Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TODO ABERTO

Adorava quando me penetravam muito forte até me deixar todo aberto, ficava completamente louco. Era delicioso sentir um pau enorme, grosso e duro feito pedra entrando e saindo centímetro por centímetro me alargando antes de me deixar completamente gozado. Uma vez e deixei o Toninho tão maluco, mas tão maluco que ele me arrastou pra uma casa abandonada que tinha perto de onde a gente morava me deitou no chão de bunda pra cima cuspiu muito no meu cu e enterrou sua rola gigantesca que devia medir uns 25 x 19 ou mais com raiva, com muita raiva tanto que entrou tudo de uma sá vez e eu dei um grito muito alto de dor que ele abafou com mão e continuou metendo e tirando tudo sem dá, nem mesmo esperou meu cu se acostumar com a sua rola, eu gritava pedia pra ele parar, mas ele não tava nem aí e metia cada vez com mais força, depois me disse que tinha ficado com raiva porque soube que na noite anterior o Marcelo e mais uns caras tinham me comido e não avisaram pra ele e que tinha rolado várias chupetas e que eu tinha engolido as gozadas pela primeira vez e que ele tava quase uma semana sem gozar. Meu cu nunca tinha ficado naquele estado tão aberto ele me arrombou mesmo aquele dia com muita violência, tanto que ele não queria fechar, mas ele queria gozar na minha boca pra me ver engolir, então ficou em pé e me fez chupa-lo seu pau entrava e saía todo da minha boca, ele batia na minha cara com seu pau lambuzado em saliva e me fez engolir suas bolas, e depois de uns 19 minutos ele enchia minha cara e minha boca com seu imenso gozo acumulado por uma semana foram várias e várias golfadas e mal conseguia engolir e comecei a engasgar, mas ele me fez engolir tudo e em seguida ficou lambuzando minha cara com seu pau antes que eu o limpasse. Mas como eu disse ele não gozava fazia uma semana então queria mais e agora a vítima seria novamente o meu cu que não fechava tamanha tinha sido a violência das estocadas, o que facilitou pra ele meter de novo, dessa vez ele maneirou porque já tava mais calmo e aliviado, depois de ter esporrado na minha cara e boca e me ver engolir aquilo tudo, tinha sido uma esporrada como eu gosto branca, espessa, grossa, gosmenta, pegajosa deliciosa pra deslizar garganta abaixo. Mesmo assim, pelo tamanho da sua rola não era fácil aguentar o Toninho e meu cu era obrigado a se alargar a cada estocada do seu pau e ele agora não tinha a menor pressa pra gozar de novo então me fodeu deitado uns 19 minutos, depois me colocou virado de barriga pra cima com as pernas bem levantadas e me comeu como um frango assado por um bom tempo me fazendo olhar sua rola entrando e saindo do meu cu, ele fazia questão de me mostrar que tava tirando tudo e em seguida metia até eu sentir seus pentelhos e seu saco batendo na minha bunda, quando ele sentia que ia gozar ele parava e dava um tempo e depois recomeçava a me foder dessa vez eu tava de quatro e ele me mandou fazer força pra não deixar seu pau entrar, mas era difícil eu obedeci claro mesmo assim na primeira vez o seu pau entrou rasgando mais ainda o meu cu foi delicioso e dolorido mas o tesão a essa altura era enorme e compensava a dor, ele então tirou o pau e disse que era pra eu não deixar o pau entrar até ele mandar eu relaxar e que quando ele mandasse era pra eu soltar tudo de uma vez quase morri seu eu apertando a bunda pra ele não me foder e ele metendo com força pra fazer a rola entrar e de repente ele me mandou relaxar tudo seu pau quase saiu na minha boca foi delicioso. Em seguida ele me pôs de pernas pro ar e começou a meter no meu cu enquanto olhava minha cara e me mandou punhetar meu práprio pau, o que eu obedeci e depois de algum tempo avisei pra ele que ia começar a gozar ele me mandou abrir a boca e como eu tava de pernas pro alto deitado de ponta cabeça o gozo veio quase todo na minha cara o resto acertou meu peito, ele dava muita risada e eu também enquanto isso sua rola continuava entrando e saindo do meu cu que a essa hora já estava tão largo que entraria qualquer coisa ele tirava o pau sá pra ficar olhando lá dentro e na hora de esporrar me mandou abrir bem a boca e começou a esporrar em cima das minhas coxas pra ver escorrer tudo pra dentro do meu cu, mas como eu disse ele não gozava a uma semana então ele tinha muito gozo acumulado, o que não era novidade porque ele sempre esporrava muito mesmo quando me comia todo dia então depois que meu cu já tinha levado boa parte daquele gozo maravilhoso ele apontou a rola na direção da minha cara e lá de cima me fez engolir as últimas golfadas que saiam do seu pau, ele ria muito ao ver o estrago que tinha feito no meu cu e também como minha cara tinha ficado, chupei seu mastro gigantesco uma última vez deixando ele limpinho, quando me ajoelhei pra chupa-lo com meu rabo ainda muito aberto não deu pra segurar e sua porra escorria do meu cu como água da torneira e mesmo depoIs que parou e eu me vesti ao andar eu ainda sentia aquele gozo se mexendo bem lá dentro do cu. Limpei o rosto numa camiseta e fomos embora eu com o gosto do seu gozo na boca e na garganta, com o peito ainda um pouco lambuzado, mas ninguém veria porque eu estava de camisa e já estava quase seco, claro que ele iria contar pros outros e que teriam outras vezes, mas eu já tinha me acostumado e adorava aquilo, mas ninguém sabia, apesar de alguns desconfiarem eu nunca confirmei, mas nunca neguei sempre desconversava quando me perguntavam....

