Aviso: Voltamos Envie seu Conto estamos aguardando, recupere sua senha caso ja foi cadastrado antes !
Já está liberada a área de Cadastro de contos. Cadastre-se e evie-nos o seu conto

CRÔNICAS DE UM PERVERTIDO (INVERSÃO DE PAPEIS )

CAPITULO 1

Bom primeiramente irei me apresentar a vocês, meu nome é Thales (Ficticio) tenho 21 anos, sou alto moreno claro e desde pequeno sempre fui muito pervertido, qualquer coisa que eu via era motivo pra pensar em sexo, comecei mesmo no “mundo porno” com apoximadamente uns 19 anos quando eu vi o primeiro filme porno, desde ai não parei mais, sá que não tinha descoberto a punheta ainda, eu via ficava excitado, mais não sabia o real significado daquilo, o tempo foi passando e um colega me emprestou uma revista, aaah ai sim li um conto de um outro punheteiro ele dizia com cada detalhe, eu simplesmente repeti e tava eu dando a primeira gozada da minha vida, nossa a primeira a gente sempre nunca esquece .... bom... o tempo foi passando e fui pro colegial mesmo já tinha 19 pra 19 anos e aquela velha histária de papai e mamãe, de 4, de cabeça pra baixo e blá blá blá já não me excitava tanto como antes, eu e meus colegas disputavam quem batia mais punhetas por dia e sempre tava eu lá com o troféu de 1ª lugar, e o que me impressionava era que sempre nas conversas era sempre a mesma...

_ Quantas punhetas ontem Rafael?? Quatro Quantas felipe??? Três ..

_Quantas pedro???Cinco Quantas Bruno ??? Duas ...

_ Quantas Thales ??

_ Vinte e Três ..

Eu tinha fama, Alén de pervertido, de mentiroso pois ninguem acreditava em mim, alen de tirarem sarro da minha cara nunca acreditaram em mim poxa será que eu sou anormal ? diferente de todo mundo ?? por que por que ??será que eu sou doente por punheta?? como sá morava com minha mãe e ela trabalhava o dia todo, era sá eu chegar da escola que meu roteiro do dia estava completo ...

_Hum.... vamos ver ... nossa hoje eu ganhei um abraço da Jéssica que delicia, Nossa Rúbia que delicia de seios Hein “ eu particularmente sou apaixonado por seios “ e ficava nessa histária o dia todo não saia nem pra jogar bola, pra jogar videogame, não parava mais pra ver filmes, desenhos que eu adorava, Nossa eu estou me transformando em um Zumbi, até que com 19 anos e Meio Consegui o Meu Primeiro trabalho. quando veio a noticia fiquei feliz, poxa afinal meu primeiro emprego, mais triste por não ter mais tempo pra descascar minhas maravilhosas bronhas, mas junto com a noticia meio-Boa veio uma Super-Excelente, eu ia trabalhar em uma Universidade, Nossa aquilo me deixou doido, no meu primeiro dia de trabalho parecia um paraíso quantas Mulheres tinha de todos os tipos e eu sabia que se eu não conseguisse rápido um lugar pra me aliviar ia acabar cometendo uma loucura, não demorou muito e eu já arrumei o Meu amigo de todas as Horas, Pronto o Banheiro dos Funcionários, era sá eu ver a vista panorâmica de xoxotas ambulantes e tava eu lá todo feliz com a punheta, o tempo passando e eu sempre vendo filmes pornôs, um belo dia coloco um filme no DvD, orgia vai, orgia vem... aquela mesmisse em todo filme, quando de repente vejo a Morena Linda pegando uma cinta e dizendo :

_Agora você vai se ver comigo safada ...

