Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

VOVô E NETINHA

OBSERVAÇÃO: Todos os meus contos são relatados como num diário, ou seja, mesmo sendo fatos de um passado distante contarei como se tivesse acontecido a pouco tempo. Tenho 30 anos, morena, seios fartos, bumbum grande e cintura fina, cabelos negros, bct lisinha e apertada e, já vivi muitas histárias safadas.rnrnrnVOVÔ E NETINHA - Conto 01rnrnQuerido diário,rndesculpe a demora em escrever em você, mas desde o meu aniversário de 19 aninhos meu vovôzinho não me deixa em paz... No início era sá uma brincadeirinha que tinhamos, mas agora a coisa esquentou...rnrnMeu avô tem mais ou menos 60 anos de idade e é separado da minha avá, ele morou muito tempo sozinho, mas agora por causa de uns probleminhas de grana ele veio ficar um tempo aqui na nossa casa, ele é bem conservado e muito safado também. Sou netinha única, então recebo todos os mimos possíveis, foi por causa disso que começou as "brincadeirinhas" com vovô João.rnrnUm dia estava brincando de casinha no meu quarto quando vovô gritou:rnrn- Princesinha do vô vem aqui...rnrnEu mais que depressa levantei e fui. Chegando na sala ele estava sentado na poltrona do papai vendo um desenho animado e sorrindo bastante. Ele disse:rnrn- Vem fazer companhia ao vô minha princesa, todos da casa sairam e fiquei aqui sozinho. Vem que tá passando um desenho legal.rnrnSentei no sofá e ele logo foi pegando no meu braço e disse:rnrn- Uai, minha netinha, senta aqui no colo do vovô que eu vou ficar fazendo carinho. Eu sei que você gosta quando faço cafuné nos seus cabelos... rsrsrsrnrnEstava usando um shortinho bem frouxo, uma calcinha branca de algodão e uma blusinha regatinha. Meus peitinhos estão começando a apontar e eu não uso sutiãn em casa, sá na escola por causa do uniforme meio transparente.rnrnSentei-me no colo do vovô e fui ver desenho enquanto ele passava as mãos nos meus cabelos, apoiei a cabeça no seu peito e fiquei sentada de lado, com as penas no braço da poltrona. Fui me aconchegando no colo do vovô, quando de repente...rnrnComecei a sentir algo endurecendo entre as pernas do vovô João, roçando no meu bumbum. Achei um pouco estranho mas não quis dizer nada, afinal, era meu avô né!rnrnEle começou a respirar forte e me ajeitar no colo dele e disse:rnrn- O desenho tá bom minha princesa?rnrn- Tá legal, mas seu colo tá um pouco duro vovô... Por quê?rnrn- Ora, não é nada. Assiste ao desenho animado que vou consertando você no meu colo até você não senti a costura grossa e os botões da roupa do vovô viu?rnrn- Tudo bem!rnrnA partir desse momento, ele ia me pegando nos braços e me sentando no colo... Tinha momentos que ele me empurrava forte contra sua virilha ou então, esfregava "a costura grossa" na minha bunda. Quando isso acontecia, ele respirava ofegante e eu sentia uma coisa gostosa dentro de mim me deixando cada vez mais mole e molhadinha. Meu avô dizia coisa sem sentidos no meu ouvido e me apertava contra ele...rnrn- Meu bem - disse meu avô - senta de costas pro vô, quem sabe assim melhora.rnrnAo me ajeitar no colo dele, o safado do meu avô começou a passar a mão na minha bucetinha sobre a calcinha perguntando fingindo está nervoso:rnrn- Uai, o que é isso? Você fez xixi na roupa menina?rnrn- Eu não vovô... rnrn- Mas era sá o que me faltava, deixa eu vê se foi xixi mesmo?rnrnEntão continuei sentada de costas prá ele toda sem graça e sem entender por que minha calcinha estava tão meladinha. Ele esfregava o pau ainda dentro da cueca em minha bunda, entrelaçou um braço sobre meus peitinhos com a outra mão ficava passando os dedos na minha buceta dizendo:rnrn- Nossa, você tá tão molhadinha que parece que fez xixi no colo do vovô (respirava forte no meu ouvido e esfregava seu pau em mim)... Sua mãe vai ficar muito decepcionada em saber que uma moça já grande está fazendo xixi na roupa.rnrn- Por favor vovô, não conta prá ela (eu tbm estava ofegante e ainda não sabia o por quê).rnrnEu sabia que não havia feito xixi, mas aquilo tava tão gostoso que nem percebi como me molhei tanto.rnrn- Ok... Não conto nada se você também não contar. Vou limpar sue bucetinha com meus dedos e depois você vai brincar. Hum minha ninfetinha, como sua bucetinha é lisinha hein? Vai seu o segredo sá de nás dois viu?rnrnE eu sem sentir rebolava nos dedos do meu avô e concordando com tudo.rnrn- Você é a netinha que todo vovô gostaria de ter sabia? Hum minha delícia, eu adoro dar o colinho pra você... Pena que sua mãe tá chegando, se não você ia ver como o vovô pode ser mais carinhoso com você... Ai delícia!!!rnrnFoi aí que eu pensei que ia desmaiar, meu avô começou a dedilhar toda minha grutinha virgem e a roçar com mais força o pau na minha bunda, era uma sensação tão boa que eu melava inteira até que num certo momento, ai ai ai... fiquei molinha e meu avô respirou mais pronfudamente e disse:rnrn- Pronto, a costura grossa não vai incomodar mais você, vai se lavar e brincar com suas bonecas. Eu vou tirar um cochilo aqui e mais tarde levo um presente prá você, mas sá vai ganhar se o que aconteceu agora ficar em segredo ok?rnrn- Ok vovô.rnrnQuando levantei, vi que as calças do vovô estavam tão meladas quanto a minha calcinha! Estava louca prá sentar novamente no colo dele e sentir aquela coisa dura de novo...rnrn(CONTINUA...)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


