Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMI MINHA PROFESSORA DE INGLÊS DA UNIVERSIDADE

Olá. Meu nome é Marcos e cá estou para contar um fato que realmente aconteceu e não tem nada de fictício. Tenho 21 anos e estudo Letras na Universidade Federal do Maranhão. Na cadeira de Inglês, temos uma professora chamada Luciana. Loira, mais ou menos 1,75m, uns 38 anos, corpo na medida com senhor peitão e bunda considerável. Muitos alunos sonham em comer aquela professora, alguns inclusive já tinham dado em cima dela, mas sem sucesso. Ela é brincalhona com todos mas quando precisa ser séria, ela assume muito bem este papel. Ela é casada com um ricaço e tem 2 filhos pequenos.

A histária que lhes contarei ocorreu no ínicio deste ano. Eu sempre fui bom em inglês e era um dos únicos na sala que falava fluentemente. Logicamente nos exercícios e trabalhos, Luciana sempre me pedia para responder tudo. Confesso que não gostava desta situação de ser o centro das atenções, até porque nunca fui um aluno muito dedicado, mas depois isto se revelou ser um fator positivo para o sonho de comer aquela coroa enxuta.

Um dia ela me parou em um corredor da Universidade e disse:

- Marcos, eu noto que tu não gosta muito de fazer e responder os exercícios, mas eu queria te pedir pra fazer essa força. A turma tá muito atrasada em relação a ti, e tu serve como exemplo pra eles.

Achei que ela estava exagerando. Fui para aula e logo na parte dos exercícios ela perguntava e ninguém respondia. Logo ela veio perguntar se eu sabia a resposta. Para fazer pirraça, disse que não sabia. Esta situação se repetiu umas 4 vezes na aula, o que a irritou.

Logo que a aula terminou, ela me pediu para ficar na sala, pois queria conversar comigo. Começou com aquele papo de novo de exemplo pra turma e bla bla bla.. E eu disse:

- Professora, não gosto muito de falar.

- Ah tu é tímido? Por isso que tu não tem namorada!

- Como a senhora sabe que eu não tenho namorada?

- Eu falei de brincadeira.. Mas tu realmente não tem?

- Não.. por que?

- Um rapaz tãão bonito que nem tu solteiro.. Como pode isso?

- Eu também gostaria de saber o porque. Respondi.



Ela então disse que precisava ir embora. Eu já estava saindo da sala, quando ela me chamou:

- Marcos, tu vai pra casa como?

- De ônibus, professora.

- ônibus neste solzão.. vamo que eu te dou uma carona!



Aceitei na mesma hora. Nessa hora várias coisas passaram pela minha cabeça. Ela estava abrindo espaço para ter uma coisa a mais, e eu não podia perder esta chance.

No carro eu perguntei:

- A senhora é casada né?

- Sou sim..

- Gosta do seu marido?

- Huumm. que conversa é essa? Claro que eu gosto!

- Foi mal.. não devia ter perguntado isso..

- Mas ultimamente não to gostando.. ta faltando uma coisa na nossa relação.

- O que?



Nessa hora ela ficou meio envergonhada mas disse:

- Ah, tu sabe.. sexo.. não tem sido mais a mesma coisa desde que eu tive o meu segundo filho. Eu sinto muita falta mesmo de fazer sexo de verdade.

- Isso pode ser resolvido se a senhora quiser..

- Sá se eu trair meu marido.. não tenho coragem de fazer isso..

- Mas sá pra fazer sexo, pra satisfazer sua necessidade.. tem certeza que não?

- É.. talvez sim.. Mas com quem?

- Em alguém que a senhora saiba que não vai contar pra ninguém.

- Pena que não pode ser contigo, né? Se eu transasse contigo, no outro dia a universidade toda tava sabendo no outro dia.. Hahahahaha!

- Se isso acontecesse eu não contaria. Falei sério

- Verdade?

- Sim.



Ela ficou calada.. Notei q ela entrou em uma rua que não ia parar na minha casa. Perguntei onde nás íamos e ela disse sorrindo que eu ia ver já já..

Alguns minutos depois ela para em frente a um motel. Eu não acreditei. Será que íamos mesmo entrar lá. Sá vi que era verdade quando ela falou com o porteiro e pediu um quarto. Aí foi sá felicidade.

Nem batemos papo, entramos no quarto nos agarrando e tirando nossas roupas violentamente. Coloquei meu caralho pra fora e ela começou a lamber bem devagar, me deixando louco. Então ela começou a chupar com toda a vontade do mundo. Meu deus, como ela chupava.. E ela chupava e falava: "Isso é que é um pau! isso é que é um pau!". Então eu tirei toda sua roupa e a deitei na cama. Mamei naqueles peitos enormes durante um bom tempo, enquanto ela gemia e me chamava de tarado. Enquanto mamava, eu metia o dedo na sua buceta já muito molhada. Então chegou a grande hora.. a hora de arregaçar a minha mestra. Coloquei a camisinha e posicionei meu cacete na porta daquela buceta arrombada. Entrou com facilidade.. Comecei com estocadas lentas, e ela ja estava gritando.. então acelerei o ritmo estocando com toda a força, na posição papai mamãe.. ela gemia e mandava eu comer ela mais rápido e dizia: "come tua professora, come!"

