Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

FUI ENGANADA MAS GOSTEI MUITO

FUI ENGANADA, MAS GOSTEI MUITO



Primeiramente, quero me desculpar a todos vocês que leram meus contos, que não sou uma mulher, sou uma crossdresser, para quem não sabe o significado ( pessoas que se vestem de sexo oposto ), porem sou um homem normal, casado, mas gosto de me vestir de menina as escondidas. Bem então vou comentar uma experiência antiga, que servira de alerta para muitos.



Estava eu sem ter nada o que fazer, resolvi me vestir de putinha e liguei o computador e resolvi entrar em uma sala de bate-papo. Usei o pseudônimo de “QUERO DAR MUITO”, mal entrei e fui retrucada por vários. Perguntando-me. É mulher? Ou homem? De imediato respondi para todos em uma mensagem publica. “Sou homem putinha”. Em Um dado momento pararam-se as perguntas. Correu varias paginas e de repente, um me perguntou se eu era apenas passivo, imaginei! O que responder! Então resolvi responder que seria o que ele desejava. Ele me disse. _ to afim de fazer um sexo selvagem, porem quero te amarrar em cima de uma mesa deixando sua bundinha toda a minha disposição.



Respondi sá se ele me deixasseeu ficar vestidinha de menina bem safadinha. Imediatamente ele disse “ demoro”. Apresentamos-nos e marcamos para o dia seguinte devido a sua família iria ficar o dia todo fora.



Preparei-me toda, depilei fiquei igualzinha a uma menina de verdade, chegando na casa dele, pedi que usasse o banheiro para eu me trocar, coloquei seios de silicone postiços, me maquiei, vesti uma lingerie muito especial e sainha e blusinha, ele me levou para uma área no fundo da casa onde havia uma cobertura muito ampla. Tinha uma mesa e uma corda. Ele me disse que eu seria amarrada porque era uma fantasia dele. Não me exaltei nem um minuto em concordar.



Então começou as caricias, ele apertava a minha bunda e me alisava toda, me dizendo que eu era uma putinha muito especial e que tinha uma surpresa para mim, que eu iria gostar muito já que eu adorava pau. Quando eu arriei a sua calça, pude ver que apesar de ter somente 19 anos ele era um cavalo. Sua pistola media aproximadamente 23cm de comprimento, fui a loucura, pois era tudo que eu queria, ser comida e ainda mais vestidinha de putinha. Chupei a rola dele por muitos minutos até ele gozar na minha boca.



Ele pegou na minha mão e me levou em direção a mesa, ordenou que eu debruçasse em cima da mesa e amarrou meus pés e mão nas pernas da mesa, deixando minha bunda bem exposta e arreganhada para ele. Não podia ver o que se passava ali atrás. Porque estava muito bem imobilizada. Ele então puxou minha calcinha para o lado e meteu a língua, estava tudo saindo como eu queria. Fui as nuvens com aquela língua ele deixou tudo molhado para lubrificar. Ai veio o golpe certeiro, ele apontou a cabeça na entrada do meu cuzinho e enfiou de uma sá vez. Achei que ia morrer de dor. Mas a cada estocada forte que ele me dava eu me acostumava e transformou em prazer. Tava tudo muito maravilhoso. Quando a campainha tocou. Ele arrancou de uma sá vez a pica do meu cú e eu sem saber como me proceder disse e agora? Ele me respondeu. Pêra que eu vou ver quem é. Achei estranho porque ele foi receber as pessoas que tocavam a campainha sem roupa alguma, pois elas haviam ficado perto de mim.



Eu imaginei, e agora? Eu presa aqui sem poder me soltar, ou melhor, mal podia virar a cabeça devido a amarração, o que fazer? Sá podia esperar. Mas não foi assim não! Ele havia planejado com outros amigos que eu estaria ali para servir. Eu pedi a ele que me soltasse pois não era aquilo que havíamos combinado, ele me respondeu “ eu disse que faria uma surpresa para você sua putinha, não era rola que você queria, então! É rola que você vai ter, e muitas”.



Imaginei! to fudida, onde eu fui parar. Então ele veio para frente segurou em meu queixo e apontou aquela já experimentada pica em direção a minha boca, para que eu mamasse. Ouvi ele dizer aos outros podem brincar a vontade nesta putinha que ela gosta. Percebi que era mais de quatro devido as vozes que venham atrás de mim, ainda deu tempo de eu pedir para eles que somente não me machucassem, parecia um coral a resposta deles, pode deixar vadia que não vamos machucar você, sá vamos te dar prazer. Antes que respondesse minha boca foi ocupada pela pica do carinha que me convidou, não estava preparada e como era muito grande a rola dele, ela tocou bem fundo na minha garganta me fazendo tossir e vomitar em todo seu saco devido o tamanho, imediatamente tomei um bofetão na cara “ porra olha sá que você fez comigo?” eu respondi, não foi minha culpa sua rola que é muito grande, não aguento tudo. Ele me respondeu você ta achando minha rola grande, imagina quando meus amigos começarem a te fuder.



Ai sim eu pude ver o quanto eu tava fudida de verdade, se for verdade o que ele disse, estaria repetindo um episádio que me aconteceu que eu já contei por aqui, no conto currada por ½ time, por que eu não estava enxergando os outros.



Senti um aproximar da minha bunda e encostar uma coisa quente e úmida na entradinha do meu cú, que já estava bem preparado pelo invasor anterior. Até que ele colocou com carinho, mas assim que passou a cabeça, o resto ele enfiou de uma sá vez. Fui a lua e voltei com a dor. Ele bombou o quanto queria e deu lugar para outro que repetiu igual a outro passara somente a cabeça e enfiava com força, isso repetiu por mais de uma hora.



Em um dado momento, tomei um tapa na bunda que doeu pra caralho mas eles acharam que eu estava sentindo tesão, ai foram muitos outros tapas, mas na verdade eu estava sentindo muita dor com os tapas. Minha bunda queimava, meu cuzinho ardia. Ai resolveram vamos gozar neste buraquinho, que agora virou um buracão. Enfiavam, bombavam e gozavam, e dava lugar para o outro.



Sá assim que eu pude imaginar que eu dei para aproximadamente 5 carinhas, eu acho eles sumiram por um tempo para o interior da casa e depois eu ouvi somente as despedidas.



O carinha veio me desamarrar ai pude ver o quanto estava exausta, não conseguia nem ficar de pé. O carinha teve a coragem de me perguntar se eu gostei da surpresa. Imagina o que eu respondi.



“ CLARO QUE SIM, ME CHAME QUANDO QUIZER REPETIR”.



Espero que gostem, pois todas as experiências que eu conto aqui são verdadeiras, e tenho varias outras. Bjs a todos

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


home afuder mulher com penis mais grandeMãe mamando pau do filho contoseroticosContos eroticos orgia forçadacontos eroticosirmazinhaSou agora casada com meu ex primo viuvo conto eroticomamaee. fez papai me fedur contoconto erotico homens velhosconto erotico mulher deu buceta para mendigomulheres novinhas com peitinhos pequenos arrebitado inchados esogro engoxada no honibus condos erotigosbuceta napicagrosaconto erotico arromba vendadamulheres loira amazonense traindo fazendosexotransa ariscadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteeu e minha mulher somos moreno meu filho loiro sou corno ?minha iniciação gay contosContos eroticos comi um cuzinho no sequestroboafoda foi dormi com colega tomo feroConto de puta presa e estuprada diariamente por muitos machosestuprada na lanchonete contosSeduzida achupar sua amiga xvidiosobrinha de calcinha na piscina contoscontos cu docecontos eroticos menino arrombadopaugrossocontoseroticosconto erotico desconfiei de minha esposacontos eroticos o menino magricela da pica grandecasa contos ert triangulo amoroso ccontos trai meu maridoeu metendo no cu do meusobrinho novinhocontos eróticos aposta q terminou em surubaconto incesto minhas irmãs gritaram no meu paucontos eroticos tia casada e sobrinhoconto erotico de sogro fudendo a noracontos eróticos corno mansocontos eroticos. traizoofilia co caxorros das rolas mas grosas mudueu e minha transando mar conto eroticoamigos sexo troca troca contoswww po rnsou comcontos eroticos casada com cunhadosapata velha greluda e ninfetamorena de seios gigantes e cintura fina fundendo com um homemEsfreegando a pica na maninha inocenti contos eroticcoscontos eronticos tia brincando com sobrinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteContos eroticos de submissa e inversaocontos eroticos a coroa e o roludo 28 cmcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadoseu falei Jaime de bucetacache:18iZWlEvzBYJ:okinawa-ufa.ru/conto_13093_-currado-no-trote-da-faculdade.html conto eroticocasada traindo com negraocontos eroticos arrombando a gordatortudando a buceta com braza de fogo estrupocontos eróticos com minha cunhadinha ainda bbcontos de gozadas nas bucetas cabeludas das sograsConto erotico dei pro meu papai e tioconto erotico cavalo enfiou tudo na minha mulhercontos sexuais de jessica no carrofode mae no cu de amigo muito bebadacontos de sexo meu pai viuvo anoite primeiro meu encouxandoporno historias e contos eróticos irmao e irman amor e sexocontos eroticos arrombando a gordaporn contos eroticos casada escravizadacontos de coroa com novinhoPuta merda!!!para!(conto teen gay)contos eróticos da quarta-feira de CinzasConto meu marido me devorou na madrugadacontos eróticos velhinho transando com jumentocontos a mulher casada aiiiiiiiiiiii meu cuuu ai vou fala para meu maridocontos eróticos da casa da irmã queridaArromba essa puta soca essa rola na minha buceta me fode contoscontos eronticos pai e filhia no camilhao trasei com elacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico traveco e casalBuceta virgem contoszoofilia dssas