comi o cu da tia no acampamento na barracapelado com uma travesti contos eróticosIncesto do cu desde pequenocontos eróticos gay taxista Santarém Parávoyeur de esposa conto eroticominha ex namorada tonta dando pra outro contosnamoradalesbicadei p meu genro contocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos dupla penetraçãoProvocando thais prmo.aafado contosquero ver no boa f*** de mulheres com shortinho todo enfiado no raborelato de mae dando a buceta para o filhominha namorada e putinha do meu pai contosfazendo uma massagem no papai contoo pai da minha amoginha me comeu contosencochou na madrasta estava dormindo juntos ate comerela pegou no pinto dele na marra mais ele gozoueu, meu primo e a mulher delecontoputinha de peitinhos bicudos contosconto so dou o meu cuevangelica pegou carona traiu contos reaiscontos eróticos tiosafadocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos sexo paraíso em famíliaconto erotico mulher fodendo com varios vizinhoscontos eroticos incesto pai encoxado filhas avo encoxado netasconto erotico sobrinho fudeu minha esposacontos eroticos de tres irmas gravidas do mesmo homeamiga da minha filha tezudinhaContos encouxei a evangelica e elacorno porra cu conto eroticoconto eróticos mãe eu na cachoeira juntosconto erotico com sadomasoquista cinto de castidadesogra loira novinha chupa maridos Eugêniover tv pornô mulher que tem a vajina muito linda e grade gozando na pica sem para vaquira com o cavaloencontrar vídeo de sexo amador com mulheres gordinhas do Arraial do Cabo viciadas em analconto sexual com cadela zoofiliacontos eróticos de novinha que deu a b******** bem gostoso para o cão f**** o cachorroSoquei muito nela e ela pediu mais contocontos gozarconto pornô papaizinho tirou meu cabaçovistorias eroticas de zoofiliaconto erotico dominou minha mulhercontos marido atolou a geba grossa no cu d esposa na pescariana davela os homens nao tem frescura conto eroticodepilando a tia contosme fodeu contoContos eroticos saia rodada e de calcinha fio dentalcontos eroticos infanciacontos virgem encoxada no buscontos eroticos eu minha esposa e a meninacontos xoxota peluda da minha maenamorado descabacei Ela gozou dentrocontos eróticos mulheres da b***** grandeque pau taludo contosbati muita punheta depois de casada. conto de mulher casadavídeos de porno primeira vez dando cu ela chora fico Duda ora tirando pau do cu fica porno a maucontos eroticos de mulher de sc com cachorroContos eroticos engravideiconto eroticos.chupContos eroticos sou putinha do vovocontos eróticos com mulher pedindo pragosando na boca da sogra verídico açeitou suruba com amigos sua vizinhacontos minha mulher olhando o volume do caraperdi o cabacinho da xana dormindo contoscontos eróticos funcionáriacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de coroa com novinhoconto tia gostosa de microcalcinhacontoseroticosnamoradavirgemcontos eroticos arrombando a gordaconto eroticocasada traindo com negraocontos eroticosem familiapassinho de várias lésbicas se chupando uma volta sem pararcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentemimi apaixonei pelo novinho de pau grande contos gaycontos erotico reais inserto. gay cu arrombado  Marilia e Juliana estavam mais uma vez fr ente a frente para uma dolorosa batalha. Ambas traziam nos corpos as marcas feitas pela outra em combates violentos e sangrentos. Marilia vestia tão somente uma minúscula tanga branca fio dental. Juliana uma