Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

DANDO O CU POR UM EMPREGO

Oi pessoal estou de volta com mais um conto, tinha um amigo que de vez em quando transava com ele que numa época da minha vida, mais precisamente quando eu tinha vinte anos, estava meio ruim pra arrumar um emprego e já estava a muito tempo desempregado, estava meio duro sem poder comer nenhuma cabritinha, nem poder tomar uma geladinha, então este meu amigo o julho me indicou um emprego num despachante no centro de BH, ele disse que conhecia o dono que estava precisando de alguém de confiança, e falou de mim pro Sr. Flavio, era o dono do despachante, ele me ligou e marcou uma sexta por volta das 19h00minhs la mesmo no escritário, no dia eu cheguei um pouco atrasado pois morava em Santa Luzia que fica as umas duas horas do centro de BH por causa do transito, chegando la bati na porta e ninguém atendeu, mas eu escutei barulho la dentro, daí abri a porta e entrei, tinha um balcão e depois outra porta que devia ser o escritário, a porta estava aberta quando eu entrei Sr. Flavio estava sentado atrás de uma mesa, pelo movimento de seu braço direito estava batendo uma punheta olhando pro computador, ele tomou um susto se levantou rápido se arrumando, e veio em minha direção falando que eu deveria ser o Marcio amigo do julho, eu confirmei pedi desculpas pelo atraso ele disse que estava tudo bem, não pude deixar de notar o volume na sua calça, pois era destas calças social meio larga e era enorme o volume, Sr. Flavio percebeu minha olhada e meio discreto pegou no pau e deu uma balançadinha, daí eu olhei de novo, ele me pediu pra sentar na cadeira e sentou-se na mesa a minha frente, e começou a entrevista, me perguntou quantos anos eu tinha, onde morava e a cada pergunta ele mexia na piroca por cima da calça e eu discretamente olhava, depois de uns trinta minutos mais ou menos ele disse que por ele estava tudo bem eu poderia começar na segunda-feira, combinamos o salário os horários quando eu me levantei pra ir embora ele disse que tinha mais uma coisa pra eu poder ficar com a vaga, eu perguntei o que seria ele disse que eu precisaria lhe fazer um favor, daí eu perguntei o que seria ele me olhou pegou no pau e falou que quando eu cheguei ele estava vendo uns vídeos na internet e me chamou pra ver quando cheguei à frente da tela do PC ele deu start no filme e tinha uma morena sendo emrrabada por um negão pirocudo, daí ele falou então eu estava batendo uma punheta sabe como e minha esposa não tem transado muito comigo me deixado na mão e por isso precisava que você me fizesse uma chupeta daí o emprego e seu, quando eu olhei pra ele já estava com a rola fora da calça, e que rola ele era um cinquentão daquele bem cuidado peito bem cabeludo e sua rola grossa e cabeçuda tinha 24 cm e uns 5 cm de largura uma beleza de rola linda, daí eu falei pra ele que estava precisando trabalhar e se ficasse entre sá nos dois eu o chuparia sim, ele disse que ficaria sá entre nos dois e sentou na beirada da mesa e me chamou, eu me abaixei e comecei a lamber seu mastro lindo, daí ele começou a me pedir pra lamber suas bolas e eu lambi, depois pedia pra eu lamber seu pau de baixo ate em cima, e eu lambia, me pediu pra passar minha língua no seu cu, e eu passei daí ele me pediu pra colocar sua rola na boca quando eu coloquei na boca ele segurou minha cabeça e empurrou sua rolona na minha garganta me engasgando depois começou a foder minha boca e eu estava adorando tudo e me babava todo chupando seu pau, daí ele falou: então Marcio pra ficar tudo certo mesmo e te dou ate um agrado financeiro você me da seu cuzinho agora, eu olhei pra ele quando eu ia falar ele me interrompeu e disse que o julho falou pra ele que me comia e que eu gostava e dava gostoso, daí não tive como fugir e nem queria mesmo, queria sentir aquele mastro dentro do meu cu e balancei a cabeça positivamente, daí ele pediu pra eu por minhas mãos na mesa e empinar meu bumbum pra ele eu mais que de pressa cumpri minha primeira ordem e fiquei como uma putinha arrebitando o bumbum pra ele se abaixou e começou a chupar meu cu, que delicia ele tinha uma língua grossa e dura era enorme e ele enfiava dentro do meu cuzinho e eu me arrepiava todinho e rebolava como uma boa putinha pra agradar meu novo patrão, daí ele se levantou meu cu estava todo babado, veio ate minha frente deu sua rola pra eu molhar e eu molhei, voltou pra trás de mim começou a brincar na portinha do meu cuzinho eu já estava delirando e rebolava muito ele forçava seu pau e eu empinava mais ainda a