Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CUZINHO DA NAMORADA

Bom, dessa vez contarei o que me aconteceu com uma ex namorada, foi entre 2005 e 2006...rnrnNamorávamos há algum tempo, e tínhamos nossos momentos de sexo selvagem, e sexo "amorzinho", eu fui seu primeiro namorado, e ela a minha primeira namorada mais firme também... estudávamos de manhã e ficávamos na casa dela a tarde já q ela morava apenas com a mãe q trabalhava, isso facilitou e muito nosso conhecimento sexual! Nessas tardes aprendemos a fazer sexo oral, aprendemos várias posições, aprendi a ser carinhoso, a pegar firme quando necessário, descobri q sou loko por uma bucetinha sem pelos, e uma posição q nás mais gostávamos era de 4, ela tinha um cabelão e uma bundinha gostosa de apertar, e enquanto eu metia forte ia puxando seu cabelo... mas isso fica pra outro conto...rnrnCerto dia chegamos da escola e fomos tomar banho juntos (como fazíamos quase todos os dias), e no banho rolou umas pegadas fortes, beija daqui, beija dali até q ela já apoiou as mãos na parede e eu mandando brasa, transamos gostoso no banho, me sentei em cima da tábua do vaso e ela veio sentando de costas (posição q ela mandava bem d+ tbm!) e fui colocando o corpo dela pra frente e comecei a brincar com seu cuzinho, no começo ela estranhou um pouco, mas foi se acostumando e empinou mais a bunda e me deixou brincar com ele, sentou com mais força e acabei gozando... tomamos mais um banho, saímos e fomos almoçar. No almoço conversamos sobre o acontecido e falei q tinha curiosidade de comer o cuzinho dela, mas ela disse q tinha medo, já que as vezes ela sentia uma dorzinha na bucetinha por meu pau ser um pouco grande, mas q seria legal se tentássemos... foi a brexa q eu queria...rnFomos para a sala assistir TV, ela deitada com a cabeça nas minhas pernas com um shortinho meio folgado e deu pra ver q estava sem calcinha, isso era pra eu entender q teríamos mais sexo a tarde rsrs... comecei a acariciar sua barriga, acariciei os seios, molhei um pouco meu dedo e passei no biquinho do peitinho dela q já ficou todo durinho, ela começou a dar sinal que queria tanto quanto eu, fui descendo a mão, e pelo lado do short cheguei na bucetinha dela q já estava toda molhadinha e quente, louca pra me receber. Brinquei um pouco com os dedos na bucetinha, ela já foi se contorcendo e me puxou e beijou minha boca como poucas vezes havia me beijado... beijo com muuita língua e muito calor, aumentei o ritmo das dedadas, ela encravou as unhas no meu pescoço e gozou deixando meus dedos bem melecados do néctar do amor!! nisso ela já tirou minha bermuda com muita vontade e já caiu de boca sem cerimônia, parecia q aquele dia seria nossa última transa... foi chupando e punhetando ao mesmo tempo, lambia a cabeça como se fosse um sorvetão de chocolate, subia q descia com a língua, me olhou e disse q estava louca pra sentar nele... sem pensar duas vezes já puxei ela de frente e encaixei bem, ela começou a sentar de vagarinho, fez uns movimentos lentos, ficava subindo e descendo sá na cabeça do pau, até q parou me olhou e perguntou:rn- está pronto para o ataque??rnquando fui responder, ela me deu um beijo e começou a pular d+ com muita força e eu chupando os seios dela, dando uns tapas na bunda dela, apertando muito e acompanhando a pegada dela, até q lembrei do que havia me dito sobre o cuzinho... dei uma cuspida na minha mão, abri a bundinha dela e passei saliva no cuzinho dela e forcei um pouquinho o dedo, ela deu um gemido fez cara de putinha e disse que queria muito aquilo, ela sentava e eu dedando o cuzinho dela, até q coloquei ela de frango assado, coloquei mais na bucetinha dela, as vezes tirava o pau e passava na portinha do cuzinho dela, ela se assustava um pouco e eu voltava para a bucetinha, ela gozou de novo e pediu pra eu pegá-la de 4, coloquei ela de 4 no sofá e eu fiquei em pé (eu gosto assim q dá pra ir com mais força e controle), abri a bundinha dela e coloquei na bucetinha, e enquanto isso ia brincando com o cuzinho, ela pedia mais e mais, e