Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDRO E NICOLAS

Esse conto eu escrevi em terceira pessoa, mas é um conto verídico. Aconteceu em 2010. Resolvi escrever em terceira pessoa para dar um ar de romance ao conto rs. Aproveitem.rnrnFoi numa sexta-feira, Pedro havia acabado sua primeira semana de provas na Universidade, onde cursava Direito. Neste dia, Pedro voltou para casa alguns minutos depois do normal, pois havia ficado na Universidade um pouco mais para conversar com os colegas sobre seus rendimentos nas provas.rnPedro estava voltando para casa por volta das 11h50min, pela rua a qual costumava passar, e nessa rua há um Colégio, o qual todas as vezes que Pedro ali havia passado, sempre ainda estava em aula, mas nesse dia, devido o atraso de Pedro, as aulas do Colégio já haviam acabado quando ele passou por ali e sá estavam alguns alunos, que aguardavam transporte, ou tinham ficado para conversar com os colegas. Dentre estes alunos, chamou a atenção de Pedro, um garoto que aparentava ter de 19 a 19 anos, cabelos escuros, olhos castanhos, uniforme escolar, sentado nos degraus da escada em frente ao Colégio.rnQuando Pedro estava passando por este garoto, olhou-o e no mesmo instante o garoto também olhou para Pedro e sorriu. Pedro ficou envergonhado, baixou os olhos e seguiu seu caminho.rnDurante o que restava do trajeto para sua casa, Pedro não parava de pensar no garoto que o tinha deixado envergonhado. Pedro sentiu no momento em que aquele garoto sorriu para ele, que este garoto mexeria com sua vida de alguma forma.rnDurante todo o final de semana, Pedro ficou pensando no garoto. Ele queria conhecer este garoto, precisava falar com ele, mas Pedro não sabia nada do garoto, sá conhecia seu rosto e o Colégio onde o garoto estudava.rnNa segunda-feira, Pedro ainda estava tentado pelo garoto, e lhe intrigava o fato de não saber quem era aquele menino que o estava levando a loucura. Decidido, Pedro esperou até perto do horário em que no outro dia tinha visto o garoto e partiu da Universidade em direção ao Colégio, mas chegando lá, não viu o garoto.rnPedro repetiu a mesma coisa durante a semana e não obteve êxito.rnPassou-se uma semana e nada de Pedro ver novamente o desconhecido. Duas semanas se passaram, três semanas, um mês, e nada. Pedro até nem lembrava direito das feições do menino.rnUm outro dia, como de costume, Pedro estava voltando da Universidade para casa, e passou em frente ao Colégio, e viu um cartaz com os seguintes dizeres: ?Show de Talentos?. Pedro pensou que essa poderia ser sua oportunidade de conhecer o garoto que havia lhe presenteado com um sorriso. rnDias antes do evento, Pedro havia perdido a concentração, sá pensava no ?Show de Talentos?, e tinha plena convicção de que lá iria conhecer aquele garoto.rnQuando chegou o dia, Pedro passou o dia inteiro pensando em que roupa iria vestir, até que decidiu por uma calça jeans skinny preta, uma camisa de mangas curtas xadrez e seu tênis All Star preferido.rnAo chegar no evento, sentou-se na segunda fileira do teatro, esperando que o garoto o visse dali.rnQuando as luzes apagaram e a campainha soou, Pedro abriu um largo sorriso e quase não se conteve de alegria quando o mestre de cerimônias anunciou as apresentações da noite.rnAo começar a primeira apresentação, Pedro estava extremamente empolgado, pois a qualquer momento poderia sair de trás daquelas cortinas o garoto pelo qual ele havia esperado todo esse tempo.rnForam mais ou menos 19 apresentações até Pedro ficar entediado e ir tomar um ar. Lá fora, Pedro pensava no tempo que já havia desperdiçado ali e hesitou ir embora, até que o apresentador chamou a última apresentação da noite, e Pedro voltou para seu lugar, pois pensou em ver a última