Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

SOBRINHA MARANHENSE

Meus pais moram numa cidade do interior do maranhão, na região do vale do mearim. Neste natal, fomos todos passar lá. Meu irmão, que mora em São Luis, sua mulher e seus filhos também estavam lá. Apesar de ser uma cidade bem pequena, uns oitenta mil habitantes, gozam de certa mordomia, inclusive internet. A cidade, entretanto, não dispõe de atrações para jovens e minha sobrinha Ana Luiza vivia pendurada no meu note. Procurava passar o dia entretida no orkut e outras coisinhas. Um dia entrei no escritário e ela se assustou, minimizando umas telas. Fiz que não notei. à noite peguei o computador e lembrei da minha sobrinha. Fui ao histárico e vi que a safada estava vendo uns sites de adultos, com fotos, filmes etc. inclusive, este site ela tinha visitado. Ah, safada. Vendo sacanagem, pensei. Não que ela fosse infantil, afinal já tinha seus dezenove anos, mas dava uma de “santinha”. O garoto era mais novo e estava com dezessete.

No dia seguinte inventei uma histária que ia numa outra cidade resolver uns problemas. Fui pra rua com meu irmão e terminei desmanchando a viagem. Porém, já tinha deixado ele num barzinho com uns amigos jogando sinuca e tomando todas. Voltei pra casa e dei com a porta trancada. Sabia que minha mulher ia sair pra casa de familiares e certamente ou outros teriam ido junto. Mas... e minha sobrinha...

Entrei de mansinho e percebi que ela tava no escritário, com meu note na mesa. A porta estava meio aberta. Forcei um pouco o suficiente para vê que ela assistia a um vídeo pornô. Voltei pra sala e fiz barulho, como quem tinha acabado de chegar. Não dei tempo pra ela desligar a tela e apenas minimizou. Entrei e ela: - Oi, tio, já voltou? Cadê meu pai? Perguntou desconfiada. – Ta lá no bar. Pelo jeito vai demorar bastante. Ta com uns amigos nosso jogando sinuca e tomando todas. Cheguei por trás e passei a mão em seu pescoço beijei sua cabeça. – Que você ta vendo ai? A tela estava no orkut, mas a de putaria estava minimizada. Ela tentou fechar com a tecla direita, mas se atrapalhou e acabou por abrir o filme. Ela quis consertar, mas eu não deixei e disse pra ela que também gostava de uma boa sacanagem. Ela sorriu meio desconfiada. O filme rodava uma mulher chupando o cacete de um cara tatuado, enquanto por trás um outro enfiava uma pica descomunal na xoxota. Era uma morena de cabelos lisos então com minha sobrinha: - Ela se parece com você, Aninha. Ela riu e disse: - Mas eu sou mais bonita, não acha? – Claro, minha deusa. Você é linda. Ela deitou sua cabeça em meu peito que estava colado no seu corpo. Dei-lhe um beijo na testa. E levantei minha mão tocando seu pescoço e trazendo sua boca para a minha. Foi um beijo alucinante. Ela que ainda estava voltada para o computador, sentindo meu pau em seu ombro, virou-se para o lado e tocou meu pinto com a boca. Abriu meu zíper e começou beijar. Passava a língua na cabeça e ficava com ela nos lábios, enquanto lambia. Eu que já tinha passado a noite pensando numa forma de foder aquela ninfeta, agora tinha meu cacete metido na sua boca e não tinha feito esforço para que isso acontecesse.

Ela babava na cabeça e na medida que a saliva ia molhando meu pau, sua boca engolia mais. Logo tinha ele todo fincado na boca da minha sobrinha. Comecei a foder aquela boquinha literalmente. Ela foi levantando e se enroscando em meu corpo. Foi desabotoando minha camisa, enquanto minha calça descia pelos joelhos indo ao chão. Ela subiu e começou a lamber meus peitos peludos. Passava a língua em movimentos circulares nos biquinhos me provocando arrepios. Veio me beijar a boca e meti minha língua lá no fundo.

- Você é muito gostoso, tiozão. Você quer foder a buceta da tua sobrinha, não quer.

- Sim, minha putinha. Seu tiozão quer muito foder a buceta da sobrinha queridinha.

- Então pede, vai. Pede minha xoxota que eu te dou, meu coroa divino. Quero

Sentir seu cacete dentro da minha buceta, seu cachorrão. Quero que me coma com força

- Então me dá sua buceta, sua puta safada. Dá sua xoxota pra esse coroa que adora uma ninfeta igual a você. Meu pau até dái de tesão por você, putinha gostosa. Sou seu cinquentao gostoso, não sou? – é sim. Você é mais gostoso do que esses mauricinhos ai da rua. Foi sua sobrinha. Quero lembrar sempre dessa pica. Quando eu for a Goiânia vamos foder o dia todo, não vamos, meu coroa barrudinho. Eu adoro você, tio.

