Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

TRANSEI COM MEU AMIGO DE CHAT DE CURITIBA

Boom vou começar me apresentando, me chamo Jessica 21 anos, magra, branquinha, 1,60 de altura, 60 quilos, nessa época eu estava com os cabeloss pintados de preto azulado na altura da cintura, seios médios redondinhos, cintura fina e um quadril largo..rnSempre curti sites de contos, chats, e etc .. sempre me deixavam muito excitada..rnEu sou de São Paulo, mas numa dessas conversas conheci o Danilo de curitiba, ele chegou super educadamente conversar me pedir conselhos, sobre como fazer a mina dele fazer anal, porque a menina era metida a certinha e um tédio na cama, comecei a conversar nos adicionamos no msn e o jeito com que ele me pergunta sobre sexo sempre preocupado em ser carinhoso e como dar tesão a sua parceira, me deixavam super excitada... um cara incrivel, bom de cama, eu imaginava como aquela menina idiota podia dizer não para os desejos dele..Isso me deixa-va revoltada.. mas prosseguiamos nas conversas, criamos uma amizade super legal, eramos como amigos de anos que se acabavam de conhecer.. mas ele dominava meus pensamentos mais ocultos...eu falava com ele e ficava toda molhada imaginando ele satisfazendo seus desejos comigo...rnUma hora ele elogiou uma foto minha do perfil do msn eu estava com uma blusa decota, ele não aguentou e disse que adorou o meu decote e que eu tinha seios lindos, acabei assumindo que também tinha atração por ele, alto magro, simpatico educado, bom de cama, 28 anos nossa ele me deixava imaginando muitas coisas, ai ele perguntou se podia me mandar por e-mail uma foto do seu brinquedo pra ver se ele era capaz de dar prazer a tal namorada, que na minha opinião devia ser frigida, porque a foto daquele pau me tirou o sossego, grosso, uma delicia devia ter uns 19 centimetros, rigido as veias saltando de tanto tesão que ele tambem estava na nossa conversa...rnEu falei que tinha perdido até o folego, ficamos cada vez mais intimos, mandei uns contos que havia escrito e pedi pra que ele le-se e falase sua opinião ele ficou excitadissimo com meu apetite... Ambos nos desejavamos muito...rnApás meses conversando e se masturbando a distancia, ele iria vir durante dois dias a São Paulo a trabalho, nossa,era minha chance ele perguntou se eu podia apresentar um barsinho leegal aqui em sampa, eu logo me prontifiquei que nas suas horas livres iria apresentar uns locais a ele..rnNossa que tesão minha transa impossivel, estava a poucas horas de rolar, fui dar uma arrumada no visual pra que na hora que ele me ligasse eu me arrumava e ia ao encontro dele.. ele me ligou nossa que voz rouca e gosstosa de se ouvir me excitei sá de ouvi- la ele me falou que em duas horas estaria livre e queria conhecer um barsinho, pra gente beber uma cerveja e jogar conversa fora, nossa fiquei super entusiasmada...rnColoquei um shorts jeans colado, uma batinha estampada de costas nuas e salto alto, fiz minha make, fiquei toda cheirosa e fui encontra-lo perto do hotel dele..rnna hora que eu o vi, mais lindo que nas fotos, super simpatico me deu um abraço forte que me deixou bamba, sentamos, começamos a beber rir falar besteira, comentar da viagem e de quanto era maluca essa nossa amizade mas que dava super certo.. Apás umas duas horas ali, eu já estava meia alta e ele também resolvemos dar uma volta ali.. Mas na hora em que eu estava me levantando, fiquei logo de frente com ele que me beijou ardentemente, que delicia de beijo...rnEle me perguntou se antes de ir passear se ele podia passar no hotel, porque queria colocar uma bermuda, eu concordei e fomos, chegando lá eu toda sem jeito sentei na cama, e aguardei ele ir se trocar, quando penso que não ele vem sá de cueca boxer preta, eu tentava não olhar pra aquele volume mas eu não conseguia nem desfarçar, ele riu : - num axo minha bermuda...rnEle chegou perto de mim e voltou a me beijar, eu ja estava toda excitada, e