Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O TECNICO DO LABORATORIO E EU

No início da puberdade sempre tive curiosidade sobre sexo, decorrente das amizades com os amigos do bairro; reuniamo-nos todas as noites para bater papo, brincadeiras. Quando o sexo aflorou em todos, as punhetas era o que nos aliviava; no início era cada um pra si; depois cada um batia para o outro; as encoxadas eram constantes. Aqueles que tinham bundas gostosas como eu, eram disputados; ninguém gozava na bunda do outro e muito menos tentava por no cuzinho, pois todos achávamos que não cabia. O máximo que fazíamos com os parceiros habituais era lubrificar o seu cuzinho com saliva e colocar o dedo médio na portinha, acariciar, enquanto punhetava o dono do cuzinho. Uma delícia; o gozo era farto, o jato viajava longe ....rnOs raros ?catecismos? do Carlos Zéfiro eram disputados a peso de ouro e lidos com avidez; ensinava o caminho das pedras. Mas ninguém deu o cuzinho prá ninguém. E isso ficou no fundo dos meus pensamentos.rnO tempo passou, casei-me; a minha esposa adorava uma gulosa, o seu dedo médio brincava na porta do meu cuzinho, me levava à loucura, mas o meu cuzinho continuava virgem, apertadinho, sedento por um pau. rnEu trabalhava numa empresa multinacional quando fomos obrigados a fazer os exames preventivos de saúde; entre eles um ultra-som de prástata, via retal; aquilo aguçou o meu interesse; como seria essa penetração ? O dia marcado para o exame foi uma terça feira, pela manhã; eu havia trabalhado até às 05:00 horas nessa madrugada em razão de problemas habituais de processamento de dados; no horário marcado, sonolento, porém curioso, fui ao laboratário; fui encaminhado para a sala de exame pela recepcionista e atendido por um técnico oriental; explicou-me os procedimentos, pediu-me para tirar toda a roupa, deitar numa cama de barriga pra cima, pernas separadas colocadas sobre dois suportes; fique na posição ideal para um franguinho assado; luz apenas do vídeo do computador que registraria os dados do exame. Ele colocou luvas, lubrificou os dedos e introduziu suavemente o médio; massageou as paredes do meu cuzinho, a portinha; pôs até o fundo, tirou, colocou novamente; massageou a prástata, o pau respondeu iniciando uma pequena ereção. Ele perguntou: -- Está atrasado ? Respondi: -- Não; o seu toque é maravilhoso. Incentivado ele caprichou; lubrificou novamente, colocou o médio e o indicador, até o fundo. Suspirei de prazer; ele sorriu levemente; a sessão de massagens continuou. Aquele cuzinho outrora apertado dava mostras de que estava pronto para ser comido; seria naquela cama ? O técnico pegou outro pote de lubrificante, passou novamente nos dedos, colocou-os, massageou, caprichou novamente, e disse olhando no fundo dos meus olhos: -- Descanse, que eu vou buscar o filme para colocar na máquina. A meia luz do ambiente, o dia anteriormente trabalhado à exaustão ou algum anestésico colocado no creme lubrificante me apagou; relaxei, dormi suavemente. rnQuando despertei senti alguma coisa diferente; o técnico estava de pé entre as minhas pernas, me punhetando; disfarcei. Procurei entender o que ocorria; senti algo entrando e saindo do meu cuzinho; fui tomado por uma tesão incontrolável: eu estava sendo comido e punhetado. O técnico com grande habilidade penetrava, retirava, penetrava o seu pau no meu cuzinho; ele gemia, gemia, até que senti que gozava; resfolegou, tirou o seu pau, a camisinha, e disse-me ao pé do ouvido: -- Esse será o nosso segredo; o resultado do exame você pega amanhã. Infelizmente, nunca mais o [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos porno de zoofilia minha buceta cabeluda engoliu o pintao do cachorroestrupado tortura esposa na frente du marido que estar amarado pornoconto etotico com poneia minha cunhada casada e saia justa contos com fotosContos eróticos meu papai me comeucontos gozeicontos quando eu era criansinha meu pai e mh mae me obrigava a eu dar a mh xaninhatodos gozarao na minha bucetacontos sado lesbico de incestocontos de corno acampandoContos olhando a mãe dadando pro cunhado contos eroticossapata velha greluda e ninfetacontos tia tirou os pelos do pau do sobrinhoporno home gozando forddeEu pipi pequeno comendo empregada contoscontos eróticos gay e casais rjcontos eroticos mae e filha fodendo o papaicomto gay mecamico perfeitofui currada na frente do meu maridocontos eróticos sou mulher casada e vou contar como tirei cabaço da minha sobrinha de oito anoscontos eroticos sou casada minha irma deixou meu sobrinho em casacache:HVsxZOrs15AJ:http://okinawa-ufa.ru/m/conto_12619_quando-eu-dei-pela-primeira-vez.html+"dei pela primeira"as mais linda esguichada na punhetagenro faz sogra gozar contosconto minha enteada de dez anos sentou no meu pau sem calcinharasguei a calcinha da minha enteada e me masturbar pornô gostosocontos gay babydoll maereal conto cunhadoquando me masturbei saiu bastante gosma da minha buceta será que gozei?vidio porno um loko da cabeça cumeu a força uma gostosa na cademiacontos eroticos no consultorio medico tomando injeçãobunda grandíssima ela queria dar uma dançadinha no quartocontos eróticos bem apimentado de depravadozoofilia cachorro engatado no Rio de Janeiro cariocarelatos dp crentesconto erotico gozar dentro bucetacomtos eróticos de fazemdeira com animalmulher caucinha tirando xoti para fudecontos de zoofilia sobre eguas e jumentasvelhas dos peitos mucho da o cu até goza e se mijandoo corpo da colegial tem que ser magro feticherelato de donas de casa cavalaconto erotico barzinho depois servicome fode com esse pintãoGay passiva com dois negoes contoscontos eroticos real de professora casada que trai o marido com velho pirocudoconto erotico eu peguei meu pai comendo cu da nossa empregada na marravideo porno brindo sua buceta comas Dias mOscontos eroticos Camping da Bia com meu irmaopai.trepa.duas.filhas.gemiascontos eroticos incesto papai mim fez chupar sua rolaTransei com minha prima brincando de esconde escondecontos gays lekinhofudendo pra valer com tubo de gel no raboPai fode a filha virgem e engravida contos eroticos 2018sou casado mais levei rola no c* contos eróticosconto erotico selinho seio coroa amigocontos eroticos arrombando a gordaCunhada bunda site cellcontos picantes gay dou o cu desde cinco anos de idade e gosto de da pra adultocontos eroticos um negro me arrombandocontos eroticos cavalocontos eroticos de esposa safadasconto erotico gay: dotado arromba cuzinho de novinho curiosochupou o pau no karatê ele gozar na cara delacontos bebendo porracontos eroticos/virgens estuprada pelo padrinhosou crente eu e ninha esposa e tenho uma fetiche de tansar transar com outro homemcontos erótico pai ficou muito bravo ao saber que seu filho é gayconto erotico bolinada na infanciaconto fomos fudidos em ménage sem quererconto erótico mão amiga entre gêmeos gays com fotosmamando na mamãe conto eróticocontoseroticos/maeiniciandofilhacontos eroticos namorado corno