Ela colocou uma cinta Linda, daquelas pretas com um pau cor de rosa, colocou um liquidozinho transparente, (que futuramente fui descobrir que era vaselina )foi com tudo e penetrou no cara, e ele começou a bater uma punheta forte, eu já estava paralizado vendo aquilo porem muito excitado, mais com raiva de mim mesmo, afinal eu sempre Detestei Gays mais não sabia o porquê daquele ádio, daí veio a minha cabeça, poxa eu detesto gays e Homens (Sou Absolutamente Decidido da Minha Sexualidade ) será que homens que fazem aquilo que eu vi no Filme são Gays?... afinal se existem Gays é porque eles sentem prazer anal, porém eles não gostam de mulheres, e eu adoro, e se as mulheres sentem, por que eu não??... cheguei do serviço cansado a noite, jantei e fui pro banho me lavando todinho quando eu olho pra minha escova de Dentes e imagino ela no meu cuzinho, nossa será ?? mais meu Jeito de durão era mais forte do que eu .

CAPITULO 2



Os Dias foram se passando e meus pensamentos já não era mais de arrombar as meninas, mais sim de ser arrombado por elas, quando via uma menina já imaginava ela com um cassete bem grosso, me penetrando como se eu fosse uma Florzinha, mais guardei isso comigo por mais ou menos 1 ano e meio, e sempre com aquilo na cabeça, até que conheci um colega, e futuramente fui descobrir que ele era gay daí um belo dia no serviço... papo vai, papo vem, surgiu o assunto de sexo anal, pois ne uma universidade, quem frequenta sabe que é uma orgia atrás da outra, na conversa fui descobrir que esse meu amigo era gay, ele falava que namorava com um menino lá e Blá Blá Blá, mais que se dane, eu sou amigo dele ele sendo ou não Gay foi nesse dia que perdi meu preconceito descobri que sexo anal não serve sá pra gays ou pra mulheres, mais pra homens tambem, mais sempre decidido sobre minha sexualidade .

Com a chegada de um Computador em minha casa, fui buscando mais sobre esses assuntos até que encontrei contos eráticos, eram diversos eu sempre me excitava, mais aqueles que falavam de mulheres que raxavam os namorados, há esses me excitavam de verdade, foi eu ler um desses que meu orgulho caiu por terra, era fim de semana, corri direto pro banheiro ás 19 da manhã e disse pra minha mãe que iria tomar banho, liguei o chuveiro me ensaboei correndo e já peguei a tão sonhada escova de dentes, atolei ela em um creme de cabelo que tinha no armário e fui colocando ... a essa hora meu pau estava como uma Pedra, quando ela entrou todinha a porta do meu cuzinho ficou ardendo, ai eu me abaixei e fiquei agachadinho apoiei ela no chao e comecei a sentar como se fosse uma putinha de zona, imaginei uma aluna, o nome dela era Pamela, me fodendo com um cacete daqueles bem grossos e a água caindo sobre minhas costas pequei meu pau e comecei a bronha e sentando naquele movimento de vai e vem na escova de dentes, a dor foi passando e veio aquele orgasmo, forte começou no pênis e de repente já estava sentindo meu cúzinho gozando, nossa eu realmente tava gozando pelo meu cuzinho, foi uma sensação indescritível, como eu disse no início a primeira a gente nunca esquece, não é verdade rsrsrs.....

