Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PASSEI O DIA COMENDO MINHA NAMORADA VADIA

Oi. Meu nome é Thais, eu tenho 19 anos, sou morena, cabelo bem longo, passando da cintura, castanho e liso, olhos castanhos, uma bunda bem grande, maior do que o normal, e os peitos, não tenho muitos, porém são de um tamanho mediano e namoro a Maria Luiza, morena, cabelo mais curto, mais alta do que eu, bem magra, um corpo muito desejavel, tudo no lugar, uma bunda não muito grande, mas que me deixa louca, e um peito delicioso, nada muito exagerado. Nás namoramos a 1 ano e 3 meses... Ficamos separadas por um tempo, mas agora voltamos mais fortes do que nunca, faz algum tempo que voltamos... E ultimamente estamos mais safadas do que nunca, sempre nos provocando, sempre tirando fotos uma pra outra, e todos os dias a noite a gente ''brinca''. Mesmo que sejamos da mesma cidade, sá nos vemos uma ou duas vezes na semana.. Porque eu trabalho muito, e na minha folga vou vê-la. rnMalu tem 19 anos, e está no terceiro colegial, então, em um dia da minha folga, fui busca-la na escola para passarmos a tarde juntas. Cheguei lá e logo depois de almoçar com algum de seus amigos, ela me levou para sua casa ... que estava vazia. Chegando lá começamos a nos beijar no sofá mesmo. Ela me beijava e pegava na minha cintura, me acariciando, cada vez me deixando mais molhada. Normalmente os beijos dela já me excitam de um jeito inexplicavel, sá que naquele dia, devido as provocações da semana, das fotos, fui ficando muito mais louca. Sussurrei a ela, para que fossemos para o quarto, e fomos nos beijando, quando chegamos ao quarto ela veio para cima de mim, com nossas respirações ofegantes, ela me beijava, e me tocava, a cada toque, eu sentia minha buceta mais molhada, e foi ai que eu comecei a tocá-la também. Enquanto o beijo rolava, minha mão rolava sob os peitos dela, as mãos dela sob os meus, fui ficando cada vez mais quente e assim fomos ficando totalmente nuas. Quando vi o corpo dela peladinho na frente dos meus olhos, já agarrei com tudo, subi em cima dela, e comecei a beijá-la... Descendo para o pescoço, indo até os biquinhos do peito, chupei eles gostoso, mordi, passei a linguinha em volta e isso estava me deixando cada vez mais molhada até que ela inverteu as posições e subiu em cima de mim, colocou meu grelinho no dela e começou a esfregar a bucetinha molhada na minha, fiquei louca de prazer, eu gemia, apertava aquela bunda gostosa, ela cada vez esfregava com mais força, eu sentia seu grelinho durinho no meu, me molhava mais, e pressionava o corpo dela com brutalidade contra o meu... Até que eu pedi pra que ela metesse os dedinhos em mim, ela obedeceu, eu abri minhas pernas e ela meteu, meteu um, depois dois, até que por fim, colocou os três na minha bucetinha, como eu estava tão louca, achei que sentiria algum tipo de dor, mas não senti, sá consegui ficar mais molhada ainda e gemendo com mais intensidade, ela metia com força e pegava em meus peitos, lambia eles, até que eu quis comer ela também, pedi pra ela abrir as pernas pra mim, ela as abriu, não coloquei um dedo apenas, coloquei os tres direto, soquei com muita força e ela deu um gemido muito alto, pedi pra que ela batesse na minha cara e me chamasse de vadia, e ela não hesitou. Cada vez mais ficando mais intenso, ela começou a infiar os dedinhos dela em mim também, com brutalidade e me chamar de biscate, vadia, putinha, cachorra. Aquelas palavras me deixavam com mais tesão. Até que ela parou tudo, e colocou a buceta dela na minha cara, e eu passei a lingua, estava toda molhadinha e comecei a chupar. Ela debruçou para a minha buceta também, e caiu de boca chupando minha buceta, ela passava a linguinha em meu grelinho e eu fazia o mesmo passando minha lingua no dela, até que ela infiou um dedo e começou a me comer e a me chupar ao mesmo tempo, coloquei minhas mãos no travesseiro e apertei bem forte e dei um gemido muito alto. Nunca tinhamos transado daquele jeito bruto, daquele jeito que eu fiquei muito louca. Ela gozou em minha boca, eu engoli, gozei no dedo dela e então ela me beijou e enfiou minha boca, enquanto eu sentia o meu gostinho eu a beijava, cada vez mais louca e toda gozada. A cama ficou suja naquele dia. Depois deitamos uma do lado da outra, e dormimos até eu ir embora. rnEspero que tenham gostado e até o proximo!