mais, eu ia passando saliva naquele cuzinho virgem e gostoso, forcei um dedo e passou bem, forcei dois, e foi, ela abriu mais as pernas e eu abri mais a bundinha e coloquei meu pau na entrada, sem muito esforço ele escorregou pra dentro... dei um tempo pra ela respirar e ela disse:rn- fode amor, a cabeça já passou, o resto eu aguento...rnforcei até o talo, e fui dando umas bombadinhas e ela esfregando a bucetinha, fui puxando o cabelo dela, e socando bem fundo, até q ela gozou de novo, sentei no sofá e ela veio de costas e sentou com o cu no meu pau, e pulava igual uma loka... anunciei q iria gozar e ela pediu q eu gozasse em cima dos seios dela, ela saiu de cima e ficou de joelho na minha frente... punhetei bem pouco e os jatos pegaram na cara dela, nos seios, cabelo, no chão...rnnos beijamos muito, tomamos outro banho e nos deitamos no sofá para assistir um filminho...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Meu irmao toda hora so quer comer meu cuzinhominha mulher pegou eu dando para o piscineirocontos gay o menino que era um femea escondidoMaes gostosas fudendo relatos recentescontos comiminha primanão sou gay contos eróticoscontos eróticos infânciaContos: namorada safadacontos primeira surubacontos erotico o dia que comi a minha sogra sem camisinhaContos gay carnaval em Veneza contos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestinunca falei eu falei contos eróticoscontos eroticos com pica grandeconto percebi que cu do marido esta arrombadopauzudo fudendo mulher de pernas fechadascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteela chupeu monhas bolas a noite inteiraconto erotico minha madrastaconto erotico realizei a fantasia do meu amigo comendo sua eaposinha novinhacontos eróticos sobrinha novinha pausudoHistorias eroticas Swingconto erotico comendo minha vizinha carminha contos minha cunhada viu eu mijanoEu sou o irmão mais velho do meu irmao travesti ele mora sozinho na sua casa eu fui sozinho na casa do meu irmao travesti ele ja tava com silicone nos seus peitos ele tava com um bundao eu disse pra ele voce ta um lindo travesti eu e ele fomos pro seu quarto eu beijei sua boca eu chupei seu peito ele começou a chupar meu pau ele disse seu pau e gostoso de chupar ele ficou de quatro eu comecei a fuder seu cu conto eroticoMeu pai me comel zoofila contoscontos eroticos. cadelinhaContos eroticos minhas tetas roxas de tanto chuparemcontos de incesto eu comi a bunda da minha mãe taboo sexoconto erótico incesto feminino mãe confessa que lambeu filhacontoseroticoscabacinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentetirando uma sarradinha mas cunhadinhaminha sobrinha no motel no meu pau conto eroticodei carona pra vizinha casada vadias reaiscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteavo peladas toda melada de maegarinacontos treinador gay da escolinhaconto comi minha mae na prisaómarido de marleni vendo ela transarver so vidio porno marido segurado a esposa pra o amigo pauzudo come buceta i cuconto erotico incesto sonifero filhacontos eróticos de mãe cavala novinha big bundaconto tia safada no banhoContos eroticos homens estuprano gravidasdei com nove anos a xereca contosporno conto relava aquele peito em mimconto pai ai meu cuconto minha tia minha safadacontos. chupou pela primeira vez um macho"contos eroticos" filha massagemvideos de morenas q botou atanguinha de lado e deu o raboContos mulher coloca silicone e vira putacontos gay mamando coroaconto incesto com a filhinha da/vizinha perguntando tudo terminei fudenocontos eroticos arrombando a gordacontoseroticos fiz chantagem com minha cheferelatos eroticos forçadolésbicas casadas liberadas conto eróticotransando pela primeira vez no boa f***www.comendoagostoza.com.bIncesto com meu irmao casado eu confessocontos filhinha brincando com a picacontos casadas malandrasSo video de 5 minutos porno buceta e rolas de 16centimetrolascabucetacontos eroticos lutinhacontos eroticos domia ele cospi nu meu cueróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciaconto esposa caralhudo