apresentação, já que já estava ali por tanto tempo. Quando Pedro sentou-se e dirigiu seu olhar para o palco... viu o menino. Assistiu a apresentação, mas sá conseguia prestar atenção no garoto e em seus passos de dança seguindo o ritmo de Lady Gaga. rnAo final da apresentação, Pedro aplaudiu em pé, assim como os outros espectadores. Pedro percebeu que quando o garoto estava deixando o palco, olhou para Pedro e sorriu, e Pedro retribuiu o sorriso.rnQuando tudo havia acabado e todos estavam saindo, Pedro ficou em frente o teatro esperando o garoto. Quando o garoto saiu do teatro, ele estava acompanhado de outras duas meninas, e quando eles estavam passando por Pedro, o menino olhou para Pedro e sorriu, e Pedro foi até ele parabenizá-lo pela apresentação. Quando Pedro parou para conversar com o garoto, este mandou as garotas que o acompanhavam irem na frente que ele iria depois e então voltou seu olhar para Pedro e sorriu. Pedro meio sem jeito falou ?prazer, meu nome é Pedro?, e estendeu sua mão ao garoto, que a pegou e falou ?meu nome é Nicolas, e o prazer é todo meu?. Pedro chegava a ficar envergonhado pelo garoto permanecer sorrindo o tempo todo. Pedro perguntou meio sem jeito ao garoto ?você estuda no Industrial então?? e o garoto respondeu: é, acho que sim, né. Pedro riu de sua pergunta boba.rnPara dar continuidade, Nicolas convidou Pedro que o acompanha-se até sua casa, já que Nicolas havia dito para Pedro que sua casa era em direção a casa de Pedro. Pedro logo aceitou o convite, e partiram os dois conversando sobre diversos assuntos. Quando estavam passando por um banco, na rua, Nicolas sentou-se e convidou Pedro para também sentar, e Pedro sentou-se ao lado de Nicolas, já que o banco não era muito grande. Pedro perguntou várias coisas para Nicolas, tais como os estilos de música os quais Nicolas gostava, o que fazia da vida, se era um bom aluno, quais eram suas matérias favoritas na escola, etc. Pedro perguntou também a idade de Nicolas, o qual respondeu ser 16, e Pedro falou ?nossa, achei que você tinha uns 1415 anos?, e Nicolas sorriu.rnApás muito tempo conversando, e já demonstrando uma certa fluência na conversa dos dois, Pedro perguntou para Nicolas, por que somente aquele dia em que Nicolas sorriu para Pedro, ele estava esperando em frente ao Colégio, e Nicolas disse que sua mãe havia se atrasado para ir buscá-lo, e estava esperando. Pedro, em pensamentos, agradeceu o atraso da mãe de Nicolas aquele dia.rnNicolas perguntou para Pedro se tinha alguma namorada, ou um affair na Universidade, e Pedro respondeu que não, pois não era um cara de sair muito, e que estava esperando pela pessoa certa. Pedro disse isso olhando fundo nos olhos de Nicolas. Quando disse isso, Nicolas baixou seus olhos e sorriu, mas Pedro pode ver as bochechas de Nicolas rosarem. Pedro perguntou para Nicolas a mesma coisa, e Nicolas respondeu que não estava namorando ninguém no momento, mas estava muito a fim de uma pessoa. Pedro interessou-se em saber quem era essa pessoa, mesmo que já soubesse a resposta. Pedro perguntou se era alguém do Colégio e Nicolas disse que não, que era alguém que já havia saído do Colégio. Pedro fez de conta que espantou-se. Nicolas disse que a pessoa que por quem estava a fim, estava em sua frente. Apás estas palavras, Pedro olhou profundamente nos olhos de Nicolas e o beijou, como nunca antes havia beijado alguém.rnApás longos beijos, os dois ficaram ali, abraçados, ouvindo a respiração um do outro, até que Pedro falou: sabia que eu fiquei pensando em você todos os dias desde a vez que vi você lá no colégio? Fiquei pensando tanto em você que nem conseguia mais me concentrar nos estudos. Queria ter você comigo, para eu poder abraçá-lo, beijá-lo e ficar ao seu lado. A esta