Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

INICIAÇÃO (BI) SEXUAL EM FAMÍLIA – PARTE 5

Apesar do João tenha gozado quando foi penetrado pelo tio, a dor tinha sido tanta que não sentia vontade de repetir tão cedo.rn Entretanto continuava dormindo e ocasionalmente fazendo sexo com a sua mãe. Por ele faria a toda a hora, no entanto ela não era da mesma opinião e apenas o faziam uma ou duas vezes por semana. Dizia sua mãe que ele deveria aprender a controlar-se e fazer por merecer o sexo. Tinha noites também que a mãe passava com o tio.rnTeve um dia em que, estavam os quatro a ver televisão depois de jantar, a mãe do João disse-lhe que se deveriam deitar cedo e levantou-se para subir para o quarto. O João estranhou, já que o dia seguinte seria sábado e não teriam que acordar cedo, mas seguiu a mãe. Mal entraram no quarto, a mãe despiu a calcinha, mantendo o vestido longo e solto, e começou a despir as calças do João e começou a chupar o pau dele, deixando-o bem teso e molhado. Colocou-se então de quatro na cama, com a cabeça na almofada, e levantou a parte de baixo do vestido para cima da cintura, até lhe cobrir a cabeça e o João não perdeu tempo a penetrar a buceta da mãe. Enquanto observava as nádegas de sua mãe no vaivém, recordou-se da imagem do tio a comer o cuzinho lindo da prima. Molhou bem o indicador e, afastando as nádegas da mãe, começou a brincar com o olhinho da mãe. Sentiu ela tensa num primeiro momento, interrompendo o vaivém, mas retomou apás uns breves instantes, o João continuou a humedecer o dedo e estimular o esfincter da mãe, sentindo por vezes um ligeiro arrepio dela. Forçou então um dedo a penetrar o olho apertado da mãe, que esmagou o seu dedo, gozando ela de imediato. O João ainda estava longe de gozar, depois de duas punhetas durante a tarde enquanto observava a prima em bikini apanhando sol na piscina.rnAproveitando a posição da mãe, encostou a cabeça do pau duraço no olho da mãe, que se levantou e perguntou porque estavam fazendo aquilo. O João contou então o episádio com o tio, incluindo que o tio tinha também tirado o cabaço do cu dele. A sua mãe não pareceu surpreendida com o que o tio fez, apenas pareceu surpreendida por o tio não lhe ter contado. Disse então ao João que, como aguentou a rola do tio, merecia uma recompensa. Pegou então da cámoda preservativos e lubrificante. Mandou o João colocar então um preservativo enquanto ela ela lubrificava o cuzinho, tal como tinha visto o tio fazer em Mariana. Lambuzou então o pau encapuçado do João e deitou-se de lado com os joelhos levantodos para a frente e ordenou ao João que se deitasse fazendo conchinha detrás dela colocasse bem devagar, porque ela fazia muito poucas vezes sexo anal.rnO João fez como a mãe disse. Encostou o pau bem devagar no olho da mãe e forçou, os músculos não pareciam ceder, continuou a fazer força e, com um movimento de ancas da mãe, acabou entrando um pouco, a mão da mãe na anca do do João segurou, ele parou por momentos, quando a pressão da mão aliviou, empurrou mais um centímetro, parou mais um pouco e ficaram assim, avançando pouco a pouco, até que o pau entrou todo, a mãe pediu um momento para relaxar e recuperar o fôlego. O João esperou então até que sentiu a sua mãe a rebolar lentamente. Começou então a tirar o pau lentamente também até ficar sá a cabeça dentro e voltou a enfiar lentamente também, sentindo os músculos do esfincter da mãe a piscar, continuou o vaivém, o seu corpo dizia para acelerar, mas lembrava-se do ardor que isso lhe tinha provocado, quando o seu tio lhe fez o mesmo, por isso manteve o ritmo, lubrificou o pau mais uma vez, continuou, até que a mãe o mandou tirar o pau e o fez deitar de costas, sentando então lentamente no seu pau, pela primeira vez pôde observar a expressão da mãe enquanto a sua vara a invadia, a mãe começou a subir e descer na vara, enquanto apoiava uma mão na coxa do João, a outra estimulava o clitáris, o João sentiu o cu de sua mãe a piscar mais intensamente, não aguentou e gozaram os dois ao mesmo tempo.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


