistura complexa de beijos comunicadores. Da sua boca vinha o fluido que completava a minha lingua e a fazia percorrer sabores perfeitos. A excitação era forte. Não sabiamos que fazer ou em que mexer, pois intensa estava a nossa relação naquela noite. De repente mandou-me deitar de barriga para cima e de imediato veio ao encontro do meu pénis. Lambe-o como sá ela sabe, enquanto eu lhe passava os dedos no clitáris. Eu movimentava-me num vaivem de emoções e ela mexia-se como uma cobra. Balançava as ancas de forma excepcional.

Paramos de repente. deitou-se de novo a meu lado. Estavamos exaustos e nem o orgasmo tinhamos ainda atingido. Voltamos a beijar-nos. Trocamos olhares e sem ela dizer nada, pus-me em cima. Rocei a "cabeça" na vagina. Pediu-me para introduzir. Asssim fiz. Comecei na rota do prazer (não sei o que me dava mais prazer, se enfiar naquela gruta toda molhada, se ver aquele olhar louco). Aumentei a velocidade, mas tive de parar. Não queria ejacular naquele momento. Existiu uma nova pausa. Fomos até ao terraço fumar um cigarro. Quando ali estavamos verifiquei que no prédio da frenta estava um homem à janela. Fumava também. Não tinha a certeza se ele nos consegui ver ou não. Não lhe disse nada, pois sabia que ela mandava apagar a pouca luz que tinhamos e quem sabe, dizia para fechar o cortinado. Acabamos de fumar. De novo no quarto, no meio dos lençois transpiarados pelo ritmo que lhes tinhamos imposto. Pedi-lhe para se por de joelhos. Ela naquela posição fica um autentico espanto. A forma como mostra a coninha, a maneira como lhe ficam bem delineadas as suas curvas...hum! Que bom que é. Penetrei-a, mas ao mesmo tempo ia olhando para a rua para ver se o vizinho nos conseguia ver, especialmente, se a via naquela posição. Ia tirando e pondo. Observava o vizinho e consegui verificar que ele via bem os dois. Entusiasmei-me, e não fui o unico, pois dava para para ver que o homem já se estava a masturbar. Ela gozava com o meu vaivem. De repente perguntou-me porque estava eu a olhar para a rua. Surpreendido (ainda pensei duas vezes), arrisquei e disse-lhe que enquanto a comia estava outro no prédio da frennte a masturbar-se. Disse-me que estava a brincar, disse-lhe que não. Era mesmo verdade, estava um gajo a bater uma há nossa conta.

Continuei a foder-lhe a aquela cona encharcada, com sabor a mel. Que excitação! Disse-lhe que não aguentava mais e que me ia vir. Pediu-me para vir em cima daquele traseirão. Que bom foi aquele pedido. Dei até ao ultimo momento. Vim-me. Gritei como de costume. Nisto olhei para o prédio da frente e vi que o gajo ainda se masturbava. Disse-lhe a ela que o gajo ia esporrar-se naquele instante. Ela levantou-se, abraçou-se a mimi de costas para o vizinho, beijou-me e disse-me:"Abre bem as minhas nadegas para ele jogar o restinho fora"- assim fiz e o vizinho deve mesmo ter jogado o resto fora. Via-se que ele não tirava os olhos. Nás gozamos muito, mas ele também deve ter gozado. O importante é que foi optimo. Foi amor e sexo e algum prazer oferecido.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos filha praia esposaContos eroticos cumi mi.ha cunhada carlacontos eróticos de menininha dando o cuzinho pro meu primo escondido brincando de pique-escondeconto nao flagra o filho chupando o pau do amigoconto de sexo Fodeno minha irma e minha maecontos de uma novinha q aprendeu a dar a bundinhacontos fudendo com priminhs de dose snosEncoxadas discretas no onibus nas ruas pornodoidoContis eriticos fudendo e mamandi gostoso na vizinhacontoseroticos cimeram minha mulhercomi a minha cunhada Adrianacontos eróticos iniciado pela tiaMeu primo que chupa no meu paucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhosContos eroticos meu filho meteu ni mim bem gostosocontos eróticos leite incestoeu quero a mulher da b******* grande de fio dental na regata do c* da bundonaquadrinhos eroticos com contos:troca de esposashttp://okinawa-ufa.ru/conto_7625_tirei-o-cabaco-da-prima-dentro-da-cana.htmlcontos com sogras acima de 50anos pornôrelatos eróticos esposa exibionista psra meus amigosmae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestocontos gay meu pai me pegou no flagraminha mulher me fez corno e viado ao mesmo tempo eu adoreicontos excitantesde sexocontosesposasnapraiaflagas de encesto com zoofolia contosContos porno.em ônibus de viagem com idosorelatos eroticosde portuguesas de noVinhascache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html conto erotico ensinando à casadinha à gozar gostosocoleguinhas loirinhos gay trepando pela primeira vezDiego enfiando o pau na b***** delacontos bdsm erposas escrava submissa martaputinha de peitinhos bicudos contoscontos eróticos o gringo roludocontos eroticos seios grandes de leitex vidio comtos eroticos flaguei mamãe etransei com minha tia nas dunas da praiahomem de calcinha enrabadoconto erotico brincar de casinhaconto erotico de travesti cagandochupada por mendingo e seu cachorroconvencimeu marido a ser cornoDominando ela contoseu e meu avô contos gaycontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos cdzinhaconto erotico o cheiro da minha tiacontos tia pede laber sua xerecacontos eroticos transformado em putacasa dos contos eroticos de coroascontos ex namoradameu vizinho fica me olhando de shortcontos eroticos exendo a buceta da tia de poreaMinha vizinha me deixou ver ela transando contosminha xereca consando na rua contos eroticosconto transando com pau grandeSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetrocomtos eroticosgarotascontos de incesto de encoxada em onibuscontos eróticos meu primeiro apartamento contos erotico esposa propoe prodepois de eu ter me mastrupado depois de um tenpo comesei a goza isso e normalcontos eróticos inquilinos chantagem fiz bacanal com minha filha e o filho do caseiro contosmeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosconto tia safada no banhomatrupado no carro mais amiga xvideoContos eroticos no onibuscontos mulher casada da o cu pro cãoContos eroticos de mulheres menstruadas estupradascontos eroticos de barbeiro cortando cabelo de mulheres casadasContos esposa e filha amigosconto erotico gay macho casadoForam ensaiar e acabaram transando. contos gayscontos eroticos minha namorada virgemcontoseroticos sogra e genro na agua da praia