hora, Pedro já estava com Nicolas deitado em seu colo, e acariciava seu cabelo. Nicolas deu um sorriso para Pedro e disse que também estava pensando se Pedro um dia viria atrás de Nicolas ou não.rnSem perceberem, viram que já estavam lá há duas horas, e resolveram ir para casa. Quando chegaram em frente a casa de Nicolas, Pedro pegou o número do telefone de Nicolas e deu um beijo rápido nele, para que não fossem vistos. Quando estava voltando para casa, Pedro dava pulos de alegria. Nunca estivera tão feliz como estava agora. Chegando em casa, a primeira coisa que fez foi ligar para Nicolas, e tiveram uma longa conversa por telefone noite a dentro. Nesta conversa, Pedro descobriu que Nicolas tinha 19 anos, e não a idade que ele aparentava ter.rnPedro desejava Nicolas todos os dias desde então, e ambos se encontravam na saída de Nicolas do colégio e Pedro o acompanhava até sua casa. Todos os dias, a vontade Pedro, quando se despedia de Nicolas era de agarrar ele ali na frente de sua casa, mas sabia que não podia.rnUm certo dia, quando os pais de Pedro estavam fora, Pedro resolveu convidar Nicolas para jantar, e Nicolas, obviamente, aceitou e foi.rnChegando lá, Pedro abriu a porta e deu um beijinho em Nicolas, que logo entrou. Conversaram bastante até a comida ficar pronta. Pedro estava preparando uma lasanha para os dois. Quando a comida estava pronta, Pedro levou para a mesa e sentou ao lado de Nicolas, os dois comeram um do lado do outro. Depois que terminaram de comer, foram ver um filme. Viram o filme no quarto de Pedro, deitados em sua cama, abraçadinhos. rnQuando o filme acabou, Pedro perguntou para Nicolas se ele não queria ficar dormindo ali esta noite e Nicolas aceitou e disse que já tinha avisado sua mãe disso. Quando Nicolas falou isso, Pedro sorriu e falou para Nicolas: já sabia que eu ia te convidar é danadinho? Nicolas falou: se você não me convidasse seria um insulto! E sorriu. Pedro então olhou nos olhos de Nicolas e falou: Nick, eu amo você! Eu amo o jeito que você me olha, o jeito que você se veste, o jeito que você fala comigo... Eu simplesmente amo você. E beijou Nicolas com mais intensidade do que na primeira vez. Nicolas então entregou-se completamente à Pedro, que começou a despi-lo. Primeiro tirou sua camiseta e começou a beijar seu corpo, depois tirou suas calças e continuou a beijar seu peito. Nicolas levantou-se e tirou a camiseta de Pedro e continuou a beijá-lo. Fez com que Pedro deitasse na cama e começou a beijar seu corpo também. Quando Pedro estava deitado, Nicolas tirou suas calças e sua cueca. Nicolas passou então a chupá-lo, e Pedro gemia intensamente. Nicolas parou e voltou a beijar Pedro, que então colocou Nicolas de costas e começou a beijar suas costas, e foi descendo até sua cueca, e tirou a cueca de Nicolas com os dentes e começou a beijar as nádegas de Nicolas, que deleitava-se de prazer. Pedro então ficou apoiado em seus joelhos e começou a penetrar Nicolas, que gemia forte agora, quase gritando. Quando Pedro percebeu que havia penetrado Nicolas inteiramente, deixou seu pênis dentro de Nicolas para que se acostumasse. Depois começou a movimentar. Começou lentamente, e foi aumentando aos poucos. Quando estava atingindo o êxtase, Pedro urrava como um leão e Nicolas também gemia intensamente, até que ambos atingiram o orgasmo simultaneamente. Deitaram-se então na cama os dois, extasiados com o sexo, e do jeito que deitaram, adormeceram. E permaneceram assim pela noite, dormindo abraçados e apaixonados. rnrnQuem quiser pode ler outro conto meu também que já publiquei aqui no site há algum tempo. Interessados que quiserem entrar em contato, meu email é [email protected] adoro conhecer gente nova :)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


