Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRESENTE DE CASAMENTO INESQUECÍVEL

Presente de aviversário de casamento inesquecível.rnrnSou Nanda e o que vou contar aconteceu quando completei dez anos de casada. Meu marido me deixou um presente lindo na cabeceira da cama com um buque de rosas e um bilhete: A noite vamos comemorar nosso aniversário de casamento. Meu marido é muito romântico e me deu um celular moderníssimo. Ai eu me lembrei que não havia comprado nada para ele. Eu estava sem dinheiro, gastei tudo com roupas e cosméticos. Mas decidí dar a ele um presente inesquecível de casamento. Eu tenho uma amiga na academia que é muito fofinha. Ela é moreninha, bumbum torneado, pernas grossas e com carinha de safadinha. Eu confeço que sempre quis ver meu marido fudendo outra mulher. Depois de dez anos de casada achei que já estava na hora de dar este presente a ele. Todo homem sonha em ter duas fêmeas na cama. rnFui para academia e chamei Cheila para tomar um suco. Disse a ela que queria dar algo especial para meu marido pois era o décimo ano do nosso casamento. Ela sugeriu fantasias de Enfermeira, colegial e etc.. Eu disse que já tinha em mente algo mais especial. Ela ficou super curiosa e perguntou: O que você está pensando em dar para ele? Eu respondi, quero dar uma bucetinha diferente e quero vê-lo fudendo outra mulher na minha cama. Os olhos dela brilharam e logo percebi que seria fácil convencê-la a participar da surpresa. Perguntei a ela se gostaria de ser o presente do meu marido. Ela pensou um pouco e disse que sempre achou meu marigo um gato, que já tinha visto ele quando veio me buscar na academia. Combinei com ela que chegasse às 19:30hs. lá em casa, pois meu marido chegava sempre às 20:00hs. Ela topou e lá estava ela na hora certa. Estava com um vestidinho sensual, cheirosa e bem maquiada, prontinha para ser abatida.rnCombinamos como seria e ela ficou escondida até meu marido chegar. Ele chegou na hora e assim que entro me viu sá de calsinha, já fui mexendo no pau dele e o levando para o banheiro e disse para ele tomar um banho bem gostoso que eu tinha uma surpresa para ele. Apás o banho, coloquei uma venda nos olhos dele e disse para não tirá-la. Ele estava de roupão de banho e já dava para ver seu pau já bem duro. Retirei o roupão dele e Cheila entrou em ação. Ela começou a bater uma punheta e chupar o pau dele. Ele gemia de prazer sem saber que não era eu. Foi lindo vê-lo com a vara enterrada na boca dela. Ela chupava como uma louca e ele gemia de prazer. Pedi para ele deitar na cama que a chupetinha iria continuar. Ele obedeceu e deitou, aquele pauzão duro agora apontando para o teto. Cheila novamento caiu de boca chupava, chupava e ele delirava. Tirei Cheila com cuidado e pedi para ele chpar a minha buceta, sá que era a xaninha da Cheila que ele ia chupar, ela sentou e esfregou a xota na cara dele e ele sem pensar duas vezes chupou a xaninha dela. Ele não percebeu nada pois as duas estavamos raspadinhas, meu marido adora bucetinha raspadinha. Decidí mostrar a surpresa para ele. Cheila começou a chupar de novo e eu disse: Conte de um até cinco e pode abrir os olhos. Quando ele abriu os olhos, era outra mulher que chupava seu pau enquando eu tocava uma siririca na cadeira. Ele ficou louco quando me viu mexendo na minha xotinha e sentindo a boca carnuda da Cheila abocanhando seu pau. Ele me chamou e pediu para eu chupar também. Ele queria ter duas chupando seu pau ao mesmo tempo. Chega de chupação eu disse, agora quero ver se você sabe fuder gostoso outra mulher. Me afastei da cama e os dois começaram a se beijar, ele a colocou na cama com as pernas abertas e chupou a xotinha dela, u putinha gemia feito uma loba no cio. Aquela visão