Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NA TORCIDA DO TIMÃO

NO MEIO DA TORCIDA



Sou leitora assídua de contos, sempre fiquei excitada, principalmente quando se trata de sexo grupal e dupla penetração, imaginando cada situação. Não gosto muito de descrições, mas como a maioria adora, vamos lá, tenho 26 anos, cabelos lisos e médios, 1,55, aproximadamente 50Kg, e sou casada. De tanto ler contos, fiquei imaginando qual seria a melhor opção para pular a cerca, assim, resolvi que seria em um local publico, para não correr o risco de um estupro, mas que, com certeza não haveria ninguém de meu convívio. Como na minha família todos somos São Paulinos, escolhi a torcida corintiana, comprei o ingresso e no dia do jogo coloquei um shorts preto e uma blusinha branca, sem calcinha e sem soutien, fui completamente sozinha. Já na entrada recebi elogios, do tipo, gostosa, bucetuda, tesuda e por aí vai. Na entrada até os PM´s olhavam com cara de quem estavam afim de me comer. Começou o jogo e os rapazes que estavam ao meu lado não prestavam muita atenção no campo, aquele sobe e levanta fazendo onda, e derrepente quando sentei tinha uma mão “boba” na minha bunda, fingi que não era nada e continuava aquele senta e levanta, passou mais um pouco e o que estava do meu outro lado começou a escorregar a mão em meus seios, continuei na minha e assim foi, percebi que o grupinho eram seis rapazes e se intercalavam nas passadas de mão, em meus seios, minha bunda e minha bucetinha, que estava completamente ensopada, acabou o jogo e sinceramente fiquei decepcionada, afinal, nada tinha acontecido. A saída foi um tumulto, os rapazes quase que me escoltavam e as passadas de mão ficaram mais atrevidas, até que um deles enfiou a mão dentro de meu shorts e começou a me bolinar, enfiava um dedo, dois, três e acariciava meu clitáris, até que colocou três dedos em minha buceta e o dedão em meu cuzinho, enquanto seus amigos afagavam meus seios, gozei deliciosamente, virei-me e dei um beijo em sua boca. Trocamos algumas palavras e quando estava em direção ao meu carro, tentei me despedir. Quando disse que iria embora, o mais alto de todos, um moreno forte, segurou o meu braço e disse: “Sua putinha você já gozou e não vai deixar a galera na mão” Tentei argumentar, dizendo que eles também se aproveitaram da situação e um outro apareceu em um Voyage preto e me jogaram para dentro do carro. Dentro do carro, enquanto um dirigia, outro estava ao seu lado e os outros quatros se apertavam no banco traseiro, fiquei deitada no colo deles, de bruço, com um pinto atolado na garganta, quase vomitei, o cara parecia que estocava minha boca como se fosse minha buceta, os demais enfiavam os dedos em meu cuzinho e em minha buceta, eu já não sentia mais nada, deviam ter mais de dez dedos na minha buceta e pelo menos cinco em meu cuzinho, eles riam muito até que esse moreno gozou na minha boca e como deixei escorrer porra em sua bermuda, tomei um soco nas costas, isso foi durante todo o caminho até que chegaram em uma garagem, não tinha ninguém na casa que parecia ser no meio de uma favela, era uma casa muito humilde, sá com uma cozinha, sala e banheiro. Chegando lá, eu já estava nua, aquele moreno alto e forte que ficou ao lado do motorista mandou que eu chupasse seu pinto, enquanto os demais de despiam, ficaram todos nus, não vou dizer que eram todos avantajados, mas esse moreno tinha uma pica de dar inveja a muito marmanjo, os demais ficam na média. Enquanto comecei a chupar o moreno, um deles começou a foder meu cuzinho, que já estava completamente arrombado com quantidade de dedos que tinham enfiado, outro se colocou por baixo e começou a foder minha buceta, e outros dois deram os paus para que eu punheta-los, sobrou um que não parecia muito satisfeito, até que o moreno mandou que eu sentasse com o cu em um, que dois iriam fuder minha buceta, tentei conversar e tomei um tapão no rosto e acabei cedendo, tinha uma rola na cu, duas na buceta uma em cada mão e uma na boca, eles mordiam meus seios e apertavam minhas coxas, foi delicioso, ficaram se revezando nas posições e todos gozaram pelo menos três vezes, ficamos ali por mais de seis horas, até que eu desmaiei. Acordei em frente ao morumbi, no local onde me colocaram no carro, fiquei quase uma semana sem sentar direito, com a buceta e o cu totalmente arrombados. Esse relato é real e se meus estupradores estiverem lendo, quero que saibam que adorei e espero ansiosamente o práximo jogo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Wwwcasa dos contos meu marido e rasistaContos eroticos gays cuecasnamorada de calnsinha centou na picatesudas contozoofilia garota de programa asustada com pauza do cavalo boneiconto estrupando o cu da menininha novinhacontos minha sogra me vendeu seu cuzinhocontos eróticos fudendo a puta da minha mulherfui em excursão pro mato com minha irmã contoscomi meu aluno lercontos curtpscontos eroticos arrombando a gordacontos lésbicas amo minha cunhadacontos eroticos feminino cunhadovi minha irmazinha de caucinha nu rabo ve contos eroticosfiz ammor com minha irmacontos eroticos tava todos na praia eu vim buscar minha sogra que tava trabalhaMuleques aprendedo a bate puheita na ruachupando pica no engarrafamentocontos eróticos em público encoxando cunhado conto cutuquei pai na bundia delaconto de rasgei o cu de meu irmão fazendo ele choraFotos erótico padratos e entiadarelato de mae dando a buceta para o filhocontos eróticos estupro concedidoLoirinha novinha chantageada conto eroticocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos mae e filha fodendo o papaimãe e filha dando para travesti em casa CuritibanosContos eroticos gay primeira vez traumaticaencoxando a gostosa no velorii contosempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemconto vovó e sua anacondaconto erótica- meus amigos fuderam minha noivacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoscontos eroticos arrombando a gordaContos eróticos de lésbicas gemeas sarrando a bundarelato erótico real- a visitacontos eroticos abusada no onibuscontos minha mae vadiamarido de marleni vendo ela transarContos com cu de idosasscomtos de incesto com subrinha na caxuera no carroconto erotico gata no meu colocontos eróticos aninhossiririquei contocontos eróticos mulheres p****contos eróticos minha mulher arrombada surubapau pulsou na bocaelas chuparam meu pau.contos de incestocontos eroticos de incesto: viajando com a mamae  POIS BEM FALAVA COM ELA O BASICO, ELA ERA ESQUISITA  contos shortinho socado na ruaMinha irma tarada contocontos eróticos tiosafadocontos erotico fui concertar s torneira da vizinhamonstro rasga novinha de bruçoscomtos de fodas com travetis e mai e pai e filhosminha prima engasgou chupando meu c****** boa f***conto eróticos de marido que da homem dotado de presente pra sua esposa que fica surpresaminha namorada perguntou se eu era gay contogostosao aguenta doi pipinos no cúcontos gozando na boca da empregada casadacomi minha mae na varanda contoscontos/esposa tarada por dotadosconto noiva dando a outrocontos eroticos cuidando o meu sobrinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroa com novinhocontos meu primo novinho foi dormir comigo e eu comi o cu delecasa dos contos minha bu eta e so para o dogconto erotico sobrinhos ferias maridopirulito do titio contos inocentecontos eroticos estrupocontos eróticos comendo a mulher negra do meu paiminha esposa estava raspada contoscontos eróticos sogra pega mulher metendo na cama