Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMEIRA SESSÃO COM MEU MESTRE

Relato de um servo apás sua primeira sessão comigo:rnMeu Mestre é um senhor de 53 anos, 1,90, 95 kg, grisalho, muito autoritário, eu adoro servi-lo, mas deixa eu contar como foi minha primeira vez com ele, conforme havia me ordenado, fui ao encontro do Mestre Armindo, aluguei uma suíte num bom motel e liguei avisando aonde estava, meu Mestre mandou eu tirar a roupa e ficar virado para a parede, demorou acho que uns quinze minutos e ouvi a porta se abrir, não falei nada, nem me virei, não sabia se podia, ele veio até perto de mim senti sua respiração no meu pescoço, sem falar nada vendou meus olhos me deixando completamente no escuro, e mandou abrir as pernas ao máximo, quando o fiz, ele começou a analisar minha bunda, e disse:rn- Bunda branca, gosto assim, mas a depilação tem que melhorar viado de merda, abre a bunda para ver se esse cu está muito arrombado.rnAbri e ele enfiou o dedo, dei um gemido ele deu um forte tapa na minha bunda e disse:rn- Cala a boca seu bosta, com um cu arrombado como este vai reclamar de uma dedado merda? Fica de quatro.rnImediatamente me pus de quatro, fiquei esperando mas nada acontecia, sá ouvia os passos do meu dono, de repente sinto uma chicotada forte na bunda, dei um grito, ele riu e deu outra chicotada e mais outra, enfim castigou minha bunda varias vezes quando ela estava quente de tanto apanhar e lágrimas escorriam dos meus olhos, ele parou retirou a venda dos meus olhos e mandou eu tirar sua roupa, coisa que fiz o mais rápido possível, estava louco para ver o cacete do meu dono, quando tirei a cueca e vi aquele caralho lindo, 19x5 duro como uma rocha mais do que prontamente o coloquei na boca para sentir seu sabor, levei um imenso tapa na cara que me derrubou no chão e ouvi:rn- Mandei tu chupar puto ordinário?rn- Não senhor, desculpe.rn- Queres meu caralho merdinha?rn- Sim mestre, é o que mais desejo.rn- Fica de joelhos e abre bem a boca.rnFiz o que meu dono mandou, ele me pegou pelas orelhas e enfiou o caralho com toda a força na minha boca, senti ele na minha garganta, engasguei, e levei outro tapão na cara, e isso se repetiu mais vezes ele enfiava todo na minha boca, engasgava, babava e apanhava, quando ele ficou satisfeito com isso, sentou na cama e disse:rn- Tá putinho vou te dar prazer, pode vir chupar meu pau, pode se deliciar com ele, mas chupa bem ou então...rnLágico que me apressei a colocar aquele delicioso cacete na boca, lambia, beijava, engolia tudo que conseguia, meu senhor gemia de prazer, que maravilha sentir meu dono gostando da minha boca no seu pau, depois de algum tempo ele falou:rn- Põe uma camisinha nele e fica de quatro na cama para eu enfiar nesse cu.rnColoquei a camisinha com todo o carinho e fiquei em posição esperando pela invasão, meu senhor encostou o caralho na entradinha do meu cu, deu uma ajeitadinha e sem nenhum aviso enfiou tudo de uma vez, meu deus que dor, senti como se estivesse sendo rasgado por uma espada, urrei, ele me mandou calar a boca e aguentar o caralho, ficou com o pau todo enfiado por alguns instantes, e então começou um vai e vem frenético, não sei se sentia mais quando ele tirava ou quando voltava a enfiar com toda força, eu gemia, gritava, enfim delirava enquanto meu dono usava meu cu como queria, depois de não sei quanto tempo, porque sá conseguia sentir as sensações do meu rabo sendo invadido daquela forma doida, ele gemeu mais forte e gozou, saiu de dentro de mim, senti um misto de alivio e vazio que nunca tinha experimentado, meu senhor mandou eu tirar a camisinha limpar seu pau o que fiz com muito gosto, que sabor maravilho tem a porra do meu mestre, depois de limpar todo o caralho, bebi a porra da camisinha, meu senhor me mandou então ir para o banheiro e ficar de joelhos o esperando, fui e então ele pegou uma corda e amarrou minhas mãos as costas e me mandou abrir a boca ao máximo, quando abri senti o primeiro jato de urina, e meu senhor mijou bastante, não consegui beber nem metade, como é bom beber os líquidos do meu senhor, depois ele mandou eu ficar ali, amarrado, mijado, com o cu ardendo, esperando ele voltar, fiquei horas ali, quando ele voltou... mas isso eu conto depois, se vocês quiserem

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


louco pela minha prima contoEnrabei a sobrinha da minha esposa contosMeu irmão chupa minha maeconto erotico de tia coroa negra gostosaporno um homem e um travest no onibosContos eroticos/dp com a ninfetinhaa primeira vez que transei com dois homenscontos eroticos amamentacaoconto erótico conhecendo o casal submissodeixei minha esposa baixinha ser arregaçada e nao entrou tudo pau monstro do meu camarada contosconto lekepornô contos sobrinha se assusta com o pau mostro do tiocontos eroticos arrombando a gordacontos traidoracalcinhas sujas contos eroticos da tia safadasexo com muito expormos pornodoidocontos: exibindo a mulher para o cafetãocoxaselianacaralho meu empurra tudo nu meu cuzinhoContos Estuprada por um machofazenda fravia dan xeso anal lua demelComeu marido viado e a esposacontoúltimo contos anal de sobrinhatravestis da general carneiro sorocabaconto erótico sonífero na tiacontos eroticos marido fala pra mulher quem v ela trepa cm um pedreirochaves metendo na paticoloquei o dedo no cu da minha namorada ela endoidocoroa57 anos dando buceta sofasou crente eu e ninha esposa e tenho uma fetiche de tansar transar com outro homemempregada ê chantageada e tem que dar para seu patrao o cabacinhoquadrinhos pornos de patrao dominadorcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteHistorias eroticas Swingcontos erotico mulher casada perdeu a virgindade do anus no estrupocomtoerotico bocetona da vizinhaokinawa-ufa.rucontos eroticos sou casada mais adoro dar a buceta para meu genro porque ele tem um pintao bem grandeconto de incesto ||contos eroticos gay meu tio de dezenove anos me enrabou dormindo quando eu tinha dez anosirmar brasileira goza tremi pau irmazinhocontos eroticos gay femeacontos er menininhascontos de engates gays maduroscontos eróticos gay EMMO o maconheirominha tia crente e seu marido brocha contoscontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cãoConto erotico negao casada loirapedreiro estrupar dona da casa porno xxxvideodesenho pornos dos flinstones cornocontoseroticoscomendo a coroa loira e a filha delameu marido mando eu ir mete com o subrinho deleConto eróticos ônibus em Teresinafodido pelo pegador do bairro conto gayporno contos eroticos fui enrabada pelo meu irmaocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteprima crente contosporno com professor girafales comendo dona florinda no cuconto erótico currada pelo fazendeirocontos eroticos arrombando a gordatransei com minha filha contos eróticoscontos eróticos conatravestis comeu o cu virgem da evangelica,contos eroticoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos sexo com pai da amiga e engravideicontos o avô do meu marido me arrombouconto erotico comendo a massatorepeutacaso eróticos meu sogro estrupava minha mulherconto erotico gay viado submisso humilhado em orgiacontos eroticos com a boquinha cheia de porra incestoContos eroticos larissa a submissacontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elacoroa. calcinha. fio dentral bocetona greluda peludacontos porno chantagiando a cunhada