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos de coroa com novinhoMeu meio irmão do pau de chocolate contosminha filha e um perigo contos eroticocontos eroticos meu vizinho me bulinava gayMeu pai tava em casa comigo e com a minha esposa eu e meu pai fundemos juntos minha esposa conto eroticocontos.praia de nudismo com o pai roludoContos eroticos com fotos comendo a enteada rosaconto as coroa crentecontos zoofilia namorada e a prima dela dando o cu pro cão juntas analmulheres casadas de shortihno bunbumgrandeo pai da minha amoginha me comeu contoscontos desde pequena meu pai mandava eu xupa pauNegras malhadinhas com muinta vantade de dar a bucetabuceras com paj giganti dentrocontos e vidios de patroas tranxessual fudendo empregadascontos erotico de virgem estrupada por a lambida de animalrelatos eroticos encoxando a irma no onibusContos Comendo A filha da amigacontos casada negaofotos derabudas na academia roupa brancacontos eroticos arrombando a gordaposisoes para transa no acanpamento conto eróticoconto gay negro trapezistahomen em purra seus ovos no cu de brunacontos eroticos toda puta tem que da o cu na marra sua cadelacontos erotico meninas dorfanatoContos eroticos campingSexo vagina primeiro amor contoporno doido mae víolentada variospauconto de sexo sobrinha galinha parte 2Contos eróticos fiquei desemprego e o nosso velho vizinho rico comprou minha mulher 3contos eroticos traicao.marido percebe esposa arrombadacontos eroticos com enteadacontos eroticos cu e bucetaMI MEU PRIMINHO  Contos eroticos de casasascontos eroticos... minha mulher não tirava o olho da rola....surpreendeu a esposa com consolo contoshumilhado travesti contoscontos eróticos eu dormindo senti uma coisa lisa entrando nu meu cudias e  Contos eróticos mãe apavoradaconto erótico viadinho usa shortinho de lycra e calcinhaContos eróticos japonesaconto eroticocasada traindo com negraoconto erotico gay coroa dominador escraviza viado afeminadoarrombando o c* de modeladascontos travesti no acampamentoComi a josi da bocacontos coloquei so a cabeça do pau no cuzinho da minha filhacontos eroticos de farmaciazofilia devuaetacache:D0BhmN44dfMJ:okinawa-ufa.ru/conto_16312_aquela-ninfetinha-me-agarrou-no-jiujitsu.html conto erotico minha sobrinha de toalha enrolada no meu coloestuprada por quatro cachorros conto eroticoquero ver o filme de pornô a mulher metendo o Cascão na gemendo gemendocontos eroticos inssetos calçinha fio dentalvelhos gordos gays contosContos herotico de lesbica entre mãe e filhinhaspapai safado dando sonífero para filhas bebê e transando com elascontos de corno marido queriasercoroa de leguo colada na bucetacontos.gay chupando pau do pedreiro coroa safadoContos eróticos incesto gozarEnquanto a obesa dormia bebada contoos amigos do marido contos eróticosconto casada veridico sequestrocontos tia da banho em sobrinho.contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos/ morena com rabo fogosoVer casadas falado de conto eroticos que corneo o marido com homem do pau bem grandenunca falei eu falei contos eróticoschortinho volumoso de travesticontos eróticos vovó dando o cu para jumentocontos eróticos eu minha irmã fizemos sexo com faxineiro do condomínio.conto erotico com tia gravida