Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

PRIMA ENFERMEIRA

Tenho 34 anos, 1,70 m altura, cabelos e olhos pretos, moreno claro, solteiro e venho contar o que ocorreu entre mim e minha prima enfermeira, uma morena clara, gostosa demais, cabelo loiro claro encaracolado, 1,67 m altura e 26 anos de idade.



Sempre tive o maior tesão pela minha prima, chegando a dar várias cantadas nela, mas ela sempre me evitava. Nas festas de fim de ano a família toda se reunia e lá ia eu novamente tentar ficar com ela,sem que os outros parentes percebessem que eu sempre tive um tesão imenso por ela.Mesmo não querendo nada comigo,ou fingindo que não queria,ela sempre me apresentava suas amigas,das quais cheguei a sair com algumas e fazer tudo de bom.



Certo dia, apás realizar exames de rotina, o médico me disse que teria mesmo que realizar uma cirurgia no intestino, e pra minha sorte, de última hora, minha cirurgia foi transferida para o hospital que minha prima enfermeira, gostosa demais, trabalhava.



Fui internado num domingo, por ela mesma, que com aquele perfume adocicado e aquele corpão que sempre me deixava louco, me encaminhou até o quarto que iria ficar, e de imediato, já percebia que meu pau tava duro feito uma rocha, me deu o uniforme do hospital que deveria vestir e, com aquele sorriso lindo, disse pra mim já trocar a roupa ali mesmo, pois iria guardar meus pertences pessoais. Disse que ela teria uma surpresa se me visse pelado naquele momento,por isso fiquei de costa pra ela,que de repente me surpreende por trás dizendo bem baixinho,praticamente sussurrando, em meu ouvido,que apás a cirurgia,teria de ficar duas semanas sem sexo e que naquela noite,ela era a única enfermeira de plantão,pois as outras estavam de férias,e o restante eram enfermeiros.Foi aí que fiquei mais louco de tesão ainda por ela,quando de repente ela começa a passar a mão em meu pau duro feito uma rocha e virando pro lado dela,vejo a somente de calcinha e soutien e vou ao delírio,primeiro começando a beijar seus lábios carnudos,deslizando minhas mãos por aquele corpão até chegar sua calcinha e começar a enfiar o dedo em sua bucetinha apertada demais,fazendo ela gemer de tanto prazer.Nas pré-liminares chupei vorazmente seus seios durinhos,o que levou ela ao delírio quando chupei seus biquinhos como uma criança morrendo de fome.Quando ia começar a enfiar meu pau duríssimo na buceta dela,ela me diz que nunca tinha dado o cuzinho apertadinho dela e que queria experimentar,mas que se não aguentasse,era pra mim parar na hora.Combinado.Ela pegou um gel (ky) que tava no uniforme dela e pediu pra mim passar no meu pau e no cuzinho dela.Fui penetrando meu pau duríssimo naquele rabinho apertadinho,e ela hora gemia de dor,outrora de prazer,mas sempre dizia pra não parar.Foram vários minutos no vai-e-vem naquele cuzinho apertadinho e apás ela gozar,passados alguns minutos,gozei tb ! Confesso que nunca tinha gozado tanto num cuzinho apertado como o dela ! Ao tirar meu pau duro,ela foi imediatamente pro banheiro limpar aquele cuzinho apertadinho,enquanto eu limpava um pouco da porra que caiu no chão.Assim que ela voltou do banheiro,eu disse que tinha tanto tesão por ela que na hora nem me preocupei em usar preservativo e se alguém chegasse no quarto e visse a gente transando.Ela disse que não era pra me preocupar,pois como meu plano de saúde era em quarto privativo,ela informou que na ficha de internação colocou que eu contratei uma enfermeira particular,ou seja,ela.E que,é claro,toma anticoncepcionais diariamente.Ela disse ainda que aquilo era sá o começo,pois adorou por demais dar o cuzinho,mas que agora queria que eu arrombasse sua bucetinha parcialmente raspada,mas que apás gozar nela,queria que eu mesmo raspasse sua bucetinha.Penetrei naquela buceta por muitos minutos e quando ia gozar ela pediu pra gozar na boca dela aquela porra quente.Dito e feito.Gozei,não tanto como no cuzinho apertadinho dela,mas ela foi ao delírio ao sentir aquele leitinho quente em seu rosto e boca.Aquilo tudo era sá o começo ! Que noite !!! Tomamos banho ! Primeiro eu,depois ela,pois estava quase no horário de servirem lanche da noite !! Mas o melhor lanche mesmo eu já tinha saboreado e queria muito mais do mesmo.Logo passaram servindo o lanche e informaram que como tinha uma enfermeira particular,estava muito bem tratado.Mal sabem o quanto ! rsrsr ! Tão logo,como não poderia deixar de ser,ela fez aquelas checagens de rotina (medir pressão,temperatura,etc...) e em seguida começamos o segundo tempo,que teve prorrogação de madrugada,é claro !!!Percebi que por ser a primeira vez que ela deu aquele cuzinho apertado, ainda estava com um pouco de dor. Disse a ela que adoro meter em cuzinho apertadinho como o dela,mas se ela preferisse meteria meu pau duro naquela bucetinha,pois poderia aumentar a dor se fudesse pela segunda vez aquele cuzinho apertadinho dela.Pra minha alegria,ela não aceitou.Disse que queria dar o cuzinho de novo e que dessa vez era pra penetrar com muito mais intensidade.Prontamente atendi seu pedido e dessa segunda vez percebi que ela sentiu muito mais dor e perguntei se não queria que eu parasse,mas não aceitou e pediu pra mim encher de porra quente de novo aquele cuzinho apertadinho, porém desta vez saiu bem menos sangue que da primeira vez.Como vi que a dor foi mais forte dessa vez,preferi ficar somente acariciando ela ao invés de ir para a segunda penetração na buceta dela.Prontamente raspei a bucetinha dela,como havia me pedido antes e depois voltamos a transar somente no outro dia,de madrugada,pois a cirurgia seria no dia seguinte e ela estaria de folga do trabalho.Depois disso,chegamos a ficar várias vezes,escondidos da família,é claro,até que ela se casou e mudou de cidade.Perguntei um dia pra ela por que me evitou tantas vezes e ela confessou que tinha medo de me dizer que o sonho dela sempre foi me dar o seu cuzinho apertadinho,mas não sabia qual seria minha reação !!!! Mas que se soubesse que a minha reação fosse tão boa assim,teria até perdido a virgindade de sua bucetinha aos 19 anos comigo tb !



VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


menor violou a mae gorda fodeu conto eroticoCasadoscontos zoofilia gia de contos erotico meninas dorfanatoAbrindo as pernas para o sobrinho contocontos eróticos no cu com cachorrosconto erotici com coroas homens de 80 anoscontos eroticos babá lesbiconossa minha mae bu comer xvconto erotico arrombei o travesti do baile funkcontos eroticos nifeta d loja rjContos minha irma e meu cunhado vieram passar uns dias conoscocontos eroticos forçaconto eróticos comi minha prima mae solteira carentecontoseroticos/pauzudocasadacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecoroa se***** cagou no pau de Natáliacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteconto eRotico os piralhoS m comeraocontos eróticos gays perdi minha virgindade com coroa pauzudopresidiariocontoseroticosa bunduda atolado amiga bunduda contobucetao arombada de adivogada conto eroticocontos eroticos traicao.marido percebe esposa arrombadacontos comi a sobrinha novinha da minha mulhercontos minha mae liberalcontos eroticos de vovocontos chantagiei minha mae e mi dei bemvoyeur de esposa conto eroticocontos eroticos gays romance primoeu confessocomi minhaenteadasentando na rola do meu pai contos. eróticosminha filha me seduziuestupro patricinha contoconto policias arebentarao cu mae filhaconto gay me chamou para comer um veadoconto lesbico tia iniciando a sobrinhaeu curto cunhado faz chantagem para comer a cunhada casadacontos anal tio totado tirou avirconto erotico imsesto emtre familiacontos eroticos mim arreganhei pra papai e ele caiu de boca na minha bucetacontos er senta devagarreais conto de incesto mamae mi deu pro pai e irmao mi comero caminhoneiro me fudeu a força contos eroticoscontos eroticos toplessporn conto com a gerentecontos fudendo com priminhs de dose snoscontos dominou minhaContos mae anda nua na frente de amigos do marido e filhosler contos de jovens heteros iniciados por outro jovem no sexo gayContos er pitao do paiContos dei o cuzinho para a travesti fabiola voguelconto d patricinha c o borrscheiroConto morena 37 anosdou para o meu irmao contoscontos eroticos esfregando devagarinho o pau por trasconto erotico gay adotivoComeu marido viado e a esposacontocontos eróticos vendadagosei gostoso papaicomeu meu cu video conto erótico devide a minha esposa com meu paiconto erotico praia em familiaconto erotico esposa se exibindo na lojacontos genro bem dotado arronba o cu ds sograenfiando na bucetavarias coisasLambie o cu da minha esposaContos sempre incentivo meu marido a comer outra putinhacontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteConto erotico cuidando de minha enteada1ПРОДАМ-БАЗУ-САЙТА-okinawa-ufa.ru18oras.porncontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteminha mae tava dando a buceta pro papai e fraguei contos eroticosconto erotico gay meu amigo rasgou meu cuhttp://okinawa-ufa.ru/conto_1767_putinha-desde-novinha---esfolada-e-sacaneada-por-h.html