Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

QUERO LIBERAR MINHA ESPOSA NA BALADA.

O que vou relatar aconteceu quando tivemos uma briga não estou lembrado do motivo, mas sei que ficamos um tempinho separados e quando nos voltamos a nos falar e nos encontrar parecíamos namorados e como ela sabia que eu andava indo há alguns barzinhos com musica ao vivo pediu para eu leva-la aos lugares onde eu frequentava enquanto estávamos separados e assim eu fiz.rn Ela passou a me esperar na porta da empresa onde eu trabalhava para sairmos para estes barzinhos quando eu estava no horário das 19 as 22 horas e ia toda produzida, sainha curta blusinha e de salto e fazia questão de me esperar bem em frente a portaria onde saiam todos aqueles peões de fabrica que vocês sabem, não podem ver uma mulher e na maioria das vezes eu demorava para sair e todos eles ficavam olhando para ela na saída, tinha uns que ficavam até quase a hora do fretado siar sá para ficar olhando ela, e aquilo me deixava com tesão,mas eu ainda não havia falado que o fato dela ficar me esperando e aqueles homens olhando ela ali na portaria estava me deixando muito excitado.rn Pois entravamos no carro e ela já ia passando a mão sobre o meu pau e me deixando louco,mas o melhor estava por acontecer dentro do barzinho.rn Na maioria das vezes o barzinho que estávamos frequentando estava cheio, mas sempre conseguíamos uma mesinha para sentarmos e como eu não sei dançar ficávamos ali assistindo, bebendo e beliscando alguma coisa e eu torcendo para alguém convidá-la para dançar, pois nem eu nem ela estávamos usando aliança parecíamos dois amigos ali sentados e sendo assim a qualquer momento alguém poderia convidá-la o que aconteceu umas duas vezes e ela rejeitou para minha tristeza, mesmo eu falando que ela poderia dançar se ela tivesse vontade.rn De repente ela me fala que vai ao banheiro, mas devido o bar estar cheio tinha muitos caras encostados na parede práximos a um balcão e era por ali o único caminho para ir ao banheiro e ela de sainha teria que passar se esfregando naqueles caras o e eu disfarcei e fiquei olhando ela passar perto e eles se aproveitando dela e encoxando porque parecia um corredor polonês homens dos dois lados e ela passando ao meio.rn Quando ela voltou novamente eles se esfregaram nela e assim que chegou à mesa me falou que teve um rapaz que passou a mão na bundinha dela, quando ela me disse isso meu pau já endureceu . rn Chegou minha vez de ir ao banheiro e deixava-a sozinha por uma meia hora ou mais na esperança de voltar e vê-la dançando agarradinha com outro cara, mas eu voltava ela estava lá sentada para minha decepção. rn Mas o que me deixou com mais tesão foi quando ela me pediu para esticar a mão e colocou a calcinha que ela estava usando isso com o barzinho lotado e varias pessoas ao lado e era uma tanguinha bem miudinha vermelha.rn Ficamos por mais alguns minutos ali e fomos para o andar superior onde também poderíamos ficar sentados e mais a vontade, sá que para isso teríamos que subir uma escada e era um sobe e desce que fiquei esperando chegar uns caras atrás de nos para começarmos a subir na esperança deles olharem e verem que ela estava sem calcinha.rn Já na parte superior arrumamos uma mesa bem ao canto, práximo a um casalzinho que já estava no maior amasso pois o lugar era bem mais escuro que o andar térreo, sentamos pedimos algo para beber e ficamos também num amasso ali quando ela abriu o zíper da minha calça e começou a me masturbar nisso eu puxei ela mais para perto do meu corpo e coloquei a mão na bundinha dela levantando a saia e mexendo na xaninha que a esta altura já estava toda meladinha, com certeza as pessoas percebiam o que fazíamos ali, ficamos lá por mais uma hora terminamos mossa bebida, pagamos e saímos .rn No caminho tínhamos que passar pelo centro da cidade e devido aos vários barzinhos o movimento na rua era grande ela não quis nem saber abriu meu zíper colocou meu pau pra fora e ficou de quatro no banco do carona e começou a chupar fiquei com muito tesão que levantei a sainha dela já que ela estava sem calcinha e comecei a dedilhar aquela xoxotinha que já estava babando de tão molhada e viemos embora assim daquele jeito ela me chupando e eu com os dedos na bucetinha dela passamos por ônibus carro, camionete, caminhões e ela naquela posição de quatro com o pau na boca e detalhe os vidros não eram filmados eram vidros verdes que a noite se conseguia ver bem dentro do carro.rn E quando chegávamos em casa transamos muito foi nesta época que ela começou a sentir tesão em dar o cuzinho, repetimos isso por alguns meses até cairmos na rotina novamente, infelizmente nunca ocorreu dela chegar a dançar com outro mesmo ela sabendo que eu queria que acontecesse somente para ver ela com rostinho colado com outro cara.rn Os anos passaram e eu ainda tenho esta fantasia de leva-la a uma boate ou um barzinho com musica ao vivo e deixa-la bem a vontade para que alguém a convide para dançar e ela aceite e eu de longe ficar olhando o cara se esfregar nela e quem sabe ela assim acabe despertando nela a curiosidade ou vontade de fazer alguma coisa diferente daquilo que fazíamos quando frequentávamos aqueles lugares.rn Ela tem 43 anos e eu 46rn Aguardo comentários e e-mails, com dicas de lugares para se conhecer práximos a SP .rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


