Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

HOMENAGEM A MEU FILHO





Sou uma submissa e dentro das regras do jogo BDSM, alguns tabus existem para serem vencidos, que assim seja!!!







4h30 da manhã... uma mensagem do meu DONO no meu celular me fez dar um pulo da cama: "PEGUE UMA CUECA USADA DE seu FILHO E TRAGA". Meu filho é um belo menino de 20 anos, 1,80m, magro e com um rosto lindo... suponho que deva ser um excelente amante, a julgar pela rotatividade de ninfetinhas lindas na cama dele... e eu... oras, eu não presto!







Levantei-me e fui para o cesto de roupas sujas que fica no corredor e que meu filho usa, nele encontrei camisetas sujas, meias, uma calça e duas cuecas... uma branquinha com um elástico preto bem bonita e uma outra bem velha. Quase que por instinto cherei as duas e a mais velhinha tinha um cheiro forte de usada...um cheiro de pau que logo me fez melar a buceta.







Há algum tempo recebi ordens do Senhor para não me masturbar 24h antes e 24h depois das nossas sessões e como estava dentro desta restrição, joguei as roupas sujas de volta no cesto, guardei a cueca no bolsinho da mala e voltei para a cama na intenção de dormir um pouco mais... Bobagem, aquele cheiro não saía da minha cabeça...o cheiro do pau do meu filho...







às 5h levantei-me e fui para o banho, às 6h15 já estava pronta, depois de cumprir alguns compromissos, seguiria para SP... bem, não foi bem isso que ocorreu, um contra-tempo e eu sá consegui chegar aqui depois do meio dia.







- DONO, já cheguei, o SENHOR demora?



- SIM, MAIS UMA MEIA HORA!







Um aparte... É sempre uma emoção inenarrável ficar esperando o Senhor chegar... cada vez que a porta abre, minha buceta mela e meu coração dispara... já cheguei a ficar assim um dia inteiro e a noite também esperando pelo Senhor... é uma agonia e uma vontade que sá aumenta...







Finalmente a porta se abriu, o Senhor entrou lindo como sempre e meu deu um beijo tão gostoso, tão completo, cheio de saudade e de carinho, senti vontade de me ajoelhar, não sei porque não fiz... voltei para minha mesa, mas para minha surpresa o Senhor veio até mim, puxou-me pelos cabelos e abrindo o zíper fez-me ajoelhar...entendi que ia ganhar SUA GOLD... abri a boca e esperei... recebi o líquido quente que o Senhor me deu de olhos fechados e sussurrando algumas palavras que eu não me lembro quais foram... depois de engolir tudo sem perder nenhuma gota continuei chupando SEU pau e o Senhor me perguntou: - Obedeceu MINHA ORDEM? TROUXE O QUE MANDEI? - Sim, Senhor! Respondi prontamente sabendo muito bem do que se tratava.







Aproveitei para relatar ao DONO que cumpri uma outra ordem que ELE me havia dado na última sessão, a de observar se meu filho se excitava com meus carinhos... observei por duas vezes que sim... pelo volume do seu pau duro com minhas carícias, pude comprovar que ele se excitava sim!







- PEGUE! Peguei a cueca e levei até o SENHOR, que perguntou: - DE QUEM É? - É do meu filho, meu SENHOR, não era pra pegar a dele??? e com um sorriso sádico o Senhor respondeu: - ERA SIM, cadela!







Mandou-me tirar a roupa, fiquei completamente nua e o Senhor ordenou que esfregasse a cueca suja, com o cheiro do pau do meu filho pelo meu corpo.... ahhhhhhhh, que tesão, ali, nua, sentindo a buceta latejando... o Senhor me mandou vestir a cueca... - AGORA você VAI SENTIR O PAU DO TEU FILHO ROÇANDO sua BUCETA!







Ahhhh, que tesão estranho... forte, proibido.







O SENHOR me jogou na mesa, e mandou que eu me masturbasse... fiz menção de afastar a cueca, mas o SENHOR não deixou... era pra eu imaginar o pau dele tocando minha buceta... eu sentia um tesão alucinante, mas sabia que não podia sentir... sem muito esforço pedi permissão para gozar e o SENHOR não deixou, afastou a cueca e meteu bem gostoso nessa cadelinha... enquando me bombava forte ia me dizendo que era pra eu melar bem a cueca e sentir o pau do meu filho me roçando, o SENHOR me permitiu voar alto e deixar os meus desejos mais devassos saírem de dentro de mim em forma de tesão e escorrerem pelas minhas coxas... eu estava alucinada, nem sei quantas vezes o Senhor me deixou gozar... mas sei que gozei muito...







Depois o SENHOR mandou que eu arrumasse a cama... preparei tudo como o SENHOR gosta e esperei-O, pegou-me pelos cabelos, me colocou na cama e SE ajeitou dentro de mim... ahhhhhhh que saudade eu estava, DONO. Que tesão recebe-LO duro dentro de mim... nossos pensamentos devassos não perderam o foco, continuamos com nossos pensamentos libertinos e o Senhor metendo em mim com todo o tesão que eu conheço, nos beijamos, nos abraçamos, eu estava louca de desejos, tinha me guardando para o Senhor, guardado meu tesão, minha tara, tudo era para o Senhor e gozamos... gozamos...







O SENHOR mandou-me ir ao banco e comprar nosso almoço... perguntei se deveria ir de cueca... sim, eu deveria...rs A sensação é desconfortável, minhas calcinhas são minúsculas, usar a cueca que meu filho usou me deixava com uma sensação de "coisa errada" difícil de conviver, mas como boa escrava que sou (ahhhhhh, eu sou...rs) fiz o que tinha de fazer na rua e voltei correndo... no meio do nosso almoço, o Senhor montou em mim e retomamos nossa histária devassa...







...o SENHOR começou a me falar que ia me mandar trazer meu filho para cá... que ia me mandar prepará-lo para ser usado como escravo, que eu deveria fazer a apresentação ao SENHOR e mostrar-lhe onde a mãe dele "trabalha"... que deveria levá-lo até o banheiro, despi-lo e depilá-lo, fiquei imaginando ele nu, no banheiro, sentado no vaso, enquanto eu o depilava, o SENHOR me disse que eu teria que segurar o pau dele, o saco e deixa-lo pronto, lisinho como um menino de doze anos... confesso que neste momento meu tesão fugiu ao controle e gozei como uma cadela louca... minha vontade beirava a loucura e a sensação é indescritível... O Senhor continuo relatando e eu imaginando... Depois eu deveria colocá-lo de bunda pra cima, no meu colo, o pau dele, duro, roçando minha perna e eu deveria depilar o cu dele, deixá-lo exatamente como o meu, bem lisinho... imaginar meu filho em situação de submissão me deixou com tanto tesão que gozar novamente foi inevitável... Ouvir suas palavras, sentir seu pau metendo compassado e imaginar a situação me levou à loucura... mas o SENHOR continuou... depois eu deveria explicar a ele que iria limpá-lo por dentro com um enema... deveria introduzir bastante água no rabo dele e mandá-lo se aliviar na minha frente... conhecendo-o como eu conheço... imaginei o olhar de desaprovação dele e a prontidão em obedecer também... me imaginei enfiando muita água no rabo dele e ele, constrangido se aliviando na minha frente...







Depois era hora de apresentá-lo ao SENHOR, orientei-o a ficar com as mãos no joelho para ser inspecionado... e depois de examiná-lo o SENHOR me disse a frase que mais amo ouvir: - MUITO BEM, cadela! Depois mandou-me levá-lo pra debaixo da mesa e dizer que era ali que eu ficava enquanto meu DONO trabalhava... imaginei-me levando a mão dele a acariciar o SEU pau, e ele relutante, segurando muito tímido, depois mandei que ele colocasse a língua para fora e coloquei SEU pau na boca no menino... isso, meu filho, lambe o pau do nosso DONO... ainda tímido, ele me obedeceu e começou a lamber SEU pau... aos poucos foi vencendo a timidez e enfiando o SEU na boca bem gostoso... lambendo a cabeça e engolindo até a base... e ele fazia direitinho, então como prêmio o Senhor me mandou chupar o pau dele também... imaginei a cena, que coisa mais linda, ele chupando SEU pau e eu o dele debaixo da mesa... ficamos assim até que o levamos para a cama... e eu disse: - É aqui que a mamãe ganha dinheiro para pagar nossas contas, meu filho... e o Senhor me jogou na cama, arreganhada, pernas bem abertas, e continuou... está gostando de ver sua mãe assim, arreganhada? Aposto que está louco para chupar essa buceta... sabe que ela é minha putinha... e ele o que é? O Senhor me perguntou: E respondendo em seguida: - ele é um filho da puta! Então ele começou a chupar minha buceta, enquanto o Senhor metia bem fundo, eu quase senti a língua dele na minha buceta de puta vadia, e o Senhor continuou... Você quer comer essa putinha??? E ele foi escorregando seu corpo pelo o meu e chegando nas minhas tetas começou a mamar dizendo que estava com saudades... DONO... que tesão... pedi para gozar mais uma vez...minha buceta estava ardendo... não sei como o Senhor consegue auto-controle pra meter em mim desse jeito delicioso, mas eu não faço muito questão de me controlar, não... se o Senhor permite eu simplesmente gozo... e gozei mais uma vez... e o Senhor continuou mexendo com todos os meus sentidos enquanto eu imaginava o pau dele entrando inteiro na minha buceta... pau gostoso, de moleque, pau do meu filho...ahhhhhhhhhhhh, e o Senhor me dizia que enquanto ele me bombava, era pra eu abrir bem a bunda dele, e oferecer o cu dele para o SENHOR... que começou a enfiar seu pau no rabo nele... ahhhhhhhhh que loucura... imaginar o Senhor comendo meu filho, enquanto ELE me comia... nem preciso dizer que gozei mais uma, duas, sei lá quantas vezes... e desta vez o Senhor também... que tesão... ficamos abraçados, daquele jeito que eu amo... minha buceta inchada, dolorida e melada...











Dormimos um pouco e de repende SEUS carinhos de DONO reascenderam meu tesão de vadia... o Senhor então me falou que ia ver se minha buceta estava de acordo... e me colocando na sua cara, começou a chupar meu grelo e enfiar a língua bem fundo... que s e n s a ç ã o deliciosa, que saudade eu estava da SUA língua, fazia 3 sessões que o Senhor não me chupava...eu estava com tanta saudades... mas o Senhor não me deixou gozar na SUA língua, e me jogando na cama, meteu tão gostoso que gozei em segundos... o Senhor então me virou e enfiou tudo no meu cuzinho... eu me abri inteira e TE recebi até as bolas...eu sentia o corpo arrepiado... e o Senhor me bombava sem dá... brincamos um pouco assim, mas inapta como sou, deixei SEU pau sair do meu cu, então fui lambê-lo... comecei a passar a língua na sua virilha, e a lamber SEU pau... depois de bem limpo o Senhor começou a se masturbar, eu lambia seu saco e a cabeça do seu pau, enquando o Senhor batia uma punheta linda, então ajeitei na cama e enfiei seu pau na minha boca... seu pau fodia minha boca.... ahhhhhhhhhhh, o Senhor gemia e sua respiração mais acelerada anunciaram que meu presente estava perto...e chegou... o Senhor gozou na minha garganta, engasgando a cadela e me matando de tesão...











Ficamos abraçados mais uma vez...e eu me aconcheguei nos seus braços... neste momento meu corpo pesa uma tonelada... eu me abandono e apago...ah, mas o Senhor também...rs







Não sei quanto tempo ficamos assim, mas ao acordar, embora o Senhor tenha vindo muito gostoso a cadela não ficou molhada... o Senhor me tocou e notando que eu estava seca, me virou de frente e meteu com toda força... SEU pau não entrava, eu estava seca de verdade, e o SENHOR me rasgou metendo o pau com força... ai que tesãoooooooooooooooooooooo! A sensação de ser forçada é alucinante... é claro que melei imediatamente, na verdade ensopei...rsrsrs, nosso tesão vem com tanta força que quando percebo estou pedindo permissão para gozar novamente... claro que o Senhor não deu... bombando, beijando minha boca, mordendo minha orelha e cravando SUAS unhas de DONO no meu corpo... não sei bem porque, mas, chupando SEU pau, acho que faço isso sem perceber mesmo...mas nosso jogo de prazer vai tão além que outra vez estava eu apreciando os movimentos daq SUA mão, a visão é tão gostosa que depois, sozinha eu me masturbo pensando nesse momento várias vezes... Eu percebi que o Senhor ia gozar, o Senhor procurou a cueca e soltou seu líquido todo na cueca do meu filho... limpou seu pau nela e mandou que eu esfregasse na minha buceta melada depois anunciou que ia embora e mandou que eu a vestisse...







O cheiro e sexo no ar e naquela cueca era tão forte que ainda posso senti-lo... mas não parou por aí... isso foi sá o começo...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto erótico meu tio me ensinando a amamentarcomi o a cunhadinha na minha casa sozinhos contocontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudocontos eroticos dando aulas ao sobrinhoContos eroticls de quem é esaa bucetaprimeiro adulto contos eróticostrocando as filhas teen p tranzarcontos de coroas casadas comendo as e amigas com pinto de borrchas cinta lesbicascontos forçada a virar cadelacontos/ morena com rabo fogosotransparente e coladinha bucetinhacontos tia coroa bunda tanajuraporno ex-namorada baixinha olhos claros da cintura da bundona gostosacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentesaber se a Cleópatra deixava gozar dentro da bucetacoroa de 40 carenterapazes peladoes se exercitando na academiaContos eroticos gratis de estagiarias lesbicaascontoseróticos chupei os peito da mamãecontos eroticos gay vendo filme porno com tioprovoquei meu pai e levei no cuzinho contobeliche conto heterocontos eróticos sou mais p*** das p**** meu marido sabe dissocontos chupei um pauiniciei meu irmaozinho na banhera contosgayarregaçando conto heterocontos eroticos de rabo inocenteChiquinha fudendo com o chaves no Pornôdoidocontos eroticoscomi minha irma apertadinhamulher vemdedora de avon cucontos eróticos abusada virgemmete até o talo tio contocontos gay pai bebado suadocantos historias transei com minha sobrinha de 11aninhosconto erotico bolinada na infanciacontos eroticos arrombando a gordadestruidor de cu contosmulheres cavalas de quarenta de bucenta inxada e grelo inormedescasados do litoral bundudacontos a empregada de minha sogracontos de sexo casado trocando cuconto tinha 13 e comi uma coroa de 33contos heroticos de rapazes que foram comidos e descobriram que eram gayscontos de coroa com novinhocontos não aguentei o pau do meu pai inteiro dentro de mimconto erotico gay com o vendedorcontos eroticos enrabei minha irma gostoza e casadaAmigo do meu filho me fude junto com minha filha contoeu sou solteiro eu fui na casa da minha amiga viuva ela me levou pro seu quarto conto eróticoporno putinha magrinha i e minha sobrinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eroticos engravidei minha chefepuro sexo sou muito deliciosa viajei com meu filho conto incestome apaixonei pelo um bandido conto heroticoConto de incesto de pai filha e tioconto erorico dando a buceta pro meu genro doenteconto submissa ao paus negros e grandechantagem minha irmã e como o cú delsContos Eroticos ROBERTAContos Eróticos Nega bebada de leguineu metendo no cu do meusobrinho novinhocontos eroticos arrombando a gordaconto erótico nada ombinadovidio porno u homen gozano na buseta po sema dacasinhaconto sheila novinha sepradaconto uma viagem muito gostosaconto erótico sou casada gostosacontos eroticos de tres irmas gravidas do mesmo homeminha cunhada casada estava sozinha na noite em casa contosdei,dou,e sempre darei a buceta em contosNAmorada ponha o cinto de castidade no namorado porno