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos tente fujir 28cmcontos vendo minha prima sendo fodida pelo namorado acabei dando tambe betinhaContos eroticos seduzi a mae do meu amigo uma coroa bem recatada e dona de casacontos eroticos cunhada e sogrAescanxa na picacontos eróticos prima e irmãcontos eroticos fui comida na fazendapapai tirou do meu cu quis por na minha bocacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestoria porno a fantasia do meu marido e c cornocontos eroticos chupei meu cunhado embaixo da mesa perto da minha familiaConto erótico na casa do tio tarantocontos eróticos de lésbicas masoquistasContos velha gorda deu pro mendigoSiririca contosnoiva fabiana cu pra 5minha esposa escolheu vibradorconto comi minha cunhada deprimidacontos eróticos comi minha amiga skatistacabei comendo a cliente quando ia vender o apto porno brasilSenhoras cinquentonas casadas praticando Zoofilia prla primeira vezcontos erticos de ninfetassogra safada dos peitinhos bicudosconto erotico gay: dotado arromba cuzinho de novinho curiosoContos eroticos fudi o cu de uma defiente mentalcontos eroticos travesti ativa camioneiracontos eroticos de mulheres maduras pegandocontos eroticos na piscina com a famila todos nus no reveioncom as bolas cheia de porra pra minha mulher contos eroticoscontos eróticos porra de outro no úteroda minhaesposacontos eroticos feminino cunhadoconto noiva liberada no carnavalminha tia batendo um punheta para sobrinho contosprimeira vez em fraldas tesãocontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadocontos eroticos tatuadorcontos eroticos arrombando a gordaconto erótico -- brincando com os meninos na construçãocontos gay cu arrombadoporno negonas da coixa grosa e budona que a dora pau enore e prra dentroeu sou solteiro eu fui visitar a ex esposa viuva do meu finado amigo na sua casa eu conversando com ela no sofa ela disse pra mim pra eu tirar o atraso da buceta dela eu dei um beijo na boca dela ela me levou pro seu quarto conto eróticorelatos hetero casado que deu o cuContos primeira chupadacontos eróticos a coroa casada gordinha com o pastorcontos eroticos meu.padrasto me.comeusou casado meu cunhado vem morar com nós acabei transando com ele contos eróticoscontos de coroa com novinhocontos eróticos sobre prima bucetudacontos eroticos, ele me humilha me bate me xingacontos minha cunhada viu eu mijanoIncestoconto.meninaso meu padrasto me arrastou pro matagal contosmoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoswww.fiquei louca quando vi a cueca do meu filho mrlada de gala contocontos eroticos meu tio meu amante casa de vovocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos herotico de lesbica entre mãe e filhinhascontos eroticos cunhada e sogrAcontos eroticos fodi minhas enteada gemeaschupei a bucetinha carnuda dela contosconto erotico aposta com papaicontos de coroa com novinhocontos eróticos corno leva muhger BA mo suco grupalconto minha mae so me provova e me deicha de pau durocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de novinhos narrando sua primeira vez tendo o cu arrombadover filme porno com massagista se assusta com o tamanho da piroca do clientes e pede para tocar uma pueta e pede para ela bater um pueta ele goza na boca de delaokinawa.ufa.ru conto orgíascontos exoticos no.cinemacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo com a síndica do prédiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos sado marido violentos