zoofilia bruda com mininascontos erotico mayara piercingmulher cagou durante o anal numa festa contos eróticoscontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosContos eroticos eu e minha irma no ginásioesposa biscate na van dando o cuconto de sexo com vizinha gostosaincesto contos da cunhadinhacontos eroticos apanhando p abrircontos eroticos toplesshttps://android-source.ru/conto_1102_minha-irma-tocou-aquela-punheta-pra-mim-.htmlcontos eroticos de pai obrigando filho a foder com.outros homecontos ele tinha um pau grande e grosso me fudeu eu era novinho Conto de homem de deu para Fabiola voguelconto erotico sentei no colo com o carro lotadocontos delícia de cacetaocache:fvTAICqerA8J:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_20666_aconteceu-comigo..html cantos eroticos dando meu cuzao para meu filhoEstupro gay conto gay pedreiroFotos de mulheres deitsdas de frente na cama de marquinha de biquíniLoira ,do,calodinho,de,baixo,dando,cuLóira safada narra conto metendo na coberturaespoza leva susto chegando dois pra fudelacalma aí bota devagardando bobeira de baby doll em dentro de casacontos meu pai me arrastava pro matocontos eroticos comi minha prima no rodeiocontos putinha galeraesposa no motel com amigos contoContos eroticos gay funkeirocontos tia me deveContos comi o cu da mulAtAcontos de putaria em familiavideo porno gostozinha de vestido preto sndo fodida com amae do ladaminha esposa tem 1.60cm d bunda enorme contosQuero transa com minha prima que estar gravidacontos comendo mulher na despedida de solteira no carnavalRelatos e imagens de homens velhos negros seduzindo e comendo a bunda de meninos novinhos branquinhoscontos eroticos arrombando a gordacontos porno chantagiando a cunhadaconto erotico ponhei o pau do meu marido na buceta da minha amiga e ela pois o pau do marido dela na minha bucetaconto erotico era pra ser brincadeira e virei cornoEla pediu pra cheira e ele esporou nacara delaConto gozei dentro da lilianecomi o cu da cobradora velhacontos eroticos com pedreirosContos Bota no cu tiominina pela de mostrngo a busetagordinho do rabao contos eróticosconto erotico incesto colomovinha gozamdocalcinhas usadas da minha tia,safada contoscontos dormi de fio dental e me ferreiContos eroticos tia morado na minha casacontos minha mulher transava e me beijavacontos eroticos minha esposaflavia e dois machoscontos eroticos chupei a buceta melada sem sabee e vicieicontos a filha da minha namoradatiro saiu pela culatra contos eroticoscontos de comi o cuzinho da irmã na banheiracontos eróticos gay sendo putinha do meu primo bruno parte 2conto comi minha eguacabelos lisos ate na bunda de dar invejaComo fazer a mulher se apaixonar pegando a calcinha delaconto erotico minha esposa ficou bebqda e resolveu me dar cuzinho pela primeira vezFiquei parado olhando a bunda delacontos erotico patricinha debaixo do edredomcontos tiachupa rolacontos eróticos com amiga da esposa