me deixava louca de tezão, eu estregava minha xaninha com muito gosto. Meu marido deitou sobre a safadinha e meteu fundo na xota dela. Ela rexia, mexia e ele dava umas estocadas que fazia a cama balançar. Foi incrivel ver essa cena, meu marido fudendo uma puta na minha frente. De longe eu disse agora quero que foda ela de quatro. Cheila ficou de quatro e ele levou aquele pauzão e enterrou na buceta dela e metia, metia desesperadamente. Cheila pediu para deitar em cima dele, ela estava cheia de tezão com aquela situação e montou nele estregando a xota e rebolando sem parar. Derrepente Cheila começou a gritar e dizer: Fode, fode, fode, que sua mulhersinha ta vendo tudo, fode, fode. Ela estava gozando na vara do meu marido. Ela estava cansada e eu disse: Ainda não acabou, agora quero ver você fudendo o cuzinho dela. Cheila ficou de quatro de novo e impinou bem o rabinho. Meu marido ficou louco de tezão, pois eu nunca dei o cuzinho pra ele. Eu disse: Quero que você se lembre do meu presente, um cuzinho bem carnudo pra você fuder. Passei áleo no rabinho dela, pois meu marido tem um pau enorme. Cheila rebolava enquanto eu lubrificava seu rabinho. Peguei no pau dele, bati uma punheta e dei uma chupada gostosa depois coloquei aquele caralho no buraquinho da Cheila que gemia enquanto a vara entrava. Ela dizia ai devagar, devagar, ta me arrombando toda. Meu marido enfiou até o saco, ele estava feliz da vida fudendo aquele cuzinho. Dava para ouvir o saco dele batendo naquele cú. Derrepente ele gritou: Puta que pariu vou gozarrrrrr. Deu para ver o quanto ele apertava as cadeiras dela. Cheila gritava ai, ai, ai, e ele metento cada vez mais forte. Foi delicioso ver meu marido louco de tezão. Cheila estava arrasada, suada e toda lambuzada. rnDisse que ia tomar um banho. Meu amor deitado e saciado. Mas eu ainda estava cheia de tezão e fui logo acordando aquele pau que é meu por direito. Chupei, chupei até ela ficar duro novamente. Meu marido ainda estava com tezão e logo começou a fuder minha bucitinha que estava molhadinha. Meteu, meteu e eu sá rebolava naquela vara. Ele me chingava de safada, putinha, piranha e metia com força. Sentei no pau dele e mexi a xota loucamente, fiquei de quatro e ele me fodeu igual uma cadelinha, o pau dele estava tão duro que sentia ele pulsando na minha xota. Me enchi de coragem e pensei: Se a Cheila aguantou levar no cú, eu também aguento. Peguei o áleo e comecei a passar no pauzão dele e passar no meu rabinho. Ele me olhou com cara de espanto e disse: Vai me deixar fuder seu cuzinho também? Eu respondi que sim e ele disse: Esse sim vai ser o melhor presente de casamento. Impinei a bunda e ele carinhosamente foi enfiando aquele pauzão no meu rabinho.rnConfesso que parecia que eu não aguentaria, mas fui me acostumando e quando me dei conta, as bolas dele estavam batendo na minha bumda. Ele enterrou o pau inteirinho no meu rabinho virgem. Foi uma sençasão deliciosa sentir uma vara no rabo. Eu já acostumada com a dor, rebolava e pedia mete, mete mais, mais. Ele ficava louco e dizia: Que delicia, que delicia, que cú gostoso. Ele foi metendo cada vez mais rápido e derrepente tirou o pau e encheu meu buraquinho de porra, senti aquela porra quentinha descendo sobre minha xana e minhas pernas. Enquanto gozava ele dizia: Foi a melhor foda da minha vida. Obrigado pelo presente, você é a melhor mulher do mundo.rnDepois de toda essa loucura de prazer, saimos juntos eu, ele e Cheila, fomos jantar num restaurante e convidamos Cheila para passar o resto da noite com a gente. Nem preciso dizer que nás duas voltamos a ser enrrabadas, ele sá queria fuder nosso cuzinho. Fizemos sexo até nossos cuzinhos ficarem vermelhinhos de tanta vara que entrou neles. Fudemos