Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

EXPERIÊNCIA NA CASA DE SWING

Estavamos eu e minha esposa vendo sites de sexo e nos excitando muito, como fazemos com bastante frequência, até que vimos a propaganda de uma casa de swing e aí surgiu a curiosidade: Ir ou Não ir.

Resolvemos que iríamos mas que nenhum de nás dois faríamos algo sem o consentimento do outro.

Aí veio a hora da Produção:

Minha biscatinha colocou o seu menor vestido, e por baixo um sutiã maravilhoso, uma micro calcinha toda enfiada no cu e uma sandália de salto alto. Tava um arraso, fiquei com a rola babando sá de olhar pra minha biscate daquele jeito.

Saímos e quando chegamos na casa ficamos adimirados com a beleza, tudo muito bonito e discreto.

Fomos tomar alguma coisa e já pude perceber alguns tarados olhando minha puta, ela estava achando o máximo. Eu estava morrendo de ciúmes e de tesão.

Apás algumas bebidas tomamos coragem de conhecer a casa toda. Em uma sala podíamos ver uma mulher chupando uma rola e levando estocadas de outro, em outra sala tinha uma mulher deitada no sofá, outra chupando sua buceta deliciosamente e levando rola ao mesmo tempo.

Parecia que minha esposinha ia explodir de tanto tesão.

Resolvemos então ir para uma sala reservada e matarmos nossa vontade. Eram três pares de vidro e outra toda escura com alguns buracos na altura da cintura.

Tirei sua calcinha e já fui metendo a língua pra ver como ela estava, tava escorrendo seu meu até o meio da perna, tava doida de tesão, me puxou pra cima e começou me chupar deliciosamente. Podíamos ver que varias pessoas nos olhavam pelas paredes de vidro.



Nessa hora coloquei ela de quatro no chão e mandava rola pra dentro, mesmo achando que ela não estava sentindo quase nada porque estava melada demais.



Metiamos gostoso quando começaram a aparecer algumas rolas nos buracos da parede escura.

Ela me olhou com cara de quem queria fazer alguma coisa e eu disse:



- O que você que hein putinha?

quero pegar numa rola dessas, deixa? Deixa sua piranha vagabunda pegar, deixa?

Pega vadia, pega e chupa gostoso ele, como faz comigo, eu sei que tá doidinha pra fazer isso mesmo né?

estou.

Nessa hora chegamos mais perto da parede e ela agarrou uma rola grande com muita vontade e começou a punhetá-lo, sem deixar de rebolar e delirar no meu pau.

Virou -se pra mim de novo e com a maior cara de cachorra pediu para chupá-lo, e eu deixei.

Chupou o cara por alguns minutos e aí eu tomei a iniciativa de perguntar se a piranha queira dar a buceta para o outro cara também. Ela disse que se eu deixar ela adoraria.

Coloquei então sua bunda encostada no buraco e ela prontamente veio babar na minha rola. Tava tão molhada que não deu nem um gritinho quando aquela pica grande entrou em sua xana. Ficamos nessa loucura por muitos minutos até o o dono do pintogrande não aguentou e soltou rios de porra na camisinha dentro de minha esposa. Ela adorou, mas a biscate estava insaciável e me chupava ainda com mais vontade, pedi para ela parar senão ia gozar na sua cara, ela riu e disse que era exatamente onde ia gozar, mas não aquela hora.

Ela começou a olhar nos buracos na parede e achou uma rola grande, e bem mais grossa que o primeiro. Jáa caiu de boca e ficou e punhetando, depois foi encaixando SUS xana naquela pica e foi delirando, sentindo ela preenchendo a xana toda, porque era bem grossa, ela gozou sá de sentir a pica entranto. O cara bombou um pouco enquanto ela tocava uma pro outro cara da parede, e eu batento punheta pertinho de sua cara. O cara que tava comendo ela gozou, o que ela tava punhetando também, e não fosse o preservativo, ela teria se melado toda, pois tava dando lambidinhas no pau do cara enquanto punhetava. Aí voltou pra mim, me chupou um pouquinho, disse que ia gozar, eu estava com tanto tesão que gozei como nunca, soltei dois jatos na boca dela que ela engoliu, mas não sei se gostou, e o resto foi tudo na cara dela, que fiz questão de espalhar com a rola depois.

Coloquei minhas roupas, ela sá o vestido, saiu sem sutiã e sem calcinha. Entramos no Carro e partimos pra casa. O que aconteceu no caminho conto depois.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos eroticos de esposa fazendo o marido limpar sua bucwta goAdavou rasgar sua boceta vagabundacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos erotico com deficientesou branca e sempre quis da aum mulato mas sou casada contos conto sexo dormi casa namoradacasa do conto minha mae rabuda de baby doll sentada no meu colocontos eróticos pai dotadoconto erótico homem castradominha mulher deixou a calcinha suja de porra no banheiro contos eroticosgosei gostoso papaicomeu meu cu video contos minha irma foi meu rolaoso contos de coroa aronbando o cu das novinhaSafadinho aaa uuutransa com aluna de informática contoleitinho gostoso de poladei pro personalcontos eroticos amiga da minha mae velha coroa viuvaContos eroticos teens cavalocontos eróticos negão sou o cu da minha mulhercontos heroticos gay meu padrinho de vinte anos me comeu dormindo quando eu tinha oito anosDesenho porno pai bota filhar pra domir i fode ela todinharcantos eróticas adoro da o cucontos baixinha popozudacontos zoo velha carenteconto erotico vizinha casada e velho pirocudocontos eroticos arrombando a gordacontos de incesto cumadre dificilcontos tia com fome de picaContos eroticos escrava do titiotomates conto heterocomi a vizinha coroa Contoerticoscontos eroticos arrombando a gordaso deixo chupa minha bucetacontos eroticos meu priminho gordinhocontos de homens que deu para o cachorro roludovideo mulher sendo estrupada por cavalo ponney do pouzaocontos er irmas vizinhaSupositório Contos eroticos Jardin do Prazer infância;contos eróticos;enrabadoentão abri as pernas dela e peguei naqueles peitinhos pequenos e gostosoTrepada boa contosconto minha namorada greludacontos eroticos com eletricistacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteensinei meu amigo nerd a transar contoscontos dando pra um sessentãocontos eróticos velho arronbador de mulher casadaloira cris casada fode com negao contos eroticoscontos eróticos flagrei minha mãe e chantageeicontos eroticos coroas e os negroesconto de botei a novinha pra chora com a pica grande no cuContos de mulher casada encoxada pelo cachorroContos eróticos mãe nãoContos pornôs buceta virgemquase matei amiga da minha mae contoseróticos ah ah aaaah chupa a minha bucetinha vai ah deliciaCome o cu da prima bebada contosporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexoeu confesso incestocontos eroticos dormindocrente veia da cu e choraconto erotico nao acreditei o que eu vi parte 2enrabada pelo meu filho especialcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePorno mobile boqueternocontos eróticos frio chuvaContoseroticogordacontos eroticos ousados em lugares publicosconto erotico mulher deu buceta para mendigolalesca bucetudaConto erotico entaloumamando na mamãe conto eróticocontos virei a cachorrinha do meu amigomae pede pro filho ajudar escolher a lingerie incestomeu irmao cacula a puta conto de wallisoÇonto erotico coroa da bunda grandecontos: sentei no colo do velhocontos erotecos fui com meu marido no sitio e um velho comeu meu rabinho virgem a forçacontos eróticos mostrando