Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

MINHA FILHA, MEU PECADO 4 - FAZENDO ELA GOZAR

Conforme contei no relato anterior, minha filha me surpreendeu, deixando que eu matasse a saudade de sexo com ela, o que para mim foi a melhor coisa do mundo.

No dia seguinte a sua primeira vez sem ser à força, eu estava sá carinho com ela. Andávamos pela casa com ela sá de calcinha e eu de cueca e ela sentava o tempo todo no meu colo, me deixando duro em segundos. Ela ria daquele fato, toda sapeca, o que me deixava ainda mais duro. à tarde, ela quis assistir Shrek, e colocou o dvd na sala, pedindo para que eu assistisse com ela. Concordei e deitamos no sofá juntos, abraçados, mas eu não estava nem aí para o filme. Sá queria saber da minha menina. Nem tinha passado quinze minutos de filme e eu comecei a tocá-la, sentido seus pelinhos arrepiando quando eu tocava seus peitos miúdos. Enquanto ela repetia as falas do filme que já tinha assistido milhares de vezes, eu desci a mão para a sua calcinha, por dentro dela, tocando seu grelinho diretamente. Ela ficou sequinha por alguns minutos, mas quando eu achei o ponto certo para tocá-la, sua xaninha começou a ficar molhada, do jeito que eu queria. Continuei tocando-a, friccionando seu botãozinho cada vez mais rápido e meu pau parecia querer rasgar a cueca de tão duro, sentindo ela começando a tremer de prazer. Rebeca arfava ao meu lado, já nem assistindo mais o filme, seus olhinhos fechados com força.

“Tira a calcinha”, pedi e ela, trêmula, fez o que eu queria, ficando nua ali na sala. Desci direto com a boca para a sua entradinha molhadinha e chupei com ainda mais gosto que na noite anterior, levando uma mão ao meu pau que a essa altura já estava livre da cueca. Rebeca continuava tremendo e em determinado momento suas pernas se fecharam ao redor da minha cabeça com um pouco de força e seu quadril saiu do sofá, enquanto ela gritava baixinho, gozando pela primeira vez.

Chupei todo mel que saiu dela, quase gozando de tanta força com que eu me masturbava, mas consegui me segurar um pouco mais, nem esperando ela se recuperar e já entrava nela devagar, dessa vez ainda mais facilmente por ela ter acabado de gozar e estar toda relaxada.

Respirei fundo para não acabar gozando antes da hora de tão apertadinha que ela era e comecei a fazer os movimentos de entrar e sair devagar, ao mesmo tempo em que masturbava seu grelinho e chupava seus seios pequenos, sentindo ela voltar a tremer depois de pouco tempo.

“Goza para o papai” pedi, beijando sua boca e seu pescoço, aumentando as estocadas. “Faz o papai muito feliz e goza pra mim, vai meu amor”. Senti ela relaxando ainda mais, seus gemidos ficando cada vez mais naturais, e estava quase esfolando seu grelinho de tanta pressa que eu tinha em fazê-la gozar, quando finalmente a senti apertando meu pau com força, e sá então explodi dentro dela, gozando junto, soltando um palavrão de tanto prazer que estava sentindo. Era algo inigualável. Ela era apertadinha demais, quente demais. Eu sabia que agora que tinha começado, nunca mais iria conseguir parar.

Eu precisava do corpo da minha filha. E mulher alguma seria capaz de superar o prazer que eu sentia com ela.

E foi assim que começou a nossa vida de incesto. Eu me apaixonei pela minha filha e a cada dia que passava eu tinha mais certeza de que era sá a ela que eu amava de verdade. Nem mesmo a mãe dela me satisfazia mais, mas eu fingia que estava tudo bem para ela não desconfiar, sá torcendo para que Luciana pegasse logo um novo vôo e saísse da cidade para me deixar sozinho com a minha filha.

