Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TE AMO MANA 1

Tudo começou quando eu tinha 21 anos e ela 19. Nás não éramos muito íntimos e vivíamos brigando. Eu já morava na capital fazia três anos e estava na faculdade de psicologia, quando ela veio morar comigo para fazer cursinho. Com o tempo a gente foi se entendendo. Até porque ajudei-a muito no cursinho. Depois que ela entrou na faculdade, perdeu contato com todos seus ex-colegas e passava todos os finais de semana trancada no apê.

Uma vez acordei e pensei que não tinha ninguém em casa e fui ver filme pornô. Acabei ficando peladão na sala com o pau duríssimo. Fiquei ali vendo o filme e alisando o bicho até a hora que ele começa a pulsar. Então fui me erguendo devagarzinho pra não perder nenhuma cena e sai correndo pro banheiro terminar. Quando vou para o meu quarto, vejo que a porta do quarto da minha irmã está aberto e ela tava na cama deitada. Dai perguntei: faz tempo que vc estava ai? - faz sim - ela responde com um sorriso. Dai caiu a ficha que ela tava me espionando. Segurei a vergonha e fiz de conta que nada aconteceu.

A gente usava o mesmo computador. E acabei descobrindo que ela passava horas lendo contos eráticos. Inclusive nunca tinha lido relatos sobre zoofilia e incesto. Achei-os muito excitantes.

Certa noite, estava chovendo muito, com ventos fortes e trovoadas e minha irmã perguntou se ela não podia ficar ali comigo ouvindo rádio. Falei que sim, dai colocamos o colchào dela do lado da minha cama. Papo vem papo vai e ela me perguntou o que será que aconteceria se todo mundo morresse naquela tempestade e sá sobrasse nás dois. Falei que ficaríamos num dilema. Ela perguntou qual. Ai eu disse, o dilema de repovoar a Terra ou não. Ela disse: - é mesmo. Dai chegamos a conclusáo que nesse caso era possível e rimos mto. Dai ela começou a perguntar como será que é transar e tals. Respondi que era muito bom, mas tinha ser com alguém que a gente gostasse de verdade. Perguntou se já tinham chupado meu pau. Falei que já, que era muito gostoso ser chupado e tinha mulher que gostava e outras que náo gostavam. Ela ficou interessadissima nesse assunto. Perguntando até o sabor do esperma. Sacaneei ela perguntando se queria experimentar mas ela se negou.

Dai perguntou se era verdade que o homem sentia muita necessidade de fazer sexo. Respondi que sim e ela me questionou se eu estava fazendo. Falei que náo e ela insistiu em me perguntar entáo como eu tava aguentando. Ai respondi. Me masturbo quase todo dia. Ela fez cara de espanto, e comentou: - nossa qta vontadade! Ai retruquei, e vc? nunca fez náo? Ela ficou muda. Dai insisti: - ah, conta ai vai... vc faz né? Sabia que esse papo me deixou excitado? Ai ela resolveu falar: - é mesmo? Tá com ele duro? ah, deixa eu ver vai....

Acabei deixando. Ela achou o meu bem bonito ao vivo. Fiquei bem orgulhoso. Dai ela quis saber se eu não tinha que soltar o leitinho, entáo expliquei que ele estando sá ereto não sai nada, tem que mexer. Sem cerimônia ela se propôs a me ajudar e eu consenti. Logo senti suas mãos delicadas segurando meu pau durissimo. Nisso ele ficou mais duro ainda. Rijo como uma pedra. Ela tinha medo de machucar e mexia devagar até que ensinei ela que pode apertar bem e puxar até em baixo. Ai ela começou a fazer gostoso e olhando com bastante interesse a cabecinha que ficava melada e brilhando. Entáo ela passou o dedo e pos na boca e disse: - hummm.. é salgadinho! Pode lamber?

