Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

ROMANTICO CARENTE

Olá!rnLeio e me masturbo muito lendo contos eráticos e quero aqui relatar uma de minhas fantasias sexuais.rnTenho 55 anos, 1, 65 cm não sou bonito, mas perfumado, higiênico, romântico peludo, calvo e adora sexo liberal.rnEstou em São Paulo. Entro no elevador com destino ao 30andar e logo de cara notei que elevador estava meio escuro (tinha lâmpadas queimadas)rnEntro no térreo e aqui mesmo o elevador já lota. Estou quase no fundo, e entre eu e a parede do fundo do elevador tem apenas um rapaz, e que rapaz. Perfumado, de terno, 1,75+-, talvez uns 35anos, cabelos pretos e bonitos, aparentemente poucos pelos no corpo.rnNo 2and entram mais pessoas e o elevador fica mais cheio ainda, o que obriga a quem já esta dentro a recuar um pouco, inclusive eu. Sá que ao fazer isso encostei meu corpo no rapaz, principalmente minha bunda, e institivamente demorei alguns segundos para desencostar o que fiz pedindo desculpas a ele, que apenas sorriu e balançou a cabeça como que dizendo ok.rnNo 3and de novo entram mais pessoas do que saem. Novamente encostei meu corpo no rapaz, mas sá que desta vez senti que ele forçou o seu corpo pra frente e senti também que seu pau estava duro. Fiquei todo arrepiado e perdi o rebolado. E agora?. Relaxei, demorei mais segundos desta vez para desencostar e não pedi desculpas. De repente escuto ele cochichar no meu ouvido esquerdo (estava do lado da parede): gostoso o seu perfume. Me derreti, pq até a voz dele era doce.rnE ai aconteceu tudo que eu queria: o elevador para - faltou energia elétrica. O elevador que já estava meio escuro fica totalmente escuro. E rapaz não perdeu tempo e foi me abraçando por trás, e eu correspondi jogando meu corpo pra trás. As mãos dele começaram a acariciar meu pescoço, meus peitos, minha barriga, até chegar ao pau que já estava em ponto gozar. Forçei a minha bunda pra trás e senti que pau dele estava duríssimo, e muito, mas muito quente. Que delicia. Sá que nesta hora a energia elétrica voltou. Discretamente nos recompusemos. Ao chegar no 26ª ele avisa para a ascensorista: desço aqui, com licença, com licença, e já foi saindo, sá que ele pega na minha mão e me puxa com ele, claro saindo do elevador ele solta minha mão e me chama para acompanha-lo, o que faço, claro. Ele chega a uma sala, abra a porta (era um escritário) e não tinha mais ninguém lá, sá eu e ele. Entramos, eu na frente, ele trancou a porta e já foi me abraçando por trás e me disse: vamos terminar o que começamos. Meu Deus como estava bom sentir ele me

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Contos eroticos o marido gostoso da primaContos nao sabia bate punheta amiga de mamae me explicoucontos e roticos de de mãe a tapando filhocontos sogra ajudandovirei menininha na mão do meu titio gayprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de foracontos eroticos minha esposa molhadinha so de imaginar um negro grande comendo elaviajando de calça leg contos eroticoscontos eroticos colega da faculdadevelho fogoso conto eroticomulequinhos rola cabecuda pornocontos eroticos gay meu padrasto de vinte e quatro anos me enrabou dormindo quando eu tinha nove anoscontos eroticosirmazinhacontos eróticos de vários cavalosconto putinha titio espresarios velhosnovinha sequestro contocontos com a visnha casada escondido oaconto erotico podemos a mae do meu amigolavar xoxotinha contocontos eroticos mulherquerendo rolasogra velha contosvou rasgar sua boceta vagabundaCONTOS EROTICOS pivetes safadosgostosinha conto eroticoContos eroticos cegoconto erotico estuprei uma aluna especialfilha vi seu marido cheirando minha calcinha usada contonotei que na hora que falei maridinho ficou de pau durocontos erodicos de cabrito macho fazendo sexo com gostosa zoolofiacontos de fuder avóconto eroticos corno churrascocontos de sexo depilada na praiacontos centadas no colo do titio no incestoadoro fazer gamg bamg contos eroticosconto erotico lesbica masculina escraviza mae e filhacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosme fez de puta e me estrupkporno coroa da boda mole de fiodetaoContos eróticos reais de Angolagay chupador de sete lagoascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico doce bruninha novinha no coloconto erotico sou madura e borracheirocontos de um viadinho tarado que è humilhadosovra manda o genro da taña na bunda delacache:eVdy5fQPsbUJ:android-source.ru/conto-categoria-mais-lidos_2_homossexuais-gays.htmlcontos coroas da roça metendoContos madrasta putaContos gay primeira vezSou a cadelinha do meu cão contosContos eróticos comendo uma lorinha dos seios grandes LuizaContos de sexo en onibuscamisinha cheia d faria martubado ponheta novinha bainherocontos eróticos negão sou o cu da minha mulherconto erótico velho fode viadinhocontos eroticos travesti sendo estrupadacomi minha mae no caminhão do meu pai contos incestoscomendo cunhada asm que minha mulher saicontos eroticos chatagiada a beber espermascontos erotico d tios tarado p sobrinhas d onze anosporn contos eroticos escrava sexual no barcontos eróticos virei marido da minha irmãEscravo de minhas cruéis donas (conto )socando na minha irmã compressão sexecwb contos de genro e sogra com fotos nuafodendo com desconhecido no motel contosMULHER COMENDO O HOMEN COM MAO TODAomFábio chupou o pau de Sávioenfia na minha bundinhaContos implando porra na bocaPrazer Gay:Contos sobre Valentão da minha vidasou casada madura mas na chacara bati uma punheta pro visinho