Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MAMANDO NO PRIMINHO 1

Olá, estou muito feliz por vcs gostarem do meu primeiro conto, hoje estou aqui para relatar-lhes mais uma das minhas experiências. Vcs já sabem que foi o Pedro quem me iniciou na arte de mamar num caralho tesudo. Bem, depois que comecei a mamar gostoso nunca mais parei, todos os dias eu sempre visitava o celeiro para beber o meu leitinho favorito, assim fui pegando prática e a cada mamada ficava mais gulosa por um caralho. Numa dessas idas e vindas o meu disse que iria a capital buscar o meu primo Leandro na capital e que era para eu esperá-lo. Não liguei muito para isso, afinal o meu primo era um homem sério, casado, tinha filhos e tal. Lá pelas 18:00hs chegaram, o Leandro e meu pai. Eu não gostava muito daquele primo, po isso não desci ao menos para jantar, pois não queria dar de cara com ele. No outro dia leventei cedo ávidapor meu leitinho, fui direto para o celeiro, o Pedro já estava lá me esperando, quando vi ele minha calcinha já ficou melada de tesão, me aproximei e Pedro já foi apresentando o pau para a minha mamada diária, nossa como era bom, eu comeci mamando devarzinho, mas como sou gulosa logo fui aumentando o ritmo, mamando gostoso naquele caralho duro, Pedro gemia como um louco e eu chupava como nunca, lambando aquela tora tesuda que a cada momento ficava mais dura e pulsante na minha boca, eu mamava tão forte que quase me engasguei, chupava com vontade, com fome de porra, estava enlouquecida por aquele pau maravilhoso, Pedro sentindo o meu tesão, rasgou aminha calcinha e partimos para um 69 maravilhoso, nossa como era bom mamar naquele mastro e sentir a língua de Pedro quase me arrombando, Pedro me chupava forte como um animal, castigando a minha xoxotinha que sentindo sua língua já estava pingando de tanto tesão implorando pela chupada daquela lingua de fogo, Pedro não se fazia de rogado e chupava meu grelinho, mordiscava de leve, lambia, e eu mamando em seu mastro como uma vadia, sedenta por sua porra, comecei a chupar aquelas bolas tesudas do Pedro, elas eram tão grandes que mal cabiam na minha boca, mas eu sugava com força, ávida por seu gosto,deliciando-me em senti-las na minha boca, Pedro continuava com seu castigo, sugando minha xoxotinha que já estava ardendo de tanto tesão, eu esfregava meu grelinho na boca dele pedindo por mais carinho, querendo mais, Pedro já estava prestes a gozar e eu me preparei pra receber meu leitinho gostoso, ao sentir as primeiras esporradas daquele cacete, mamei com mais vontade, chupando tudo, engolindo todo aquele caralho tesudo, Pedro deu uma gozada alucinante e eu mamaei todo o seu leitinho suculento,minha fonte de prazer, enquanto isso Pedrocontinuava com sua língua de fogo, quase deflorando a minha xoxotinha e eu me esfregando mais ainda nele, quando de repente ouvimos um barulho e olhamos para a porta do celeiro e vimos meu primo que já vinha com o cacete na mão e com uma cara de tesão que assustava,não aguentei e gozei na hora e Pedro mamou todo o meu melzinho, meu primo se aproximou e apresentou o cacete todo babado de tesão para eu chupar, é claro que eu não perdi tempo e comecei a mamar naquela tora maravilhosa (o Pedro tem um pau maravilhoso, mas o cacete do meu primo mais parecia o pau de um garanhão árabe de tão grande e grosso), mamei como se minha vida dependesse daquela chupada, engolia aquelas bolas tesudas, mamava na pontinha daquela cabeçona vermelha, enquanto isso, Pedro arrancou minha blusa e começou a mamar nos meu peitinhos que estavam durinhos de tesão, e meu primo dizia que eu era a melhor boqueteira que ele já havia conhecido e que iria me fuder tão forte que no outro dia eu não conseguiria nem sentar, ouvir aquilo me deu um tesão redobrada, pois eu estava doída para dar a xoxotinha, mas Pedro tinha medo que meu pai descobrisse e o despedisse, mas meu primo não se preocupava