Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PAPAI ME COMEU

Olá. Meu nome é Lilian, sou loira de olhos verdes e sempre chamei atenção pelo meu belo corpo mesmo tendo apenas 19 aninhos. O que eu vou contar aconteceu quando eu tinha 19 anos.

Meus pais eram separados e eu sempre ia passar as férias na casa do meu pai. Na época eu tinha um namorado, nos gostávamos muito perdi a virgindade com ele, mas acabamos brigando por ciúmes da parte dele. Ele não queria que eu fosse passar as férias na casa do meu pai, pois era em outra cidade e ele dizia que eu chamava muita atenção por onde passava. Bom, terminamos e eu fui para a casa do meu pai. Logo na primeira noite quando estávamos vendo TV percebi que meu pai me olhava diferente e até comentou: - Você está linda em filha?. - Obrigada. - Agradeci na maior inocência. Os dias foram passando, meu pai saia para trabalhar e me deixava sá em casa. Eu normalmente saia para passear pela cidade e como estava solteira dava uns pegas com alguns garotos, mas não cheguei a transar com nenhum.

Depois de um desses meus passeios cheguei em casa ao anoitecer e meu pai ainda não estava em casa. Tomei um belo banho e jantei. Depois fui ver um filme, mas como fiquei com sono decidi ir me deitar. Eu estava apenas com um vestido leve e com uma calcinha lilas. Estava dormindo quando senti uma mão entre as minhas pernas. Abri os olhos e vi o meu pai passando a mão em mim com o pênis pra fora da calça. Levei um susto.

- Pai o que você está fazendo?

- Calma filha quero sá me divertir um pouco com você. - Ele me puxou pelas pernas pra perto dele. Meu pai era um homem considerado bonito, eu mesma achava, não era velho e frequentava a academia. Ele e minha mãe tinham me tido quando eram adolescentes. Meu pai era forte e tinha os meus olhos verdes.

- Para pai ! - Eu disse quando ele abaixou a alça do meu vestido.

- Eu sei que você está louca pra dar pra alguém sua putinha. Você acha que eu não sei que você sai por ai pra ficar se pegando com os garotos? - Ele passava as mãos em minhas pernas.

- Para pai! Eu não quero. - Eu comecei a chorar.

- Mas eu vou te comer mesmo assim. - Ele puxou meu vestido que quase rasgou-se e me deixou com os seios a mostra. Ele chupava eles enquanto segurava os meus braços.

- Tá me machucando pai!

- Você é uma delicia filha eu vou te comer tanto que você vai ficar toda assada.

- Por favor não pai...

- Fica quieta! Se não eu conto a sua mãe a putinha que você é. Você sabe o quanto ela ia gostar. - Minha mãe havia se tornado muito religiosa depois da separação deles e não admitiria que eu ficasse por ai com os meninos.

- Eu vou te chupar agora até você goza na minha boca. - Ele me colocou de quatro e começou a chupar a minha bct. Ele chupava muito gostoso e aos poucos eu fui relaxando na boca dele.

- Ta gostando né putinha? - Ele deu um tapa na minha bunda. - Goza na boca do papai vai minha putinha! - Ele chupou com muita força eu senti um prazer enorme. Minhas pernas ficaram bambas e eu gozei na boca dele.

- Agora eu vou te comer filhota! - O pênis dele estava muito duro e era bem grande. - Você vai levar 21 cm na bct cachorra. - Eu fiquei assustava o pênis do meu namorado tinha apenas 19 cm e havia doído muito a primeira vez que nos transamos.

- Deita! - Eu deitei com medo e com tesão ao mesmo tempo. Ele encostou seu pênis perto da minha bct e ficou me torturando.

- Pedi pra eu meter em você putinha! PEDE! - Eu ja não aguentava mais então pedi:

- METE TUDO PAI, ARROMBA A PUTINHA DA SUA FILHA. METE ESSE CASSETE EM MIM! - Ele riu e começou a colocar, eu senti dor e prazer. Quando ele colocou tudo ficou um tempo parado pra eu acostumar com aquilo tudo dentro de mim. Então ele começou a bombar. Ele metia forte e eu gritava:

- Ai pai assim ! Me arromba pai! Mais rápido, mais maaaaais. - Ele metia. - Assim paizinho, assim ta gostoso, nossa como o senhor fode gostoso. - Ele me colocou pra cavalgar. - Aaaaai pai eu vou gozar nesse seu pintão, vou gozar paizinho.

- Eu também putinha do papai, eu vou gozar nessa sua bct apertada. - Eu acelerei a cavalgada e gozei, segundos depois eu senti o liquido quente dele na minha bct.

Cai na cama cansada e dormir. Meu pai dormiu com o pênis na minha bundinha. No outro dia eu fui embora pra casa, mas isso não quer dizer que ele não tenha me comido outras vezes.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


idoza caseta toda gozadaporno nao aguentei resistir contosconto só uso fio dental sou gaúchacontos eroticos vou gozar dentrocontoseroticosnamoradavirgemdepois que o irmão ensinou ela a atividade a irmã da xoxota para o irmãoxxvidio casada rebola de calcinha boxis casaa minha mulher e o casetao cavalarconto esposa transa com marido se exibe pra molecadawww.contocurrada /vizinhoContos eroticosdonacontos gay o menino que era um femea escondidocontos comiminha primacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePrimeira vez q dei o cu vestido de travestboquete sem lavar baixarcontos gays festa de inauguacao do cuinhoeu minha esposa demos carona o cara era um pintudoputão na vara contosesposa bebada contos eroticos18oras.porncontos eróticos chantageando o sogroContos eroticos arrombada por 35cmcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentePorno contos familhas incestuosas grandes diasde grandes orgias vale tudo com todoscontos eroticos sendo virgem dei pro jardineiroconto meu filho meu machovidios de zoofilias mostra homem acariciando uma jumenta com a mão na buceta delacontos herotico namoradacontos herotivos com cacalo e muherwww.cu da minha mae contoscontos eroticos fui comida feito puta e chingada de cadela pelo meu sogrovesti as roupas da minha mulher por curiosidade fui flagrado pelo vizinho e virei sua putinha gayzoofilia gay extraordinárias bizarroscontos mulher infiel marido atento incestoamiga da minha maecontos lesbicos pegueimeu amigocomendo o cu da minha mulhercontos eróticos mastiguei minha calcinhavideoo porno da bundona de chorte de burmiContos eróticos eu e minha mãe adoramos o Marcos o novo marido da minha tiaContos erotico marido bracinho corno de negaocontos/ morena com rabo fogosocontos eroticos de negros em hospitaiscontos de esposa gordinha tambabaconto mulher casada rabuda dei pedreiroContos eroticos com mae gorda na praia negaocontos duas gostosas dando o cu para um cara pausudotou tardainha pra um me xuparcontos casadas descrevendo o corpo com seios e bundas grandesmelhores contos de zoofilia de itucontos etoticos meu marido faz eu dar para trassecontos eroticos mae gostosa no buzaovideo gay meu irmao me estuproumulher escanxa no cachorro e goza gostosocontos eróticos meu sonho e da pro meu sobrinhocontos eróticos bem maior que a do.meucontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentepapai reformo a casa eu novinha e gordinha dei pros pedreiro a força contoseu minha esposa demos carona o cara era um pintudoContos eroticoshospitalse eu deixar no seu sobrinho como é lá dentro da piscina e gozar na sua caravirei puto do bar conto gayafeminados de praia grande contatoscontos eroticos de padrinhos e afilhadas que engravidamÇonto erotico comi minha cunhada magrela coroacasada recebe proposta indecente contostesudas contoarrombando a enteada contos eroticos[email protected]contos pagando aposta com um boquetegozaram em minha boca durante a viagemvoyeur de esposa conto eroticoassisti porno e masturbei minha buceta contos eróticossou bunduda e trair o corno contoscontos eróticos funcionária