CAPITULO 3

Com o passar dos dias, já era o frequentador Número 1 de chats sobre o Assunto, mais geralmente as mulheres que praticavam, não davam bola pela minha idade, elas diziam que gostavam de homens mais velhos, mais eu sempre la como um excelente brasileiro que não desiste nunca, finalmente encontrei a minha rainha ...Kelly (Fictício) ruiva, magrinha, pernas grossas, e seios médios, daquelas falsas magras que são uma delicia, papo vai papo vem e eu descobri que ela morava na mesma cidade que eu, e era casada, que curtia inversao mais não curtia muito ser penetrada, eu nem me importava com isso, afinal eu queria era ganhar vara e isso pouco me importava, com 1 ou 2 meses de conversa no msn, “que particularmente era uma delicia “ ela me fazia gozar de todos os jeitos, mais do que depressa comprei uma webcam, e sempre tava a florzinha linda da Kelly gozando pra ela, conversando com ela comecei a despertar desejos mais fortes, como eu me vestir de menininha e ela me arruinar na vara, com isso, comecei a pegar as roupas da minha mãe, calcinha, sutiã e sempre que tinha oportunidades vestia e colocava a minha sofrida escovinha no anus e imaginando a minha princesa me abrindo, sempre depois da gozada a gente ficava conversando Horas, o papo sá acabava mesmo quando o Corno do marido dela chegava, mais isso era o de menos, pois com o passar do tempo a webcam não me satisfazia mais, nem ela ai surgiu a conversa de um encontro real, Nossa não acredito vou dar de verdade pra uma mulher, minha ansiedade foi a Mil, e eu mais do que depressa conversava tudo com ela como ela iria me foder, se ela me chuparia, Se eu chuparia ela (Com Certeza), e principalmente o que mais excitava eu e ela, as roupas, nossa eu sugeri uma lingerie vermelha mais ela disse que era muito tradicional e queria uma coisa diferente, daí eu falei que deixaria tudo na mão dela, afinal era as mãos dela que iriam masturbar meu cuzinho, disse que por mim estaria tudo bem eu queria mais era ser arrombado, ela falou que no dia iria me tratar como se eu fosse uma menininha bem gostosinho, marcamos no Motel no centro da minha Cidade, como ela ia levar tudo mesmo sá me preocupei em deixar meu cuzinho raspadinho pra ela, pois ela me exigiu e afinal, eu era a mulher da histária e ela gostava bem lisinha fiz do jeitinho que ela mandou e marcamos o encontro...

CAPITULO 4 :

23:30 Como no combinado já estava na porta do motel esperando por ela, chegou como tinha dito, cabelo vermelho escovadinho grande, roupa social, (com aquelas sainhas sociais que dão o maior tesão) e uma bolsa preta, pegamos a chave e entramos, não deu tempo nem de ver o ambiente e na hora que fechamos a porta ela me pegou pelo pescoço e começou a lamber meu pescoço, me virou e beijou minha boca, o beijo dela era tão forte que parecia que ia me engolir, me deu a bolsa dela e disse :

_ Entra no banheiro vadia, e sá vem pra cá quando tiver vestida com isso ..

Eu todo obediente : Como quiser minha rainha ...

Quando eu entrei no banheiro abri a bolsa dela a surpresa, tinha uma calcinha preta fio dental, um sutiãzinho preto e uma tiarinha, daquelas que colocam na coxa, sá de ver meu pau ficou duro de tal forma que eu era capaz de quebrar uma pedra com ele, tinha um vidrinho com um liquido transparente, estava lá a vaselina rsrs... vesti tudinho como ela me ordenou e abri a porta, quando eu pensei que ela ia ficar surpresa comigo, eu que me impressionei, tava linda com um pauzao de uns 20 Cm, grosso deitadinha na cama com um sutiãzinho vermelho, Nossa, não consegui nem me mexer vendo aquela cena eu parado na frente dela ela disse:

_ Vai ficar ai parada linda?, vem cá e deita do meu ladinho ...

Eu todo sem jeito sentei já ia dizendo ela :

_Nossa, você ficou linda com essa calcinha hein, chega mais perto gostosinha .

Eu sem dizer nada, todo sem jeito cheguei mais perto, ela passou uma mão no meu rosto e a outra já pegava dentro da calcinha passando a mão na minha virilha e no meu cuzinho, mais que depressa ela fala :

_ Nossa que delicia que tá minha florzinha hein ! agora bate uma punheta pra mim coração, mais antes ..

_Antes o que? Disse eu todo sem graça ..

_ Abre esse vidrinho e coloca no meu pauzão flor ...

