Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

COMENDO MINHA NAMORADA NA FRENTE DA CASA!!

Me chamo marcos, tenho 22 anos, sou loiro, 1,70cm, corpo atlético, olhos verdes, e 60kg. Namoro a cerca de 2 anos e temos um relacionamento bem gostoso tanto na cama quanto na vida, minha namorada tem 28anos é morena 173cm, em torno de 60kg e é bem gostosa tem cintura fina e quadril bem largo com uma bela bunda! rnSempre fomos bem safados na questão de sexo adoramos fazer sempre que temos uma brecha, desde que não tenha ninguém nos vendo. O caso que venho a contar agora aconteceu entorno de 5 meses, era uma noite quente e tínhamos ido na casa do primo dela em uma janta, bebemos um pouco e já era madrugada quando fomos para casa entorno das 3 horas da manhã. Quando chegamos na casa dela ficamos namorando na frente da casa pois estava um pouco quente, ficamos nos beijando e o clima foi esquentando, começou um pega daqui agarra da li, e ficamos se pegando por um bom tempo fomos ficando exitado, e comecei a acariciar os seus seios e fui levantando a blusa dela ate deixar aqueles peitinhos lindos de fora, (nesse momento estávamos na área da casa dela) comecei a chupar os seios dela deixando ela completamente louca, ela adora quando chupo seus seios, eu já estava de pau duro e ela tratou de agarralo e já foi baixando minha causa e deixando meus 21cm livre para ela se deliciar, sem perder tempo ela se ajoelhou e começou a chupa meu pau, adoro quando ela fica chupando e punhetando meu pau, pedi para ela abrir a causa, e tratei de baixar ate aquele rabo delicioso ficar de fora, fiquei por bons minutos chupando sua xota e cuzinho enquanto ela ficava com o rabinho empinado para cima com minha cara enterrada no meio. rnMe sentei numa cadeira e ela sentou no meu colo, e assim ficamos. Ela sentando e gemendo bem gostoso em um ritmo de sobe e desce bem gostoso, eu podia sentir sua xotinha bem molhada e quente no meu pau. Quando já estávamos quase gosando ouvimos um barulho na cozinha da casa, e nos vestimos rapidamente com o susto, Carol foi então ate dentro da casa pra ver se tinha alguém acordado, para nossa sorte todos estavam dormindo, então resolvemos terminamos a nossa bela trepada. Mas dessa vez preferimos nos afastar da casa e fomos para frente da casa pois sabíamos que a rua é bem calma, deixei a Carol debruçada no muro com a bundinha empinada e a causa baixada ate os joelhos, coloquei-me de joelhos e cai de boca naquela linda xana pra deixá-la novamente molhada e também pra matar minha vontade daquele rabo pois adoro chupar uma xota, apás deixá-la toda meladinha apontei meu pau naquele rabinho e fui metendo de vagarinho ate enterrar ate o talo, comecei a meter de vagar ate ela pedir pra mim meter com mais força e mais rápido, na medida em que eu metia ela gemia e pedia pra mim socar mais e mais, ficamos assim por um bom tempo fudendo aquela bela xota eu já estava aponto de gosar mas ai ela resolveu me dar um presente me olhou com aquela cara de safada e me perguntou quer fude meu cuzinho? (ela sabe que tenho uma tara por um bom cu, mas infelizmente ela não gosta muito as vezes ela me libera aquele buraquinho que tanto gosto) sem pensar duas vezes tirei meu cacete da xota dela e dei umas pinceladas na portinha do cuzinho dela fui forçando de vagar no cuzinho dela pois ele é bem apertadinho. Pra facilitar dei uma cuspida na cabeça do pau e fui metendo a cabeça pra dentro do cuzinho a medida o pau entrava ela gemia quase que sussurrava bem baixinho uma mistura de dor com prazer. Fui enterrando ate o talo, ate trancar todo o pau La no fundinho daquele cuzinho. Nesse momento parei e deixei o cuzinho da Carol se acostumas com meu cacete. Enquanto eu ficava me deliciando com aquela linda visão daquela bunda linda com meu pau enterrado.rnEntão comecei um delicioso vai e vem na bundinha da Carol metia com vontade com velocidade mas não colocava com força pois não queria arrebentar sua bundinha, ela gemia e me pedia cada vez mais pra mim meter quase não reconhecia a Carol que pedia pra mim não para de meter no cuzinho dela. Avisei a ela que queria gosar e ela como adora uma porra pediu pra mim gosar na boquinha dela, tirei meu pau da bundinha dela e ela caiu de boca no meu cacete ainda com gosto de cu, chupava e punhetava como uma louca não tirava a cabeça de dentro da boca enquanto batia uma punheta bem gostosa, segurei o quanto deu, ate que enchi a boca de porra, e ela engoliu todo meu leitinho! Essa noite maravilhosa foi possível graças a duas garrafas de tequila que bebemos na janta! rnQuem gostou comenta ai se preferir add [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


