Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

BACO MEU CACHORRO II

Apás ter sido arrombada por Baco, com a minha ajuda médica, a bundinha de Susy, estava sarando muito bem.rnrnO nosso relacionamento modificou-se, Susy tornou-se mais carente de mimos, e comecei a gostar de a sentir mais submissa às minhas vontades, acho que depois daquele episádio, Susy revelou, que o seu amor por mim era mais profundo do que eu conhecia e aceitava com submissão que eu fizesse o papel de Alfa.rnrnComecei a controlar a nossa relação, queria Susy para minha escrava sexual, pensamento estranho é verdade, mas esta sensação de dispor dela, dava-me prazer.rnrnObriguei-a dormir uma noite sozinha no quarto de háspedes, a sua reacção, foi de encontro aos meus íntimos desejos.rnrnAmor que se passa? Não me quer mais? Perguntava-me chorosa.rnrnVá carpir sua mágoa para longe mim. Susy desatou a chorar convulsivamente, tive pena dela, eu adoro-a, mas tinha de por à prova até onde ia a sua submissão.rnrnVou buscar Baco ao canil, ele hoje vai repartir a cama comigo vai ser o meu amante.rnrnPor favor.. Chorava Susy ? Não faça isso comigo, eu amo-a demais. Eu morro se você me deixar.rnrnSe quiser dormir na minha cama, será também com Baco.rnrnEu aceito? Minha vida é sua e você sabe disso.rnrnSorri?. Susy, correu para mim aninhou-se nos meus braços, beijámo-nos intensamente, as mãos dela começaram a percorrer todo o meu corpo, abri a blusa e deixei-a chupar meus mamilos, afaguei-lhe a cabeça dizendo-lhe. Seja boazinha e obediente e não haverá problemas entre nás.rnrnEu faço tudo por você. Juro que faço.. Não quero perder seu amor.rnrnNão me vou alongar mais em relatar nossa relação e passo a contar mais uma louca aventura com Baco.rnrnNuas na cama. Com Baco no meio de nás, chamei Baco? Aqui lindo? vem cá, de um salto Baco aproximou-se da minha, cara, cheirando e lambendo meu rosto, fiz carinho nele, abri minhas pernas e para chamar atenção dele, dei umas palmadinhas na minha xaninha, ? Vá Baco?. Vai?. Vai? Abri bem os lábios da bucetinha com meus dedos e Baco começou a lamber bem fundo, o tesão era demais. rnrnSusy virada para mim, beijava-me descendo começou a sugar, os biquinhos das minhas maminhas, comecei a ficar louca de desejo? Isso putinha. Chupa meus mamilos, hoje vai ser de dois, eu e Baco, vamos tratar de si.rnrnComecei a bolinar a xaninha de Susy, primeiro o grelinho de seguida introduziu uns dedos depois dois, gemia de prazer, puxei Baco para junto dela, dirigi-lhe a cabeça para a coninha melada e começou logo a introduzir a sua língua grande e áspera.rnrnSusy gemia de prazer, estava ficando como eu queria, excitada e depressa passaria a obediente.rnrn ? Pernas abertas, subia e descia o corpo, esfregando a xaninha no focinho do animal, que continuava a lamber.rnrn Chamei o animal para junto de mim.rnrn Suzy deixou o corpo afundar-se no colchão, gemia de prazer e começou a masturbar-se freneticamente.rnrnQuieta sua vadia, quem mandou mexer na xaninha, disse-lhe desviando-lhe a mão com violência.rnrnDesculpe? Desculpe?.rnrnUma cadelinha vadia é o que você é?. Vou castigá-la.rnrnVirei Baco de lado, comecei a afagar-lhe a zona posterior, colocou-se de costas, para receber as minhas festas.rnrnPutinha, Baco precisa de gozar, você vai chupa-lo.rnrnSegurei as patas traseiras e Susy, começou a acariciar as bolas do animal, que se deixou estar quieto, e começou a salivar, língua de fora, respirando compassadamente. rnrnA vara de Baco endureceu e a cabeça avermelhada começou a espreitar, deixando sair algumas gotas de liquido que lambuzaram a mão de Susy, que baixando-se introduziu o cacete na boca.rnrnVá? Comece a mamar, seja uma cadelinha obediente ou seu castigo será a dobrar.rnrn Susy abocanhava o cacete, como uma autêntica cadelinha. O animal estava excitado com a mamada, a bola de saltou da pele e ficou exposta. rnSusy fazia entrar e sair na sua boquinha a o cacete endurecido chupava e engolia os sucos que saíam.rn Putinha vou dar sua bucetinha para Baco . rnColoque-se de quatro. - Ela endireitou-se, obedecendo à minha ordem, Baco, com que compreendendo, que a cadelinha estava se ajeitando para receber sua vara, trepou para as suas costas, tentando acertar na entrada da grutinha.rnAjudei-o a a encontrar o caminho. Penetrou com força, Susy gemeu aiiiiiii? minha bucetinha está rasgando. A vara do cão entrava cada vez mais fundo.rn Susy soltava um grito a cada investida ? Ao balanço do vaivém do animal rebolava as ancas indo ao encontro das estocadas do cão, arfava, os gritos passaram a gemidos compassados.rnA bola estava na entrada da sua grutinha, pressionei um pouco e os lábios vaginais, distenderam-se, para permitir a penetração.rnBaco, de língua pendente, a baba corria dos cantos da boca caindo nas costas da cadelinha, forçava a entrada.rnSusy gemia mais alto, as investidas eram mais fortes, Baco? socava de forma violenta, até que jorrou o sémen, quente, na xaninha, da minha putinha.rnAliviei a pressão que fazia no animal que saiu de cima e, virando-se, ficou engatado nela expelindo ainda o restante esperma. rnAdorei ver a minha putinha, como escrava submissa, de quatro.rnDeixe-se estar assim? rnAproximei a minha buceta da sua boca, Suzy procurou beijá-la, desviei.. calma cadelinha, satisfaça primeiro seu macho..rnAlguns minutos mais tarde a grossa bola começou a afrouxar a pressão e permiti que Susy se libertasse.rnEmpinou a bundinha e deliciei-me com a visão da sua xaninha, vermelha de ter sido socada, donde escorria o sémen de Baco, rnApanhei algum com a mão e dei a Susy.. Beba o leitinho do seu macho.rnNess noite Susy, proporcionou-me uma noite de sexo como nunca tinha tido, lambeu e sugou selvaticamente a minha buceta, coloquei-lhe o strappon com elástico e deixei-a foder-me até me arrancar um orgasmo brutal.rnColoquei-lhe a coleira e a trela, prendia-a numa perna da cama. rnDormiu no chão como uma cadela vadia, enquanto Baco me deliciava com a sua língua.rnSe gostou? comente.rnTenho outras aventuras para contar.rnBjsrnMánicarn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