É claro que deixei né... no começo era sá lambidinhas timidas... e sem falar nada, vi ela abocanhando toda a cabeçona.. bem gulosa... e chupando gostoso ainda por cima! A hora que ela olhou pra cima fui ao delírio!!!! Ela viu que eu estava gostando e voltou com tudo com a boca deslizando meu pau adentro igual a uma buceta gulosa por pika.Tentei manter os gemidos de todas as formas.. me segurei mesmo... senti uma onda de calor tomar conta de mim... meus músculos todos se contraiam, minha coluna se dobrava.... ficamos ali quase uma hora... até que falei que ia gozar...

Mas ela nem ai... e continuou chupando gostoso até que não aguentei e senti meu pênis pulsando.. pulsando.. pulsando... até sair um jato fortíssimo... e mais um e outro... e mais outros... e me surpreendi vendo minha mana bebendo tudinho sem fazer careta..... ai que amor!

No final ela ainda lambeu toda a cabecinha e deu vários beijinhos como que agradecendo....



Depois dormimos os dois juntos abraçadinhos.



Te amo mana!!!!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto gay sexo noleque neguinho de rua Transei com minha prima brincando de esconde escondecontos eróticos família vavela minha mãe comigo no banheiroMeu cu virou buceta contos gayconto erótico arrombei o fortãocontos meus amigos estupraram a minha maeconto tia segurou sobrinho para ele dar gay Contos comi minha mae gostosa na piscinacontoseroticos comendo ocu dtitixxx bunda grandeconto em familiacontos de abusada na cocheirazoofilia cavalo violentos o dedãoconto gay pirocudo da academiacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos ajudando menininhas novinhas de favelacontos eróticos de famílias pela primeira vez participando da praia de nudismoCris devassa. contos eroticosfilm caseiro mulhe casada zoofiiliacontos incestos eu comi minha vovócoroas enxutas se masturbando com tocas na cabeçaeu corno de putacontos de mae fudendo com o próprio filhocontos eróticos com vários cachorrosFui cuidar do meu sobrinho doente e transei com ele contosminha filha com calcinha fio dental ve contoscontos eróticos com minha cunhadinha ainda bbcontos gay novinha chupando mendigo na barraca na ruaconto erotico me inseminavelhas dos peitos mucho da o cu até goza e se mijandocontos eróticos de sobrinhas postado recentementecontos eróticos Flagrei minha sobrinha de menor transando aí eu Amei Assim ela tinha contato pai delaContos eróticos comendo um garotinho de 08aninhoscontos erotico mulher casada perdeu a virgindade do anus no estrupocomo comecei na zoofilia com jegue do pau finocontos eroticos tatuadora minha cunhada casada e saia justa contos com fotoscontos eróticos conacontos eroticos pequeninapau duro micaelacontos comendo a tia de fio dentalcontos com vigilante negro roludoTRAVESTI PICAS CONPRIDAS GOZANDO EM BUCETAS ROZINHAS E CARNUDAtratano da titia com rolaconto.erotico.tia.sogra.cunhadacontos eroticos gay vigilantesconto minha esposa rabuda deu pra familia todo na salaviciada no pau do meu cachorroconto erotico gay coroa viuvo faz viadinho de femeaNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetaconto casada iniciada no menagecontos de coroa com novinhowww.cu da minha mae contoscontos eróticos um casal transando na sala enquanto os pais tiram um cochiloConto eroticos ex namorada safadameu cachorro taradocontos gay com tiocontos eroticos porra estragocontos eroticoscunhadinhas muito safadasexo com maior tesao com a negona de vestidocontos eroticos minha pequenaconssegui um cabacinho pro meu cunha do tira contoo comedor do casal contocontos presenciei minha irmã fudendo com um dogeu e minha cunhada apos a festa conto eroticocontos virgenzinhaconto banho com a namorada na academiaSou escrava sexual do meu filho ences,contos erot.conto gay tiozao deu cucontos de coroa com novinhocontos eróticos velho comedor de empregada domésticaconto erotico fui no pagode e comi um travestiContos madrasta putaconto erotico com comadre pintelhudaminha mãe adora bater punheta para o meu irmãoviolada pelo tio contoonto de encesto meu filho mora sosinhodei pro meu genro contomeu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposa