Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PEDRO E EDUARDO

Oi, me chamo Pedro. Certa vez, eu estava em uma festa com algumas amigas, e nessa festa conheci um menino que me chamou muita atenção. O nome dele, Eduardo. Estava acompanhado de Bruna, outra amiga minha. Eu nunca tinha visto Eduardo em nenhum outro lugar, nenhuma festa, nenhum bar, nem com ninguém. Quando vimos Bruna na festa, logo fomos cumprimentá-la, e ela apresentou Eduardo para nás. Pelo seu jeito, logo percebi que ele era ~do babado~. Quando nos cumprimentamos, olhamos um para o outro, apertamos nossas mãos e sorrimos. Aquele sorriso me deixou completamente apaixonado. Precisava desse menino para mim! Lá pelas tantas, chamei Bruna para conversar, e perguntei mais do amigo dela. Bruna me contou que Eduardo era muito legal, e que também queria me conhecer melhor. Quando Eduardo voltou do banheiro, convidei ele para tomarmos um drink. Nos dirigimos até o bar, e pedimos duas doses de vodka com soda (rs). Ficamos ali bebendo e nos conhecendo melhor. Eduardo era um menino muito inteligente e muito simpático também. Quanto mais ele falava comigo, mais eu me apaixonava. E aquele sorriso, me deixava quase louco. Depois, convidei Eduardo para darmos uma volta fora da boate, para tomar ar fresco. Chegando lá fora, fomos andando em direção ao estacionamento e conversando. Falei para irmos até práximo do meu carro, pois logo eu iria embora, e se ele quisesse uma carona, eu poderia deixá-lo em casa. Ele aceitou. Quando chegamos ao meu carro, peguei em sua mão, olhei dentro de seus olhos, e o abracei forte e beijei-o com vigor. Era tão maravilhoso estar beijando aquele menino tão lindo e fofo. Eu estava nas nuvens. Ficamos um bom tempo ali, nos beijando, quando decidimos entrar no carro. No carro, continuamos nos beijando, e eu parei por um instante e disse para ele ?acho que me apaixonei?. Eduardo apenas sorriu e voltou a me beijar. Conforme nos beijávamos, eu ia passando minhas mãos pelo corpo de Eduardo. Pude ver que ele estava excitado tanto quanto eu. Sussurrei em seu ouvido se gostaria que eu chupasse ele, e ele concordou apenas sorrindo. Fui então puxando sua calça para baixo, deixando-o sá de cueca. Pela cueca pude perceber o tamanho de seu pênis, que parecia ser bem grande. Por cima da cueca, fui beijando seu pênis, mas fui interrompido por ele, que puxou minha cabeça para cima, e falou em meu ouvido ?vamos para outro lugar?. Concordei e fui com ele para meu apartamento. Chegando lá, na porta, os beijos recomeçaram, e fomos até o quarto nos beijando. Chegando lá, comecei a tirar sua roupa. Ao tirar sua camisa, pude ver o quanto Eduardo era gostoso. Um abdômen bem definido, que logo comecei a beijar. Deitei-o na cama e fui por cima dele, beijando todo o seu corpo. Quando cheguei em sua calça, abaixei-a e continuei o que antes havia começado. Beijava seu pênis por cima da cueca, que estava duro como rocha. Não aguentei mais e tirei seu pênis para fora e comecei a chupá-lo. Seu pênis era maravilhoso. Chupei a cabeça, depois as bolas, e colocava-o inteiro na boca. Eduardo urrava de prazer. Eu percebendo que ele estava quase gozando, parei de chupá-lo e voltei a beijar seu corpo, beijando sua boca novamente. Fui até sua orelha e falei ?quero ser sá seu esta noite?. Eduardo me abraçou forte e me foi por cima de mim. Me beijando, ele começou a tirar minha roupa. Conforme tirava minha roupa ele ia me beijando. Que maravilha era aquilo. Quando chegou ao meu pênis, ele começou a chupá-lo freneticamente. Eu estava adorando tudo aquilo. Eduardo era maravilhoso. Enrosquei minhas pernas ao redor do corpo dele e falei ?me come!?. Eduardo então pegou uma camisinha no bolso de sua calça, colocou-a e começou a me penetrar. Primeiro colocou a cabeça, e aos poucos, seu pênis foi deslizando inteiro para dentro de mim. Então Eduardo começou a se movimentar, e eu estava ali, na posição frango-assado, delirando de prazer. Abracei-o e continuei a beijá-lo. Era descomunal o prazer que sentia ao ter Eduardo dentro de mim. Quando ele estava quase gozando, falei para ele que parasse, pois queria chupá-lo. Eduardo então novamente deitou-se na cama, e eu passei a chupá-lo. Logo Eduardo gozou, dando golfadas fortes dentro de minha garganta. Engoli tudo. Depois abracei-o bem forte, e dormimos. No outro dia, levei Eduardo em casa, e ao nos despedir, demos mais uns beijos, e falei novamente ?estou perdidamente apaixonado?. Eduardo somente sorriu e entrou em sua casa.rnrnQuem quiser entrar em contato, meu email é [email protected] adoro conhecer gente nova. Leiam meus outros contos que publiquei nesse site :)

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


fotos da buceta da mae contosesposa conta para o marido que ele é corno e que seu amante vai fuder ela na frente do corno e depois vai transformar o corno no maior viado e vai leva sua outra amante pra fuder com a esposaconto erótico gay acordando com carinhosofui escrava ate fica arrombada contocontos erotiko meu pai espero agente sai pra come faxineiracontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticache:GAEDmAeFVBUJ:okinawa-ufa.ru/m/conto_18319_fodendo-gostoso-minha-paciente.html dividindo a cama conto biContos eroticos pai come a filha como castigocontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos comendo a funcionaria novata casada da lojacontos eróticos de Zoófila - empregada foi amarrada e castigadanamorado enfiando a mao na buchete da namorada safadaconto porno-minha mae e minha avocontos eróticos minhas primeiras gozadas foram com o cabo da esciva pornocontos de seios bicudosassistir o video completo socando o anchinho no cu e na buceta da mulhercontos minha mae deu pra travestizoofiliacoroas boascoletania foto engatada caocontos de coroa com novinhomeu marido viu os amigos dele me comerem contosler contis eroticos para tocar uma siriricaconto alisando a sobrinha pequenameu cu agora so de papai e mamae sabe contos gayrelatos e contos de loira que trai na revista privateContos encouxei a evangelica e elaconto erotico traindo contra a vontade do maridãosou cadela pratico zoofiliaconto erótico Gabriela Cravo e Canelaminha irma envagelica encestocontos gay dando para o cachorrocontos eroticos sobrinha inocente na sacadaconto duas rolas de 27 cm no cudesabafo sou casada trai meu marido com eletricistacontos eroticos arrombando a gordabuceta carnuda comtos de sexotravesti jhuly hillspunhetabdo no hospitaldando o cu no cine arouche[email protected]conto dei minha bucetinha muito novinhaenrabando a boneca contoscontos eroticos comi o o amigo do meu filhoContos perdo meu cabaco para pau descomunal na grossuratia sobrinho conto eróticoContos eroticos minha mulher dormindo e eu louco pra fudelacontos eroticos meu tio juniormeu viadinho querido gostoso novinho doze anos contos eroticosconto erotico toma piroxa cachorracontos erotico dei sonifero e comi minha tiaContos eroticos creie um msn com nome de mulher e tirei a virgindade da minha filha novinhacontos eroticos com fotos:nerd pausudo com a casada seriacontos eroticos de novinhos madrinhascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteViciado em sadomasoquismo fodi minha pequenininha a força contos eroticosmulher negona sendo sozinha em casa estuprada pelo vizinho chupa palconto gay jornaleiro safadocontos com caseiroconto erotico gay: tenho cinquwnta anos e dei meu rabo para um garoto de desessetecontos eroticos feriado quitinete praiaContos erticos trouserao meu marido bebado pra casaMeu primo gay que ve meu paumeu filho tem um pausao contosxvidio pinselei ate goza cache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html eu humilho meu marido beijando com porrawww.ver contos eroticos de mulheres de 29 anos tranzando com os seus vizinhos de 18 anos.comconto fetiche apanhando da namoradacontos eroticos filha e pai apaixonadosContos eróticos de Gay O Amigo do meu Pai Comeu Minha Bundinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto comi a mãe da minha namorada