bundinha e empurrava pra trás ele me chamava de putinha e dizia que iria me comer todos os dias depois do expediente que eu não iria me arrepender que quando o julho falou de mim pra ele, ele ficou louco pra me comer e poderia me recompensar, estas coisas, e eu pedia pra ele por logo o pau no meu cu e rebolava e empinava a bundinha pra ele, daí seu pau entrou ate o talo que delicia, ele me pedia pra empinar a bundinha mais, e tirava seu cacete devargazinho ate a cabeça e empurrava aquela rolona com força ate o fundo do meu cuzinho me levando à loucura, eu o xingava de puto, mandava comer meu cu direito como eu merecia, pois eu seria sua puta enquanto ele me desse trabalho, daí ficamos nessa sacanagem por um longo tempo eu de bundinha empinadinha debruçado na mesa que seria provavelmente o lugar que eu daria pra ele por muito tempo e ele enfiando seu pau ate o talo no fundo do meu cu depois de longo tempo Sr. Flavio gozou rios de porra dentro do meu cuzinho arrombado dizendo que foi uma delicia como o julho tinha falado, e sua esposa não dava o cu pra ele e coisa e tal, daí me deu uma idéia, que se tivesse oportunidade e sua esposa valesse a pena eu comeria o cu dela, pensei em gravar nossa foda se ela não quisesse me dar, fiquei trabalhando com Sr. Flavio dois anos e dava pra ele quase todos os dias no final do expediente, comprei ate uma moto pra mim (rsrsrs), mas acabei comendo o cu da esposa dele, depois conto esta historia, se você leitor que gosta de muito prazer sendo homem ou mulher e quiser me conhecer moro em santos meus emails [email protected] e [email protected], vamos gozar juntos.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos de sexo com casada coroacomi o cu da cobradora velhaContos Eróticos MEU BUNDAO filhover vidios de travesti com bigpau socando tudo até o talo na guriazinha e no gurizinhocontos trepei com um braco de 23cmcontos eróticos chupando os peitos da minha sogra e f****** elaconto erotico o ponei e mulherenteada sendo abusada sexualmente contosconto lambidasxxx conto Incesto+Minha mae saiu comigotios velhos gay contosFui bolinada por debaixo da mesa na presença do meu marido. conto eróticoconto erotico ele pediu pra bater umazinha pra elemulequinhos rola cabecuda pornomulher caucinha tirando xoti para fudeRealizei a fantasia do meu colega e eu virei cornocontos eroticos policial forçaestrupado tortura esposa na frente du marido que estar amarado pornoConto erótico filha putinhacontos eróticos gay putinha pedreiroscontos seios mamadas coroascontos/ morena com rabo fogosochantagiei minha irma casada contoschaves comendo o cu de chicinha no banheiroconto eritico gay bebadocontos gay pai bebado suadoComtos casada puta dos vizinhosContos eroticos virgem remexemamei até os bicoes dela incharem contoscontos eróticos dormindo com a porta abertacontos eroticos entre camioneiroscontos enquanto dormia comi minha irma e suaconto com putinha novaslubrificacao dela coxa melando molhada contos eroticosfudendo por um jumento contosgarota apostou qui aquenta da o cucontos eróticos minha mãe fumou baseado e comi elacontos eroticos sexy romantico e gostosoconto erotico meninos mi comeraomulher com contracionar peladaconto minha esposa nudista em familiapivete de penes de fora e tocando puietacontos erótico sexo no cinemacontos eroticos gays meninos cuidando do amigo bebadopunheten o rabo da minha esposaContos eroticos trans cunhadabucetinha inchada de minha esposa orgia contodepois da briga e mais gostoso contos eroticosminha sobrinha pediu para mim gozar na calcinha dela contos eróticoscontos eróticos dermatologistas safadasconto erotco mendigocontos eróticos de mulher encarando um pau gigante e não aguentacontos eroticos arrombando a gordaele me seduzio e quebrou meu cabaço historeas reaisGarotinho foi convencido a dar o cu para o amigiinhocontos trepei com um braco de 23cmzoofilia googleweblight.comcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto esposa na orgia do carnavalwww.contoseroticosrabudas.comcontos passando pomado no cu da mamaeContos minha irmã e minha putabunda grandíssima contos heroticos de gays que transaram com o treinador da escolinha de futbolmaecontopornocontos eróticos de mae e filha usando vibradorvideo porno enxergando uma buceta na outra ate gozar e mela todinhaCONTO INCESTO NA MADRUGADA COM A SENHORAcontos gay com homens grandes e peludos terminadasConto erotic velho taradocasa dos contos eroticos mae dando pro filho novinhosovra manda o genro da taña na bunda delazoofilia bruda com mininascoroa raspadinha gozando contos