ele beijava minha boca tão gostoso e apertava minha cintura tão forte, que eu prendia a respiração por certos momentos, ele logo veio pra cima de mim e me deitou na cama, levantou minha blusa, e logo sussurou aos meus ouvidos: - Eu falei são perfeitos, quer ver cabem certinho na minha boca! Nossa eu pireii ele abocanhou meus seios lambia os biquinhos que já estavam durinhos, eu gemia sá com aquele carinho, eu entrelaçava minhas pernas as dele, minha mão desceu até aquele pau que eu tanto desejava, que ja estava rigido como naquela foto que eu nunca apaguei do meu computador..pireii comecei a bater uma pra ele enquanto ele mamava meus seios...rnOlhamos um bem nos olhos do outro, eu perguntei se ele queria fazer 69, ele ja deitou e eu por cima engoli aquele pau e deixei minha bucetinha na cara dele, que me chupava, lambia, socava aquela lingua gostosa nela, eu toda ensopada, ele começou a abrir meu cusinho e lamber bem gostoso, eu gemia alto que nem uma vadia, 19 minutos e eu ja tinha gozado tres vezes na boca dele, e o pau dele na minha boca virava meu pirulito... que deliciia eu pirava e rebolava na cara dele, e ele socava aquele pau gostoso até minha garganta...rnEu me levantei e sentei naquele pau gostoso e comecei a cavalgar, eu pulava, rebolava, quicava, nossa era uma delicia, ele me pediu suavemente: fica de 4 eu logo fiquei e empinei minha bundinha pra ele, que primeiro olhou analisou, ai aos poucos socava aquela peça gostosa na minha bucetinha, que engolia a peça dele com gosto, eu pirava naquela transa, gozava, me tremia e ele me bombando, dando uns tapas ele surrava minha bunda que estava com suas mãos marcadas na minha bunda.. nossa eu delirava, e pedia pra ele não parar que eu ia gozar, ele intensificava as estacadas dentro de mim e eu gritava de prazer, quando gozeii naquele pau que ficou todo lambuzado, eu me ajoelhei e e ele veio pra que lambe-se e sentisse nosso gosto eu lambia que nem uma louca, ele me deitou de frente e veio pra dentro de mim de novo, nossa eu entrelacei minhas pernas nas cintura dele e socava aquela pica gostoso, ele gemia no meu ouvido de prazer, eu perguntei: - Aquela sua namoradinha ti dava prazer? ti dava o prazer que ti dou agora?? diz pra mim..rnEle respondeu : - Nunca, aquela vadia me deu prazer, eu transava com ela imaginando você...rnEu pireii com aquilo, e disse: -então faz tudo que vcê sempre quiz, eu vou realizar suas vontades e ti mostrar o que é transar de verdade!rnEle fez eu ficar em cima na mesa de pernas abertas, ele pegou leite moça e espalhou no corpo e veio me lambendo toda enquanto em me masturbava na frente dele, ele dizia que era linda aquela cenaa, fazemos amor na mesa, a pressão era tanta que eu temia quebrar a mesa, mas rebolava naquele pau e gemia como se estivesse no cio...rnele anuciou que ia gozar, e jorrou porra dentro da minha bucetinha.. eu desci da mesa ele me sentou na cadeira veio denovo me chupar, lambendo minha buceta com toda porra dele, e meus gozos, eu alucinada com aquele homem, que eu tanto sonheii..rnEu pedi que fossemos tornar uma ducha porque o leite moça grudava no meu corpo, fomos nos lamos beijavamos feito loucos, o pau dele ja foi endurecendo novamente, no banho mesmo eu fui chupar ele pau que era todinho meu naquele, momento, eu lambia, mordia e mamava sem parar eu tentava engolir ele todo mas me engasgava, que delicia aquela mamada, ele fechava os olhos e gemia, puxava meus cabelos...Ele me levantou e me ergue no colo e ja socou auela pica na minha buceta ja toda esfolada de tanto dar mas, eu estava excitada e queria mais... ele me jogava pra cima e pra baixo e aquele pau cutucando o colo do meu utero sem dá.. que maravilha transar com ele...rnSaimos do banho, eu me deitei na cama novamente e virei de lado, e perguntei : - você quer meu presentinho? Ele sorriu todo safado, aquele pau duro apontado pra mim.. e ele curioso veio logo deitar: - oque você vai me dar??rn- Meu