coroa de bigode chupando gay q se contorce e gemecontos eróticos com novinha casada com cara do pau gigantezoofikia contis eriticos homem aosixonado pela eguaSou baixinha Rabuda com os Traficantes eroticosconto de corninhocontos eroticos dando pro camioneiroconto erótico sequestro de mulherespai quero atencao contos eroticoscontos eróticos priminha caçulaContos eroticos quero ver essas tetastrepando pau sua p*** prepara para o sábadocomi o cu da minha irmã centsConto erótico marcinho enteadocontos eróticos pequenos maemae filho incesto contosconto eróticos na sapatariacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos, esposa na praia de nudismo , bronzeadorcontos eroticos com imagens convensendo a amiga a trocar swingQuero o pau do meu filho no meu cunovinha pauzeracontos eróticos de bebados gayscontos eroticos gay meu tio de dezenove anos me estuprou dormindo quando eu tinha nove anos Contos eroticos neguin e cidaContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzavacontos a pica do pacienteconto eu e meu sobrinho no banhocontos de vovo me comeu com seiss anoscontos eroticos comi minha espetoracunhada com previlegios pornscontos eroticos ensina pirralha montar cavalocontos minha esposa me ensinou a ser cornoContos eroticos em quadrinhos provocando genroFodendo o cú da rabuda conto eróticoPiada Se eu compro uma corda de carangueijo se eu cozinho seu cuzi neu naopornodoido comi minha enpregada na edcadacontos apanhando do tutorcontos porno meu irmão picada ggflaguei minha esposa varias veses se masturbanocontos eroticos colocaram o dedo no meu cuzinhoconto gay fodi o namorado da minha irmadesmaiou quando o caralho enorme do negro entrou no cucontos eroticos na piscina com papaiminha cunhada r***** vou descer a pica nelacontos eroticos mae crente pega pelos colegas do filhoContos Bota no cu tiocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erodicos inserto com filho novinhocache:WL60GUVYjnsJ:https://android-source.ru/mobile/conto-categoria_4_73_incesto.htmlconto porno a coroa fitnessMeu nome é Suellen e essa aventura foi uma delícia.rnSempre nos demos bem, erámos vizinhos e amigos. Eu tinha 18 anos, ele 16. Nossas casas são práximas, tanto que a janela do quarto dele dava pra janela do meu quarto. Eu sempre gostei de provocá-lo,contos gay menino hormonio virou mulhercomeu familia toda conto eroticoconto erotico na orgia com sogroconto erotico de o amigo de meu namorado me comeu na casa dele e ele nao viuperdi minha namoradacontoswww meucontoerotico.br delisiosossexo grupal flagrante incesto usando calcinha contosContos eroticos forçada a dar para um.cavalo na fazendacontos erotico o amigo do meu marido comeu minha bundaconto erotico teen gay iniciaçãocontos eróticos a primeira vez nem doeucontoseroticos primo hetero comeu o primo gaycontos mostrou duas picas pra minha esposacontos coroas enfermeirasComo me tornei um corno mansocontos eroticos a calcinha da minha sograporno zofilia peitinho inchado sozinhasesposa comvemceu maridu deixa. ela da para outro..comtos eroticosTirei o cabaço da minha entiada e sua mae a ajudou para nao doer muitoContos eroticos eu e minha esposa fudemos com o nosso sobrinho gaysou a cris, e esses fatos aconteceram quando eu tinha 20 anosconto comi gostoso bocetao da monha maecontos eroticos esposas adora pau grande e muita porra levei ela pra dar pum cavalo