Eu abri devagarzinho e melequei aquele pauzao que ia me penetrar com a vaselina e comecei a bater uma punheta pra ela, o tesão tava tão forte que parecia que um ia engolir o outro nos beijos e minha vergonha já tinha passado, e eu tava adorando aquilo, ela sequer encostava no meu pau, sá mexia nas bolas e no cuzinho, isso tava me deixando de tal forma que eu não aguentei mais e falei :

_Me Come minha Linda não to aguentando mais .....

_ Com certesa minha flor, vem cá senta em cima de mim ...

_ Tudo bem princesa, vou sá tirar a calci....

Ela nem deixou eu terminar de falar ....

_ Obvio que não flor!, sá arreda ela pro ladinho, vai Hummmm, Isso safadinha ! Nossa nessa hora eu quase esguichei gozo sá dela falar ....

_ Isso que cena linda eu to vendo Nossa ! agora a gente vai fazer um “Mamãe e Papai” bem gostoso! Isso senta em cima e coloca a cabecinha bem gostoso vai safada!

Mais que depressa coloquei a cabeça eu tava tão excitado que nem senti nada, afinal já tinha praticado bastante em casa, ela segurou meus dois braços e começou a bombar forte, tava entrando sá metade, mais que depressa ela disse :

_ Anda recassa esse caralho vai porra ! quero ele todo dentro cachorra ! Você não é arrombadinha não é uma cadelinha do cio ? entao quero ele todo dentro e sem frescura !

Eu comecei a socar com força ele pra dentro do meu cuzinho que tava abrindo todo, sá sentia aquele membro dentro de mim, Nossa ! que sensação indescritível, tava entrando quase tudo aquela sensação de subir e descer, aquele som da minha bunda batendo nas coxas dela me fez fica ipnotizado, quando de repente ela me dá aquele tapa na cara .. Plaft!

_ Agora fica de joelho safado vai engole todo ! quero ver ele sumir na sua boca !

Comecei a chupar, tava colocando ele todo dentro da boca, ela tava socando tão forte que começou a fazer barulho nas encarcadas que ela dava, e eu chupando tudo ela segurava minha cabeça e metia como se fosse uma buceta, a violencia das bombadas dela era tanta que ás vezes ela errava minha boca e acertava minha cara, quando reparei na cinta, tava encharcada, pingando o tesão dela na cama, escorrendo pelas pernas dela, como eu tava abraçando as coxas dela pra chupar, comecei a lamber o tesão dela que escorria, ela deu um sorrizo sarcastico, depois de me fazer engolir tudo e sentir o gosto do meu cuzinho, melecou o caralho dela mais de vaselina e disse,

_ Deita ai de ladinho....

Deitei na cama, com o cuzinho já ardendo de tanta estocada que eu tomei, mais eu queria gozar sem usar meu pau, ela deitou de ladinho e me penetrou, na hora que ela levantou minha perna e começou a morder minha orelha e a bombar forte, com aquele calor que o cacete fazia no meu ãnus e aquele barulho dele entrando e saindo tava tão gostoso que veio aquela explosão de gozo, aquele jato forte que melecou a cama na hora, foi ai que ela tirou o consolo me ajoelhou na frente dela de novo e começou a ciriricar ...

_ Abre a boca safadinho, abre caralho e olha pra mim, vai, olha pra mim, olha pra mim !

Eu sá abri a boca e coloquei as mãos dentro do sutiã, não deu tempo nem dela dar 4 dedadas na buceta que deu aquela esguichada transparente junto com um gemido que a cidade toda deve ter ouvido, aquele nectar escorreu no meu pescoço, ela me lambeu todinho, colocou as mãos lindas dela dentro do meu sutiã, me abraçou por trás e bateu uma punheta pra mim, não precisa nem falar que não precisou de muitas bombadas pra eu melecar a mãozinha dela de fada de novo né ? rsrsrs... depois da gozada dormimos juntos abraçadinhos, antes da gente ir embora ela me comeu no banheiro na hora do banho e a gente gozou junto mais uma vez antes de despedir dela, depois eu conto a outra vez que a gente usou daqueles consolos duplos que soca no meu cuzinho e no dela... Mas de uma coisa eu tenho certesa, Dar o Cú é uma delicia ........

