Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COM O ADVOGADO NO SEU ESCRITÓRIO

Essa aconteceu hoje! E graças ao santo Grindr. rnrnConversando com um delicioso advogado de 35 anos, branco, 1,77m de altura, pau de 18cm com cabeça rosada, corpo perfeitinho, com gordurinhas nos lugares certos e pelos na medida adequada, o fogo no meu rabo subiu na hora. E o fogo do Delicioso também acendeu e o pau endureceu quando viu minhas fotos. Eu, branquinho, bunda empinada e cu apertadinho, 1,75m, sou de animar qualquer macho. rnrnCombinamos de nos encontrar naquela mesma hora. Ele queria muito me enrabar, e eu, claro aceitei. Como o Advogado ainda estava no trabalho, me disse para ir até seu escritário, pois estava sozinho. Fui correndo! rnrnChegando no prédio fui até a recepção pedir autorização. Disse que tinha uma reunião com o Dr. Advogado. Passagem liberada, fui direto para o elevador já ansioso. Ao chegar no andar vi que não havia uma única alma em todo o lugar. Ótimo, pensei. Daria para dar bastante e gritar com vontade. rnrnIndo escritário adentro encontrei o Advogado me esperando no meio do corredor. Ele estava lindo e gostoso, usando um terno preto, que deixava bem evidente os atributos daquele homem. Maludo, barriguinha gostosa, braços encorpados. Um homem muito gostoso mesmo! rnrnAo me ver o Advogado abriu um sorriso lindo e me estendeu a mão para me cumprimentar. Cumprimentos feitos e lá partiu ele para a putaria. Me derreti todo com ele falando "Pronto pra levar rola, viadinho? Vai ser minha menina agora". Enlouqueci! rnrnSe aproximando para me beijar, senti sua mão descendo, entrando por dentro da calça a caminho da minha bunda. Foi me dedando enquanto me beijava bem gostoso. Nossa, como ele beijava bem! Bem macho, com átima pegada, barba por fazer roçando meu rosto. Me senti mesmo como uma menininha sendo dominada. E seu dedo grosso lá no meu cu já começando a lacear antes de levar torada. rnrnParamos um pouco de beijar, ele tirando o dedo do meu cu e mandando eu tirar a roupa ali mesmo. Comecei a tirar peça por peça enquanto ele me olhava com olhar de desejo, dando aquela pegada gostosa no pau duraço que estava fazendo volume na calça social apertada. Quando fiquei peladinho na sua frente ele me pegou pela mão e me levou para sua sala, onde sentou em sua cadeira, abriu o zíper da calça, deixando pular para fora o pauzão suculento. Balançando o pau para mim, quase me hipnotizando, o Advogado olha nos meus olhos e fala a frase mágica: "Chupa, vadia!". Não perdi tempo. Ajoelhei pegando seu pau quente gostoso e botando para dentro da boca. Chupei com gosto, lambi, babei, me esbaldei. Chupei por uns 5 minutos. Estava muito bom. Não queria mais parar. Até que ele anunciou que ia gozar, forçando minha cabeça para fazer uma gulosa, e acabou gozando fundo na minha garganta, ordenando "Engole tudo, meu viadinho". E engoli. E ainda limpei seu pau todinho com a língua. rnrnO Advogado nem quis esperar descansar. Levantou da cadeira, me pegando pelo braço para me levantar também, e mandou debruçar na mesa, deixado meu rabão mais acessível para ele. Me deu um tapa forte na bunda avisando para me preparar, que ele já ia me dar o que eu queria. Pegou um frasco de vaselina na gaveta de sua mesa, colocou um bocado na mão e lambuzou todo meu cu e seu pau, que já voltou a vida, ficando bem duro de novo. Se posicionou com a tora na porta do meu cu, forçando a entrada. E forçou mesmo. Forte. O pau entrou rasgando e com tudo, não me deixando tempo nem para respirar. rnrn"Minha menininha tá gostando? É assim que gosta de levar vara, é?", ele falava, me segurando pela cintura enquanto socava forte a rola no meu rabinho que já estava ficando largo. Eu gemendo alto com dor e prazer. "Geme bichinha! Geme! Viadinho comigo tem que gemer como menininha". rnrn10 minutos com aquele engravatado me fodendo, ele foi aumentando as estocadas, e soltando um "Ah, vagabunda gostosa! Rabo gostoso!" gozou, enchendo meu rabinho de porra. Ele gozou