cusinho, quér??rnEle não acreditava que ele finalmente ia ver na pratica, tudo que ti contei em teoria.. deitou de lado atras de mim, e encontando a cabeça daquele pau no meu butãosinho, e forçando meu cusinho se abria e aceitava aquela pica adentrar dentro do meu rabinho, eu gemia alto, gritava, me debatia de dor, aii mordi o travesseiro e ele socou tudo pra dentro, ele gemia dizendo que meu cu era apertadinho e delicioso, que ia gozar horrores.. rnme coloquei de 4 denovo e ele bombava, que minha bunda estralava nas coxas dele, ele urrava, me batia, puxava minha cintura, me apertava, nossa eu num aguentava mais me firmar em minhas pernas, acho que estava desidratada de tanto liquido que perdi gozando, e ele estralava me fudendo toda... meu cusinho todo dominado e eu sendo a mulher dos sonhos dele, quanto prazer..rnEle puxou meu cabelo contudo e falou : - toma gozo no rabinho Jée... e gozou tanto me meu cu tava cheio de porra e o pau dele pingava...rnrnNos deitamos e nos beijamos, ainda transamos por horas, me despedi e fui pra casa, no dia seguinte ele retornou a Curitiba, nos falamos até hoje e ainda pretendemos voltar a nos ver...rnrnBeijinhos...rn

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos maes dando cucontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiBucetas aregaladas e raspadibhacontos tirei sua ropa bem de vagar pra ela nao se acordaContos erotico casei com minha primarelatos eróticos verídicos de casados atuaisContos eróticos tetas gigantesarregaçando, chorando e gozou contosConto Erótico Real - Casada Infelizeu minha esposa e uma puta contocontos meu vizinho taradokiko masturbando a chiquinhaconto erotico tapacontos minha esposa ainda resisteconto incesto "pai dedo"contos eroticos mulheres que mandam no maridoConto erotico no sitio casa de dois comodoscontos cona incesto portuguêszoofilia bruda com mininasconto erótico meu padrinho me estuprouconto gay sou macho me encoxaramconto erotico bdsm coroaContos erótico Lara a experientea mulher do pasteleiro contowww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comconto erotic praia de nudismoempregada deu a bucetinha ao patrao sobre chantagemConto estupro sogro e norame provoca com pau na entrada conto eroticocontos eroticos comendo minha filha casada e gordinhawww.finhinhas.porncontos eroticos eu aluguei minha mulherfodendo uma égua no estaleiroestiquei os peitos da gostosa contoscontos eróticos traindo com meu sobrinhoescondido da mae conto eroticocontos eróticos picantes dando pro professor gostosocoroas donas marta,bundudasensabuou o pauzao e enfio na gostosacontos enteadatanguinha suja contos eroticostransei com amigo da minha filhacontos eroticos arrombando a gordaencesto contos de irmanzinja virgemconto metecao patroaconto erotico dei para p bebadocontos completos quentes esfregando so pra judiar pedindo mascontos erotico defrorado pelo irmão mas velhookinawa-ufa.ruconto erotico chantageado namorada do meu amigocontos eroticos noiva do tioconto gay teenolhei aquele pauzao do cara meu marido nao percebeuConto erótico filhaencaixei o cacete do amigo de meu marido q tava ao lado e nem percebeu contosmeu me comeu aos anosContos eroticos de aluninha de fio dentalContos.eroticos..de.incesto.no.dia.decasara calcinha toda travada no rabocontos eroticos estuprado na frente da mulherComtos casadas fodidas pelo sobrinho e amigos delegay seduzindo hetero abaixando preso da casa so pra transarConto tava tudo escuro ele me agarrou por tras e me encoxouminha filha mamando no meu pau contos eróticosvideo porno gay o promo etero bota o primo gay na surubacontos eroticos esposa em uma orgiacontos eroticos anal iniciando minha filhinhaconto enteada cabacocontos eroticos engravidei minha chefetravesti coroa enroladinho Pretocontos eroticos com pedreirosContos herotico de lesbica entre mãe e filhinhascontos comadre crentexvedio nerga da cu pertaamiguinha d minha bem magrinha putinha