Gostou do meu Conto Meninas ?? Me escrevam Ou me adicionem no Msn : [email protected] Vou estar esperando . =]

VISITE NOSSOS PARCEIROS

SELEÇÃO DE CONTOS


Online porn video at mobile phone


conto de mulher transando com meninos novinhoscontos erotikos coroa so leva no cu pois esta de chicocontos eroticos incesto com filho adotivoconto erótico "Olá a todos, me chamo guilherme e hoje tenho 20 anos, a histária que vou "www.contos eroticos policiais.com.brcontos eroticos cagou no paucontos eroticos de garotinha sentada no coloconto gay adoro cabaco de enrustidoscontos eróticos bumbum grande no ônibuscontos eroticos congresso medicocontos eroticos/estupro/gangbang/final de semana todoPeguei minha tia veridicoirmao fode irma contos Eroticosamiga matrupado buceta goza pono doidocomo supa a boceta ligada tonadocantos erótico comendo a mãe e a irmã juntocontos eróticos esposa disfarçadomae desfilando de calcinha fio dentalContos eroticos fraguei minha esposa e sua amigamulher enfio bo cu e entalocontos de mecânicos casadosquadrinhos pornos de patrao dominadormoreninha linda gostosa quatorze anos dandocontos eroticoscontos eróticos namorada virgemcontos verdadeiros narrados por mulheres encoxadas,sexo com animaiscontos eroticos arrombando a gordaconto de medica lesbicafudendo as vizinhas crentes contos adultosquero ver duas mocinhas branquinhas estragando a bucetinha na outracontos eroticos com sogro e sograconto de sexo sobrinha galinha parte 2contos ele tinha um pau grande e grosso me fudeu eu era novinho arromba contos incestoespiando a comadre tomar banho contos eróticosconto erotico menino dormino de cuequinhacontos eroticos como meu chefe transformou minha namoradacontos de mulheres cadeirantes soltando a rodinha e gozandocontos do irmão viadinhocontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crenteDei pro amigo do meu namorado 18 anos contos eróticosconto erótico aninhosmãe e amigo contos eróticoscontos minha mãe sentou no meu colo de saia sem calcinhapapai me ensinou chupar buceta conto eroticoConto erotico gay rabudo dou de calcinha pra coroaspapai chupou meu cabazo video gratis agoracontocontos eroticos comi a noiva do visinhoconto gay meu melhor amigo de 37 anoscontos eroticos surubascontos de zoofilia com cavalominhasobrinhae sua amigacontosconto gay dando ao catadorfotos derabudas na academia roupa brancaMadrinha safadas relatos eroticos atuaisfui desvirginada pelo meu namoradoimagem cuzinho irma contosver contos eroticos de incesto comendo a sogra na praia de nudismoprimos e primas transando enquanto os pais saíram totalmente Pelotascontos eroticos fudendo a amiga da minha mae crentecontos eróticos de estrupohttps://android-source.ru/m/conto-categoria-mais-lidos_9_heterossexuais-zoofilia.htmlcutuquei a buceta da mamae contoscontos eroticos dinheiroo zelador olhando a gostosa no vestiaromarido come a loira em silencio na cosinha e mulher espia boa foda sexocontos torei a vizinha de treze aninhos e pagueicontos eroticos deixando aparecer a calcinha em casa provocandomarido chupa seios quando está nervosoLóira safada narra conto metendo na coberturaMulher que gosta de ser curradasconto erotico travesti novinha vira faxineira do coroa dominadortias envangelica dando a buceta ao sobrinho em historia realcontos eroticos arrombando a gorda