muito! Gozou tanto que ao tirar o pau leite escorreu, pingando no chão. Muito gostoso! rnrnEle perguntou se eu não queria gozar, mas disse que como sempre, não gozo quando estou nessas "fast fodas". Gosto sá de levar pau no cu e terminar. Então ele limpou seu pau, botou para dentro da calça social e foi buscar minha roupa que ficou no meio do caminho. rnrnJá vestido, agradeci a leitada, e disse que quando quisesse um rabo para foder era sá chamar. E fui embora. E enquanto andava ia sentindo a porra escorrendo do meu cu e molhando a cueca. E isso foi me enlouquecendo. Chegando em casa não aguentei e tive que bater punheta antes de tomar banho, porque queria continuar sentindo a porra no rabo enquanto gozava. rnrnEssa foda foi átima! Agora espero a práxima que meu engravatado Advogado vai querer me leitar.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


de tanto insistir em ver minha mulher em cima de outro pau ...conto "fio dental" mãe filhocontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasno colo contos eróticoscasa dos contos virei vadia do meu filho e estou amando ele adfilme diaristas mostrando as coxascontos eroticos fui cuidado meu sogro e ele viu meus pritosKl contis eroticos com pastor da a minha igrejacontos de sexo depilei minha bucetaEncoxadas discretas no onibus nas ruas pornodoidovideos porno meninas da buceta inchada dando para o cachorro emgatar o no na sua buceta inchadaContos ninfas no boquete e punhetameladas e nuas todas meladas de margarinasconto shemales sem camisinharelato mulheres que casaram virgem com dotadomarido dormiu eu me depilei toda contosContos espiando a sogra lesbicaver rapasea novos grizalhos pelados de pau durodesde menino desejei ser enrabado por um velho bem safadocontos brincaram com meu grelinho no onibuscontos comi minha tia mortaOs contos eroticos das novinhas de montes clarosContos minha doce sobrinha melacustumada desde pequena na rola grossa mais a pica dele e muito grande e grossameu cunhado tirou o cabaço do cú da minha esposacontos dos podolatrasLóira safada narra conto metendo na coberturaContos pornos-estuprei minha avócomo o cheiro da maça contoscontos eroticos com a velha vizinha cabeludacomtos.eroticos mimha esposa gosta de varias rolascontos eróticos trepando com a irmã da mamãetesao em apanhar de havaianas contosrelatos arrombei a amiga da minha irmacontos eroticos cdzinha shortinho maeconto erotico no carnaval a coroaflime traição boi zoofiliacontos eróticos eposa e amigocontos eroticos arrombando a gordaVidios porno meu irmao me estrupou cravo tudo o pazao eminContos erotico, sobrinho que pergou a tiacontos adolecente traindoconto+fui+arebentada+negro+meu+maido+adorouconto incesto ben pequenahomem casado fudendo piriguete contos erotiocsmetendo na irmã dormindo boa f***dupla perfeita uma chupava meu pinto e a outra chupava meu cugemia baixinho para meu maridinho não ouvirhistoria de contos eroticos com pasteleiroamiga da minha filha tezudinhacoroas.nis.boquetes.deliciososTirei o cabaço da minha entiada e sua mae a ajudou para nao doer muitozoofilia negao comenorme pau deixando putia loucaContos porno dei cu p me sogro por chantagemconto eroticos aguentei mais d vinte e dois sentimetro d rola d meu sogro peladas e meladas de manteiga no cumunher tira a roupa e faz putaria com sua primaContos dp na casada bebadagrelao 4cm contoscontos sexo meu filho meu maridocontos eróticos brincadeira de meninascontos eroticos comeram minha mae na minha frentecalsinha linda da visinha casada contos"vai me rasgar" corno viadocontos eroticos espermacontos eroticos menina de 07anos dando a xaninhaContos eróticos de incesto mamei no pirocao do vovocontos porno pedreiro pica jumentocontos eróticos fazer oque a sogra me deu a bundacasa do conto minha mae rabuda de baby doll sentada no meu colominha irma envagelica encestoo tio ceduzino adolecente metendo odedo priguitinhaContos eróticos no cu não amorcontos eróticos abusadavelho obrigou a casada a xupar seu pau grosso