Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

NO BANHEIRO DO SHOPPING

Boa Tarde Meu nome é Carlos (fictício) vou relatar meu primeiro conto.rnrnSou casado, Moreno 1,70 olhos castanhos cabelos arrepiados 24 anos, moro em Sampa.rnEra sexta-feira pela manha acabo de chegar ao trabalho, meu celular toca quando olho um numero desconhecido eu não atendo. O celular volta a tocar era o mesmo numero, descido atender pode ser alguma coisa urgente. Era Karina ( Fictício) uma velha amiga que tinha ido embora para interior, estava na cidade e queria me ver. Tinha marcado a noite depois do trabalho de sair com minha esposa pegar um cinema, mas Karina aquela mulata maravilhosa querendo-me ver não posso deixar passar, aceito para nos encontrar no shopping que tem práximo do meu trabalho, liguei para minha esposa e avisei que tinha uma palestra que meu colega de trabalho não poderia ir que teria que cobrir, como trabalho com palestra ela aceitou na hora. Fui para o Shopping no horário que marcamos e La estava Karina deslumbrante de blusinha e uma calça legue bem justinha que dava para ver sua bucetinha dividida, nás nos cumprimentamos e nos sentamos. Karina começou me falar como era sua vida no interior que a vida La e bem diferente da Capital que morreria de saudades da nossa turma, perguntei se já estava casada ela me disse que namorava um rapaz da cidade vizinha, mas que ele era muito comportado e não tentava nada com ela. Logo mudei de assunto para ver se ela insistia na conversa, perguntei o que ela fazia em Sampa, ela me disse que tinha brigado com o namorado e falou que via para capital na casa da tia para esfriar a cabeça. Logo depois ela voltou na mesma historia que estava louca para transar com ele mas ele não queria, perguntei já que esta aqui arruma um cara para poder sá satisfazer sua vontade, e eu já com o pau duro embaixo da mesa, sá aguardando sua resposta, quando ela disse que preferia transar com alguém que ela já conhece que ela sabe que não teria envolvimento algum e me deu uma risadinha. Ai quase eu enlouqueci, ela levantou e foi em direção ao banheiro feminino práximo as salas dos cinemas essa foi a deixa, já era quase 22:30 as lojas estavam fechando não tinha quase ninguém nos corredores sá funcionários das lojas saindo, olhei para o letreiro para saber quando termina a ultima seção do cinema, estava com sorte sá as 00:30.rnQuando entrei no banheiro La estava ela Karina passado a língua na boca e perguntando seu queria acabar com ela, entramos no ultimo banheiro e fui tirando sua roupa, eu não aguenta ver aquele corpo escultural, tirei tudo sem dar um beijo foi quando pedir para ela continuar em pé comecei a dar um belo banho de gato dos pés a cabeça, fiquei mais ou menos umas meia hora chupando aquele lindo corpo, foi quando pedir para ela sentar e abrir as pernas, cair de boca naquela buceta raspadinha, de repente ela segura meu cabelo e dar um grito muito alto que pensei que alguém iria ouvir aquela gostosa gozando na minha boca, ela olha para mim e diz que espera a tanto eu fuder ela. Ela me levanta e começa um maravilhoso boquete, chupava meu pau minhas bolas sem parar parecia uma criança com um sorvete, coloquei a de quatro em cima do vaso e comecei passar meu pau na sua buceta e no seu cuzinho e ela implorando para eu socar na sua buceta, já era quase 00:00 o tempo estava acabando tinha que ser mais rápido, foi quando coloquei na sua buceta ouvir de novo um gemido de gozo, comecei a socar sem parar, ela gritava que nem louca foi quando ouvimos alguém falar vai de vagar se não ela goza, pensei que ela iria para foi quando ela me disse me fode mais e mostra para essa puta que adoro rola e gozo bem gostoso na hora que eu quiser, meu tesão aumentou, quando ela me disse quero que você goza na minha boca quero voltar para o interior com seu gosto na boca, quando ela terminou de falar mandei ela virar e espirrei na sua boca, ela tomava tudinho sem deixar cair uma gota, nos arrumamos e sairmos, para nossa surpresa La estava a mulher que gritou dentro do banheiro se masturbando em cima da pia do banheiro feminino, Karina olha para ela e diz eu fui comida pelo um pau não preciso ficar socando o dedo, e sairmos foi quando ouvirmos um psiu olhamos era a mulher do banheiro pedindo nosso telefone, olhamos um para o outro e passamos, mas até agora ela não ligou e continuo na expectativa. rnEspero que gostem, foi meu primeiro conto, eu e Karina continua mantendo contato agora mais frequente e quem sabe sairmos com a mulher do banheiro e conto este també[email protected]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