tia tchuca faz o movimento no pirucontos de coroa com novinhocontos casada espia cunhado treparokinawa.ufa.ru conto erotico orgiascontos gay estrada calcinhadando banho na mamae contocache:bK0BKVSW0gUJ:mozhaiskiy-mos.ru/conto-categoria-mais-lidos_3_75_heterossexuais.html conto arebentarao meu cu meu maridocontos esposa da o cu no acampamento ao lado d marido no escurocontos eróticos curiosidade novinhaassanhada vestida provocanti pirnocomendo a família toda contos eroticosporno doido mae víolentada variospaucasada adora genro contosencoxado no onibus contos viadinhoContos eroticos de barcontos eroticos casada com cunhadocontos eróticos me estruparao por ser orientalAcordei com o pau dentro da minha bucetaestórias eróticas reais de sequestrocontos eroticos arrombando a gordaver tdos as calcinhas fio dental qom bomum empinadcontoerotico professorasComo usar ropa de menina curtinha conto gaybucetiha tihocontos... me atrasei para casar pois estava sendo arregaçada por carios negoescontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos filho da minha vizinha amante maravilhosocontos eróticos transando com o cara do carnavalAmigas pirocudas contosconto esposa recatada e crentinha parte 2nifetasafadagostosacontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticasadas raspadinhas contosconto. a sugadora de. porrabuceta carnuda comtos de sexo lesbicasa titia da vizinhança contos eróticosContos eroticos boquete com detalhescontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimcontos lesbic de patroas seduz secretaria para um transa lesbcontos eróticos "peladinho" sobrinhocontos de punheta com botasnovinha andando so de calcinha pensando que estava sozinhacontos eroticos com cachorroconto - bundinha durinha , cuzinhoapertadocontos fudendo casal bi drive inncontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDona Florinda chupando a rola de Seu Madrugacontos coxudas de saiagostosas de caixote apertadinhao pai da minha amiga é um tesão contos eróticoscontos eroticos troca de casal pica ggpirralho esfolando minha mulher no sitio historias eroticaspassando bronzeador no homem nu porno gayconto erotico comendo a massatorepeutaContos eroticos levei de um activo negroconyo erotico pai e filha ahh uhh mais metecontos eroticos de velho mamando em ninfetairmazihas safadas locas por sexEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcosConto porno com a filha halana luize novinhacontos eroticos namorada virgem do cornocontos chataguei a esposa di meu vuzinhoconto erotico paraliticoComi minha tia de 19 Anosrelato fui trocar o gaz e arrombei o cu da crentetransei com a sogra contosestrupado tortura esposa na frente du marido que estar amarado pornomurhler.abusada.estrupradocontos de lesbianismo no acampamento de escoteirascontos eróticos usada pelo padrinhoTransei Com Minha Primaconto teen e mae nudistaquero ver um vídeo de graça de graça rouba pica bem grossa dentro da b***** entrando bem devagarzinho b************