Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

O CHEIRADOR DE CALCINHA

Sou Fernanda, tenho 55 anos, casada e foi ai que aconteceu comigo. Eu e minha família fomos passar um dias de férias na fazenda do meu sogro no interior do Estado do Rio de Janeiro. Com os dias ensolarados curtíamos cachoeira e a piscina da fazenda, estou bronzeadinha e com as marquinhas do meu biquíni, o meu marido fica “ enfemadinho “.

Todos os dias eu tiro a minha calcinha e coloco no cesto de roupas para lavar e quando fui colocar na maquina de lavar verifiquei que estava faltando duas calcinhas que me deixou encucada. Aquilo passou a ser uma rotina, o desaparecimento das minhas calcinhas, e passei a vigiar para descobrir. No mesmo horário de meu banho, tirei a minha calcinha e coloquei no cesto e fiquei de guarda!. Passou uma hora na espera quando vi o filho do caseiro abrir o cesto e pagar a minha calcinha. Segui ele a distância quando ele entrou no paiol de milho, era um quarto fechado com bambu e pela fresta da cerca observava ele cheirando a minha calcinha e tocando uma punheta, esperei e não demorou muito ele gozou e gozou, muita porra escorria do seu cacete. E assim foi passando os dias e as cenas se repetiam. Contei para o meu marido e ele passou a observar junto comigo, aquela cena me enchia de tesão e a minha buceta ficava enxarcada. Percebi o meu marido me encaixar por trás de pau duro e passar a sua mão sobre a minha buceta e com um leve toque bulia o meu clitáres, eu gozava muito vendo aquele rapaz se masturbar sentindo o meu cheiro, passei a sonhar com aquela pica grande me penetrando, era um gozo atrás do outro. Conversava com o meu marido procurando uma solução, sabia que algo tinha que acontecer. Meu marido percebia o tesão que aquilo esta me proporcionando e a vontade que eu estava para que algo acontecesse, foi ai que chegamos a uma solução. Era sexta feira a tarde quando o rapaz pegou a minha calcinha e se dirigiu para o paiol, esperei até o momento que ele estava para atingir o clímax e abri a porta do paiol, ele de cacete duro na mão não sabia o que fazer e tentava se justificar, eu olhei dentro dos seus olhos e não aguentei, passei a minha mãozinha no seu cacete, que latejava e estava muito quente, comecei a tocar uma punheta nele, era maravilhoso e pedi a ele para cheirar diretamente a minha buceta, me encostei na palha do milho, abri as pernas que já estava sem a calcinha e ele começo a me cheirar, sua língua friccionava o meu grelo no sentindo vai e vem e o seu dedo bulia o meu cuzinho e comecei a gozar, ele penetrava o meu buraquinho virgem, era uma coisa maravilhosa, um gozo duplo. Logo ele me colocou de quatro e me penetrou violentamente, sentia a pica toda dentro de mim e gozei sem parar . Apás alguns minutos, eu coloquei o seu cacete na minha boca e chupei até ele gozar, senti o seu gosto diferente.

A noite contei para o meu marido a nova experiência e me surpreendi quando ele me contou que assistiu tudo pela fresta da cerca. Parece mentira mas o nosso relacionamento melhorou muito apás esta experiência.

Sempre que vou a fazenda me recordo deste experiência, uma vez que o rapaz mudou para o Rio de Janeiro.

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


pelado amarrado contoscontos eroticos esposas no swinge dos velhinhos gays no pinto mole fudendo velhinhos contos eróticoscontos o cara do onibuscontos eroticos gay dei o cu quando era pequenoamigos de infancia tomando banho contosConto erotico revistando bundudaConto sogra e nora esfregando a buceta na buceta da filhabianca casada dando a bunda ea buceta contos eroticosamei ser estupradaFui confessar e comi a madre contosconto erotico dei para p bebadosenti os jatos fortes de porra no fundo da minha bucetacontos eroticos... minha mulher não tirava o olho da rola....Contos eroticoshospitalconto erótico viadinho usa shortinho de lycra e calcinhaContos maes gravidas dando cupresidiariocontoseroticosahora que paugozasou casada e acabei dando para um ponei contosMe Estruparam No Banheiro da escola contos eroticos gaysEsposa linda e gostosa buntuda nuachaves.comendo cu da chiquenhachaves sotinho ponocontos eróticos dormindo com a porta abertaconto gay dominador negroconto de sexo casada com estaladorcontos eroticos vizinha chamou pra tomar banho com elaconto erotico minhas prima se apaixonou por mimcontos eroticos arrombando a gordacontos eroticos engravidanPrimeiro Boquete Contos Eroticocontos eroticos viagem ônibuscontos diarista fudeu gostoso traindocontos eroticos incesto na infanciatranso com meu cachorro todos os diaso pau dele e maís grosso corno xxidiogemia baixinho para meu maridinho não ouvirconto erotico rabuda cintura fina peituda casada visitaeu e minha cunhada apos a festa conto eroticoconto etotico dopei e comi o cu da minha sogra sem ela sabercontos lesbicas esposa com mulherzoofilia conto cadelaComtos mae e filha fodidas por um desconhecido contos eroticos gay meu vizinho de dezenove anos me comeu quando eu tinha dez anosConto erotico bunda a enteada mas velha.contos eroticos algemada e sentindo um tesao e eles ainda me torturava mexendo na minha buceta Wwwcasa dos contos meu marido e rasistacontos eroticos de primos com primas que engravidamvirei puto dos segurancas sadomasoquismo conto gaycontos eroticos com cavalosmeu titio gay contovisinhalesbicatia rabuda deitada prerto de sobrinhoconto erótico O leitecontos eroticos meninos padrinhocontos gays ordenhando papaicontoseróticos/negropauzudoContos erótico pombinha inchadaENFERMEIRA  contos eroticos ela não queriacontos eroticos arrombando a gordacontos eróticos mostrei meu saco p minha maeChiquinho chupando pintoPeguei o amigo d meu esposo cheirando minha calcinha meladinha,contos eroticoscrente velha chantageada contos eróticos contoseroticos fissurado no cu da esposaContos Eróticos De. Comendo A Minha Vizinha Coroacache:R-bg7J8nF7YJ:https://mozhaiskiy-mos.ru/m/conto_14382_mamae-velha-mais-bucetuda.html Contos Eróticos De Uma Senhora Vera