meu marido e um corno/contosComo da o cu usando ropa de menina curtinha gaysanus enrabadoconto erotico metendo na comadreconto gay dando na apostamamae levou meus amigos pra acampar contos eroticosconto eróticos na sapatariaContos eroticos orgia forçadacontos sexo a esposa amamentandover rapasea novos grizalhos pelados de pau durocontos/esposa tarada por dotadosContos o negão dormiu na minha casaContos adoro vercontos eroticos esposa na de bronzearcontos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosconto erotico sogra veridicoempregada é chatagiada pelo patra e tem qui sar a bucetameu amigo me deu a sua esposa contosrelato de sexo gay com vendedor novinhoConto erotico sobrinho fudeu gostoso com a tia coroaos melheres conto eroticos enceto tirei a virgindade da irmã malandro gay passivo dando o cu contosubo em cima do teu paucontos eróticos de pai fudendo filha no carrocontos eróticos comeram meu cu o onibus lotado com meu marido do lado e não viuConto com foto vizinha peluda de vestido no matocontos eróticos minhas primeiras gozadas foram com o cabo da esciva pornocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de mães e filho de pau granderelato de corno que deu a esposa para o cunhadoporno os caes mais aloprados do mundo gozando em novinhascontos eroticos arrombando a gordacontos de chorei com a pica grande do meu vizinho30cm conto erótico doeucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eróticos incesto pai arrombamenContos erótico filhinha gosta de mamar picacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos depois de muito tempo dei pro sobrinhoHistória porno me comeu doeu muitoSou a cadelinha do meu cão contosrelatos porno incesto lasquei o cuzinho da sobrinha moreninhaCONTOS DO CAMIONEIRO DA PICA 32CMconto erótico sequestradoracontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos de tio fodendo sobrinha a forçacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos a aposta da esposaMinha empregada tem uma buceta inchada contos de lésbicas femininoprovocando meu tio com um short com as popa da bunda de foraMinha filha Caçula contos eroticoscavalo goz de kuatu bucetaContos velha gorda deu pro mendigocontos casadas o ngrinho m arromboucontos. erot encest estou pegando minha. maeroupa suja se lava em casa conto eróticoaprendi dar o cu com meu genro contoscumi a bucrtina contos eroticoscontos/ morena com rabo fogosocontos minha mulher vendo meu tiocontos gay menina loucascontos eroticos troca de casal pica ggZoofila comi a mãe de meu amigoCornos by contosZoofilia contos menininha chega do colégio animaisconto erotico ensinando à casadinha à gozar gostosocontos eroticos mae e filha fodendo o papailer contos de sexo de mulheres sendo chantageada na estrada e dando cuzinho pra dotadoscontos reais eroticos na formatura casaiscontos eroticos observando atitude da minha mulhercontos picantes gay dou o cu desde cinco anos de idade e gosto de da pra adultocontos eróticos meu marido eu e meu alazãocontoerotico negrinhoscontos eroticos coroa 57 anos amiga da minha mãecontos mulher casada da o cu pro cãome fez de puta e me estrupkcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto casada gostosa com negao limpando o jardimvídeo pornô pica da cabeça enrolada redondadacontos eróticos cumi minha tia durmindo no hábito