Empregada Triscando no meu pau contocontos eroticos ai meu gostoso mim come todinha vai faiz o que vc quiser comigo vai meu gostosoela me endinou a roçar grelo com gtelo/contocontos com fotos familia praia nudismominha namorada dançando conto eroticoArombaram meu cuzinho quando pikena conto eroticoeu moro sozinho com a minha mãe viuva eu fundendo sua buceta na sua cama eu perguntei pra ela mãe eu posso goza dentro da sua buceta minha mãe ela disse pode filho goza dentro da minha buceta eu não posso mais engravidar eu sou operada pra eu não engravidar conto eróticocontos eroticos traindo o marido com pivetesgozei nas coxas da filha contoscontos presenciei minha irmã fudendo com um dogminha filha fudendo com nosso impregados contoscontos eroticos filha crentes bunda grande e safadasporno gay conos erotico iaento tio e sobrinhoconto erotico o negro e a enteadaler contis eroticos para tocar uma siriricacontos eroticos fui me ensinua para o papai e acabeivideos de mulheres passando margarina no corpo inteirocontos eróticos realizando a fantasia da minha mulher no nosso aniversário de casamentoinsulfilm mas ele perguntou se eu tenhoi internet eu quero filme pornô mulher transando com anãocontos de mulheres ninfomaniaca por sexocontos mulher desmaia na pica de borracha da amigaContoseroticos minha enteada novinha sendo estuprada por dois roludosContos eroticos esposa 60 anoscontis de sexo forcado por chantagemxvideo do cunhado pecado a cunhadinha a fosa gozado dretro da boceta delapriminha abafando primo com sua bucetawww.contos enrrabando menina de rua novinhaEU TIRANDO FOTO MINHA BUNDA DI CALCINHA FETICHE OLHONDO ESELHO MINH BUNDAsentei no colo contosadoro andar sem calcinha contosmenina transa com primos na cabana. contosUfa de vídeo caseiro chupando a rola do namorado dentro do carroiniciacao anal depois de coros contostranzei com minha cunhada AparecidaJá botei ela para transar eu não vai botar o vídeo dela transando gemendo tásou o tesaozinho do papaicontos eroticos guto 2 amiguinhos e 1 padrasto parte 3hoje morena bonita eu estou querendo te pegar gostoso hoje morena bonita todos têmmulher que fica um montinho na frente ,e peluda ou tem a buceta inchadaconto viado amarrado e folgadohistória de zoofilia no interior com cachorro vira latacontos orgia com pobresconto real tia se masturbando soesposa caseiro contoscontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentena brincadeira fez a amigagozarmasturbando no banho ponhou nangueira de agua na bucetavideo porno minha mulher queria um bem dotado arrumei um amigo da pica ggDeu o cu sem querer querendo contominha tia me encino a chupa bucetaconto erotcontos punheta com a maeContos erotico amei a fantasia de meu marido mim fode com a pica dele e um penes de borachacontos bucetinha familiawww.mulher vai dormir seacorda dandp cu pro marido .comconto erotico de faxineira casada safadacontos : meu filho falou que minha buceta e bonitacontos tia da banho em sobrinho.conto erotico lesbica masculina escraviza mae e filhacontos eróticos encesto fudendo com o meu filhocavalo enchendo a bucetadeporrabucetinha gostosa da menina calcinha Contos Maemeu irmão me viciou em chupar pau conto gaycomendo a b***** da comadre gostosa contosConto erotico. Amiga da turma xxxclimax contos encoxando a.mae dormindoconto xota cu filhinhotiraram a roupa da esposa contoxerequinha juvenil de perna abertacontos eroticosfudendo bucetinhas de dez anosvoyeur de esposa conto eroticocontos eróticos gay irmãos machos se esfregandoContos eroticos.filhos com penis grande grosso.e mamae carentesContos eroticos peguei meu pai com uma novinhacontosvoyeuros amigos do marido contos eróticosFilha babando pau do pai contoseroticosconto erótico sequestradora