Coloquei ela de quatro e recomecei as metidas violentas.. era um sonho.. comia ela gostoso por trás e pegava nos seus peitões e apertava.. ela estava louca.

Mandei ela subir em mim pra cavalgar no meu caralho.. e ela cavalgava mto.. pulava no meu caralho e eu nao precisava fazer esforço nenhum.. depois virei ela de lado e me posicionei atrás dela.. meti, meti, meti.. e ela disse: "isso é que é uma foda! finalmente to fodendo com alguem que demore pra gozar!".

Depois de comer ela mais um tempo por trás, ja tava louco pra gozar.. botei meu pau entre seus seios e comecou uma espanhola que eu nunca tinha visto na minha vida.. meu pau sumia entre aqueles peitaços.. acelerei e disse q ia gozar.. ela disse: "goza! goza nos meus peitos!" e então eu gozei como nunca.. foi um rio de porra nos peitos e na cara dela..

Nos arrumamos e ela me deixou em casa. No outro dia na aula ela nem sequer olhou na minha cara. Pensei comigo que ela tinha se arrependido e estava me ignorando para não sentir remorso. Mas para minha surpresa ela mandou eu esperar na sala novamente. Então ela disse:

- Olha, hoje eu vou sair um pouco mais tarde daqui, mas se tu quiser a gte marca mais tarde.. quer?



Pronto. Estava feito. Começamos aí então nossa rotina de foda que perdura até hoje. Hoje ela não é mais minha professora, mas temos outro tipo de contato.. hehehe! Eu estou namorando atualmente, mas sempre dou minhas escapadas para me encontrar com a minha mestra.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto esposa ajudou dar banho no bebadocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos a enteada bem novinhadei o cu no ônibus de excursão e meu marido nem percebeumulher que ja sento no maior peni todo atoladocontos minha mulher vendo meu tiotia tesuda contocontos de machos que tomou atitude e ficou bem safadinhobranca gordinha casada estrupada por maniaco no cucontos eróticos Flagrei minha sobrinha de menor transando aí eu Amei Assim ela tinha contato pai delafilio pasa a mam na boseta da sua maeContos eróticos de Gay Fui Dormir na casa do meu AmigoConto erotico cuidando de minha enteada1videos de mulheres passando margarina no corpo inteirotive a buceta alarada pelo namorado da minha amiga Contos eroticospauzudo fudendo mulher de pernas fechadascontos menage inesperadocontos eroticos incestos meu pai meu 1 amorminha namorada e putinha do meu pai contoscontos safados purezaxoxotao capusaoConto erotico levantaram minha microsaia e me comeram gostosoPeguei minha esposa dando o cuzinho pra 2 compadres nossos contos e relatos eroticoscontos eróticos travesti casal vingançaEu morava sozinho minha aluna do cursinho ela veio morar comigo ela agora ela e minha mulher conto eroticoContos erótics so de gang bang e so com homems pauzudosminha mãe adora bater punheta para o meu irmãominha sogra usou um consolo em mim contohttp://comtos eroticos de estuproDESDE GAROTINHA GOSTAVA DE SENTAR NO COLO DELES CONTOSvovó foi lavar meu pintinho e chupou minha rolaconto erotico enteadanamorado enfiando a mao na buchete da namorada safadaComtos mae e filha fodidas pelos amigos do paicontos presenciei minha irmã fudendo com um dogcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos traindo marido na viajandoHistória porno me comeu doeu muitoContos eroticos férias com minha mãe coroa na praia garotinha contoscontos eróticos fez minha madrasta e minha mulher decontos eroticos comendo o cu da coroa crentezoofilia cavalo violentos o dedãocontoseroticosfuicornoNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetaRelatos e imagens de homens velhos negros seduzindo e comendo a bunda de meninos novinhos branquinhosminha mulher me comeucontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhocunhado encochando contosContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicoucontos eróticos o gringo roludopapai tirou do meu cu quis por na minha bocacontos sarro gostoso com meu genrogarotinha contos eróticoscontos eroticos o namorado da minha filha mim bolinoconto fui abusado pelo tio da van gayler contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada e dando cuzinho pra dotadosArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos sou a puta dos meus primos piçudosmeninas de camiseta larguinha mostrando peitinhocriei uma puta contos eróticos brincadeira do leiteScu do sobrinho menor contos eróticosvideo porno de sogra chama o genro para sua casa par dar par elecontos eroticos arrombando a gordaviciei em fazer sexo com mendigoscontos e historias de zoofilia meu cachorro mamou nos meus peitos cheios de leitecontos eroticos como passei a ser travesti por causa do meu cunhadocontos casada novinha trai marido com cão contos de 2017conto erotico enrabadocontos estuprada por um cavalocontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos dormindo com a porta abertawww.contos eroticos porno eu meu marido e o nosso cachorro fazendo dp zoofiliaConto erotico comi minha aluna virgemchupando os peito da profesora dos peitos mai empi nado do mundo