como loucos e quando acordei de madrugada, me deparei com a Cheila de quatro na cadeira e meu marido comendo novamente o cuzinho dela.rnEu estava tão cansada que preferi deixar os dois se divertindo sozinhos. Agora Cheila sempre nos visita e como de costume meu marido não deixa de comer o rabinho dela. Sem duvida meu amorzinho gostou do presentinho que dei a ele. Mas vocês nem imaginam como meu marido me retribuiu no dia do meu aniversário. Esta eu deixo para contar a vocês num outro [email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto sem calcinha a troco de docecontos eroticos como meu irmao me comeu o meu cugostoza santinha provocando o genroPeguei meu entiado masturbando com minha calcinha.conto eroticocontos negao limpando quintal da casadadei minha bucetao mestruada e ingravidei contoscontos eróticos: viúva a anos e vi o pedreiro nuvelho fogoso conto eroticoMeu primo me convenceu a mostra meu pau para eleContos eroticos saia rodada e de calcinha fio dentaleu minha irma e minha prima contos lesbicosler contis eroticos para tocar uma siriricaxvidios gemios incestocomhendo ass evangelicas contos eroticosContos eroticos de negros dotadoscaminhoneiro meteu em mimrelatos eroticos tornado femeacontos eroticos arrombando a gordafiz sexo com meu padrasto contosiniciando um cuzinho virgem contoscontos eroticos de marido melher cunhadinha e a primaConto erotico revistando bundudacontos de machos q experimentou um boquete no primocontos eróticos medindo com meu gordinhomeu cuzinho desvirginadoSe a mulher fica engatada com o ccao quanto tempo ela pode ficar grudadaxvidio cabeçudo com bodudascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto o Pastor me comeucontos eroticos cu arrombado na baladaconto gay colocontos eroticos arrombando a gordameu padrasto meteu na minha buceta, contostomates conto heteroconto erotico sou empregada e viuvaLingua na buceta contosmamae.ei.suruba.familiarcontos eroticos de despedidas de solteiraenfiou os cinco dedos no meu cu conto erotico esposa corno punho cu  Quando tinha 22 anos, adorava comer lekes mais novos. Uma das minhas aventuras mais excitantes foi quando descobri que meu primo Tiago , que morava na mesma rua , esta liberando geral nas brinacediras de pique-escondi da rua.Até então já havia tra  conto erotico loira baixinha gordinhacontos cu docecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos Coroas Gordas peladascontos eroticos marido querendo que mulher foda com outro para ele chupar ela em seguidaContos eroticos galeracontos gay cu arrombadoconto erotico, esposa, buceta alargadaamigo trepo com amiga bebadacontos papai gozou na minha carano colo conto gaycoroas gostosas transando com meninos contos fatos reaiszoofilia bruda com mininascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos traindo marido na salaconto erotico minha prima que considero irmãeu conto sou casada meu cunhado me pegou a focaconto erotico gay: transando com um amigo japonessentei no colo contoseu minha sobrinha na praia conto2amigas fodendo muito com o primo e fixandoEnsinando a maninha a foder contos eroticoscontos eroticos de gostosas que deram o cu pra piralhosconto primeira peitinhocontos fui capinar o quintal de uma senhora casada e comir ela sexoconto gozada encoxadacontos eroticos tentei corrercontos eróticos comendo grama grávidacontoseroticosnobanheirodirigindo sem calcinha contosrelatos nossa que cdzinhalindaContos de incesto quando eu era pequena era putinhacontos meu pai me arrastava pro matocontos usando plug o dia todo e anel no sacoconto "fio dental" mãe filhoMeu primo me convenceu a mostra meu pau para eleeu entreguei minha filha pra vida pro meu marido tirar a virgindade da buceta dela conto erótico