com isso, então comecei a mamar mais forte ainda, mamei com tanta vontade que meu primo gozou de uma vez sá e eu me deliciei naquela fonte de porra, engolindo tudinho,, meu primo tirou o pau ainda duro da minha boca, me colocou de quatro e começou a lubrificar a entrada do meu cuzinho dizendo que me fuderia igual um garanhão fode uma égua, nisso Pedro já estava apresentando o pau para mais uma mamada e eu caí de boca, me achando a putinha mais sortuda do mundo e louquinha para que meu primo arrombasse o meu rabinho, o Leandro (meu primo) começou a forçar a entrada do meu rabinho e...vcs querem saber a continuação??não deixem de ler o meu práximo conto que eu digo...para todas as mulheres e homens tesudos que quiserem trocar experiências, basta me escrever. Beijinhos tesudinhos da Leticia

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Kl contis eroticos com pastor da a minha igrejavidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delapassar margarinas na buseta e no cumeu pai e meu filho me comen contoscontos sou bem fudida  POIS BEM FALAVA COM ELA O BASICO, ELA ERA ESQUISITA  Contos eroticos Mamãe putaEnquanto a obesa dormia bebada contoCornos by contosmoleque no ônibus contos eróticos gaycontos sexo minha mulher sua patroaScu do sobrinho menor contos eróticosconto erotico irmã de 16 e a vizinha de 15 tranza com o irmão de17 e goza na buceta das duasconto erótico garota da academia bombado no jumentoeu, meu primo e a mulher delecontomeu filho cacetudo comeu meu bucetao cabeludo de quatro. contos.ria gosa pra mina loira e o cavalo contoconto erótico devide a minha esposa com meu paicontos eroticos metendogostoso na cocunhadacontos eroticos meu irmãocontos eróticos de coroas em Juiz de Foraadoro usar as calcinhas da minha esposavideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhaver vidio de vigia fudendo gay subriconto gay moreno do messengerconto erotico incesto sonifero filhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crente"ficou aberto" gay contocontos de lesbianismo que foi iniciada pela tia ao dormir com elacontos eroticos arrombando a gordaconto meu padastro ragou a minha bundinacontos eroticos vovo e papaicontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos ela levou ferroconto eróticos na sapatariaFui passear fui estupradocontos eróticos. incesto ,adoro ver meu filho a comeconto corno esposa grita e reagecontos de danadinhas com homens casadosconto tia safada no banhocontos erotico traindo maridocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos traindo o corno cdp ele assistindoconto punhetinha gostosacontos eroticos incesto ensinei minha filha fudernovos relatos eróticos de incesto com fotos mãe e filha primeira vezcontos eroticos com lesbicas bofinhosai eu quero muita rola enfia toda arromba minha buceta mete pro meu corninho verEu pipi pequeno comendo empregada contoscontos minha esposa ainda resisteconto gay metemos.o dia todonoiva orgia contosEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DE CALCINHA FETICHE OLHANDO ESPELHO MINH BUNDAduas irmas gozando juntas conto eroticocontos de menina sem pelo tomando banho com paicontos sado marido violentoscontos eroticos de curtos relatos estrupadasrelatos eroticos verdadeiros anal com a mulher que cagou no pauComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delaencoxol com jatos de porracontos de corno triangulo amoroso de minha esposacontos eróticos gay putinha pedreiroscontos verídicos com garotas teensmeu tio velho ajudou eu e minha prima perder o cabaçoconto erotico com camionistaContos eróticos primeira vez colégiocontos eroticos.os velhos meterao gostoso em mimconto de comi o cuzinho de um garoto novinho que chorava na pica grandecontos eroticos enrabei minha irma gostoza e casadalevei minha prima pro mato na infanciacontos eroticos de empresarias no hotelcontos eróticos meu cunhado me ceduzio desde novinh