Logo mais eu conto mais coisas que aconteceram nesses últimos três anos. Inclusive como ensinei minha filha a chupar com maestria e como, recentemente tirei sua virgindade anal. E o melhor de tudo foi quando Rebeca começou a ficar com fogo para sexo e queria fazer em todo lugar, o tempo todo.

Mas isso fica para depois.



Continua...

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


contos fudendo com priminhs de dose snoscontos eróticos comi o bundao da sogracontos eroticos de homem contratado para engravidarcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos gay pai castigoconto lesbico tia iniciando a sobrinhapulando em cima do pau do tiocontos eroticos de homens que vestem as calcinhas das esposas e saem com travestiFilha boqueteirá contoseroticoscomendo minha irmazinhano escuro.com/videocontos eroticos mamei no pintinho do nmeu filhinho pequinininhoconto minha prima ficou cu arebentadocome o cu da soggra adormecidalevei minha prima pro mato na infanciachupando com tara e gula a bucetafilho delicia contozoofilia mulher deixando homem fértil todinho dentro dela e gozar dentro de escorrermeu padrasto me comeu depois que cheguei da escolaContos erótico de infânciaconto erótico velho fode viadinhocontos eroticos velhos com meninascontos eróticos comi minha tiaxv leke dormindo .com madrstacontos eroticos de dedada na bucetamulher só de fio-dental e buchudo querendo transando com homemcontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto lesbica humilhei minha amigaflgle minha tia ser mastubandoContos eróticos na cozinhaContos de loiras com negroscontos pornôs madrasta enteada como escrava dos filhoscontos gay proctologistaeu e minha av¨® e minha m0Š0e contos l¨¦sbicos conto escrito de uma sapatona madura q gostou da minha picatoco siririca na madruga contos de casadasloira porno na praia ou no carro no capuocontos eroticos minha mulher subjugada. e curradatransei com minha filha contos eróticoscontos eroticos. traiistoriacontoseroticoscontos eroticos gays quando pequeno atiçei meu tioContos eróticos por acasoContos eroticos férias com minha mãe coroa na praia nao resisti a buceta da minha maecontos eroticos minha mulher fode com um jogador buceta carnuda comtos de sexoacustumada desde pequena na rola grossa mais a pica dele e muito grande e grossaContos heroticos de mulher que soltou um pum na hora que tranzavaConto erotico gay rabudo dou de calcinha pra coroastreinando para ser puta contos eroticoscontos eróticos encaixada viado da bunda grande no ônibuscontos eroticos chantageando a sogracontos eróticos gay EMMO o maconheirocontos mia gostosa mulhe teve sua buceta aregasada pro seus amates muitos roludosconto de masoquismo com meu pai me violandoconto gerou comer a sogracache:b0LVhW2lUCMJ:okinawa-ufa.ru/home.php?pag=22 Conto erotico, tenho.50 anos e transei com minha vizinha casada de 60 anosfotos chapéu ao traveco até ele gozaconto erotico meu marido descobriucontos dormindo com a tiaContos.minha.filha.ja.ten.cabelo.na.buceta.conto erótico filhinha orgiacontos eróticos come a irmazinha no ônibus lotadoconto erótico meu marido bobãodei pro meu genro contocontos me vinguei com o meu ex namoradoContos vendo corno Minha namorada gozada arrombada gritandorelatos de cornos meu tio Rui comeu minha esposa na minha frentecontos eroticos arrombando a gordaele ama xupa meus peitinho contos travesticontos eroticos gay eu viciei e comer cu de menininhos da roçatravesti gemendo a ponta da pistolaporno de tia cabelo cachaedo loira meia idade peluda com sobrinhoContos picantes incontrolável desejocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteestrepi com bucetao inorme.comMinha namorada deu a bucetaonto de encesto fui pega minha filinha no preassisti porno e masturbei minha buceta contos eróticoscontos de incesto eu comi a bunda da minha mãe taboo sexo