Fui para o sofá ao lado, enquanto a putinha da minha sobrinha tirava sua roupa, mostrando aquela xoxota peludinha nua pra mim. Eu estava sentado na beira e ela veio e se virou de costa e foi sentando no meu pau. Ela mesma guiou meu pinto para sua buceta e foi descendo devagar. O bicho ia deslizando e sua buceta chegava a espumar, tamanha a excitação que minha sobrinha estava.

Senti sua bunda em meu corpo, amassando meus pelos, e ela começouu a rebolar. Subia e descia e dançava em rodopios estrepada na minha pica. Apesar de ser bem apertada, sua buceta recebia minha rola muito macia, devido a lubrificação.

- Tio... goza comiiiogooooo.... vou gozar, seu cachorro. Vou gozzzarr na sua picaaaaa, ahhhhhh...... filho da puta. Goza na sua sobrinha. Não aguentei e esporrei na xoxota da minha sobrinha piranha.

- Meu irmão chegou em casa naquele dia e dormiu logo em seguida.

O pessoal sá chegou no fim da tarde e eu e minha sobrinha, Aninha, fodemos a

Tarde toda.

E assim foram os três dias que fiquei lá. Muita xoxota, muita pica e muita porra. Qualquer oportunidade era aproveitada, nem que fosse para apenas uma chupada e uma gozada rapidinha.

Ano novo estarei em São Luis e adivinhem quem vai entrar na minha rola? Claro. Minha sobrinha, que adora este cinquentão aqui. Podem escrever pra mim. Tenho cinquenta anos, mas adoro uma xoxota novinha. Sou muito carinhoso. As gatinhas de Goiânia que quiserem um coroa gostso basta me mandar o msn e a gente marca uma fodinha bem legal. Não vou pegar no pe. Quero apenas que goze muito na minha pica. Cinquentão.goiâ[email protected]

Mando foto da rola grande e grossa para voce se divertir. Pode ser casada ou solteira, não tem problemas nao. Respondo a todas.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


sou casada loba contoslésbicas infia arma gelada na ppk até gozarconto erotico perdendo a virgidade com o porteirocontos eroticos a calcinha da patroamovinha petenho avigidadecontos eróticos filhinha desde novinha senta no colo do papaiguero asistir filmi porno as freiras virgem goxando na bucetacontos eroticos fui cumida a traz do salão da igrejacontos mulher e marido duas vadias para um.machofui acampar e chupei contosgaysContos escrava sexual do patraoGarotinho foi convencido a dar o cu para o amigiinhocontos eróticos o pai da minha amigacocando a xerecona cabeludona por baixo da saia sem calcinhascontos eroticos gays , o pai do meu amigo , meu primeiro acho adultocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentevi outro gozar na boca de minha mulher contosvideo porno zufolia homi comendo uma Egua ati ela gozacontos excitantes no onibusMulher pega o marido usando sua tanguinhacontos eroticos corno bebe leiteporno brasileiro tia pasando u pano na casa e pega sobrinho na punhetafilme diaristas mostrando as coxasmeti o cacete na maninha contoeu confesso mijocontos eroticos flagrei minha mae fudendo com travesticontos eroticos arrombando a gordameu marido e um corno/contosdei pro negao na sauna.enquanro o marido dormia,.contoscontos eroticos com fotos de mulheres casadas que foi violentada por bem dotadosConto erotc gay e um abobinhacontos eroticos fui bem comida feito puta e chingada de vadia com o tio na fazendaconto eróticos mãe eu na cachoeira juntosler conto pornô de i****** ajudando minha filhacontos eróticos bumbum grande no ônibusmeu cu aberto e ardido de picacontos pornôs vingança marido transformar esposa em putaLóira safada narra conto metendo na coberturacontonaturismoContos eroticos de mendigocontos fodendo a namorada de todo jeitonotei que na hora que falei maridinho ficou de pau durowww.dei a buceta com dez anos contocomendo a mulher do tio que veio morar no meu quitinete contoscontos abusadasxotas que acabou de ser disvirginadacontos zoo meu marido sem eu saber viciou o cao passando minhas calcinhas para ele cheirareu trinquei o meu pau na mão dela contos eróticosMinha sobrinha ligia conto eroticoconto porn insetuosocontos eroticos elizandraContos herotico de lesbica entre mãe e filhinhascontos minha irmã deixacontos eroticos um menino ou um homemconto erótico "totalmente peladinha" ruaconto erotico negão fudendo a madrasta 2017deixei meu amante come minha intiada a força pá ela não mim entrega incesto contos eróticospessoas fazendo sexo gostossoooocontos eroticos mamae rabao gordinha de biquinemulher só de fio-dental e buchudo querendo transando com homemamiga inseparavel chupa a bucete uma da outracontos eroticos obrigando a mulher a transar comcachorrocontos eroticos velhos com meninascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto erotico estava tomando banho derrepentver contos de lesbicascontos eroticos come minha buceta priminhoconto erotico meu aniversario comi minha sogra e minha esposacontos esposa estuprada e arrombadaxvideis 2017comi a minha tiacontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos treinamentohomen dotado arronba cu rapaz de programameu irmao comeu o cu do meu amigo negrinho contos eroticos