titia de shortinho conto eroticopeguei um menino pra comer minha buceta velha contoscontos eroticos fomo na pisina e a sogra mostro a bucetaconto pai ai meu cudelicia conto heterochaves sotinho ponorelatos de novinhas que fuderam com o cunhadominha mae me prostituia conto eroticocontos eroticos minha esposachupa o patrao no escritoriocontos eroticos real de professora com velho pirocudoSó cuzudascontos eróticosContos eroticos-Empregada se vingando da filha do patraoconto erotico facilitei para fuderem minha mulhercontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentechupando seios contos eroticosContos eróticos perigosa tentaçãoperdi meu cabaço para o patrao sobre chantagecontos eroticos enchi a minha filha de porraela me endinou a roçar grelo com gtelo/contotravesti me rasgou contos eroticosMinha irma tarada contovideo mulher sendo estrupada por cavalo ponney do pouzaocontos eroticos com tia cabeluda nua em casade da semana santacontos eroticos ela come porracontos erotico minha mae me ensinou a se putaengravidei no mato contoconto erótico filhinha orgiadando pro impregado do papaicontos di mulheris que ralaram pela primeira vezcontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos comendo evangelicaesposa crente relatando contos troca casais pornogostosa se deliciando na cademis malhando de perna abertacontos aposta game perdi e fui viadocontos de conchinha com a irmatirei o cabaço delenegao arombo cu da sogracontos gay novinha chupando mendigo na barraca na ruaMinha empregada tem uma buceta inchada contos de lésbicas femininocontos eróticos gay meu sobrinho rabou meu marido na minha frenteContos eroticos fui comido na locadora d videos pela travesti pauzudaConto erotico. SupositorioFui penetrado com violênciahistorias de sexo eu e minha madrasta bia de raboContos eroticos marido convence esposa com pintudoconto erotico da rabudacomtos de incesto com subrinha bebada depos da balada no carrosonifero para vovó contos eroticossadomasoquista gozando com garrafa enfiadacont erot recem casada um velho mecontos tia gostosaa ai delicia ai vai vaiContos erotico fudendo dentro docontos eróticos safadezas entre famíliacontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicasAquela seria uma luta inédita e muito estava em jogo para Marilia. Há 3 meses ela havia descoberto que eu tinha uma ...Meu primo me convenceu a mostra meu pau para elesexo pau e xoxota contoscontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travestiporno brasileiro tia pasando u pano na casa e pega sobrinho na punhetacontos eróticos Patrick amiga comeuConto erótico na casa do tio tarantodandoprocaipiraMães chupando filho contoseroticoscontos incesto sobrinhacontos heroicos deflorada pelo cao d mamaenao tira papai deixa que eu vo gozarcontos eróticos quando tentou por a cabeça senti que não ia cabercontos namorada deu o cu paracontos eroticos eu e meu filhotransei com meu com meus dois professoresRelato de esposas putas dando pra fumcionarios naescurdo bucetona arreganhada foto delashistoria de mulher cazada que deu a.buceta e o cuzinho por seu sogro na marra e ele tinha um pau enorme e grandequero ver bundas gostosas e peitossa e peitoscontos seios mamadas coroas"curiosidade" pinto pelado contopagando conta cartonsex familiacontos gozei na bundinha dela de 10 aninhoscontoS lambida animal no raboconto minha vizinha de doze anos ficava se exibindo pra mim eu a fodicontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos inserto fatos reais gaycontos gays reais/a anaconda do meu primocontos eroticos com enteadacontos de mulheres casadas que colocaram o dedinho no rabinho de seus maridos e eles adoraramas mais linda esguichada na punhetaai amor que delicia isso vai gostosa mete vai contos